Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: portugal

Tag Archives: portugal

Viseu recebe Ronda de Elite em futsal

Viseu vai acolher a Ronda de Elite em futsal, com a Seleção Nacional de futsal a tentar seguir para a Ronda de Elite – a derradeira fase de qualificação para o Mundial – diante de Letónia, Alemanha e República Checa.

As seis partidas do Grupo 8 de qualificação serão jogadas no Pavilhão Multiusos de Viseu. A acreditação media é necessária para qualquer um dos jogos, sendo válida para toda a competição.

Eis o calendário de jogos do Grupo 8:
24 de outubro de 2019 | quinta-feira
18h00: República Checa – Alemanha
21h00: Portugal – Letónia

25 de outubro de 2019 | sexta-feira
18h00: Letónia – República Checa
21h00: Portugal – Alemanha

27 de outubro de 2019 | domingo
15h00: Alemanha – Letónia
18h00: República Checa – Portugal

Turismo Português promovido em Paris(França)

  De 11 a 13 de outubro, em Montmartre, Paris

Portugal vai a Paris promover um turismo… slow. É com o pão de ló, os doces conventuais, as bolachas e biscoitos, os queijos, o mel e as compotas, os licores, os fumeiros e enchidos, as fogaças e os vinhos, entre muitos outros produtos, que o País, pela primeira vez representado de Norte a Sul, vai ao encontro dos parisienses, a um dos pontos de encontro mais esperados do ano: a Fête des Vendanges, em Montmartre, de 11 a 13 de outubro. Os municípios da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Comunidade Intermunicipal do Oeste, Palmela, Guarda, Torres Vedras, Reguengos de Monsarraz, Pinhel, Lagoa, Albufeira, Lagos, AMPV – Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, RECEVIN – European Network of Wine Cities e a Confraria do vinho de Carcavelos formam a maior presença de sempre, no terceiro ano consecutivo de participação nacional, com a organização da My Genuine Portugal, empresa de duas luso descendentes, Ana Sofia Oliveira e Dina Carvalho Sanches.

Portugal vai estar representado no Percurso do Gosto, com quase 100 metros quadrados, mesmo em frente à Basílica do Sacre Coeur, entre os mais de 1200 metros quadrados de expositores que procuram cativar os mais de 500 mil visitantes que o evento movimenta, que o tornam um dos mais emblemáticos de gastronomia e vinhos de Paris. Provas, degustações e venda de produtos, vão preencher o fim de semana em Montmartre.

“É a primeira vez que temos uma representatividade tão completa do nosso país na Fete des Vendanges! São 10 municípios e duas Comunidades Intermunicipais, que tornam a presença portuguesa a maior de sempre, reforçando a importância deste mercado, em geral, e deste evento, em particular, para a promoção do nosso país”, adianta Ana Sofia Oliveira. Para Dina Carvalho Sanches “a aposta na promoção dos produtos premium do nosso país tem-se revelado ganha”. “Quando há três anos abraçamos o desafio de mostrar aos parisienses o outro lado de um país desconhecido estávamos certas que não iriam resistir e é com muito agrado que percebemos que há recetividade de Paris e que os nossos parceiros de Portugal aderem com afinco a estas ações de contacto direto com os franceses”, acrescenta.

Esta ação da My Genuine Portugal integra-se na estratégia do Turismo de Portugal para o mercado francês que quer alargar o leque de opções e encaminhar os franceses para fora dos grandes centros urbanos, a partir da gastronomia e dos vinhos. Paris é a principal cidade emissora de turistas franceses para Portugal, juntamente com Lyon e Nantes. Em 2018, o mercado foi responsável por 1,6 milhões de hóspedes, 4,5 milhões de dormidas e 2 726 milhões de euros de receitas turísticas. Prevê-se que até 2021 o mercado para Portugal cresça mais 2,2 % acompanhado de igual aumento nos gastos turísticos. De França saem por semana 620 voos para Portugal.

TROFÉU LEGENDS PORTUGAL

 No ano de 2020 vai percorrer vários locais emblemáticos do nosso  país. O Troféu LEGENDS Portugal será um conjunto de várias míticas provas de rallys, com uma carga lendária e histórica que fará as delícias dos demais apaixonados pela arte automóvel.

Com um historial já bem patenteado, o Clube Automóvel do Centro, o Clube LusoClássicos e o Motor Clube de Tomar, unem esforços e deram o mote para um Troféu lendário de Rallys, que promete aquecer já no próximo ano, dignificando cada vez mais o automóvel em toda a sua criação mediática.

Esta “paixão” prometerá criar momentos únicos e diferenciados onde cada prova, terá na sua “ementa”, o desportivismo que estas provas merecem, uma componente social que estas provas necessitam e uma carga histórica e de referência que estes eventos precisam.

O Troféu Legends Portugal, iniciará o seu percurso, para que no próximo ano seja palco de verdadeiras emoções desportivas, onde a lenda é rainha.…

 

Violência doméstica com números elevados em Portugal

Se souber de casos, denuncie

Só em 2019, já temos diversos casos de violência doméstica, cada vez existem mais diariamente, nas mais diversas índoles, face a isso, o luto nacional pelas vítimas da violência doméstica, foi assim assinalado por todo País.

Face a isso, deixamos aqui algumas dicas no caso de conhecer casos de violência doméstica, e não ter receio de denunciar, porque isso pode salvar vidas.

Quando alguém é vítima de violência, está numa situação difícil, que pode ser traumática. É importante o apoio de familiares e amigos.

Uma pessoa é vítima de violência quando sofre um ataque contra a sua integridade física ou mental, que põe em risco a sua vida ou causa sofrimento físico ou emocional.

Podem ainda ser consideradas vítimas indiretas os familiares e amigos que prestam apoio direto à vítima e todas as pessoas que a ajudem durante a situação de violência.

Existem diversos tipos :

  • violência emocional: qualquer comportamento do(a) companheiro(a) que visa fazer o outro sentir medo ou inútil. Usualmente inclui comportamentos como: ameaçar os filhos; magoar os animais de estimação; humilhar o outro na presença de amigos, familiares ou em público, entre outros.
  • violência social: qualquer comportamento que intenta controlar a vida social do(a) companheiro(a), através de, por exemplo, impedir que este(a) visite familiares ou amigos, cortar o telefone ou controlar as chamadas e as contas telefónicas, trancar o outro em casa.
  • violência física: qualquer forma de violência física que um agressor(a) inflige ao companheiro(a). Pode traduzir-se em comportamentos como: esmurrar, pontapear, estrangular, queimar, induzir ou impedir que o(a) companheiro(a) obtenha medicação ou tratamentos.

A violência doméstica funciona como um sistema circular – o chamado Ciclo da Violência Doméstica – que apresenta, regra geral, três fases:

1. aumento de tensão: as tensões acumuladas no quotidiano, as injúrias e as ameaças tecidas pelo agressor, criam, na vítima, uma sensação de perigo eminente.

2. ataque violento: o agressor maltrata física e psicológicamente a vítima; estes maus-tratos tendem a escalar na sua frequência e intensidade.

3. lua-de-mel: o agressor envolve agora a vítima de carinho e atenções, desculpando-se pelas agressões e prometendo mudar (nunca mais voltará a exercer violência).

Sintomas de vítima de Violência Doméstica:

  • Tem medo do temperamento do seu namorado ou da sua namorada?
  • Tem medo da reação dele(a) quando não têm a mesma opinião?
  • Ele(a) constantemente ignora os seus sentimentos?
  • Goza com as coisas que lhe diz?
  • Procura ridicularizá-lo(a) ou fazê-lo(a) sentir-se mal em frente dos seus amigos ou de outras pessoas?
  • Alguma vez ele(a) ameaçou agredi-lo(a)?
  • Alguma vez ele(a) lhe bateu, deu um pontapé, empurrou ou lhe atirou com algum objeto?
  • Não pode estar com os seus amigos e com a sua família porque ele(a) tem ciúmes?
  • Alguma vez foi forçado(a) a ter relações sexuais?
  • Tem medo de dizer “não” quando não quer ter relações sexuais?
  • É forçado(a) a justificar tudo o que faz?
  • Ele(a) está constantemente a ameaçar revelar o vosso relacionamento?
  • Já foi acusado(a) injustamente de estar envolvida ou ter relações sexuais com outras pessoas?
  • Sempre que quer sair tem que lhe pedir autorização?

Descentralização de competências para Municípios

Os diplomas setoriais da descentralização de competências nas áreas de Educação, Saúde e Cultura consagram os termos de transferência dos valores do Fundo de Financiamento da Descentralização para os municípios.

As verbas referentes ao envelope financeiro da descentralização estão já inscritas, em sede de Orçamento do Estado para 2019, nos programas orçamentais dos Ministérios respetivos.

Estas dotações serão, assim, transferidas para cada município que pretenda exercer, já em 2019, as competências transferidas no âmbito do processo de descentralização.

Os mecanismos necessários à execução financeira dos diplomas setoriais serão expressamente previstos no decreto-lei de execução orçamental.

Liga das Nações: Portugal estreia-se com triunfo frente à Itália

Portugal-Itália-1-0

Uma noite de verão, na Catedral da Luz, com Portugal a estrear-se com um triunfo diante da Itália,numa partida em que a turma lusa sempre dominou e  procurou com intensidade o golo, mas a Itália é uma seleção com qualidade de tem nas bolas paradas, um joker, mas a defensiva lusa segurou com valentia.

Assim valeu o golo de André Silva, aos 49´,numa noite , onde a turma das quinas apresentou bom futebol entrou a vencer nesta nova competição.

Liga das Nações UEFA

Estádio da Luz, Lisboa

Árbitro: William Collum (Escócia)

Assistentes: David McGeachie (Escócia)/ Graeme Stewart (Escócia)

4ºàrbitro: Stuart Stevenson(Escócia)

Espetadores: 52635

Portugal- Rui Patrício, João Cancelo, Pepe(C), Rúben Dias, Bruma (Gelson Martins,76´), André Silva, Bernardo Silva , Ruben Neves, William Carvalho(Sérgio Oliveira, 84´), Mário Rui e Pizzi (Renato Sanchez,73´).

Treinador: Fernando Santos

Itália- Donnarumma, Criscito(Emerson, 73´), Jorginho, Romagnoli, Bonaventura, Caldara, Chiesa, Lazzari, Immobile(Berardi,59´) e Cristante (Belotti, 78´).

Treinador: Roberto Mancini

Ação disciplinar: Criscito, 41´; Ruben Neves, 42´; Chiesa, 59´, Berardi,69´, Pepe, 90+3

Golos: 1-0 André Silva, 49´

FPF-sub17-Mangualde acolheu empate entre lusas e escocesas

Depois do desaire em Nelas, a seleção das quinas de sub-17, feminina defrontou novamente a congênere escocesa e desta vez , em terras de Azurara empatou a uma bola.

Uma partida bem disputada, com as portuguesas semprea  tentar o golo, que veio a surgir na segunda parte, aos 51´, na transformação de uma grande penalidade, por Sofia Silva.

A resposta das escocesas surgiu e aos 79´, Eve McFadden acaba por igualar.

Uma igualdade a uma bola, numa partida com boa moldura humana nas bancadas, com  Carlos Sacadura (sub-19) e Francisco Neto (AA), a observar com atenção as manobras destas atletas.

Ficha de jogo

Estádio Municipal de Mangualde

Árbitro: Sandra Bastos (Portugal)
Árbitros assistentes: Sandra Santos (Portugal) e Beatriz Campos (Portugal)
Quarto árbitro: Sandra Nogueira (Portugal)

Portugal: Luísa Pinheiro, Ana Assucena, Inês Oliveira (Maria Alagoa, 46′), Sofia Silva (cap.), Alícia Correia, Ana Albuquerque (Carolina Almeida, 46′), Andreia Jacinto (Joana Caiado, 62′), Francisca Nazareth (Luana Marques., 74′), Maria Miller, Lara Pintassilgo (Vera Cid, 74′) e Nicole Araújo (Maria Negrão, 57′)
Suplentes não utilizadas: Ana Costa, Adriana Rocha, Bárbara Lopes e Débora Esteves.
Treinador: José Paisana
Golos: Sofia Silva g.p (50′)
Disciplina: nada a assinalar.

Escócia:  Aaliyah-Jay Meach, Chloe Warrington, Paige McAllister, Robyn McCafferty, Laura McCartney (cap.), Rebecca McAllister (Eve McFadden, 79′), Kathleen McGovern (Bayley Hutchison, 29′), Jennifer Smith, Chelsea McEachran (Hannah Scott, 59′), Aisha Maughan (Tegan Bowie, 59′) e Rosie McQuillan (Eilidh Shore, 46′)
Suplentes não utilizadas: Alicia Yates, Holly Aitchison e Millie Senior
Treinadora: Pauline MacDonald
Golos: Eve McFadden (79′)
Disciplina: nada a assinalar.

Por:AP/FPF

GNR- Ocorrências do fim de semana

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de , domingo, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

 

  1. Detenções: 57 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 40 por condução sob o efeito do álcool;
  • 11 condução sem habilitação legal;
  • Cinco por tráfico de estupefacientes.

 

  1. Apreensões:
  • 158 doses de haxixe;
  • 14 doses de cocaína;
  • 1,6 gramas de liamba.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 739 infrações detetadas, destacando-se:

  • 137 por excesso de velocidade;
  • 130 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
  • 73 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 32 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 25 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 17 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
  • 14 por infrações relacionadas com tacógrafos;
  • 13 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

 

Sinistralidade: 70 acidentes registados, destacando-se:

  • Dois mortos;
  • 24 feridos leves.

por:GNR

GNR- Atividade do início do fim de semana

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 de hoje, sábado, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

Detenções: 20 detidos em flagrante delito, destacando-se:

    • 12 por condução sob o efeito do álcool;
    • Quatro por condução sem habilitação legal;
    • Dois por tráfico de estupefacientes;
    • Um por detenção de arma proibida.

Apreensões:

    • 738 doses de haxixe;
    • 28 doses de cocaína;
    • Uma arma de fogo.

Trânsito:

Fiscalização: 862 infrações detetadas, destacando-se:

    • 368 por excesso de velocidade;
    • 75 por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei;
    • 49 por falta de inspeção periódica obrigatória;
    • 48 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
    • 38 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
    • 37 por infrações relacionadas com tacógrafos;
    • 19 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
    • 15 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório;
    • 12 por anomalias nos pneumáticos.

 

Sinistralidade: 110 acidentes registados, destacando-se:

    • Um morto;
    • Um ferido grave;
    • 39 feridos leves.

Portugal-Estados Unidos da América-1-1

Povo Português a mostrar a união em prol de uma causa

A cidade do Lis recebeu mais uma partida de cariz solidário, na noite desta terça-feira, com a Seleção das Quinas a receber a turma dos Estados Unidos, com 19017 espetadores a colorir as bancadas.

Duas partidas a ser importante contributo, no sentido de ajudar as pessoas que tudo perderam durante os incêndios de junho e outubro.

Estádio Dr.Magalhães Pessoa, Leiria

Arbitro: Anthony Taylor (Inglaterra)

Assistentes: Gary Beswick/Stuart Burt

4º Arbitro: Andre Marriner

Portugal- Beto, Nelson Semedo, Pepe(c), Antunes, Gonçalo Guedes, Bruno Fernandes, Danilo Pereira, Manuel Fernandes, Bruma, Gelson Fernandes e Ricardo Ferreira.

Jogaram ainda: Pepe, Gonçalo Paciência, João Mário, Ruben Neves, Bernardo Silva, Rony Lopes

Treinador: Fernando Santos

Estados Unidos América- Horvath, Yedlin, Miazga, Adams, Brooks, Mckennie, Lichaj, Agudelo, Sapong, Williams e Acosta.

Jogaram ainda: Hamid, Gooch, Villafãna ,Dwyer, Bedoya,

Treinador- Dave Sarachan

Golos – 0-1 Mckennie, 21´; 1-1 Antunes,31´

 

Entrada mais forte da turma americana, a procurar deter mais posse de bola, mas o remate não saiu da melhor maneira, a reação lusa surge de imediato.

Uma contrariedade para Portugal, Pepe a lesionar-se e entra Neto, a lançar nova dupla de centrais.

Portugal depressa tomou as rédeas da partida e passou a ter maior caudal de posse de bola, mas a faltar a parte final do lance, isto é o remate.

Mas aos 20´, a turma dos Estados Unidos a procurar o ataque rápido, com Adams a emendar e a obrigar Beto a defesa apertada.

“Frango” leva ao empate

Pouco depois, nova recuperação de bola dos norte-americanos, surge uma jogada elaborada e Mckennie a entrar na área e remata de forma perfeita e abre o ativo.

Já Portugal procura remar contra a maré, Antunes entra pela esquerda, tenta o centro remate e o keeper Horvath defende mas a bola escapa-lhe das mãos e entra na baliza dando o empate para Portugal, o dito “frango monumental”.

Veio dar maior alento a Portugal e vai daí, Manuel Fernandes remate de meia distância e desta vez, Horvath a defender.

Apesar da supremacia da turma das quinas, no último terço, faltou de certa forma mais eficácia no remate, só mesmo na reta final da 1ªparte, a turma portuguesa criou perigo, onde o keeper Horvath respondeu com algumas intervenções de qualidade.

Faltaram os golos

Para a segunda parte, algumas mexidas, estreia de Gonçalo Paciência e chega também ao jogo o experiente João Mário.

A turma norte americana a reagir a no último terço e valeu desta forma, a atenção de Beto a desviar para canto, mais uma vez a defesa portuguesa a dar facilidades.

De canto, novo lance de perigo aos 54´, com Mckennie a cabecear à barra da baliza, com o perigo a rondar a baliza lusa.

Portugal procura reagir, entram Rúben Neves e Bernardo Silva no sentido de dar mais vivacidade ao jogo e Gonçalo Paciência surge na zona de finalização a rematar com mais facilidade.

Com 68´, nova jogada de ataque para Portugal, com Gonçalo Paciência a rematar à barra da baliza de Hamid, a sorte a não permitir o golo ao jovem dianteiro luso.

Realce-se a boa prestação de Beto que teve de intervir algumas vezes no sentido de parar o ataque norte-americano, que surgiu sempre bastante ativo.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar