Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: liga portuguesa contra o cancro

Tag Archives: liga portuguesa contra o cancro

LPCC entrega equipamento à ULS Guarda

No contexto do projeto de cuidados a doentes oncológicos em contexto hospitalar, a Liga Portuguesa Contra Cancro (LPCC) vai entregar à Unidade Local de Saúde da Guarda (ULS),  nesta quinta-feira, dia 22 de outubro de 2020, pelas 10horas, um equipamento considerado pela unidade hospitalar como sendo “de extrema utilidade para os utentes e para a Instituição”. Trata-se de uma primeira entrega, que será, entretanto, complementada pela oferta de outro equipamento.

A entrega do monitor de sinais vitais + ECG, nesta primeira fase, será feita por dirigentes da LPCC na Delegação da Guarda da LPCC, sita no R/ch do edifício da Sede da ULS da Guarda, ao Conselho de Administração da ULS da Guarda.

LPCC realiza peditório anual pelo País

A Liga Portuguesa Contra o Cancro vai realizar nos próximos dias 29 de outubro a 2 de novembro o seu Peditório anual com a devida autorização do Ministério da Administração Interna.

Lançamos novamente o apelo a todos os cidadãos para que se juntem à nossa causa, tornando-a maior e mais abrangente, no objetivo de fazer da luta contra o cancro um exemplo nacional de entreajuda e de solidariedade.

Realize a sua inscrição para participar como voluntário(a) pontual no peditório. A participação pode ser feita à medida da sua disponibilidade, podendo ocorrer durante os 5 dias ou apenas num período. Saiba mais aqui

“Dou mais tempo à vida. Juntos venceremos o cancro.”

Em Fornos de Algodres a 4 de julho

Este ano a caminhada da Liga Portuguesa Contra o Cancro, organizada habitualmente pelo Grupo de Voluntariado Comunitário de Fornos de Algodres da Liga Portuguesa Contra o Cancro, devido à pandemia, terá contornos diferentes.

Sábado, 4 de julho, faça a sua caminhada em horários e percursos livres, de forma individual ou em pequenos grupos, respeitanto todas as orientações das autoridades de saúde.

Se pretender ajudar e comprar a T-shirt deste ano, poderá adquiri-la através do CLDS 4G Servir Fornos de Algodres no Centro Cultural Dr. António Menano ou na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez.

Ação de Sensibilização com o tema “PREVENIR O CANCRO” em Fornos de Algodres

Vai decorrer na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez ,no dia 31 de maio, uma Ação de Sensibilização com o tema “PREVENIR O CANCRO”, pelas 21horas , em Fornos de Algodres .

Vão ser oradoras a Dra. Lúcia Coutinho, Médica de Medicina Geral e Familiar e a Dra. Luísa Amaral, Médica do Centro de Saúde de Fornos de Algodres. Ainda tempo para um momento musical com o Grupo de Cantares de Fornos de Algodres.

Esta uma iniciativa promovida pelo Grupo de Voluntariado Comunitário de Fornos de Algodres da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Liga Portuguesa Contra o Cancro alerta alunos da Guarda para o HPV

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) assinala a campanha nacional de prevenção do Papilomavírus Humano (HPV) na Escola Secundária Afonso de Albuquerque e Escola Secundária da Sé, na Guarda, nos dias 13 e 14 de março, respetivamente. HPV e Quê?” é o nome da iniciativa que integra um roadshow interativo que está, desde fevereiro, a percorrer 35 escolas de norte a sul do país.

A campanha em curso pretende explicar o que está por detrás da sigla HPV. Com forte presença digital, visa melhorar o conhecimento dos jovens sobre as doenças e riscos associados às infeções por HPV, alertando para a importância da prevenção através da vacinação. Nesse sentido, o roadshow “HPV e Quê?” integra uma carrinha Airstream que se desloca às escolas e se abre para o exterior, permitindo que ao seu redor decorram as seguintes atividades dirigidas aos alunos:

  • Apresentação da música composta por Waze, que apela à importância da prevenção do HPV, com o propósito de ser partilhada nas redes sociais www.youtube.com/watch?v=Yr-veOftTU8
  • Promoção do Quizz (Sabias Que?) em ambiente de realidade virtual, onde são transmitidas informações ao aluno e colocadas questões para avaliar o conhecimento adquirido;
  • Distribuição de tatuagens temporárias que representam o HPV, com possibilidade de serem vistas através de uma aplicação de realidade aumentada;
  • Presença de um profissional de saúde para enquadramento e esclarecimento de dúvidas para a comunidade escolar;
  • Distribuição de folhetos com informação sobre o que é o HPV, quais os riscos, como se transmite e como se previne.

Na Escola Secundária Afonso de Albuquerque, da Guarda, a iniciativa decorre entre as 9h25 e as 15h30 do dia 13 de março, para turmas do 9º ano de escolaridade. Já na Escola Secundária da Sé, a campanha “HPV e Quê?” tem lugar a 14 de março, com as ações dirigidas aos alunos do 9º e 10º anos, a decorrerem entre as 8h30 e as 16h20.

Vítor Rodrigues, presidente da direção do Núcleo Regional do Centro (NRC) da Liga Portuguesa Contra o Cancro refere a importância de despertar consciências, para que a palavra prevenção entre cada vez mais no léxico dos jovens. Uma das mais-valias desta campanha é o facto de as atividades dinamizadas facilmente motivarem os adolescentes para uma conversa em casa com os pais, que poderão saber mais sobre o tema em www.hpv.pt e aconselhar-se com o seu médico assistente.

Até 29 de março de 2019, o NRC vai dinamizar na região centro atividades pedagógicas e interativas junto da comunidade escolar do 3º ciclo e ensino secundário. Saiba mais sobre a campanha em https://hpveque.hpv.pt/.

Campanha global contra o cancro incentiva à mudança de comportamentos

No Dia Mundial do Cancro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) lança uma campanha global que pretende consciencializar todos os setores da sociedade a mudar comportamentos, com vista a combater as doenças oncológicas em Portugal. “Eu Sou e Eu Vou” pretende mobilizar a população, nesta data, para uma ação nacional que visa unir a população na luta contra o cancro, ao mesmo tempo que sensibiliza para a literacia em saúde e reforça a importância da equidade no acesso aos cuidados em oncologia.
Através de sessões de sensibilização na comunidade, escolas e unidades hospitalares; atividades desportivas; e forte divulgação digital, nomeadamente nas redes sociais, “Eu Sou e Eu Vou” explora como, individual e coletivamente, pode(mos) agir, de forma a que as atitudes tenham um impacto real na luta contra o cancro. Trata-se de um apelo à ação, dando o poder ao indivíduo e desafiando-o a um compromisso pessoal. Pequenas ações individuais podem ter o poder de reduzir o impacto do Cancro no próprio, nos outros e no mundo.
Para Vítor Rodrigues, Presidente da Direção da Liga Portuguesa Contra o Cancro, “a luta contra o cancro constitui uma atividade global, de toda a sociedade, com forte aposta na literacia em saúde que facilite a alteração de hábitos de vida não saudáveis, na disponibilização de recursos de saúde adequados à população e no apoio ao doente oncológico e aos seus familiares.”
A campanha é promovida a nível mundial pela União Internacional de Controlo do Cancro (UICC), decorrendo no triénio 2019-2021 e operacionalizada em Portugal pela LPCC, associada da UICC desde 1983.
A Princesa Dina Mired, presidente da direção da UICC, evidencia que “o cancro prospera na deteção tardia da doença. A morosidade permite que ele se espalhe e cause danos irreversíveis. É, por isso, que neste dia mundial do cancro peço que se informem sobre aos sinais de alerta e sintomas do cancro e que não tenham medo de procurar ajuda imediatamente. Igualmente, encorajo os governos a priorizarem ações de diagnóstico precoce e programas de rastreio permitindo assim um melhor acesso aos cuidados em oncologia e dando a todos a oportunidade de lutar para vencer o cancro.”
Para contribuir para o aumento da notoriedade da luta contra o cancro como prioridade mundial de saúde pública, a LPCC traduziu e adaptou uma série de materiais ajustáveis às necessidades das iniciativas, nomeadamente kits informativos para escolas e bibliotecas, poder central e local, bem como empresas. A Liga estendeu, ainda, o convite para parcerias com organismos públicos, várias entidades científicas e da área da saúde, no sentido de aumentar a visibilidade do tema e multiplicar oportunidades para uma conscientização global. Recorde-se que em 2018, a iniciativa do Dia Mundial do Cancro chegou a 139 países e os materiais da UICC foram traduzidos em 54 línguas.
Sobre o cancro
• Em Portugal morrem 79 pessoas por dia, 3 pessoas por hora vítimas de cancro; *
• A previsão para 2040 é de um aumento de 31% da mortalidade; *
• O cancro da mama, da próstata, do colón e do pulmão são os que têm maior incidência; *
• Em 2018, 5 milhões de casos no mundo poderiam ter sido detetados mais cedo e tratados eficazmente. **
Guarda
Na Guarda, várias ações assinalam o DMC, das quais se destaca a participação da LPCC.NRC no Iº Encontro de Oncologia. A iniciativa decorrerá no Hotel Vanguarda, na Guarda. A Liga far-se-á representar por Sónia Silva, psicóloga e responsável da Unidade de Psico-Oncologia, que apresentará uma Comunicação sobre o tema: “A Comunicação de más notícias”.

Aurélio Nascimento homenageado pelo seu voluntariado na LPCC

Ação de prevenção do cancro

O auditório da Câmara Municipal de Mangualde acolheu no passado dia 14 de junho, uma ação de prevenção do cancro, promovida pelo Grupo de Voluntariado Comunitário local da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

A iniciativa, integrada no programa da 2ª Mostra Social promovida pela autarquia, teve como objetivo alertar para a adoção de estilos de vida saudáveis, bem como dar a conhecer um pouco mais sobre as atividades da instituição.

A ação foi dinamizada pela médica de clínica geral Lúcia Coutinho, e encerrou com uma homenagem a Aurélio Nascimento, voluntário da Liga Portuguesa Contra o Cancro há 42 anos e anterior responsável do Grupo de Voluntariado Comunitário de Mangualde.

Caminhada”O Que nos LIGA” em Penalva do Castelo

No dia 27 de maio, domingo, terão lugar, nos 78 concelhos da Região Centro, as caminhadas “O Que nos LIGA” no âmbito das comemorações dos 50 anos do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC).

O evento único e sem precedentes no nosso País, convocará, em simultâneo, as populações de 78 comunidades em torno da luta contra o cancro e na promoção de estilos de vida saudável, nomeadamente pela prática de exercício físico.

A iniciativa será promovida em cada concelho pelo respetivo Grupo de Voluntariado Comunitário, junto do qual poderão ser obtidas informações relativas à inscrição. Esta iniciativa vai resultar numa candidatura ao Livro de Recordes do Guinness pela tentativa de recorde pela maior mobilização comunitária na luta contra o cancro. Para obter mais informações pode contactar-se a organização através do e-mail voluntariado.nrc@ligacontracancro.pt ou pelo telefone 239 487 490 e ainda consultar www.ligacontracancro.pt ou www.facebook.com/ligacontracancrocentro/.

Em Penalva do Castelo, a concentração dos participantes está marcada para as 9h00 na Antiga Praça, onde também terminará a caminhada pelas 12h00 e decorrerá um almoço partilhado. Para obter mais informações sobre «O Que nos Liga — 50 anos» neste concelho, proceder à inscrição e adquirir o kit de participação, os interessados podem contactar diretamente os elementos do grupo de voluntariado local, dirigir-se à Câmara ou Piscinas Municipais.

A inscrição tem o valor de cinco euros, que reverte na íntegra para o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, e inclui a oferta de uma t-shirt exclusiva, água, fruta e folhetos informativos da LPCC.

 

Caminhada«O Que nos Liga — 50 anos» em Fornos de Algodres

Em Fornos de Algodres, a concentração dos participantes está marcada para as 9h00 nos Paços do Concelho. Para obter mais informações sobre «O Que nos Liga — 50 anos» neste concelho, proceder à inscrição e adquirir o kit de participação, os interessados podem contactar diretamente os elementos do grupo de voluntariado local ou dirigir-se à Câmara, Biblioteca e Piscina Municipais

A inscrição tem o valor de cinco euros, que reverte na íntegra para o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, e inclui a oferta de almoço, uma t-shirt exclusiva, água, fruta e folhetos informativos da LPCC.

50 anos “No Centro da Luta Contra o Cancro”

No ano em que comemora meio século de existência, o NRC.LPCC pretende com esta grande iniciativa o aumento da consciencialização para a doença oncológica, bem como a promoção de estilos de vida saudável, nomeadamente pela prática de exercício físico.

O evento inédito, pela sua ampliação a todos os concelhos da Região Centro, antevê juntar milhares de participantes e figuras públicas de várias áreas da sociedade portuguesa e tem cariz solidário, na medida em que os fundos angariados permitirão apoiar o doente oncológico e seus familiares, bem como a investigação científica, na área do diagnóstico, tratamento e prevenção do cancro.

Candidatura ao Guiness World Records

A iniciativa será alvo de uma candidatura ao Guinness World Records, com vista à obtenção do recorde pela maior mobilização comunitária na luta contra o cancro. Os cidadãos são os embaixadores desta causa, pelo que todos estão convidados a juntarem-se e a inspirarem tantos mais quanto possível para as Caminhadas “O Que Nos Liga”, enquanto símbolo coletivo de força, esperança e compromisso para a luta contra o cancro.

«O Que nos Liga — 50 anos» está integrada no programa de comemorações dos 50 anos do Núcleo Regional do Centro da LPCC, que, ao longo de 2018, sob o mote “No Centro da Luta Contra o Cancro”, tem o objetivo de consciencializar “o que cada um de nós a título individual e todos em conjunto, podemos fazer para a diminuição do impacto das doenças oncológicas na nossa sociedade”.

«O Que nos Liga — 50 anos»  tem o apoio geral de Fujifilm, Roche, Celgeme, Bayer e Turismo Centro Portugal e na iniciativa de Fornos de Algodres conta com a colaboração da autarquia local.

Jantar de Reis da LPCC em Mangualde

No dia 6 de janeiro de 2018, sábado, às 19h00, o Grupo de Voluntariado Comunitário do Concelho de Mangualde, do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), promove um Jantar de Reis no Restaurante Marés Vivas, na Praia Artificial de Mangualde. O valor da inscrição é de 12 euros, com quatro euros a reverterem a favor da LPCC. A iniciativa, que tem previsto um momento musical com a fadista Andreia Amaral, tem por objetivo a sensibilização da comunidade para a importância do voluntariado em oncologia.

As inscrições podem ser feitas, até 3 de janeiro, diretamente com os elementos do grupo de voluntariado ou através do email voluntariado.nrc@ligacontracancro.pt.

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar