Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: inovação

Tag Archives: inovação

Hotel de Turismo da Guarda vai ganhar vida

No final da tarde desta sexta-feira, o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, anunciou em conferência de imprensa, a conclusão do processo de concessão do edifício do antigo Hotel de Turismo da Guarda.

O espaço foi concessionado ao grupo empresarial Manuel Rodrigues Gouveia, no âmbito do programa estatal “Revive”. Trata-se de um investimento de 7 milhões de euros.

O projeto prevê um hotel “boutique”, de quatro estrelas, ligado ao tema da neve, com 50 quartos, SPA e um restaurante. O anúncio foi feito em frente à antiga unidade hoteleira, um dos mais emblemáticos edifícios da cidade.

Por:Mun.Guarda

Novas tecnologias nas salas de aula de Mangualde

0sala A Primeira Sala de Aula do Futuro da Região Dão Lafões foi inaugurada esta terça-feira, dia 10 de maio, em Mangualde. O EduFor Innov@tive Classroom Lab foi inaugurado pelas 11h00 na escola sede do Centro de Formação EduFor, a Escola Secundária Felismina Alcântara, do Agrupamento de Escolas de Mangualde. Foi inaugurada por João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Agnelo Figueiredo, Diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, José Miguel Sousa, Diretor do Centro de Formação EduFor, e por Nair Carrera Martinez, representante do Future Classroom Lab, European Schoolnet, Bruxelas.

«MANGUALDE ESTÁ NA VANGUARDA DA FORMAÇÃO» – JOÃO AZEVEDO

O edil mangualdense sublinha que «este é um passo fundamental na procura de formação de excelência no concelho de Mangualde. Estamos a falar da primeira Sala de Aula do Futuro no distrito e a nona no país. Mangualde está, assim, na v01salanguarda da formação.»

A sala de aula do futuro de Mangualde será usada para formação de professores e por alunos em contexto de sala de aula. É um ambiente educativo inovador que desafiará os utilizadores e os visitantes a repensar o papel da pedagogia, do design e da tecnologia nas suas salas de aula.

Foi ainda assinado um protocolo entre o EduFor e a Direção-geral da Educação, representada por João Carlos Sousa, para a dinamização e divulgação deste ambiente educativo inovador.

A edificação desta sala de aula do futuro contou com o apoio de diversos parceiros empresariais. O EduFor Innov@tive Classroom Lab é inspirado no “Future Classroom Lab” existente em Bruxelas, desenhado pela European Schoolnet.

O Centro de Formação EduFor – Centro de Formação de Associação de Escolas dos concelhos de Nelas, Mangualde, Penalva do Castelo, Sátão e Vila Nova de Paiva é um dos 19 Centros de Formação de Associação de Escolas da Região Centro, um dos 92 existentes em Portugal Continental.

Por:Mun.Mangualde

 

Apoios à criação de empresas, emprego e inovação em Seia

Apoios à criação de empresas, emprego e inovação
   Entrou em vigor, esta segunda-feira, o regulamento “Seia Empreende e Inova”, que define o programa de incentivos para a criação e fixação de iniciativas empresariais no concelho de Seia.
  O novo regulamento municipal estabelece
medidas concretas de apoio à atividade empresarial, tendo em vista a
fixação no concelho de investimentos geradores de emprego e que sejam
relevantes para o desenvolvimento sustentável do concelho.

  As medidas enquadram-se nos eixos
estratégicos definidos pela Câmara Municipal, no que se refere à atração
de novos investimentos, apoio às atividades económicas, de criação de
emprego e estímulo à inserção e valorização profissional, visando a
competitividade do concelho e a diversificação e qualificação do tecido
empresarial e social, assente na inovação e na tecnologia.
  Entre os estímulos, que versam a
dinamização dos espaços industriais e empresariais do concelho, constam a
fixação de períodos de carência, a isenção (total ou parcial) do
pagamento dos terrenos, em função dos postos de trabalho criados,
cedências de edifícios e equipamentos, realização de obras de
infraestruturas, bem como a atribuição de isenções relativamente às
taxas e outros tributos próprios do município (água, saneamento básico,
etc).
  As medidas, que podem ser apoiadas entre
si, abrangem, igualmente, isenções ao nível do pagamento das taxas de
ligação desses serviços, bem como dos encargos inerentes às operações de
licenciamento municipais.
Conheça ao pormenor os incentivos definidos no Regulamento “Seia Empreende e Inova” clicando aqui ou fazendo o download do ficheiro em baixo
Fonte:CMS

Região Centro aposta na eficiência energética e na descarbonização

Região Centro aposta na eficiência energética e na descarbonização
Fotografia © Filipe Pinto / Global Imagens

  A
presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do
Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, defendeu esta quarta-feira a necessidade
de promover a eficiência energética e a descarbonização na região nos
próximos anos.

“A eficiência
energética, a descarbonização e a utilização de fontes renováveis de
energia são prioridades regionais, alinhadas com prioridades nacionais e
europeias”
, afirmou Ana Abrunhosa no lançamento da Rede de
Inovação e Tecnologia em Energia (RITE), cerimónia que teve lugar no
auditório da CCDRC, em Coimbra.

  A Região Centro “é muito bem
dotada em recursos energéticos, nomeadamente relacionados com as
energias renováveis”, nas áreas hídrica, eólica e solar, bem como ao
nível dos oceanos, geotermia, biomassa, biogás e biocombustíveis,
salientou.
Na sua opinião, a administração pública deve liderar o
processo com vista a aumentar a eficiência energética e “dar o exemplo
através do reforço da otimização dos consumos” de energia.
“A
eficiência energética deve ser encarada, no futuro, com maior vigor em
todos os contextos: doméstico, industrial, transportes, edifícios e
espaços públicos”
, acrescentou.
   Em declarações à agência
Lusa, a economista e docente universitária realçou a importância dos
fundos europeus da programação financeira Portugal 2020 para impulsionar
soluções e projetos “que transformem os comportamentos” de cidadãos,
empresas, outras entidades privadas e públicas no sentido de conseguir
uma melhor eficiência no uso da energia.

  Aliás, segundo Ana Abrunhosa, cabe às comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional a realização de iniciativas que visem “a sensibilização ambiental” da população, incluindo através das escolas.
“O
estímulo à criação de redes colaborativas e inovadoras entre agentes
relevantes da região Centro corresponde a uma prioridade da CCDRC”,
sublinhou.
   Na sessão de apresentação da RITE, usaram também da
palavra Borges Gouveia e Teresa Bertrand, presidente da Associação das
Agências de Energia e Ambiente (RNAE) e do EnergyIn – Polo de
Competitividade e Tecnologia da Energia, respetivamente, seguindo-se
várias comunicações ao longo da tarde.
  Organizadoras do encontro, a
RNAE e o EnergyIn promovem a RITE, enquanto rede colaborativa na área
da energia em Portugal, para “potenciar sinergias entre empresas e
entidades de investigação e desenvolver o setor, estimulando a
competitividade empresarial, das regiões e do país”.
  A rede prevê
criar projetos inovadores e de base tecnológica, promover a
descarbonização dos territórios e o crescimento económico nos planos
local, regional e nacional.
Fonte:DN
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar