Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: Município de Celorico da Beira

Tag Archives: Município de Celorico da Beira

XI Festival da Castanha, em Prados

Prados, a aldeia mais alta do concelho de Celorico da Beira, vai acolher o XI Festival da Castanha, nos próximos dias 3 e 4 de novembro.  No fim-de-semana a seguir ao feriado do Dia de Todos os Santos, a Junta de Freguesia de Prados, Associação da Rede de Aldeias de Montanha e a Câmara Municipal de Celorico da Beira vão promover a XI Festa da Castanha de Prados, com o intuito de homenagear e valorizar a produção e transformação deste produto endógeno, na variante longal, o qual em associação com os cogumelos constituem uma das maiores iguarias do cabaz de sabores outonais desta região da Serra da Estrela.

A freguesia de Prados, enquanto aldeia de montanha reúne as condições de excelência para ser a maior produtora de castanha do concelho e terreno fértil para a proliferação de cogumelos pelo que, este ano programação deste evento está centrada não só na produção de castanha mas, também, na combinação deste dois produtos na gastronomia.

Da programação do evento destacamos no dia 3 de novembro, sábado, as jornadas técnicas O Castanheiro e os Cogumelos Silvestres”, a Oficina de cozinha – A Castanha e os Cogumelos Silvestres com o Chef Valdimir Lubave e o  um jantar temático  confecionado com a mestria do referido Chef. Por uma questão de logística, a participação nas atividades deste dia carecem de marcação prévia, bem como também, na caminhada “Rota dos Soutos”, no passeio fotográfico e, na oficina de pão tradicional com castanha no forno comunitário, no domingo.

No domingo, 4 de Novembro, Prados vai transformar-se numa autêntica montra de produtos locais e regionais, onde a castanha será a rainha da festa, em ambiente de grande animação, muitos comes e bebes e muita música popular com desgarradas, concertinas, grupos de cantares e ranchos folclóricos. O evento terminará com o tradicional magusto comunitário.

Município de Celorico da Beira visitou Fundação Champalimaud

Recentemente, o Presidente da Câmara de Celorico da Beira, Carlos  Ascensão, foi gentilmente recebido na Fundação Champalimaud, , pelo Dr. Nunes Liberato que o conduziu numa visita às instalações e à história/missão desta prestigiada instituição nacional, que é hoje uma referência no país e no mundo, na investigação científica e na área da biomedicina, em especial nas áreas do cancro e neurociências.
A Fundação Champalimaud, foi criada em 2004 por testamento do empresário António Sommer Champalimaud, que doou 500 milhões de euros, com o objetivo de promover a investigação científica, nas áreas da biomedicina.
Ao longo destes anos, a Fundação tem consolidado o seu prestígio, não só, pelas personalidades de gabarito internacional que colaboram nos projetos e integram os seus Órgãos Sociais como, pelos resultados obtidos nas áreas da investigação biomédica e, na prestação de cuidados clínicos a doentes nacionais e internacionais. A atribuição do “Prémio de Visão António Champalimaud”, no valor de um milhão de euros, para premiar o contributo das instituições de qualquer país, no combate às doenças da visão que afligem as sociedades modernas, é de inestimável importância para o prestígio da Instituição, de Portugal e da Medicina.
A deslocação do edil celoricense à Fundação Champalimaud, insere-se no âmbito da política de proximidade às autarquias, que tem vindo a ser implementada por esta instituição.

Por:Mun.CB

Uma catástrofe assolou Portugal (Incêndio de grande proporção)

Depois de um domingo catastrófico, com um País em chamas, centenas e centenas de pessoas na estradas a procurar encontrar o melhor caminho, para estarem protegidos, mas este foi o domingo mais triste e de grande sofrimento e aperto para os portugueses que confrontados com o poder das chamas a eludir por grande partes das florestas.

Momentos difíceis foram vividos nas últimas  48 horas, mas a situação ainda não está resolvida porque corre o perigo de algumas estradas poderem vir a ser cortadas.

Assim na zona de Fornos de Algodres, regista-se ainda um incêndio a deflagrar com intensidade, na parte norte do concelho, com 36 meios terrestres, 116 meios humanos.

Ainda lavram na região, um  de incêndio na região de Gouveia, com 75 operacionais e 20 meios terrestres.

É preciso, que todos não vacilem e  tenham cumprimento, as regras  de que as autoridades deixam.

Por:AP Foto:JP

 

Obras de Beneficiação da EM581 iniciaram

18403024_1385236364877895_4170873112490661966_nIniciaram já, as Obras de Beneficiação da EM581 (cruzamento do Baraçal – Limite do Concelho de Trancoso).
Uma requalificação necessária e urgente, dado o estado de degradação do pavimento, abrangendo não só os moradores do Baraçal, Minhocal e Maçal do Chão, como também todos aqueles que utilizam aquela via.
A obra é totalmente suportada financeiramente pelo Município de Celorico da Beira, no montante de 79.908,56€ + Iva (setenta e nove mil, novecentos e oito euros e cinquenta e seis cêntimos), adjudicada à empresa João Tomé Saraiva, Sociedade de Construções, Lda, prevendo-se a sua conclusão a 27 de Maio de 2017.

Por:Mun.CB

Obras de Requalificação/Alteração de Mobilidade Pedonal na EN 16 em Celorico

18275076_1381570025244529_3993223925873025159_nIniciaram as obras de Requalificação /Alteração de Mobilidade Pedonal na EN 16 e Alteração na Rua 25, pelo que a Câmara Municipal, pede desculpa a todos os moradores, comerciantes e população em geral pelo incómodo que poderão as mesmas causar.

A Intervenção proposta, visa a melhoria da mobilidade pedonal na antiga N 16, em termos de execução de novas passadeiras, bem como, a repavimentação de todo o espaço de passeios atualmente em betão na Rua 25 de abril, a construção de cinco estacionamentos automóvel e estacionamento para pessoas com mobilidade reduzida. Trata-se de uma rua com zonas em muito mau estado de conservação, visto a recolha de água pluvial ser insuficiente, causando estragos sérios no pavimento e muros existentes.

A Obra é totalmente suportada financeiramente pelo Município de Celorico da Beira, com o valor da Adjudicação de 101.719,50 + IVA e tem o Prazo de Execução de 60 dias.

No início do arruamento (cruzamento da Rua Sacadura Cabral com a 25 de abril), serão eliminadas barreiras arquitetónicas, tais como, os degraus existentes, que se propõe dar lugar a rampas, bem como, alargamento pontual de passeio e passadeiras de nível para promover o acesso a pessoas com mobilidade condicionada.

Por:Mun.CB

Obras de Requalificação da Praça da República vão ser inauguradas em Celorico da Beira

celoricoVai ter lugar nesta sexta-feira, 24 de fevereiro, por volta 12h30, na vila de Celorico da Beira, a inauguração das Obras de Requalificação da Praça da República , mais concretamente no Largo do Tribunal, vai marcar presença a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Dra. Maria Manuel Leitão Marques, juntamente com o Presidente do Município de Celorico da Beira.

Curso de Formação de Técnicas de Tapeçaria e Vestuário em Celorico da Beira

mcb A Biblioteca Municipal recebeu nesta quarta-feira, a sessão de acolhimento às 15 formandas que irão frequentar o Curso de Formação de Técnicas de Tapeçaria e Vestuário.

Este curso , que irá funcionar na Biblioteca Municipal, resulta da parceria estabelecida entre a Câmara Municipal de Celorico da Beira e o Modatex – Centro de Formação Profissional da Indústria Têxtil, Vestuário, Confeção e Lanimcb1fícios, delegação da Covilhã.

A formação tem a duração de 575 horas e vai permitir às formandas, atualmente em situação de desemprego, adquirir competências nesta área, facilitando a sua inserção no mercado laboral ou até mesmo a criação do próprio emprego.

Por:MCB

“Sports 4 All” animou as gentes celoricenses

0cbTeve lugar neste sábado, na vila de Celorico da Beira mais uma prova de atletismo que homenageou mais uma vez Carlos Amaral.

Assim o Jardim Parque Carlos Amaral foi palco de muitas atividades desportivas  inseridas no “Sports 4 All”.

Decorreu o 17º Grande Prémio de Marcha Atlética, numa homenagem a Carlos Amaral, com  a realização da 2ª Corrida Urbana M17, numa distância de 10 km, a 2ª Corrida Urbana Jovem que incluiu benjamins (500 m), Infantis (1700 m), Iniciados (2550 m) e Juvenis (3400 m).

Estiveram em provas muitos atletas de diversas partes do País para prestar a homenagem, mas também para dar mais uma mostra que o atletismo português é uma modalidade com imensos praticantes.

Por:AP/Foto:BATV

 

Sorteio de Natal em Celorico da Beira

15179048_1201359719932228_4074445974779645233_nPelo quarto ano consecutivo e de forma a estimular as compras no comércio local, a Câmara Municipal de Celorico da Beira irá realizar um sorteio de Natal, que permite sortear 3 prémios pelos clientes do comércio local aderente e que venham a efetuar compras, de 1 a 31 de Dezembro de 2016, nas lojas do Comércio Local.
O sorteio será realizado no dia 9 de Janeiro de 2017, pelas 20h30 no Salão Nobre da Camara Municipal.
Os clientes que, no período de 1 a 31 de Dezembro de 2016, efetuarem compras em qualquer loja aderente, terão direito a um cupão por cada 25 euros em compras.
Os prémios a atribuir neste Sorteio de Natal serão:
1º Prémio – 1 Fim-de-semana em Óbidos (1 noite)
2º Prémio – Jantar para duas pessoas
3º Prémio – Cabaz de Natal

Por:Mun.CB

Celorico da Beira recebe Exposição de Fotografia

eduardo teixeira pintoVai estar patente ao público no Centro Cultural de Celorico da Beira, de 2 a 30 de novembro a Exposição de Fotografia de Eduardo Teixeira Pinto, com o título “O Prazer de Fotografar”.

Nota sobre o autor:

Eduardo da Costa Teixeira Pinto nasceu em Amarante, em 1933 e começou a tirar as suas primeiras fotografias profissionais em 1950, tornando-se expositor desde 1953 em vários salões de fotografia nos cinco continentes.

Foi membro ativo de diversas comunidades de fotógrafos, nomeadamente «Associação Fotográfica do Porto», «Grupo Câmara» (Coimbra) e «Associação Fotográfica do Sul» (Évora). A sua vasta obra, dotada de um olhar poético sobre a realidade, fizeram de si um dos melhores e mais galardoados fotógrafos portugueses do século XX com fotografias que abordam diversos temas, com destaque para a Natureza e a figura humana, que tão bem soube conciliar.

Com fotografias como «Rodopio», «Igreja de S. Gonçalo», «De Regresso», «Tema de Pintores», «Matinal» e «Quietude», entre outras, obteve inúmeros prémios em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente o Grande Prémio de Camões (1960), na época, uma das mais altas distinções a nível nacional.

Falecido em Janeiro de 2009, Eduardo Teixeira Pinto, deixou um espólio fotográfico de valor incalculável sendo vontade da família promover a sua divulgação com a referida exposição.

Inserido nesse propósito foi publicado um livro, em Dezembro de 2010, Eduardo Teixeira Pinto – a poética da imagem, numa edição com o patrocínio total da empresa Mota Engil, com cerca 230 fotografias de Eduardo Teixeira Pinto agrupadas por temáticas: O Rio, A Nossa Terra, A Nossa Gente, as Festas e Outros Olhares.

Em 14 de Junho de 2014 foi inaugurada uma nova exposição “ Aos Olhos de Eduardo “ no Museu Municipal de Ourense, composta por 70 fotografias da vasta obra do Autor. Esta exposição irá percorrer, durante os próximos anos, algumas das cidades da Galiza e do Norte de Portugal que fazem parte do Eixo Atlântico, tendo sido publicado um catálogo da referida exposição elaborado pela Associação para a Criação do Museu Eduardo Teixeira Pinto e pela Fundação Vicente Risco ( Alhariz – Ourense), com o Apoio da Câmara Municipal de Amarante e do Concelho de Ourense.

O trabalho de Eduardo Teixeira Pinto está patente no Museu -Amadeo de Souza-Cardoso – Amarante, com uma exposição permanente no primeiro piso daquele equipamento cultural.

Por: Mun. Celorico da Beira

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar