Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: ‘Mangualde em Movimento’

Tag Archives: ‘Mangualde em Movimento’

Símbolos Maçónicos em Mangualde

A campanha «Mangualde, o nosso património!» apresenta, mês de outubro, os Símbolos Maçónicos. Promovida mensalmente pela autarquia, esta campanha tem como objetivo aproximar a população do património mangualdense do mais que belo existe no concelho.

 SÍMBOLOS MAÇÓNICOS

Não são abundantes os símbolos maçónicos no território de Mangualde. Aqui e ali, numa exposição discreta, mas visível, vão surgindo alguns símbolos icónicos da maçonaria.

Estes símbolos podem ser observados em lugares variados, como torças de portas de entrada de residências, ou na última morada dos maçons, nos jazigos dos cemitérios. Surgem esculpidos, em alto ou em baixo relevo, no granito e noutros materiais duráveis. Tais símbolos têm carácter identitário, quer do maçon quer dos valores preconizados por aquela ordem na construção de um homem novo e de uma sociedade nova, último e crucial objetivo da maçonaria. Aquela ordem iniciática e ritualista, universal e fraterna, tem pendor filosófico e progressista e assenta no livre pensamento e na tolerância, visando o desenvolvimento espiritual do Homem.

Os símbolos que hoje aqui apresentamos, o compasso e o esquadro, expressam dois grandes valores da maçonaria: o compasso é o instrumento utilizado por Deus para desenhar os seus planos. O esquadro representa o percurso correto que os membros da corporação devem seguir na busca da moralidade e do civismo.

O compasso e o esquadro, ladeando uma moldura com as iniciais do dono da casa e a data de construção da mesma, podem ser observados na localidade de Cunha Baixa.

 

Coordenadas geográficas 40º 34. 178’N

                                                  7º 45. 396’O

 António Tavares

Gabinete de Gestão e Programação do Património Cultural

Com esta campanha todos ficam mais próximos do vasto esplendor patrimonial do nosso concelho. Nesse sentido, continua a ser colocada, em vários pontos de encontro do concelho, informação sobre o monumento/património apresentado. O património material e imaterial vai sendo apresentado consoante a categoria com a qual foi classificado: arqueologia, pelourinhos, fontes, palacetes e religiosos, bem como outros bens patrimoniais. Cada categoria será representada por uma cor que a distingue das restantes.

Foram já vários os bens patrimoniais destacados por esta campanha nos últimos três anos. Deixamos de seguida apenas alguns exemplos. Em maio último destacamos a Igreja de São Silvestre de Pinheiro de Baixo e de Cima e Picota: tecnologia antiga, no mês de junho, os Vestígios de Outrora: Vila Nova de Espinho, em agosto Paredes que falam da História, em setembro o Santo António dos Cabaços. As últimas campanhas contemplaram a Arquitetura modernista em Mangualde, Tribunal de Mangualde e Português Suave. Ao arrancar 2017 o destaque foi para os Refrigerantes Condestável… de Abrunhosa do Mato no mês de janeiro e para os Bordados de Tibaldinho… património das culturas populares, no mês de fevereiro. No mês de março o destaque foi para a Casa dos Condes de Mangualde, no mês de abril foi para a Fonte de Ricardina, em maio para Pinheiro de Tavares ao tempo do Império Romano, em junho para a capela de São Domingos de Ançada, em julho, a Carvalha…a nostálgica lembrança de um património e em agosto, a Capela de Santo António, em Mesquitela. Em setembro apresentou-se a Fundação de Nossa Senhora da Saúde de Cunha Alta.

Por:MM

 

Mário Frota em Mangualde a esclarecer consumidores

Vai acontecer no  Auditório da Câmara Municipal de Mangualde , no próximo dia 18 de outubro a sessão de esclarecimento “Cidadão esclarecido, Consumidor precavido – Serviços Públicos Essenciais”. O encontro, de entrada livre, terá lugar pelas 14h30 e conta com o Professor Mário Frota como orador.

A sessão, organizada pela Associação Portuguesa de Direito do Consumidor com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde, integra o Projeto apoiado pelo Fundo para a Promoção dos Direitos dos Consumidores 2016.

Por:MM

Desfolhada à Moda Antiga em Mangualde

Mangualde viveu a tradição de uma Desfolhada à Moda Antiga. No início do presente mês de setembro, o Rancho os Rouxinóis do Dão de Fagilde reproduziu uma Desfolhada à Moda Antiga, típica do final do séc. XIX, primeira metade do séc. XX. Os elementos do Rancho, trajados a rigor, munidos das ferramentas adequadas, puseram literalmente mãos-à-obra e fizeram uma desfolhada, remetendo as memórias para o antigamente.

“Houve ainda tempo para a malha do milho com o mangual, onde só os mais ágeis e habilidosos arriscaram o manuseio do instrumento. Que a boa disposição, a vontade, o companheirismo e o espírito de entreajuda destas gentes não se perca. Para o ano esperamos ter o prazer de realizar mais um convívio idêntico, quem sabe em mais do que um lameiro, fazendo assim a permuta de ajuda entre amigos como era antigamente” – afirma a organização.

 O Rancho Folclórico Os Rouxinóis do Dão de Fagilde existe há mais de duas décadas. Ao longo destes anos, foi recolhendo saberes das suas antigas gentes para que não se percam na memória, para que perpetuem no tempo e se reflita o quão rápido tudo muda. Hábitos, trajes, costumes de outros tempos, trabalhos agrícolas, o quotidiano rural da Beira alta, os afazeres de um povo que trabalhava de sol a sol. Tudo isto encenado e representado nas danças e cantares de um grupo jovem, com vontade de manter tradições, de não perder raízes e ver viva a aldeia e suas gentes.

Por:MM

Seniores mangualdenses visitaram o Santuário de Fátima

arraial senior 2 Entre os dias 26 de junho e 14 de julho, os seniores residentes no concelho de Mangualde, com idade igual ou superior a 65 anos, viajaram até ao Santuário de Fátima no âmbito da iniciativa “Andanças Seniores”. A ação, promovida pela Câmara Municipal de Mangualde em parceria com a Rede Social de Mangualde, foi acompanhada pela Vereadora Maria José Coelho.

 Este ano, os participantes rumaram até ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima num clima de boa disposição e alegria. No ano em que se comemora o centenário das aparições, Fátima foi o local escolhido para as habituais viagens do projeto ‘Andanças Seniores’. A contínua adesão a esta iniciativa mostra que os seniores do concelho continuam a responder afirmativamente e com entusiasmo à iniciativa proposta pelo executivo municipal. O projeto ‘Andanças Seniores’, que se tem vindo a repetir há vários anos, tem como objetivo dinamizar o convívio entre todos os cidadãos seniores do concelho, assim como promover um envelhecimento ativo e saudável da população.

 ANDANÇAS SENIORES: LAZER E CONHECIMENTO

O projeto ‘Andanças Seniores’ tem como baarrail senior 1se a realização de passeios a locais, previamente definidos pela autarquia, criando oportunidades de lazer e de conhecimento de pontos de interesse histórico-cultural. Desta forma, promover, através da atividade de lazer, momentos estimulantes para socialização, troca de experiências, emoções e comunicação permitindo aos integrantes do grupo um maior satisfação e qualidade de vida e potenciar as capacidades funcionais, físicas e cognitivas e em simultâneo promover a interação com os outros, reforçando o convívio e os laços sociais são os principais objetivos do projeto.

Por:Mun.Mangualde

 

Carvalha é o património em destaque em Mangualde

unnamed..A Carvalha é o património em destaque no mês de julho, na campanha «Mangualde, o nosso património!». A iniciativa promovida pela autarquia mangualdense tem como objetivo aproximar a população do património mangualdense do mais que belo existe no concelho.

Carvalha…a nostálgica lembrança de um património

Muitas das espécies arbóreas indígenas de Portugal Continental, quer folhosas quer resinosas, foram, em muitos casos, lentamente deixando de povoar alguns espaços próximos das zonas urbanas, devido à crescente urbanização.

O território de Mangualde conta(va) com áreas de forte presença destas espécies indígenas. A sua disseminação verificava-se e/ou verifica-se quer nas áreas florestais propriamente ditas, quer no interior das localidades. Devido à manutenção da localização natural daquelas espécies ou pelo seu plantio, como forma de ajardinar as zonas urbanizadas, é hoje frequente a sua presença na cidade e nas aldeias do concelho.

A fotografia que se publica dá conta de uma centenária carvalha que, sozinha e única, remete para a lembrança de um território outrora copiosamente povoado por esta espécie e por outras, como o castanheiro.

Esta carvalha, em Abrunhosa do Mato, de tão antiga que é, assistiu ao desenho da rua onde se encontra, viu a construção das casas que a ladeiam, presenciou a urbanização de todo aquele espaço.

Todos os anos se renova, a custo, teimosamente! Ficará, quando fatidicamente não mais conseguir sobreviver, lembrada na placa toponímica da rua a que hoje dá nome, revalidando a memória de um património extinto. 

Coordenadas geográficas: 40° 32. 604’

                                                      7° 44. 793’

Com esta campanha todos ficam mais próximos do vasto esplendor patrimonial do nosso concelho. Nesse sentido, continua a ser colocada, em vários pontos de encontro do concelho, informação sobre o monumento/património apresentado. O património material e imaterial vai sendo apresentado consoante a categoria com a qual foi classificado: arqueologia, pelourinhos, fontes, palacetes e religiosos, bem como outros bens patrimoniais. Cada categoria será representada por uma cor que a distingue das restantes.

António Tavares

Gestão e Programação do Património Cultural

Foram já vários os bens patrimoniais destacados por esta campanha nos últimos três anos. Deixamos de seguida apenas alguns exemplos. Em maio último destacamos a Igreja de São Silvestre de Pinheiro de Baixo e de Cima e Picota: tecnologia antiga, no mês de junho, os Vestígios de Outrora: Vila Nova de Espinho, em agosto Paredes que falam da História, em setembro o Santo António dos Cabaços. As últimas campanhas contemplaram a Arquitetura modernista em Mangualde, Tribunal de Mangualde e Português Suave. Ao arrancar 2017 o destaque foi para os Refrigerantes Condestável… de Abrunhosa do Mato no mês de janeiro e para os Bordados de Tibaldinho… património das culturas populares, no mês de fevereiro. No mês de março o destaque foi para a Casa dos Condes de Mangualde, no mês de abril foi para a Fonte de Ricardina, em maio para Pinheiro de Tavares ao tempo do Império Romano e em junho para a capela de São Domingos de Ançada.

 

Um longo caminho até à atualidade”em Mangualde

mangNo âmbito do projeto de promoção e divulgação do património documental do Município, a Câmara Municipal de Mangualde dinamizou uma sessão subordinada ao tema “ARQUIVO: Um longo caminho até à atualidade”. A iniciativa teve lugar ontem (20 de junho), no CIDEM – Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde. Ler Mais »

Neon Run vai iluminar Mangualde

neonSão 5km a correr ou a caminhar entre as luzes e o som

No dia 24 de junho, a corrida/caminhada dançante mais louca de Portugal, com tinta, luz, música e muita animação, chega a Mangualde. A iniciativa promovida pela Neon Portugal conta com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde e tem início marcado para as 21h00. O ponto de partida é o Largo da Feira, junto à Praia de Mangualde.

 São 5km a correr ou a caminhar entre as luzes e o som. Uma nova forma de fazer desporto, uma nova abordagem ao conceito de entretenimento animada por DJ’s. Todos os interessados devem fazer a sua inscrição em www.neonrun.pt/inscricoes/. As participações podem ser individuais, em equipa ou em família. Aos participantes será oferecido um kit composto por Tshirt NEON, Pintura NEON e STICK NEON para todos brilharem. Mais informações em www.neonrun.pt

Por:Mun.Mangualde

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar