Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: prevençao

Tag Archives: prevençao

Declaração da Situação de Alerta de 2 a 6 de agosto

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Governo, através do Ministro da Administração Interna assinou, esta quarta-feira, o Despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta para o período compreendido entre os dias 2 e 6 de agosto, para a globalidade do território continental. Ler Mais »

Trancoso sem fogos depende de todos

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Trancoso reuniu para definir estratégias e medidas para o período crítico de incêndios que se iniciou.
Uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Trancoso que contou com a presença de representantes do CDOS da Guarda, GNR do Destacamento Territorial de Pinhel, ICNF, Cooperações de Bombeiros de Trancoso e de Vila Franca das Naves, Associações de Produtores Florestais Piscotávora e Alto da Broca, Infraestruturas de Portugal, EDP, Técnicas do Gabinete Técnico Florestal, Coordenador Municipal de Proteção Civil, do Representante das Junta de Freguesia do Concelho e do Executivo do Município de Trancoso.
Após enquadramento e discussão de medidas e estratégias da temática DFCI, os presentes deslocaram-se às instalações das Corporações de Bombeiros do Concelho, Postos de Vigia e a alguns dos troços de Faixas de Gestão de Combustível da rede viária municipal executados no âmbito da defesa da floresta contra incêndios pelo Município de Trancoso.
Num princípio de cooperação e de prevenção, procura-se a cada ano com esta iniciativa, dar voz aos principais intervenientes na defesa da floresta contra incêndios do concelho, até porque se considera que… TRANCOSO SEM FOGOS DEPENDE DE TODOS.

Por:MT

Simulacro no CAC Vila Franca da Serra

A prevenção é a melhor maneira de proteger os bens e as populações e face a isso, os simulacros servem para prevenir e remediar alguns problemas que possam advir no futuro e foi o que se tentou por parte da Proteção Civil, desta vez na aldeia de Vila Franca da Serra.

Assim , os soldados da paz desta zona inerente levaram a efeito um simulacro no Centro de Dia do CAC de Vila Franca da serra, dado que é uma instituição bastante representativa da localidade.

Tudo foi equacionado com as corporações de Bombeiros da zona, GNR a surgirem e a atuar como se de uma ocorrência real se trata-se, para que no futuro, se possa prevenir e em caso de alguma ocorrência, tudo possa ser resolvido de forma eficaz.

São estas manobras e exercícios de prevenção que contribuem para tudo possa ser equacionado de forma mais prática e alterar alguns aspetos menos positivos nas respetivas instituições.

Fotos de AP

DECIF 2017 apresentado na Guarda

16730102_1901271926565678_5913134944382638409_n Teve lugar , no período da manhã desta quinta feira, dia 11 de maio, a Apresentação do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF), pelo Comandante Operacional Distrital, António Fonseca, numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes,  nos Paços do Concelho da Guarda.

Estiveram presentes muitos autarcas e elemen18425040_1901273403232197_1332896233479811346_ntos das diversas corporações de Bombeiros do Distrito da Guarda, assim como, restantes elementos que participam nestas atividades durante este período critico do ano, onde os incêndios acontecem.

Este Decif 2017 vai ser composto por  597 operacionais, 151 veículos e três helicópteros.

Jorge Gomes, Secretário de Estado da Administração Interna, referiu que, as 18423839_1901272053232332_1882155236851457255_nvárias alterações introduzidas este ano no dispositivo de combate aos incêndios florestais e salientou que o Governo volta a pretender que existam “mortes zero”, a começar nos operacionais.

Por:AP Fotos:MG

Período crítico de incêndios florestais para 2016 alargado

Até 15 de outubro0mesq

Em virtude das temperaturas que continuam elevadas e a ausência de precipitação em Portugal Continental, o período crítico de incêndios florestais para 2016, durante o qual vigoram medidas especiais de defesa da floresta contra incêndios, foi prorrogado até 15 de Outubro.

Reforça-se que durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido fumar, fazer lume ou fogueiras, fazer queimas ou queimadas, lançar foguetes e balões de mecha acesa, fumigar ou desinfestar apiários, fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés, entre outras limitações.

Incêndios lavram fortemente no distrito da Guarda

0mesq São muitos os focos de incêndio que vão estando ativos um pouco por esta região, assim no concelho de Fornos de Algodres, no foco em Maceira, o mais grave na zona de Mesquitela, Celorico da Beira, que tem dado imenso trabalho ao soldados da paz e tem cerca de 90 operacionais e algumas viaturas, depois em Melo/Nabais um foco surgiu também e na zona de Alverca da Beira/Bouça Cova outro foco de incêndio.

De todos o mais grave o de Mesquitela, onde um bombeiro da Guarda já teve de receber assistência hospitalar, mas está livre de perigo.01mesq

Por:António Pacheco

fotos:António Ramos

Formação para combate à vespa da galha do Castanheiro

Combate à vespa da galha do Castanheiro

No âmbito do cumprimento do designado Protocolo Biovespa, que pretende implementar ações de luta Contra a Vespa da Galha do Castanheiro, teve lugar no dia 18 de maio, uma ação de sensibilização conjunta entre técnicos da DRAPC, da Associação Portuguesa da Castanha e representantes do Município. Esta ação, permitiu aos agricultores presentes clarificar aspectos referentes a esta praga, nomeadamente, perceber a gravidade das suas consequências e as alternativas de luta existentes.

A ação de formação, inseriu-se no âmbito da primeira intervenção de combate à praga, levada a cabo no concelho de Fornos de Algodres. Sendo a luta biológica, aquela que atualmente se assume como a mais eficaz, esta consistiu na libertação, nos locais infectados, de insectos que vão atacar a vespa da galha dos castanheiros quando estes ainda se encontram no interior das galhas.

Neste primeiro ano , a autarquia assumiu já os encargos com o programa de combate, custeando nesta fase 5 largadas de insectos. Contudo, os serviços técnicos da autarquia detectaram já novos focos da praga no concelho, prevendo-se um reforço de verba para o ataque no próximo ano.

Por:Mun.Fornos de Algodres

ACIDENTES COM TRATORES! Como prevenir?

acidentes_tratoresA Guarda Nacional Republicana e o Município de Celorico da Beira irá realizar uma ação de formação dirigida a tratoristas.
A iniciativa decorrerá no dia internacional da proteção civil, dia 1 de março, pelas 10:00 nas instalações do mercado municipal de Celorico da Beira.
Esta ação visa sensibilizar os utilizadores de tratores agrícolas para que adotem as medidas necessárias de segurança e proteção, de modo a evitar acidentes e consequentes danos que daí possam advir.

Por :Mun.CB

Projeto “Leituras Partilhadas”na Biblioteca Municipal em Aguiar da Beira

A Biblioteca Municipal recebeu, nesta quarta -feira,
as crianças do ATL do Centro Social Padre José Augusto da Fonseca.
Inserido no projeto”Leituras partilhadas”, as crianças tiveram a possibilidade de ouvir e interagir na história da “árvore Elvira”, com a qual se alertou para os
perigos dos incêndios florestais.

Perante isso, para dar mais ênfase, os  Bombeiros Voluntários de Aguiar da Beira colaboraram também ao estarem presentes e ao mesmo tempo deram os seus conselhos relativamente a este perigo, que assola o nosso País, nesta fase de calor.

Por:MAB

Crianças alertadas para perigo dos incêndios na floresta

Foto:Mun.AG

  As Crianças do ATL da Santa Casa da Misericórdia de Aguiar da Beira, foram esta quarta-feira á Biblioteca e vai daí, estava preparada uma peça teatral,  “Árvore Elvira”, onde o tema andava à volta dos incêndios florestais, isto é, os perigos que podem advir destes flagelos, e claro esta história serviu para alertar para esses perigos e para prevenir algo de acontecer.

  Claro que a participação dos soldados da paz locais foi preciosa para que esta história alertasse as crianças, para que quando crescerem, serem os primeiros a preservar a floresta.
Esta ação está inserida, no Projeto “Leituras Partilhadas”.

Por:António Pacheco

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar