Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: Páscoa

Tag Archives: Páscoa

Academia de Música animou noite em Trancoso

Concerto de Páscoa

O Convento de São Francisco – Teatro Municipal de Trancoso encheu-se nesta terça-feira, dia 16 de abril, para o Concerto de Páscoa promovido pela Academia de Música de Trancoso.

Participaram também na iniciativa, os alunos do Centro de Formação Musical de Mêda, Academia de Musica Quinta do Ribeiro de Moimenta da Beira, Escola de Música da ADRC de Aguiar da Beira e Côartes Academia de Música de Vila Nova de Foz Côa.

Ao longo de cerca de duas horas foi possível presenciar e apreciar prestações exímias por parte dos músicos acompanhados de uma bonita moldura humana.

Este Concerto de Páscoa contou com a participação da Orquestra Sinfónica, a cargo do Maestro Cláudio Ferreira e teve o seguinte alinhamento:

Orquestra de Cordas

– Mr. G´S One – Finger March – Herbert S. Gardener

– Presenting the Strings – Joseph Campello

– Ninja – Richard Meyer

Orquestra Sinfónica

– Te Deum – Marc Antoine Charpentier

– Symphony No.1 (4TH MOVEMEnt) – Brahms

Orquestra Sinfónica e Coro

– Calvary´s Love – Arr. Daniel Martinho.

Por:MT

Queima do Judas em Trancoso

No Município de Trancoso realiza- se no próximo dia 21 de abril, pelas 15h30, “A Queima do Judas” no Campo da Feira em Trancoso.

No final deste momento emblemático da quadra pascal, terá lugar no Largo do Mercado Municipal, um concerto com a banda Batuta D’ Alegria de Fornos de Algodres.

(Em caso de condições climatéricas adversas, o concerto realizar-se-á no Convento de São Francisco – Teatro Municipal de Trancoso).

Férias Ativas – Páscoa 2019 na Guarda

O Município da Guarda promove durante o período de interrupção letiva da Páscoa, as Férias Ativas – Páscoa 2019. Trata-se de uma ação destinada a jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 16 anos e que decorrerá entre os dias 8 e 12 (1ª semana) e de 15 a 18 de abril (2ª semana).

O objetivo da iniciativa prende-se com o desenvolvimento de atividades de âmbito desportivo, recreativo, cultural e ambiental. A iniciativa destaca-se também pela sua importância social ao garantir um conjunto de soluções às famílias, que não têm onde deixar os filhos durante estes períodos de interrupções letivas, proporcionando aos jovens um período divertido e ativo, fomentando o convívio e a socialização.

Nesta edição destacam-se atividades nos vários espaços do Município da Guarda como o Pavilhão de S. Miguel, o Teatro Municipal da Guarda, as Piscinas Municipais a Biblioteca Eduardo Lourenço ou a Quinta da Maunça. Estão também previstas visitas à cidade do Porto (Ribeira e Zoo) e a Celorico da Beira (castelo), Linhares (aldeia histórica) e ainda uma subida à Serra da Estrela.

O programa completo da iniciativa está disponível para consulta no site do município em www.mun-guarda.pt, assim como as inscrições.

Caça aos ovos em Domingo de Páscoa na Matança

Na Freguesia da Matança o domingo de Páscoa, foi diferente e divertido, com o jogo da “caça aos ovos, com a animação , reinação e convivio entre os mais novos.

Uma atividade dinamizada pela Junta de Freguesia mas que contou com o apoio e contributo de alguém que não vive permanentemente na Matança.

Em suma , o jogo decorreu da melhor forma com os mais novos a encontrar o mais desejado.

fotos:FM

 

 

“Queima do Judas” aconteceu em Trancoso

Trancoso reviveu neste domingo, dia 1 de abril, no largo do Campo da Feira a “Queima do Judas”, tradição com características judaico-cristãs que perdura há vários séculos, mantendo vivo o espírito com que foi criada.

O julgamento do Judas, sua condenação e execução, é motivo de festejo da comunidade trancosense, que vê nesta festa a expiação dos males, a esperança de boas e novas colheitas ou apenas… o cumprir de mais uma tradição que não quer deixar cair no esquecimento.

Após o término deste momento emblemático da quadra pascal, realizou-se no Convento de São Francisco – Teatro Municipal, o concerto com o grupo “Eiró”.

Por:MT

Centro de Portugal atraí milhares de visitantes na Páscoa

Este fim de semana de Páscoa vai ser extremamente positivo para a atividade turística no Centro de Portugal. Um inquérito feito às unidades hoteleiras e de turismo rural, conduzido pelo Turismo Centro de Portugal, mostra que as taxas de ocupação estão muito altas, havendo dezenas de espaços completamente lotados.

Os dados, recolhidos até ao dia 28 de março, indicam que, na globalidade do Centro de Portugal, as taxas de ocupação serão de 70% na sexta-feira e 66% no sábado. A procura é particularmente intensa nas sub-regiões da Beira Baixa e da Beira e Serra da Estrela, com taxas de ocupação que rondam, respetivamente, os 90% e os 80%. A esta elevada procura não será alheio o forte nevão que cobriu a Serra da Estrela de branco por estes dias, e que convida à prática de desportos de inverno ou a simples passeios em família para ver a neve.

Mas não é apenas a neve a levar milhares de visitantes ao Centro de Portugal neste fim de semana, uma vez que outras sub-regiões registam elevadas taxas de ocupação. A Região de Coimbra e a Região de Aveiro, por exemplo, registam uma taxa superior a 75% na sexta-feira e a Região Viseu Dão-Lafões aproxima-se dos 70%.

Muito significativo é o fato de, num universo de 220 respostas, o inquérito ter registado 47 empreendimentos já lotados, para sexta-feira e sábado. Sinal de que o Centro de Portugal continua a atrair cada vez mais visitantes, que procuram experiências diferentes e enriquecedoras!

Por:TC

Tradições da Páscoa recriadas em Aguiar da Beira

  Teve lugar no passado domingo, 18, um espetáculo comunitário  no Centro Cultural de Aguiar da Beira, que apresentou rituais católicos tradicionais deste concelho no distrito da Guarda, num“grande momento de promoção cultural e convívio entre gerações”.
Um dia depois do Carnaval a Igreja enceta um novo tempo litúrgico que nos transporta até à Páscoa da Ressurreição de Jesus, atravessando quarenta dias de deserto – o período da Quaresma.  Tempo de jejum, partilha, penitência e rituais na preparação da maior festa para os cristãos, a Páscoa.
Em Aguiar da Beira foram revividas algumas dessas tradições locais – umas ímpares e em  risco de desaparecer e outras iguais mas simultaneamente tão diferentes de povo para povo –,
apresentadas pelos  participantes das Oficinas das Tradições – 60 Mais Social Clube do CLDS 3GAguiar no Coração.
Pelo palco passaram cerca de 150 participantes do concelho, na sua maioria seniores  estreantes na representação, revivendo rituais como a imposição das cinzas, bênção dos ramos, encomendação das almas, passagens da via sacra, terço dos homens, enterro do
senhor ou a visita pascal.
Destaque para a recriação do terço dos homens e do enterro do senhor, celebração característica da vila por ser composta só por homens e que não se realizava há vários anos por falta de comparência de irmãos da Santa Casa da Misericórdia, a quem pertencia a organização.
A iniciativa organizada pelo CLDS 3G Aguiar no Coração teve o objetivo de envolver a comunidade, motivando todos e todas, dos mais jovens aos mais velhos, na partilha e preservação de hábitos e saberes culturais, contribuindo assim para o reforço dos laços sociais e da identidade do concelho.
A tradição do terço na freguesia de Aguiar da Beira remonta a tempos imemoriais, sendo uma celebração organizada pela Santa Casa da Misericórdia, com os irmãos que fazem parte desta
irmandade.
O terço realizava-se todas as sextas feiras da quaresma, terminando na sexta feira santa com a procissão enterro do senhor.
Ao escurecer a sineta da Igreja da Misericórdia tocava para que os irmãos se reunissem para assim darem início ao terço que percorria a rua de baixo, ia até à igreja matriz e rua direita e recolhia do ponto de partida.
O terço era composto só por homens, enquanto que as mulheres esperavam nas esquinas das ruas e ao passar elas rezavam baixinho.
Durante as sextas feiras normais da quaresma o terço era cantado e nos intervalos dos mistérios tocava uma campainha, onde se ajoelhavam no ato da glória, só se levantando no início do outro mistério. As três Avé Marias não eram cantadas, mas cantava-se a Salvé Rainha.
Na sexta-feira Santa saía a matraca e percorria todas as ruas da vila para convocar os irmãos a fim de se juntarem na Igreja da Misericórdia, para depois saírem.
Neste dia, o terço não era cantado, mas sim rezado. Inserido no terço fazia-se o enterro do Senhor, onde se levava o esquife, a cruz dos Martírios e os Estandartes. O esquife ficava na igreja matriz onde pernoitava.
É uma tradição que já há vários anos não se realiza devido à falta de comparência de irmãos.

Por:AGC

Tradições da Quaresma/Páscoa recriadas em Aguiar da Beira

Cerca de 150 Pessoas da comunidade vão recriar hábitos e saberes de fé do concelho, dia 18 de março, às 15 horas, no centro cultural de Aguiar da Beira.
Os participantes das Oficinas das Tradições – 60 Mais Social Clube do CLDS 3G Aguiar no Coração – vão recriar alguns dos rituais católicos vividos no Concelho de Aguiar da Beira pelas celebrações da Quaresma e da Páscoa.
Tradições como a quarta- feira de cinzas, bênção dos ramos, encomendação das almas, passagens da via sacra, terço dos homens, enterro do senhor ou a visita pascal vão ser apresentadas por 150 “atores” à comunidade, durante a tarde de domingo, no auditório do Centro Cultural de Aguiar da Beira.
Os saberes e as tradições quaresmais e pascais têm vindo a ser preparadas nas Oficinas das Tradições, que decorrem semanalmente em várias freguesias do concelho e abertas à população em geral.
O encontro será um grande momento de demonstração cultural, promovendo o conhecimento e convívio entre gerações, recuperando hábitos culturais e reforçando laços sociais e níveis de participação.
A atividade enquadra-se na ação 60 Mais Social Clube, do CLDS 3G Aguiar no Coração, que pretende integrar os cidadãos seniores de modo a estimular a sua participação e (re)integração na sociedade e nas dinâmicas do concelho reforçando o envelhecimento ativo e a autonomia dos seniores, bem como a elevação da sua autoestima e do seu sentimento de utilidade para os outros e para a sociedade.
“Aguiar no Coração – Rede Positiva para o Desenvolvimento Social de Aguiar da Beira” é um Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS 3G), cuja Entidade Coordenadora Local de Parceria e executora é o Centro Social Paroquial de Dornelas e a entidade financiadora é o POISE – Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego e o Governo de Portugal, por via do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.

Por:AGC

Mangualde acolheu o Concerto Musical – Introitus Ensemble Vocal

0con1No passado sábado, a Igreja Paroquial de Mangualde acolheu o Concerto Musical – Introitus Ensemble Vocal e narração de Ricardo Carriço. O espetáculo, integrado na programação da Páscoa em Mangualde 2017, contou com a presença do Vereador da Cultura da autarquia mangualdense, João Lopes. No domingo, realizou-se uma Via Sacra no Monte Senhora do Castelo, à qual se seguiu a celebração eucarística na Igreja da Nª Sr.ª do Castelo.

A Páscoa em0con Mangualde é uma organização da Câmara Municipal de Mangualde e da Paróquia de Mangualde, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde e do Centro Cultural e Recreativo de Santo Amaro de Azurara e decorre até 16 de abril com um programa dedicado ao efeito.

CONCERTOS, VIA SACRA, CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICAS, BÊNÇÃO DE RAMOS, AMENTAR DAS ALMAS E VIGÍLIA PASCAL FAZEM PARTE DA PROGRAMAÇÃO

Neste sábado, dia 8, o Largo da Igreja da Misericórdia acolhe o Amentar das Almas pelo Grupo de Cantares de Santo Amaro de Azurara, Grupo de Cantares de Alcofra, Vouzela, Grupo de Cantares Amigos de Macieira, Águeda, Grupo de Cantares de Proença-a-Velha, Banda Filarmónica de Abrunhosa-a-Velha, Banda Filarmónica de Lobelhe, Banda Filarmónica de Vila Cova e Banda Filarmónica de Tibaldinho. O Domingo de Ramos terá dois momentos especiais. Às 11h00 decorrerá a bênção dos Ramos, seguida de Procissão e Missa Solene, na Igreja de Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo) e às 16h30, o Concerto Musical pela Orquestra de Câmara da Banda de Música da GNR, na Igreja Paroquial de Mangualde.

Na 5ª feira santa, dia 13, a Igreja Paroquial de Mangualde acolhe, às 21h00, a M0.1conissa da Ceia do Senhor, e na 6ª feira, realizar-se-á uma Via Sacra na cidade de Mangualde, pelos Escuteiros de Mangualde e pelos Escuteiros de Ranhados, Viseu. A via sacra sai da Igreja Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo), às 21h30, e irá até à Igreja Paroquial de Mangualde. A Vigília Pascal realiza-se no sábado, dia 15, às 21h30, terminando as celebrações com a missa solene do domingo de páscoa, às 11h00, na Igreja Paroquial de Mangualde.

 PROGRAMA | PÁSCOA EM MANGUALDE’17

8 de abril

21h30 | Amentar das Almas

Grupo de Cantares de Santo Amaro de Azurara; Grupo de Cantares de Alcofra, Vouzela; Grupo de Cantares Amigos de Macieira, Águeda; Grupo de Cantares de Proença-a-Velha; Banda Filarmónica de Abrunhosa-a-Velha; Banda Filarmónica de Lobelhe; Banda Filarmónica de Vila Cova; Banda Filarmónica de Tibaldinho.

Largo da Igreja da Misericórdia

 

9 de abril

Domingo de Ramos

11h00 | Bênção dos Ramos, seguida de Procissão e Missa Solene.

Igreja de Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo)

16h30 | Concerto musical – Orquestra de Câmara da Banda de Música da GNR

Igreja Paroquial de Mangualde

 

13 de abril

21h00 | Missa da Ceia do Senhor

Igreja Paroquial de Mangualde

 

14 de abril

21h30 | Via Sacra

Na cidade de Mangualde, pelos Escuteiros de Mangualde e pelos Escuteiros de Ranhados, Viseu.

Percurso: Igreja Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo) até À Igreja Paroquial de Mangualde

 

15 de abril

21h30 | Vigília Pascal

 

16 de abril

Domingo de Páscoa

11h00 | Missa solene

Igreja Paroquial de Mangualde

Por:Mun.Mangualde

Uma grande adesão na Via Sacra de Mangualde

via s mang via s mang1Cerca de duas mil pessoas assistiram no passado, dia 25 de março, Sexta-feira Santa, à noite, à «Via Sacra» em Mangualde. A encenação, pelos Escuteiros de Ranhados com o apoio dos Escuteiros de Mangualde, decorreu pelas ruas da cidade, da Igreja Nossa Senhora do Desterro (Capela do Rebelo) até à Igreja Paroquial de Mangualde, num momento de grande emoção e reflexão. O momento contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

A programação «Páscoa em Mangualde 2016» é uma organização conjunta da Câmara Municipal de Mangualde evia s man2 da Paróquia de Mangualde, com a parceria da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde e o Grupo Cultural e Recreativo de Santo Amaro de Azurara.

Por:Mun.Mangualde

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar