Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: Município de Mangualde

Tag Archives: Município de Mangualde

Toy apadrinha Bordados de Tibaldinho nas 7 Maravilhas da Cultura Popular

Município de Mangualde e a Junta de Freguesia de Alcafache apresentaram uma candidatura para os Bordados de Tibaldinho serem uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular, na área do Artesanato. No dia 7 de junho, em programa transmitido em direto pela RTP1, foi anunciada a eleição de 7 patrimónios candidatos de cada região, tendo sido apurada a nossa candidatura como uma das 140 Finalistas Regionais. Para além de ser um dos finalistas, os nossos Bordados de Tibaldinho têm o cantor Toy como padrinho. Veja o vídeo de apoio aqui.

No passado dia 28 de junho, esteve no ar o segundo programa exclusivamente dedicado às 7 Maravilhas da Cultura Popular Portuguesa, com apresentação de José Carlos Malato e Vanessa Oliveira. Nesse programa foi apresentado o número telefónico para votação nos Bordados de Tibaldinho, é o 760 207 793. Com o culminar desse programa, teve início a votação que só terminará aquando da realização do programa respetivo no nosso distrito. Esse número de telefone acompanhará a nossa candidatura até ao final.

O custo de cada chamada é de 0,60€ + IVA (23%) e cada telefone tem votação ilimitada, havendo assim a possibilidade de cada número de telefone efetuar mais que uma chamada. Votar, estando fora do território nacional não é possível, exceto se o telefone tiver número português.

Considerando a tradição inigualável do nosso “Bordado de Tibaldinho”, é fundamental o voto de todos para levarmos ainda mais longe a tradição do nosso património imaterial – “Os Bordados de Tibaldinho”.

Enfermeiros estagiários homenageados no Município de Mangualde

O Município de Mangualde, recebeu nos Paços do Concelho os enfermeiros estagiários que estiveram durante dois meses a ajudar o Lar São José, em Santiago Cassurrães. Foram recebidos nove profissionais, oito da Escola Superior Saúde de Viseu e um da Escola Superior Saúde de Bragança. Esta receção, em jeito de agradecimento e de reconhecimento pelo serviço e apoio prestados, foi efetuada pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, e pelo Presidente da Junta da União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, Rui Valério.

Elísio Oliveira começou por enaltecer o empenho e a coragem, porque “numa altura em que faltavam recursos humanos para responder ao surto do vírus da COVID-19 que estava instalado no Lar, estes jovens disseram sim, estamos presentes”. Para além deste gesto de agradecimento, “fica a nossa mais sincera gratidão e votos de muito sucesso no futuro. Pessoas com este carácter têm certamente muito a dar à nossa sociedade e esperemos que esta saiba agradecer e respeitar o momento que o mundo atravessa”, conclui o presidente.

Recorde-se que o concelho de Mangualde teve, até à data de hoje, 78 casos confirmados, sendo 70 casos na União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, dos quais 64 foram no Lar São José. Atualmente, o concelho apresenta apenas três casos ativos de COVID-19.

Mangualde adapta eventos e lança Programa de Cultura de Verão 2020

“Em Quarto Crescente”, “Itinerância das Lua”, “ALTO” – Projeto Alto Mondego Rede Cultural, Atividades da Rede Cultural CIM Dão Lafões, e diversos espetáculos culturais anuais, adiados para 2021.

A Câmara Municipal de Mangualde optou por adiar para 2021 os projetos anuais como o “Em Quarto Crescente” e “Itinerâncias da Lua”, “ALTO” e outras atividades, porque estas envolvem grandes públicos, devido à situação atual, resultante dos efeitos da pandemia e das orientações governamentais e da Direção Geral da Saúde (DGS) .

Contudo, e de acordo com as mesmas orientações, junho será um mês de viragem para a cultura, prevendo-se o regresso gradual de eventos culturais. De acordo com as palavras da Ministra da Cultura devem ser privilegiados os eventos ao ar livre de menor dimensão, com regras apertadas, seguindo as recomendações da DGS.

Assim, e tendo em conta este contexto, desejando sempre proporcionar aos mangualdenses o acesso a eventos culturais num período de algum desalento, o Pelouro da Cultura, através da Biblioteca Municipal, propõe uma programação alternativa aos eventos adiados, com o objetivo de colmatar o vazio deixado. Esta programação passa pela realização de cinema Drive IN e pequenos concertos semanais realizados em locais apelativos, privilegiando artistas locais.

CINEMA DRIVE IN NOS DIAS 19 E 20 DE JUNHO, NA PRAIA DE MANGUALDE

Esta programação terá início já este mês de junho com a apresentação de Cinema DRIVE IN. A iniciativa desenvolve-se com a parceria da Associação Juvenil Jovens do Castelo que ajudará a garantir o cumprimento das regras emanadas pela DGS. A atividade será gratuita, terá lugar na praia de Mangualde, mais precisamente, no parque onde ocorre a feira quinzenal, e será realizada nos dias 19 e 20 de junho de 2020. Ambas as sessões terão início às 21:30h. O dia 19 de junho será dedicado às famílias e crianças, pelo que se escolheu a apresentação do filme “Heidi”. Já o segundo dia terá como público alvo os jovens e adultos com idade a partir dos 12 anos, pelo que se apostou no visionamento do filme “Novos Amigos Improváveis”.

“VOLTAS DA LUA”: CONCERTOS INTIMISTAS A 26, 27 E 28 DE JUNHO, NO JARDIM DA BIBLIOTECA

O regresso gradual e controlado a atividades culturais continuará a acontecer logo no fim de semana seguinte. Nos dias 26, 27 e 28 de junho serão realizados três concertos intimistas no Jardim da Biblioteca Municipal que constituem o “Voltas da Lua”. Estes decorrerão a partir das 22:00 horas num ambiente de café concerto, mantendo o registo a que a Biblioteca Municipal já nos habituou, mas com lotação limitada, lugares marcados, bilhetes de entrada, distanciamento de segurança e todas as normas exigidas pela DGS.

ROTUNDA ÀS SEIS”: CONCERTOS DE FIM DE TARDE, NO CENTRO DA CIDADE, EM JULHO E AGOSTO

Para os meses de julho e agosto reservámos concertos ao fim da tarde que terão lugar no centro da cidade, todos os sábados a partir das 18:30 horas, para trazer a alegria e a vivacidade de que esta precisa. “Rotunda às seis” é o nome desse conjunto de concertos livres, que decorrerão num espaço visível mas delimitado, sem área para o público, com som projetado por todo o centro da cidade.

Mangualde apresenta Mostra Social Virtual

De dois em dois anos realiza-se em Mangualde a Mostra Social – Mostra de Serviços de Apoio Social e Potencialidades do Concelho de Mangualde, com o intuito de promover e de valorizar as diversas ofertas sociais que o Município mangualdense possui. Este ano, tendo em conta o contexto pandémico vivido, a mostra será virtual com uma forte oferta digital. Decorre de 13 a 19 de junho, nas redes sociais da Câmara Municipal, sempre de participação gratuita.

O objetivo da Mostra Social Virtual é divulgar a oferta social existente no concelho, promovendo as atividades das instituições, os seus mecanismos de intervenção e a cooperação institucional, valorizar e divulgar os serviços e os projetos existentes na área social no município, promover o seu conhecimento junto da população e reforçar e consolidar a cultura de rede e de parcerias abertas e eficazes.

Assim , Maria José Coelho, vereadora da Ação Social sublinha que “apesar do momento excecional que vivemos não nos permitir estar juntas/os, não pudemos deixar de marcar presença com uma Mostra Virtual. O nosso maior objetivo é homenagear, divulgar, valorizar e reconhecer todos os parceiros da Rede Social no sentido de promover as atividades das instituições, os seus mecanismos de intervenção e toda a cooperação e meritório trabalho institucional, bem como todas as atividades e projetos do setor social deste município”.

Esta Mostra Virtual vem mostrar e relembrar o sucesso das duas últimas edições, um trabalho de grande proximidade na comunidade com o objetivo de bem fazer pelo bem comum, atestado pelos momentos recentemente vividos no âmbito do COVID 19. A Rede Social esteve sempre presente nestes momentos difíceis de apoio e ajuda a quem mais precisou”, destacou ainda Maria José Coelho.

Aqui deixamos o programa para a comunidade seguir e ouvir:

13 de junho, sábado

Início Mostra Social Virtual

– Vídeo – divulgação de vídeo nas redes sociais do município

. Programa da Mostra Virtual

. Mensagem Vereadora da Ação Social

. Apresentação dos serviços de Ação Social da CMM

 

15 de junho, segunda-feira

  • 9:00

Mostra Social Virtual – divulgação de vídeo nas redes sociais do município

. Gabinete de Psicologia do Município – “Emoção e Sentimento”

. Bons Velhos Tempos – Animação Sénior em Itinerância

. Pontos e Encontros

 

16 de junho, terça-feira

  • 9:00

Mostra Social Virtual – divulgação de vídeo nas redes sociais do município

. 5 sentidos

. ACAPO

. APPDA

. Associação Social Cultural e Recreativa da Freixiosa

 

  • 14.00

Workshop “Autismo em Casa”

. APPDA

Local: Por videoconferência, através da plataforma Microsoft Teams

Inscrições: Gratuitas, mas deverão ser formalizadas através do preenchimento do formulário de inscrição (aqui) ou através do e-mail sara.saraiva@cmmangualde.pt

 

Apresentação: Esta apresentação terá como objetivo principal passar algumas estratégias práticas aos pais e cuidadores de crianças e jovens com PEA durante este tempo de confinamento. Para além das mudanças drásticas na rotina, que por si só representam um potenciador enorme de comportamentos disruptivos, todo o stress adicional da situação atual e o aumento do tempo passado juntos também contribuem para um aumento nos desafios diários. Algumas sugestões e explicações ajudaram a perceber melhor o impacto que o comportamento do adulto tem no comportamento da criança ou jovem, e como pequenas mudanças podem ajudar a gerir uma situação complexa e torná-la mais fácil para todos.

 

Apresentador: A Nicole Dias concluiu a sua licenciatura em Psicologia Clínica, no ISPA (Instituto de Psicologia Aplicada), em Lisboa, em 2005. É membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses, especializada em Psicologia Clínica e Psicologia da Educação. Em 2006 ela juntou-se à primeira equipa ABA em Portugal. Depois, em 2008 a Nicole cofundou o Centro ABA e posteriormente, em 2013, a Nurture and Nature, empresa da qual ainda é diretora técnica.  Concluiu o seu mestrado em Psicologia Clínica em 2010 e terminou a sua qualificação em Análise Comportamental, através do FIT (Florida Institute of Technology) em 2013.

A Nicole trabalha com atrasos globais do desenvolvimento, maioritariamente autismo, preferindo intervir no contexto natural em parceria com pais e professores. A sua experiência nesta área ultrapassa 15 anos de dedicação e formação. Para além de implementar intervenções e supervisionar equipas clínicas, ela presta consultoria, faz formação e dedica o seu tempo à divulgação e promoção da Análise Comportamental em Portugal. Presta consultoria e formação à APPDA-Viseu.

 

17 de junho, quarta-feira

  • 9:00

Mostra Social Virtual – divulgação de vídeo nas redes sociais do município

. Centro Paroquial da Cunha Baixa

. Centro Paroquial de Alcafache

. Centro Social Cultural da Paróquia de Mangualde

 

 

 

18 de junho, quinta-feira

  • 9:00

Mostra Social Virtual – divulgação de vídeo nas redes sociais do município

. Centro Social Paroquial de Abrunhosa a Velha

. Centro Social Paroquial de Chãs de Tavares

. EAPN

 

  • 18:30

Workshop “Como motivar os miúdos para as aprendizagens escolares fazendo uso das novas ferramentas!”

. Cinco Sentidos – Espaço de Reabilitação e Intervenção Psicoeducacional

Local: Por videoconferência, através da plataforma Zoom

Inscrições: Gratuitas, mas deverão ser formalizadas através do preenchimento do formulário de inscrição (aqui) ou através do e-mail sara.saraiva@cmmangualde.pt

Público Alvo: para pais, professores e todos os interessados

 

Apresentação: Esta formação tem como objetivo a partilha de ferramentas que promovam a leitura, escrita, matemática e raciocínio lógico-dedutivo de forma apelativa, significativa e interativa.

Serão exploradas algumas aplicações para o telemóvel, alguns softwares educativos e plataformas digitais, grátis, que permitem a criação de jogos engraçados para tornar as aprendizagens mais divertidas

 

Apresentador: Teresa Sousa

 

19 de junho, sexta-feira

  • 9:00

Mostra Social Virtual – divulgação de vídeo nas redes sociais do município

. IPDJ

. Núcleo Pais em Rede

. Obra Social Beatriz Pais Raul Saraiva

. Rotary Club de Mangualde – Universidade Sénior

. Santa Casa da Misericórdia de Mangualde

 

  • 14.00 – 16h00

Workshop “Envelhecimento, Doença Mental e a Prestação de Cuidados às Pessoas Idosas: O Estatuto do Cuidador Informal”

. EAPN

Local: Por videoconferência, através da plataforma Zoom – inscrição obrigatória

Inscrições: Gratuitas, mas deverão ser formalizadas obrigatoriamente até ao próximo dia 12 de junho, através do preenchimento do formulário de inscrição (aqui) ou por e-mail sara.saraiva@cmmangualde.pt

Público Alvo: Técnicos das Áreas das Ciências Sociais e Humanas e de Ação Social, Cuidadores Formais e Informais;

 

Apresentação: O envelhecimento é um processo que acontece ao longo de toda a existência do indivíduo, e que é influenciado não só pelas características inatas e biológicas do ser humano, mas também de toda a conjuntura ao seu redor, contribuindo para que o percurso de cada pessoa seja único. Em cada fase do seu ciclo de vida vão acontecer mudanças, perdas e ganhos, que cada pessoa tenderá a superar. Todavia, a última fase deste ciclo, a velhice, pode trazer desafios acrescidos, advindos das múltiplas perdas e declínios que se poderão fazer sentir. A doença mental e os problemas neurológicos em fases avançadas de vida são uma realidade da qual a sociedade não se pode alhear, uma vez que muitas das pessoas com este tipo de patologias poderão necessitar dos cuidados de outrem durante um longo período de tempo, como é comum em situações de demências, por exemplo. Até agora, quer as pessoas cuidadas quer os seus cuidadores informais, não tinham um estatuto próprio e poucas eram as medidas de apoio a que tinham acesso. Neste momento, um conjunto de legislação está em publicação de modo a que se criem respostas mais adequadas para colmatar as necessidades destas pessoas. Com esta Oficina pretende-se dar uma noção sobre o Estatuto do Cuidador Informal, partindo das necessidades que as pessoas idosas e os seus cuidadores manifestam a partir da sua experiência de cuidar.

 

Objetivos Gerais:

  • Reconhecer o Envelhecimento enquanto um processo contínuo ao longo da vida;
  • Compreender a velhice enquanto última fase do Ciclo de Vida do indivíduo e as suas tarefas desenvolvimentais;
  • Sensibilizar para a possibilidade de existência de problemas de saúde mental nas pessoas idosas;
  • Dar a conhecer as implicações que os problemas de saúde mental podem ter a nível da autonomia e da funcionalidade das pessoas de mais idade;
  • Elucidar sobre o Estatuto do Cuidador Informal.

 

Conteúdos:

  • Envelhecimento e velhice: uma fase de mudanças na vida dos indivíduos;
  • Problemas de saúde mental mais comuns na velhice;
  • Desafios da prestação de cuidados às pessoas de mais idade;
  • O Estatuto do Cuidador Informal.

 

Metodologia:

– Exposição oral, diálogo e debate de ideias relacionadas com o tema.

 

-Dinamizador(a): Emília Vergueiro

  • Mestre em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra; Psicóloga Especialista nas áreas de Psicologia Clínica e da Saúde e de Psicogerontologia pela Ordem dos Psicólogos Portugueses; pós-graduada em Neuropsicologia Clínica – do diagnóstico ao Tratamento, e em Intervenção Neuropsicológica – Avaliação e Reabilitação; Psicoterapeuta com Especialização em Psicoterapias Construtivistas pela Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas. Técnica do Centro de Apoio Alzheimer Viseu desde 2015, onde acompanha cuidadores (formais e informais) e pessoas com demência e seus familiares.

Na Mostra Social, o Município conta com as seguintes entidades parceiras: Agrupamento de Escuteiros 299 Mangualde; AMARTE; APPDA; Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal – ACAPO; Associação de Promoção Social, Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres; Rotary Club de Mangualde – Universidade Sénior; Associação De Solidariedade De Contenças de Baixo; Associação Social Cultural e Recreativa da Freixiosa; Centro Paroquial de Alcafache; Centro Paroquial de Cunha Baixa; Centro Paroquial de Santiago de Cassurrães; Centro Social Cultural Paroquial de Mangualde; Centro Social Paroquial de Abrunhosa-a-Velha; Centro Social Paroquial de Chãs de Tavares; Centro Social Paroquial de Fornos de Maceira Dão; Conferência S. Vicente de Paulo; Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Mangualde; EAPN – Portugal (Rede Europeia Anti Pobreza); Espaço de Reabilitação e Intervenção Psicoeducacioal – 5 Sentidos; Fraternidade Nuno Álvares; Grupo de Voluntariado da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Mangualde; Instituto do Emprego e Formação Profissional – IEFP; Instituto Português do Desporto e da Juventude – IPDJ; Núcleo Pais em Rede – Mangualde; Obra Social Beatriz Pais, Raúl Saraiva; e Santa Casa da Misericórdia de Mangualde.

Jorge Almeida piloto mangualdense homenageado

Numa cerimónia levada a efeito pelo Município de Mangualde representada pelo seu Presidente Elísio Oliveira e Vice-Presidente, Rui Costa, com apoio das freguesias de Moimenta de Maceira Dão e de Espinho, foi dado o reconhecimento ao piloto do concelho, Jorge Almeida que foi Campeão Nacional de Perícia automóvel em 2019.

Em Mangualde regressa “Mochila às Costas, Sapatilhas no Pé”

Arranca em Mangualde o projeto “Mochila às Costas, Sapatilhas no Pé” novamente, mas adaptado à nova realidade devido à pandemia COVID-19. E volta no mês da Família, nesta sexta-feira.

Assim, os mangualdenses vão ser desafiados novamente a calçar as sapatilhas e a praticar desporto. Estas caminhadas serão sugeridas semanalmente, sempre às sextas-feiras, no site da Câmara Municipal de Mangualde www.cmmangualde.ptaqui, com percursos diferentes, até meados de setembro. Depois cada um faz a caminhada separadamente, no dia e hora que mais lhe convém durante essa semana publicando as suas fotos nas redes sociais com hashtag #mochilaascostassapatilhasnope. Os moldes são diferentes, mas o espírito é o mesmo: desporto e boa disposição. Separados na caminhada, mas juntos no conceito e nos objetivos.

O projeto “Mochila às Costas, Sapatilhas no Pé” está integrado no Plano de Ação de 2020 da Rede Social de Mangualde, no âmbito o Eixo IV – Promover Estilos de Vida Saudáveis. Para além do objetivo de incentivar a comunidade para a prática do exercício físico e dos benefícios associados, pretende-se que os participantes nestas caminhadas surpreendam os sentidos pelos trilhos e caminhos citadinos.

Em Mangualde entregues 150 cabazes a famílias de alunos do escalão A

O Município de Mangualde está a implementar o Plano Municipal de apoio às famílias, às instituições e às empresas, definido aquando da passagem do Estado de Emergência para o Estado de Calamidade e, nesse sentido, entregou esta semana cerca de 150 cabazes a famílias de alunos do escalão A. Cada cabaz é composto por bens alimentares, máscaras e gel desinfetante. A distribuição contou com o apoio das Juntas de Freguesia.

O Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira, destaca a importância desta ação, que se repetirá em junho, inserida num “conjunto de medidas de apoio às famílias, às instituições e às empresas, num montante de cerca de 300 mil euros, para enfrentar a crise, e manter vivo o nosso ecossistema social e empresarial”. “Mais do que nunca é fundamental estarmos atentos a todos os que necessitam de ajuda, seja ela de que forma for, bens alimentares para as famílias, equipamentos informáticos para os alunos, ou um simples contacto para uma conversa e para isso temos as linhas de apoio municipal”, contextualiza ainda o presidente.

De recordar algumas das medidas de apoio às famílias, tais como: isenção das tarifas variáveis da água, saneamento e resíduos sólidos urbanos em maio e junho (limite máximo de gastos igual ao mês homólogo do ano anterior, mais 30%); no âmbito da ação social escolar, disponibilização de géneros alimentares às famílias que tenham alunos do escalão A; entrega de pelo menos 100 computadores, 50 routers e outros equipamentos informáticos, de acordo com as prioridades definas pelo Agrupamento de Escolas de Mangualde, para apoio do ensino à distância; e entrega de máscaras às famílias mais carenciadas.

Reabre ao público a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde

                                                 Um horário novo e todas as recomendações da DGS

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, reabre ao público na próxima segunda-feira, dia 18 de maio, com novo horário e regras bem definidas, sempre de acordo com as recomendações da Direção Geral da Saúde (DGS). O espaço funcionará de segunda a sexta-feira das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30.

 A entrada é condicionada, devendo por isso os utilizadores aguardar no exterior pela indicação para entrar. O acesso às estantes é igualmente condicionado, os pedidos devem ser dirigidos ao colaborador da sala. Existe lotação limitada nas salas de leitura, sendo permitida a permanência de/até 21 leitores no total das 3 salas de leitura e estarão disponíveis 16 lugares de leitura presencial e 5 postos de acesso à internet nas 3 salas de leitura.

Todos devem respeitar escrupulosamente as indicações dos funcionários da Biblioteca Municipal de Mangualde e é obrigatório o uso de máscara, bem como a desinfeção das mãos à entrada, a manutenção da distância de segurança, de acordo com as delimitações do espaço definidas pelo serviço, e o respeito das regras de etiqueta respiratória. Não é permitido alterar a disposição do mobiliário e o auditório permanecerá indisponível até 1 de junho.

 Os equipamentos e as superfícies de contacto serão desinfetados após cada utilização. Os livros e documentos consultados e emprestados serão colocados em quarentena durante 9 dias.

 SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS AO PÚBLICO:

› Empréstimo e devolução de livros (modalidade “take away”);

› Empréstimo de livros com entrega no domicílio;

› Reservas online;

› Serviço de referência presencial e online;

› Leitura presencial (lotação limitada);

› Não é possível a consulta de jornais diários/semanários em formato papel (estarão disponíveis dois tablets para consulta de publicações online);

› Postos de pesquisa do catálogo na entrada da Biblioteca e na sala de leitura de adultos.

Monumentos e bens do património cultural bem sinalizados no concelho de Mangualde

Ficou concluída a colocação de sinalética de trânsito indicativa e de direcção de vários monumentos e bens do património cultural do concelho de Mangualde. Na cidade de Mangualde, o foco foi essencialmente a indicação das Ruínas Romanas da Quinta da Raposeira que, restauradas e conservadas, se tornam, agora, mais facilmente acessíveis aos turistas e população local em geral.

Pelo resto do território, a sinalização indica a direcção de vários monumentos, como o Dólmen de Cunha Baixa, a Orca dos Padrões, a Torre Medieval de Gandufe, entre outros.

A iniciativa, idealizada através do Gabinete de Arqueologia e Gestão do Património Cultural da Câmara Municipal de Mangualde, permite dar visibilidade e facilitar a visita ao rico património do concelho, fomentando a permanência de turistas que, deslocando-se pelo território, estimulam a economia local, promovendo desenvolvimento.

Novo Centro de Apoio Cultural e Intergeracional de Quintela de Azurara vai ser uma realidade

                                             Investimento total de mais de 164 mil euros.

O Município de Mangualde viu aprovada a candidatura ao PDR2020/Renovação de Aldeias, que visa transformar as antigas escolas primárias, no novo Centro de Apoio Cultural e Intergeracional de Quintela de Azurara. Esta obra representa um investimento global de mais de 164 mil euros, sendo que pelo PDR 2020 foram considerados elegíveis mais de 153 mil euros, do qual será obtida comparticipação de 80% no valor de cerca de 122 mil euros.

O projeto entra agora numa nova fase de cabimentação orçamental e lançamento do concurso público para adjudicação da obra.  Para Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, “trata-se de mais um projeto que aumentará a capacidade de reposta social, intergeracional, e que dará suporte à dinamização de uma freguesia rica em cultura e tradições”.

Além do Município de Mangualde, são parceiros deste projeto a Junta de Freguesia de Quintela de Azurara, o Rancho Folclórico “Os Azuraras” de Quintela e a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar