Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: livro

Tag Archives: livro

Simões Coimbra foi homenageado na sua terra natal

Decorreu uma homenagem, no sábado, 22 de setembro, na localidade de Vila Chã ao Simões Coimbra, que outrora aqui viveu e fez obra.

Assim um grupo de amigos e familiares, onde se inseria , Manuel Fonseca, Presidente da Câmara e Rui Gomes, Presidente da União de Freguesias de Cortiçô e Vila Chã, visitou a casa do homenageado, que hoje é mais um museu, onde se encontram várias peças que simbolizam a região e o seu Portugal.

Esta é uma casa que apesar dos anos passarem continua habitável e os seus sobrinhos têm muito orgulho, no património nela existente.

Seguiu-se a romagem à sua campa no cemitério local, com uma alocução de Luís Vaz, antes de rumar a Fornos de Algodres, mais concretamente à Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez para a apresentação do livro.

Nesta apresentação, o historiador José Maltez salientou os momentos mais importantes deste livro, seguindo-se diversos oradores que faziam parte do painel. A finalizar a cerimónia, um jantar em Celorico da Beira no Hotel Mira Serra.

Livro “Extratos extraídos de um extrato” com apresentação a 30 de julho

Vai acontecer na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez, a apresentação da publicação/edição de um livro de poesia com o título “Extratos extraídos de um extrato”da autoria de  Ocram Macáu (Marco Paulo), natural do concelho de Fornos de Algodres, no próximo dia 30 de julho (segunda-feira)a partir das 18:00.

Esta é uma organização por parte da APSCDFA , uma vez que se trata de um cliente desta instituição, de vão surgir diversos momentos musicais e declamação de poemas do livro e ainda um coffee-break no final.

Bruno de Noronha Gomes apresentou novo livro na Guarda

Foi apresentado ao final da tarde desta quarta-feira,no Paço da Cultura, o livro “Do betão para o coração – por uma mudança de paradigma autárquico”, da autoria de Bruno de Noronha Gomes.

Esta uma obra  que se debruça sobre políticas autárquicas direcionadas para a qualidade de vida, a descentralização de competências na área da Saúde da Administração Central para a Local e o papel dos agentes políticos autárquicos neste tipo de dinâmicas.

Por:AP foto:AA

António Carlos Ferreira apresenta novo livro em Celorico da Beira

“Nunca desistirei de ti”

O auditório da Biblioteca Municipal de Celorico da Beira, vai acolher no próximo dia 24 de junho de 2018, pelas 15h30, a sessão de apresentação do romance “Nunca desistirei de ti”, do escritor e poeta, António Carlos Ferreira, nascido e criado na freguesia de Fornotelheiro, no concelho de Celorico da Beira. A edição está a cargo da Edições Vieira da Silva.

Depois do sucesso que foi a auto edição das suas “Recordações, Rimas e Retratos” lançado a 20 de novembro de 2016, António Carlos Ferreira vai lançar o romance intitulado “Nunca desistirei de ti”.

O lançamento do romance ainda terá a participação de vários intervenientes e música dos Guitardeão.

 

Escritora Maria Teresa Maia Gonzalez apresenta novo livro

Um novo livro a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez, apresenta no final deste mês de maio.

Este livro completa a coleção «Amigos naturais», apresentando mais cinco pequenas histórias em que uma criança fala da sua relação de proximidade com um dos elementos da Natureza. Desta vez, o mar, os rios, as plantas, as constelações celestes e a paixão pela fotografia de investigação sobre a natureza. Histórias verdadeiramente apaixonantes! Com humor e muitos afetos – pois a narrativa desenrola-se sempre no contexto das relações familiares –, a criança leitora vai descobrindo-se a si mesma e ao mundo que a rodeia.

Vai ter a sua apresentação no próximo dia 31 de maio, às 16 horas, Feira do Livro de Lisboa.

16ªFeira do Livro em Pinhel de 15 a 20 de maio

De 15 a 20 de maio, a cidade de Pinhel recebe mais uma edição da Feira do Livro, iniciativa que pretende incentivar o gosto pela leitura e proporcionar o acesso a uma maior oferta de publicações.
Na sua 16ª edição, a Feira do Livro regressa ao renovado Jardim 5 de Outubro, incluindo momentos de música, poesia, a apresentação de um livro infanto-juvenil e, ainda, a assinatura do Protocolo de adesão da Biblioteca Municipal de Pinhel à Rede Nacional de Bibliotecas Publicas.
A inauguração, a 15 de maio (terça-feira), pelas 21.00h, será acompanhada de música, com um recital de Piano e Guitarra a cargo da Academia de Música de Pinhel.
O dia seguinte, 16 de maio, é o dia dedicado à Poesia com a presença do Movimento Poético de Pinhel, a partir das 21.30h, no recinto da Feira do Livro.
No dia 17 de maio, os alunos do 1º Ciclo visitam o certame e têm encontro marcado com a escritora Lara Xavier, que participará em várias sessões de contacto com a comunidade escolar.
Neste mesmo dia, às 15.00h, será assinado o Protocolo de adesão da Biblioteca Municipal de Pinhel à Rede Nacional de Bibliotecas Publicas.
Mais tarde, às 21.30h, está agendada a apresentação do livro “O sonho de Mikê e da Shala”, livro infanto-juvenil da autoria de Maria José Dinis, Diretora da ASTA – Associação Socioterapêutica de Almeida, iniciativa seguida de um momento musical a cargo do Grupo “Pé Coxinho”, da ASTA.
Nos dias 18 e 19 de maio, a música regressa à Feira do Livro com o Grupo de Música de Câmara da Banda Filarmónica de Pinhel / Academia de Música de Pinhel (dia 18, a partir das 21.30h) e Nuno Marinho (dia 19, a partir das 21.30h).
No último dia, dia 20 de maio (domingo), a Feira do Livro vai estar de portas abertas entre as 14.00h e as 19.00h, com atividades de promoção da Leitura.
Programa:
15 de maio (terça-feira)
21.00h: Inauguração da 16ª Feira do Livro de Pinhel
– Recital de Piano e Guitarra pela Academia de Música de Pinhel
16 de maio (quarta-feira)
10.00h: Abertura da Feira do Livro
21.30h: Tertúlia Poética “O Livro”, pelo Movimento Poético de Pinhel
17 de maio (quinta-feira)
10.00h: Abertura da Feira do Livro
Encontro com a Escritora Lara Xavier (atividade dirigida aos alunos do 1º Ciclo do concelho que terá lugar no Cineteatro São Luís, durante a manhã e a tarde)
15.00h: Assinatura do Protocolo de adesão da Biblioteca Municipal de Pinhel à Rede Nacional de Bibliotecas Publicas (RNBP)
21.30h: Apresentação do livro “O sonho de Mikê e da Shala”, livro infantojuvenil da autoria de Maria José Dinis, Diretora da ASTA – Associação Socioterapêutica de Almeida
21.30h: Momento Musical pelo Grupo “Pé Coxinho”, da ASTA – AssociaçãoSocioterapêutica de Almeida
18 de maio (sexta-feira)
10.00h: Abertura da Feira do Livro
21.30h: Atuação do Grupo de Música de Câmara da Banda Filarmónica de Pinhel / Academia de Música de Pinhel
19 de maio (sábado)
14.00h: Abertura da Feira do Livro
21.30h: Espetáculo musical com Nuno Marinho
20 de maio (domingo)
14.00h: Abertura da Feira do Livro
Atividades relacionadas com a Leitura
19.00h: Encerramento da Feira do Livro

Dia Mundial do Livro vivido em Pinhel

O Movimento Poético de Pinhel assinalou o Dia Mundial do Livro (23 de abril) com uma tertúlia que contou com a presença de Manuel Pereira de Matos, Vigário Geral da Diocese da Guarda, natural do concelho de Pinhel.

A iniciativa teve lugar na Biblioteca Municipal de Pinhel, ao fim da tarde, e teve também o propósito de dar a conhecer o mais recente livro de Manuel Pereira de Matos – “O Fim do Mundo: das profecias de desgraça ao júbilo da Parusia”.

Presente na sessão esteve a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Daniela Capelo.

João Paulo Clemente apresentou o seu livro “O Menino Jesus Roubado” em Figueiró da Granja

Teve lugar, na tarde deste sábado, no Museu de Arte Sacra/Casa Paroquial de Figueiró da Granja, a apresentação do livro ” O Menino Jesus Roubado”, de João Paulo Clemente.

Este é o primeiro livro, que veio até à sua terra natal mostrar este livro que foi apresentado pelo Bruno Costa, vereador do Município de Fornos de Algodres, com presença de Alexandre Lote, vice-presidente do Município de Fornos de Algodres, Álvaro Santos, Presidente da Freguesia de Figueiró da Granja entre outros amigos.

O escritor estava muito satisfeito por esta concretização, entre amigos e família mostrou os seus escritos, que muito falam destas localidades da serra.

Animaram a tarde  grupos amigos.

Fornense Maria Teresa Maia Gonzalez lança novo livro

A Fundação AIS e a escritora Maria Teresa Maia Gonzalez vão efetuar o  lançamento do livro «A Tua Dor Dói-me – A Compaixão Cristã», Lisboa, no próximo dia 13 de março, ás 18h.
Com a apresentação de Frei Hermínio Araújo, OFM, sacerdote franciscano, membro da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos, Capelão da Clínica Psiquiátrica de São José, Assistente Espiritual e Religioso do Hospital do Mar.

Esta obra trata o dom da compaixão, através de reflexões sobre as vidas de homens e mulheres que escolheram livremente seguir Jesus até às últimas consequências e que deixaram marcas indeléveis de compaixão. Foram vidas que tocaram e continuam a tocar a vida de muitos.

“Conforme Ele próprio disse, se vivermos a compaixão, faremos, também nós, milagres. Sim, milagres. Talvez não visíveis de imediato. Talvez não entendidos como tal. Mas eu creio firmemente que, quando nos aproximamos de um ser humano em sofrimento para, desinteressadamente, o acolher e confortar, dão-se sempre milagres.”

PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
Av. Marquês de Tomar, Lisboa (Sala Cónego Abranches)
Dia 13 de Março pelas 18h

Por:Fund. AIS

Livro “Mangualde desde o pós-Segunda Guerra Mundial (1953-2015). Estado Novo, Democracia e Integração Europeia”,apresentado

Foi lançado neste sábado, dia 3 de fevereiro, o livro “Mangualde desde o pós-Segunda Guerra Mundial (1953-2015). Estado Novo, Democracia e Integração Europeia”, uma obra de João Paulo Avelãs Nunes e Marcos Branco com coordenação de António Tavares. A sessão decorreu a meio da manhã, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Mangualde, e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, dos autores João Paulo Avelãs Nunes e Marcos Branco e do coordenador António Tavares.

 A obra é uma monografia historiográfica que pretende contribuir para um melhor conhecimento e para uma compreensão acrescida da evolução de Mangualde – localidade, concelho e região – nas últimas décadas do século XX até aos nossos dias. Trata-se de uma proposta que visa reconstituir e interpretar a história recente de Mangualde que interesse a diversos públicos, mas sem ignorar as exigências da historiografia que predomina na atualidade nos países com regimes democráticos ou demoliberais abertos.

A obra é, por isso, um ensaio historiográfico acerca do tempo presente e é, também, uma forma de comemorar e celebrar Mangualde. É editada pela Câmara Municipal de Mangualde e pela ArqueoHoje.

Por:MM

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar