Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: mangualde

Tag Archives: mangualde

Mangualde lança “Estamos juntas/os – Linha de Apoio Social ao Voluntariado”

A Câmara Municipal de Mangualde lançou uma nova plataforma : Estamos juntas/os – Linha de Apoio Social ao Voluntariado” é uma iniciativa  para ajudar quem mais sente o impacto do COVID-19, limitando as suas vidas. Tem como principal objetivo dar resposta a esta nova realidade, com base em ações de voluntariado e de solidariedade, para apoiar quem mais precisa.

“O país vive um momento delicado, devido ao surto de doença por Coronavírus SARS-COV-2, agente causal da COVID-19. Numa altura em que o medo, as limitações e o isolamento social imperam, a vontade de ajudar o próximo deve sobressair. O voluntariado é, assim, uma via para quem quer dar esse apoio e para quem promove esse suporte”, explica o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira.

Trata-se de uma Plataforma online de Apoio ao Voluntariado e funciona como um elo de ligação entre a oferta e a procura de oportunidades de voluntariado, apoiando o recrutamento de voluntários e o seu enquadramento.

O primeiro passo é o preenchimento do formulário aqui

A candidatura vai diretamente para a coordenação de voluntários/as da Rede Social de Mangualde, que analisa a candidatura e encaminha para a área de interesse do candidato.

Os voluntários deverão ter as seguintes características: maior de 18 anos e inferior a 50 anos; capacidade empática; responsável; comunicativo; capacidade de iniciativa; capacidade de trabalhar em equipa; disponibilidade para exercer no mínimo 4 horas semanais; e não podem pertencer aos considerados grupos de risco.

Os voluntários têm direito a receber apoio no enquadramento, seguro de voluntário e equipamento individual de proteção.

Covid-19-Município e Proteção civil de Mangualde reforçam medidas

Para além de todas as medidas e cuidados a ter em conta segundo o Municipio e Proteção civil municipal de Mangualde já foram implementadas novas medidas:

Já está criado o Centro de Comando Operacional Municipal (CCOM) nas instalações do BVM, permitindo melhor coordenação entre as entidades.
Nos Lares trabalham com a Segurança Social e duas unidades hoteleiras de Mangualde uma solução de recurso em caso de emergência. Ação fundamental para a população de maior risco .
Controlar os Fluxos de Pessoas: Com o apoio das juntas de freguesia e a intervenção da GNR está a ser  controlado o fluxo dos emigrantes e dos familiares que vêem nesta altura da Páscoa, sensibilizando para ficarem em casa.
Também o papel das famílias é fundamental, em primeiro lugar para evitar que venham, em segundo lugar aos que vierem para colaborarem no sentido do isolamento social.
Deste modo, continuam as operações de desinfeção por todo o concelho a linha de apoio social e todas as demais operações já lançadas anteriormente.

Acidente de tractor provoca um morto em Chãs de Tavares

Teve lugar na localidade de Chãs de Tavares, um acidente de trator, que acabou por capotar e segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu, do acidente resultou uma vitima, um homem de 77 anos, que não resistiu aos ferimentos graves. Ocorreram ao local ,cinco viaturas, auxiliados por 13 operacionais, dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, GNR e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).

Foto:DR

Covid-19-Projeto “Estamos Contigo” lançado no intuito de levar a Biblioteca às pessoas

Uma vez que nesta fase, todos estão em casa e de forma a manter a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, próxima da sua comunidade, foi lançado nas redes sociais, nomeadamente no Facebook, o projeto “Estamos Contigo”.

Trata-se de um conjunto de atividades a publicar, nas redes sociais e no site da Câmara Municipal de Mangualde, com conteúdos informativos e de lazer destinados a manter a comunidade leitora ligada ao serviço.

Serão várias as atividades, desde apresentação de momentos de leitura online, momentos de “Walking dream therapy”, propostas de Biblioterapia, visita virtual à Biblioteca Municipal, sugestões de leitura, desafios sobre leituras e personalidades locais, Post informativo sobre “História local, música, cinema com base no fundo bibliográfico da Biblioteca Municipal de Mangualde.

“UMA VEZ QUE AS PESSOAS NÃO PODEM IR À BIBLIOTECA, A BIBLIOTECA VAI ATÉ ÀS PESSOAS” – ELÍSIO OLIVEIRA, PRESIDENTE DA CÂMARA DE MANGUALDE
Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, sublinha que “a biblioteca é um símbolo de cultura e de conhecimento e Mangualde tem uma excelente biblioteca, mas que tendo em conta o momento que atravessamos se encontra encerrada”. Para continuar a servir os mangualdenses, “e uma vez que as pessoas não podem ir à biblioteca, a biblioteca vai até às pessoas com a ajuda de uma equipa empenhada que irá criar estes conteúdos mantendo viva a finalidade deste espaço cultural. Abrace este projeto e fique em casa”.

Município de Mangualde volta a atribuir bolsas ao alunos do Ensino Superior

35 bolsas atribuídas, com um valor global de 12.500€

Pelo quarto ano consecutivo, e inserida nas políticas educativas e sociais do Município, Mangualde volta a atribuir bolsas de estudo a jovens estudantes do Ensino Superior no ano letivo 2019/2020. Foram candidatos/as 54 estudantes e da análise a todos os processos de candidatura, de acordo com os critérios de avaliação consignados no Regulamento, foram 35 os estudantes que tiveram direito à atribuição das Bolsas de Estudo. As 35 bolsas atribuídas, com um valor global de 12.500€, são entregues a residentes no concelho que concluíram com sucesso o ano letivo anterior, e que ajudam a suportar os encargos correspondentes à frequência de cursos universitários.

A medida visa estimular e motivar os jovens na sua formação pessoal e académica e apoiar financeiramente todos aqueles que, não obstante as suas capacidades, têm rendimentos baixos, adotando, neste sentido, políticas educativas e sociais que promovam a igualdade de oportunidades e a coesão social.

A criação de bolsas de estudo destinadas ao Ensino Superior teve como principal objetivo promover a igualdade de oportunidades e a coesão territorial, estimulando e motivando as/os jovens para a sua formação pessoal e académica. Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Mangualde pretende valorizar a aposta na educação e no ensino, enquanto ferramentas cruciais para a formação de cidadãos conscientes e devidamente informadas/os para enfrentar os desafios profissionais do futuro.

SESSÃO PÚBLICA DE ENTREGA DA BOLSA CANCELADA
Os estudantes receberão em sua casa o valor atribuído
Seguindo as recomendações e as orientações da Direção Geral de Saúde (DGS) e do respetivo Plano de Contingência Municipal para o COVID-19, a Câmara Municipal de Mangualde decidiu suspender eventos ou iniciativas municipais realizadas quer em locais fechados quer em locais abertos ao público, nos quais a autarquia é promotora, durante o corrente mês de março. Neste seguimento, a sessão pública de entrega da bolsa marcada para a próxima segunda-feira, dia 16 de março, foi cancelada. Todos os estudantes receberão em sua casa o valor atribuído relativo à bolsa com base anual a que teve direito.

 

Lecitrailer investe em Mangualde

A Lecitrailer, líder ibérico no setor da montagem de carroçarias, investe três milhões de euros em Mangualde, num projeto centrado na montagem de carroçarias e no serviço de pós-venda de multimarcas. Este investimento traduz-se na criação de 20 postos de trabalho a curto prazo, com potencial evolução até 50 postos de trabalho.

Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, recebeu esta manhã os líderes da Lecitrailer e sublinhou que “este é um importante investimento para o nosso concelho, porque vem enriquecer a fileira do transporte e da logística, com uma atividade de montagem e de assistência pós-venda”. Referiu ainda que este novo investimento “contribui para que esta fileira seja significado de mais valor acrescentado para o nosso território e mais emprego”.

 A Lecitrailer, que tem 30 anos de existência, é líder ibérico no setor da montagem de carroçarias com um volume de faturação anual de 220 milhões de euros e com cerca de 850 trabalhadores. A marca vai assim instalar-se em Mangualde, nas antigas instalações ‘Tavares’ – cruzamento de Água Levada.

Por:MM

Mangualde concorre em 3 categorias no concurso “7 Maravilhas de Portugal”

O tema do concurso “7 Maravilhas de Portugal” deste ano é a “Cultura Popular” e Mangualde quer ser uma dessas Maravilhas concorrendo nas categorias de Artesanato com o Bordado Tibaldinho, em Festas e Feiras com a Feira dos Santos e em Procissões e Romarias com a Romaria à Senhora do Castelo. A iniciativa visa promover o património cultural e imaterial de Portugal.

Bordado Tibaldinho é uma arte secular elaborada por mulheres maioritariamente oriundas de Tibaldinho/Alcafache, a aldeia do concelho de Mangualde que dá o nome a esta arte com cerca de dois séculos de história, que foram transmitindo os seus conhecimentos e técnicas de geração em geração, mantendo-se fiéis à tradição. Um bordado tradicional português bastante específico que se caracteriza pela sua gramática decorativa e simbolismo único e singular, tornando-o inconfundível.

Feira dos Santos, conhecida também como Feira das Febras, é um evento com mais de 300 anos de existência e de grande importância para o concelho. A tradição dos torresmos e das febras surge com o facto da feira durar alguns dias e os feirantes terem de pernoitar e alimentar-se. Anima as ruas do centro de Mangualde no primeiro fim de semana de novembro, e promove aquilo que de melhor se faz e produz no município. Sabores gastronómicos sem igual, os magníficos vinhos do Dão, o peculiar artesanato, as cerâmicas e até a maquinaria e alfaias agrícolas. Uma Feira que promove a coesão territorial, aliando a tradição à modernidade.

Romaria à Nossa Senhora do Castelo é uma das maiores celebrações marianas da região, tem início a 7 de setembro, marcado pela procissão das velas. O cortejo começa no escadório setecentista que conta com 365 degraus e termina na Ermida de Nossa Senhora do Castelo após paragens junto das restantes capelinhas. No decorrer dos dias, os visitantes mantêm a tradição de partilhar as merendas trazidas de casa. Uma Romaria que atrai milhares de fiéis e tem origem na Idade Média.

As votações serão realizadas em direto durante os 20 programas emitidos pela RTP 1, nos meses de julho e agosto.

Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde esteve no «Sextas da Lua»

O  auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves de Mangualde voltou a receber o projeto «Sextas da Lua» no mês de fevereiro e voltou a registar casa cheia  numa noite de cultura ao luar. Assim, na passada sexta-feira, dia 28 de fevereiro, aconteceu o concerto da Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde. ” Uma canção para ti” foi o mote central, que contou no seu alinhamento com canções várias sobre o amor e as relações. O momento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira.

A Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde é um projeto que nasceu em 2014, idealizado pelo Professor Admar Ferreira. No momento, conta com mais de meia centena de jovens, oriundos das Escolas de Mangualde.

Operação de preventiva contra incêndios no concelho de Mangualde

Operação preventiva, enquadrada na execução do Plano Municipal de Defesa da Floresta, totaliza um investimento de cerca de 100 mil euros.
Com o objetivo de promover uma eficiente gestão florestal no concelho de Mangualde, a União das Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, no âmbito da candidatura ao PDR2020, nomeadamente a Operação 8.1.3. Prevenção da Floresta contra Agentes Bióticos, tem em curso os trabalhos de execução da faixa de gestão de combustíveis da Rede Primária. Esta operação de silvicultura preventiva, enquadrada na execução do Plano Municipal de Defesa da Floresta, compreende uma área de aproximadamente 120 hectares e totaliza um investimento de cerca de 100 mil euros.
A Rede Primária contempla a criação de faixas de redução e/ou faixas de interrupção de combustível com uma largura não inferior a 125 metros, que criarão compartimentos de redução da carga combustível, contribuindo assim para a defesa da floresta e aglomerados populacionais contra os incêndios.
Neste momento encontram-se já executados cerca de 30 hectares, maioritariamente em áreas de matos. O Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira, o Vice-presidente, Rui Costa e o Presidente da U.F. de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, Rui Valério, juntamente com os serviços técnicos do Gabinete Técnico Florestal e do Serviço Municipal de Proteção Civil realizaram uma visita esta manhã, dia 2 de março, ao terreno para se inteirarem dos trabalhos em curso.

Exposição de Pintura de homenagem a António Fernando Correia Borges em Mangualde

A Exposição de Pintura de homenagem a António Fernando Correia Borges, de pseudóni mo “Bianco”,  vai estar patente na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, de Mangualde de  4 de março a 18 de abril.

A mostra, de entrada livre, é um tributo prestado por Ilda Borges, viúva de “Bianco”, e Anthony Borges, seu filho. A iniciativa nasce da necessidade que os dois têm de perpetuar a memória de António Borges e revelarem algumas das obras que o autor realizou, mas que nunca chegou a divulgar publicamente. O respeito e a admiração por Bianco são o mote desta iniciativa, assim como o carinho pela cidade de Mangualde, onde viveu com a avó paterna desde criança. A exposição demonstra perfeitamente o gosto e apetência que Bianco tinha pela pintura primordialmente abstrata, sem esboço prévio, como se saísse diretamente da sua alma revelando assim as suas qualidades.

António Fernando Correia Borges, nasceu a 7 de março de 1956 em Cabinda, Angola onde viveu uma infância feliz juntos dos seus pais e irmãos, mas foi ainda em criança, nos anos 60, que veio morar para Mangualde, junto da sua avó paterna. Foi nas Escolas Primária e Secundária de Mangualde que adquiriu um capital de conhecimentos que o iria preparar para o futuro risonho que já era esperado. Concluiu com aproveitamento o antigo 7º ano de liceu no colégio de S. José e Stª Maria, onde era conhecido por “Branquinho”. Este nome viria, mais tarde, a inspirá-lo para passar a assinar as suas obras de pintura, incluindo as que são objeto da presente exposição, pelo seu pseudónimo “Bianco”.

A sua infância moldou o seu carácter de forma a transformar-se numa pessoa de sensibilidade rara e educação extrema, fatores que sem dúvida, muito contribuíram para mais tarde despertar nele o forte e vincado gosto pela pintura. A partir de 1975 passou a residir e coabitar, ainda em Mangualde, com a sua família direta que, entretanto, tinha regressado a Portugal, vinda de Angola. Essa estabilidade emocional que derivava do aconchego familiar, despertou nele outra vertente não menos importante: a sua paixão pela música que o tornou um executante de violão muito aceitável.

Conheceu Ilda Fernanda Gomes Marques, natural de Outeiro de Espinho, porém emigrada nos Estados Unidos da América (EUA), com a qual viria a contrair matrimónio a 31 de maio de 1986. Do feliz enlace resultou um filho, Anthony Marques Borges, nascido a 01 de julho de 1991.

Emigrou para os EUA com a sua esposa em julho de 1986, passando a exercer a profissão de Security no Parque Avenue na cidade de Nova York durante 28 anos, reformando-se em 2018.

Depois de várias viagens a Portugal com a sua esposa, com retorno aos EUA, efetuou a sua última viagem para o seu país em outubro de 2018, já bastante debilitado pela doença que o afetou, vindo a falecer na cidade de Mangualde no dia 12 de novembro de 2018.

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar