Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: “Sextas da Lua

Tag Archives: “Sextas da Lua

Halloween aconteceu nas Sextas da Lua em Mangualde

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves acolheu a noite de  Halloween voltou a ser assustadoramente assinalado em Mangualde.

O “Sextas da Lua” apresentou a edição de “Leituras Enfeitiçadas” com concursos, desfile de bruxas e feiticeiros, leituras, projeções e performances ao tema do Halloween. Mais de centena e meia de  pessoas, entre crianças e pais, percorreram o interior da Biblioteca Municipal, explorando e conhecendo o livro/filme “O Estranho Mundo de Jack” de Tim Burton.

Esteve presente João Lopes,  Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Mangualde, João Lopes, foi organizada pelo Município de Mangualde, através da Biblioteca Municipal, com o apoio do Agrupamento de Escolas e das Bibliotecas Escolares.

Os cenários e produção foram da responsabilidade da equipa da Biblioteca Municipal. Nas leituras estiveram 6 jovens leitores do 1º e 2º Ciclos: Frídia, Guilherme, Manuela, Beatriz, Leonor e Constança nas leituras.

O Desfile de Máscaras de Bruxas e feiticeiros contou com a participação de 12 jovens: Telma Ribeiro, Carina Batista, Soraia Lopes, Carina Cabral, Matias Ferreira, Mariana Silva, Bruna Cabral, Bruno Santos, Leonor Neves, Margarida Neves, Mariana Costa e Martim Costa.  Os jovens vencedores do concurso de “Chapéus Enfeitiçados” foram: Áurea Ribeiro do 1º D, Leonor Silva Neves do 2º B, Inês Cruz do 3º A, Leonor Rodrigues do 4º C e, Rafael Santos Peixoto do 5º F. Todos os trabalhos estão expostos na Biblioteca Municipal (Átrio do Bar e Sala de Leitura infantil/juvenil) e podem ser visitados até dia 9 de novembro.

Este ano o tema das decorações foi o filme e livro “O estranho mundo de Jack” de Tim Burton. O Estranho Mundo de Jack, escrito e ilustrado por Tim Burton, é já um clássico infantil e conta-nos a história de Jack Esquelético numa assustadora véspera de Natal. Uma noite, enquanto passeia entediado na floresta de Halloween, Jack encontra algo que nunca vira antes: uma porta esculpida numa árvore. Ao abri-la, Jack entra no mundo alegre e cintilante da Cidade do Natal! Maravilhado com tanta luz e animação, Jack decide raptar o Pai Natal e levá-lo para Halloween, planeando as mais medonhas traquinices para a véspera de Natal.

 

Halloween celebrado nas Sextas da Lua em Mangualde

O “Sextas da Lua” traz, no dia 31 de outubro, quinta-feira, mais uma edição de “Leituras Enfeitiçadas” com concursos, desfile de bruxas e feiticeiros, leituras, projeções e performances ao tema do Halloween.

 A iniciativa, que decorrerá a partir das 20h30, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, é organizada pelo Município de Mangualde, através da Biblioteca Municipal, com o apoio do Agrupamento de Escolas e das Bibliotecas Escolares.

Este ano o tema das decorações é o filme e livro “O estranho mundo de Jack” de Tim Burton. O Estranho Mundo de Jack, escrito e ilustrado por Tim Burton, é já um clássico infantil e conta-nos a história de Jack Esquelético numa assustadora véspera de Natal. Uma noite, enquanto passeia entediado na floresta de Halloween, Jack encontra algo que nunca vira antes: uma porta esculpida numa árvore. Ao abri-la, Jack entra no mundo alegre e cintilante da Cidade do Natal! Maravilhado com tanta luz e animação, Jack decide raptar o Pai Natal e levá-lo para Halloween, planeando as mais medonhas traquinices para a véspera de Natal.

Sextas da Lua animaram noite em Mangualde

«Sextas da Lua» voltou em força e desta vez com música,na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. Assim o músico Luís Travassos, acompanhado ao piano por André Varandas, protagonizou um espetáculo musical intitulado ‘Mano a Mano’, de duas horas,

Os músicos apresentaram alguns temas originais e fizeram viajar no tempo através de temas conhecidos do grande público. Esta edição destacou-se com uma noite musical de muita qualidade, com o ambiente charmoso que carateriza as «Sextas da Lua» e que contou com a presença do Vereador do Pelouro da Cultura, João Lopes.

“Sextas da Lua” regressam à Biblioteca de Mangualde

Na edição de setembro do «Sextas da Lua» não faltará música! No dia 27, pelas 21h30, o músico Luís Travassos, acompanhado ao piano por André Varandas, protagonizará um espetáculo musical na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. A entrada é gratuita.

 

Luís Travassos

Nascido no ano de 1990, em Coimbra, Luís Travassos cresceu em harmonia com os cheiros, sons e texturas dos campos do baixo Mondego. Assim, desde criança que esta atmosfera, juntamente com raízes de família, o influenciou e deu espaço à curiosidade de explorar a sua voz como forma de transmitir sensações através da canção portuguesa e, sobretudo, através do Fado. Em 2005 iniciou-se à viola, como autodidata e em 2007 pisou o primeiro palco numa festa regional da sua humilde terra São Martinho de Árvore, cantando “Há uma música do Povo” letra de Fernando Pessoa.

Passado dois anos, enquanto estudava Agricultura Biológica na Escola Superior Agrária de Coimbra, começou a fazer parte de vários grupos com ligações à música, mas todos estes por diversão e partilha de música até que, em 2011, cria o seu próprio projeto de nome Cachimbamba. Depois de dois anos de concertos em várias zonas do país, Luís Travassos é convidado a pertencer ao elenco da casa de fados mais antiga de Coimbra onde, até hoje, é a sua casa de residência artística, o Diligência Bar.

Palavras Lavadas nas Sextas da Lua em Mangualde

A próxima edição do “Sextas da Lua” será protagonizada pelo Teatro Onomatopeia, com a apresentação da peça Palavras Lavadas. O espetáculo, agendado para as 21h30 do dia 22 de junho, terá lugar no Auditório Biblioteca Municipal de Mangualde.

A encenação da peça é de Graeme Pulleyn. A partir de uma história original, que se situa entre a realidade o imaginário e a fantasia, esta nova criação promete arrancar sorrisos e emoções de todos aqueles que pretendam abraçar esta história e as suas personagens. Trata-se de um espetáculo verdadeiro, transformador, libertador e mágico, que nos leva à reflexão e, quem sabe, à mudança.

SINOPSE

Dois caminhos que se cruzam, como fios num tear. Duas histórias entrelaçadas que giram à volta dos grandes temas da vida: amores e desamores, encontros e desencontros, partidas e chegadas.

Um misterioso “lavadeiro” aparece, como que caído do céu, para mudar a vida a uma viúva que lava lençóis no rio da sua aldeia. Entretanto, na cidade, um premiado chefe de cozinha descobre que nem tudo é trabalho e inicia uma longa viagem de autodescoberta.

Inspirada em alguns dos clássicos mitos e tramas da cultural ocidental, Palavras Lavadas é uma parábola para os nossos tempos, produto de um processo de criação coletivo, que procura brindar o seu público com um momento teatral que celebra a vida e a luta da mulher e do homem pela felicidade.

Os bilhetes têm um custo de 5 euros e encontram-se à venda no local onde vai decorrer o espetáculo – Auditório Biblioteca Municipal de Mangualde.

Luis Represas em Mangualde no “Sextas da Lua”

23 de fevereiro

A próxima edição do “Sextas da Lua” será protagonizada por Luís Represas. O concerto, agendado para as 21h30 do dia 23 de fevereiro, terá lugar no Complexo Paroquial de Mangualde.

Luís Represas fundou, em 1976, a banda Trovante, juntamente com João Gil, João Nuno Represas, Manuel Faria e Artur Costa, um grupo que se viria a revelar um dos mais influentes da música popular portuguesa. Em 1992, os Trovante separam-se e Luís Represas inicia a sua carreira a solo. Também a solo o artista tem conquistado muitos sucessos musicais e continua a ser seguido por muitos fãs.

Os bilhetes têm um custo de 10 euros e encontram-se à venda na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, na Papelaria Adrião, no Complexo Paroquial de Mangualde e em Bol – Bilheteira Online.

Por:MM

Poesia nas Sextas da Lua em Mangualde

poesiaA Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves em Mangualde, desafia-o a vir experimentar ‘Há palavras que os beijam: Uma Compota de Poesia’, encenada pelo grupo de teatro Língua de Trapo, no dia 31 de março, às 21h00. Inserida em mais uma edição do ‘Sextas da Lua’ assinala as comemorações do Dia Mundial da Poesia. A entrada é livre.

Devido ao elevado teor emocional, aconselha-se uma compota de poesia, 3 a 4 vezes por semana. Um consumidor assíduo descobrirá o sentido oculto das palavras e perceberá que a poesia pode tomar a forma de teatro, dança, canto … Não tem efeitos secundários perniciosos, mas atenção: causa habituação. Venha experimentar esta compota, sem qualquer compromisso! Em cada espetáculo, 2 atores dramatizam poemas de Fernando Pessoa.

Sob Direção Artística do Teatro Língua de Trapo, os textos são retirados da Poesia de Fernando Pessoa e heterónimos com encenação de Paula Antunes. Do elenco fazem parte Ana Videira, Francisco Gomes, Hugo Baptista, Natacha de Noronha e Pedro A. Rodrigues. A Direção Musical e Sonoplastia está a cargo de Hugo Baptista, o Desenho de Luz e Operação Técnica, de Ricardo Ladeira, a Imagem Promocional, de Pedro Miguel Sousa e a Produção e Comunicação, de Bruna Pereira.

Por:Mun.Mangualde

Sextas da Lua com centenas de pessoas em Mangualde

lua1 Mangualde acolheu mais uma edição das «Sextas da lua» que promoveu o livro e a leitura junto da comunidade e simultaneamente assinalou o Halloween. Dedicada ao tema “Leituras enfeitiçadas: contos e trovões, rezas e canções”, a iniciativa contou com a participação de cerca de 400 pessoas.

A noite começou no Largo Dr. Couto, onde se deu início à «Caminhada enfeitiçada» pela cidade com várias paragens preenchidas com leituras e performances alusivas ao tema do Halloween. O percurso arrancou com projeções alusivas ao tema nas janelas da Câmara Municipal de Mangualde e seguiu para a Travessa dos Arcos, Café/Bar Bogalha, Quinta Alpoim, Rotunda da GNR, terminando na Biblioteca Municipal. Em cada uma destas paragens aconteceram performances e leituras cujo objetivo foi assustar e divertir o público participante que aderiu entusiasticamente. Após a chegada à Biblioteca Municipal, realizou-se um flashmob, uma sessão de contos “Contos e Tluarovões, Rezas e Canções” com Américo Rodrigues, César Prata e Suzete Marques, seguida da entrega de prémios do concurso “Títulos Enfeitiçados” dinamizado pelas Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas de Mangualde.

O evento anual “Leituras Enfeitiçadas”, agora inserido no projeto “Sextas da Lua”, é organizado pela Câmara Municipal de Mangualde, através da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e a edição deste ano contou com a participação dos Escuteiros de Mangualde, do Café/Bar Bogalha, de Ferraz e Alfredo, do Instituto de Artes Musicais e do Agrupamento de Escolas de Mangualde/Bibliotecas Escolares. A iniciativa teve ainda o apoio do Dr. António Sousa Mendes e Dr. Vítor Manuel Espirito Santo Marques que permitiram que duas das performances preparadas se realizassem nos seus espaços privados.

Por:Mun.Mangualde

 

 

Leituras enfeitiçadas em Mangualde

sextas da lua outubroAs «Sextas da Lua» estão de volta a Mangualde e em outubro a Câmara Municipal de Mangualde leva a cabo as “Leituras enfeitiçadas: contos e trovões, rezas e canções” no próximo dia 28 de outubro, pelas 20h30, com concentração no Largo Dr. Couto. A autarquia promove, assim, o livro e a leitura junto da comunidade e simultaneamente assinala-se o Halloween.

Tudo começa com uma «Caminhada enfeitiçada» pela cidade com várias paragens preenchidas com leituras e performances alusivas ao tema do Halloween. A concentração terá lugar pelas 20h30 no Largo Dr. Couto e o percurso será efetuado depois até à Biblioteca Municipal. Aí decorrerá uma sessão de contos “Contos e Trovões, Rezas e Canções” com Américo Rodrigues, César Prata e Suzete Marques, seguida da entrega de prémios do concurso “Títulos Enfeitiçados” dinamizado pelas Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas de Mangualde.

“CONTOS E TROVÕES, REZAS E CANÇÕES”

É UMA CRIAÇÃO COLETIVA DE AMÉRICO RODRIGUES, CÉSAR PRATA E SUZETE MARQUES

Uma mulher e dois homens contam e cantam, espalham gestos e memórias. Num ambiente teatral de mistério nasce o espetáculo baseado em elementos da cultura popular portuguesa: contos, canções de cordel, rezas, lengalengas, trava-línguas, romances, etc. Ninguém carrega uma mala vazia, ninguém vive sem cantar uma canção.

Por: Mun.Mangualde

Sextas da Lua voltam a animar Mangualde

14139344_10206784404518599_703308155_oNo dia 30 de setembro, às 21h30, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe o espetáculo de Stand Up Comedy ‘A falar para o boneco’ de João Seabra. Integrado no projeto ‘Sextas da Lua’, o espetáculo é de entrada gratuita, mas sujeito a reserva prévia na Biblioteca Municipal.

‘A falar para o boneco’ é um espetáculo cheio de humor, animais, ventriloquismo, música, estupidez e estórias de vida. João Seabra vai encher o palco com os seus “amigos”, o macaco Sidónio, o burro Zoina, o velho Antunes, a avestruz Truz e muitos outros e partilhar estórias, momentos de humor, sketchs cómicos, musicas engraçadas e idiotice inata, num espetáculo de ritmo delirante onde as situações de humor surgem a um ritmo alucinante não deixando o espetador respirar.

Depois de várias experiências no mundo do trabalho que passaram por barman, programador de informática, programador multimédia e formador de informática, no ano de 2003 João Seabra começa como humorista profissional principalmente na área de Stand Up Comedy, mas passando também pela escrita, produção de espetáculos e ator. Neste momento é também produtor de uma marca própria de cerveja artesanal.

Por:Mun.Mangualde

 

 

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar