Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: Turismo Centro de Portugal

Tag Archives: Turismo Centro de Portugal

Campanha “Haverá Tempo” pelo Turismo Centro de Portugal

Turismo Centro de Portugal lançou a campanha “Haverá Tempo!”, na qual aponta caminhos para um futuro próximo, pós-pandemia COVID-19. A campanha apela aos portugueses para que fiquem em casa, dando nota de que “haverá tempo” para conhecer ou regressar ao Centro de Portugal, que estará à sua espera quando a doença for debelada.

A campanha tem como plataformas principais um vídeo (disponível em https://youtu.be/3ur9_SDvGDE) e imagens nas redes sociais, acompanhados da hashtag #haveratempo, entre outras.

O texto que acompanha o vídeo sintetiza uma mensagem de esperança: “São tempos como os que vivemos que nos obrigam a parar, para depois recomeçar. Tempos que nos tiram a liberdade, mas que também nos fazem acreditar. Acreditar que podemos, que venceremos. Haverá tempo para voltar a dar asas aos nossos sonhos, de abraçar quem amamos, de sorrir sem sombras. Haverá tempo para recomeçar, para viajar, para correr, para voar. Voltar a sentir e vibrar, ao sabor do vento, do sol, da chuva. Haverá tempo para navegar e para voltarmos a estar juntos. Até lá, ficaremos em casa. E como um todo, um só, venceremos”.

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, realça a importância de se passarem mensagens positivas numa situação de emergência como a que atravessamos. “Com esta campanha, associamo-nos ao enorme esforço do país na sensibilização de todos. E também na criação de esperança, tão necessária nos dias que vivemos. Sabemos que as pessoas e as empresas enfrentam desafios extremamente duros, mas acredito na humanidade e na força do povo português. Somos resilientes e unidos seremos capazes de ultrapassar este capítulo difícil da nossa história. Acredito, verdadeiramente, que ‘haverá tempo'”, considera. “O Turismo de Centro de Portugal continua, como sempre, disponível para apoiar empresas e empresários e todos os que necessitem, em particular num momento tão delicado como este“, acrescenta.

Turismo Centro de Portugal distinguido em Inglaterra

O Turismo Centro de Portugal (TCP) foi distinguido nos “The Travel Marketing Awards”, prémios atribuídos em Inglaterra às marcas e organizações ligadas ao turismo que mais se destacam em várias categorias.

O TCP ficou classificado no top-5 na categoria “Destination Brand of the Decade” (“Marca Destino da Década”). A categoria foi ganha pelo Turismo da Irlanda do Norte, sendo os restantes finalistas, além do Turismo Centro de Portugal, as entidades promotoras de turismo de Japão, Malta e Austrália Ocidental.

Os “The Travel Marketing Awards” definem o padrão de excelência para o marketing no setor do turismo. Instituídos em 2009, são reconhecidos como os galardões de marketing mais desejados em viagens e turismo. A cerimónia de entrega dos prémios 2020, em que foram anunciados os vencedores, teve lugar esta semana em Londres.

A categoria “Destination Brand of the Decade”, na qual o Turismo Centro de Portugal foi distinguido, é uma categoria especial, que aconteceu apenas este ano e que, segundo a organização, premiou destinos que tenham deixado uma marca indelével entre 2010 e 2019. Foram considerados destinos que tenham assistido a um crescimento notório na sua reputação, desenvolvido novos mercados, lidado com novos desafios turísticos ou aumentado significativamente o número de visitantes – fatores em que o Turismo Centro de Portugal se afirmou nos últimos dez anos.

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, destacou a importância de mais esta distinção. “É o reconhecimento de um esforço permanente na promoção da marca Centro de Portugal, que tem conquistado cada vez mais notoriedade e visibilidade junto do público. A estratégia tem-se revelado acertada, como o comprovam os números de visitantes e outros indicadores da atividade turística: o turismo na região Centro de Portugal cresceu, nos últimos anos, a taxas históricas, ultrapassando a média nacional”, destaca.

“O Turismo Centro de Portugal estruturou a sua ação numa estratégia clara, orientada para resultados objetivos e partilhados pelo território, e desenvolveu uma marca e um posicionamento comunicacional sólido e consequente. Desde 2013, foi desenvolvido o Plano de Marketing do TCP e os seus principais vetores de intervenção; desenvolveu-se o rebranding da marca Centro de Portugal; fomos, entre outros reconhecimentos, considerados o ‘Melhor Stand Nacional 2015’, na Bolsa de Turismo de Lisboa, a ‘Melhor Região de Turismo Nacional’ em 2015 e 2019, nos Publituris Portugal Travel Awards, e recebemos prémios como o Grand Prix CIFFT 2017, com o nosso spot promocional ‘Turismo Centro Portugal – Preferred Destination ECTAA 2017’, o ‘Prémio Reconhecimento 2018 – Portugal Trade Awards Publituris’ e a ‘Melhor Entidade Regional Turismo 2018’ nos Prémios AHRESP, entre muitos outros”, acrescenta Pedro Machado.

Fornos de Algodres recebeu Rita Marques Secretária Estado do Turismo

Comitiva passou pela região centro no intuito de visitar novos projetos

A Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, efetuou uma visita oficial de dois dias a territórios do Centro de Portugal, onde conheceu de forma aprofundada alguns projetos turísticos em curso ou em estudo na região.

A visita, nos dias 27 e 28 de fevereiro, foi acompanhada por uma delegação do Turismo Centro de Portugal, incluindo o seu presidente, Pedro Machado, por autarcas e empresários e por elementos do gabinete da Secretaria de Estado e do Turismo de Portugal.

No final, a governante sublinhou aos jornalistas que o balanço da visita foi “muitíssimo positivo”. “Foram apresentados projetos muito ambiciosos, que corporizam a nossa Estratégia Turismo 2027 em vários domínios, como o turismo espiritual, o turismo cultural ou o turismo de natureza. Estou muito grata à Entidade Regional de Turismo por ter proporcionado este momento, porque só sabendo o que existe no terreno é que podemos decidir bem”, disse.

A escolha dos destinos visitados nestes dois dias foi particularmente difícil, tendo recaído em projetos e municípios de zonas mais afastadas do litoral. A Secretária de Estado mostrou vontade em regressar periodicamente à região, para conhecer iniciativas de outras geografias do Centro de Portugal.

Doze etapas em dois dias

No primeiro dia da deslocação, a comitiva começou por fazer uma visita guiada ao Museu Nacional Ferroviário, no Entroncamento, acompanhada pelo presidente da Câmara Municipal do Entroncamento, Jorge Faria, pelo presidente da Fundação Museu Nacional Ferroviário, Manuel Cabral, e pela diretora do Museu, Ana Fontes. A governante ficou também a conhecer o impacto que o festival “Vapor: A Steampunk Circus” tem na região.

A etapa seguinte da visita aconteceu em Vila Nova da Barquinha, tendo a governante sido recebida no salão nobre da autarquia pelo autarca Fernando Freire, que deu conta dos principais produtos turísticos do concelho. Aqui foi também apresentado o projeto Bark – Biopark Barquinha, um investimento privado que, como sublinharam os seus promotores, João Paulo Rodrigues e Pedro Costa, tem como temas centrais o turismo de natureza e a conservação de espécies animais em perigo de extinção. Este é um parque temático de 40 hectares, com animais de todo o mundo.

Depois, a comitiva deslocou-se à Quinta S. João Batista, em RiachosTorres Novas, para conhecer o projeto de enoturismo e ecoturismo pensado para este espaço, que se apresenta como reserva da biodiversidade. No local, foi recebida pelo presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira. A visita ao espaço e a apresentação foram conduzidas por Nuno Santos, da Enoport Wines, proprietária do espaço.

O destino seguinte foi o Sardoal, onde a secretária de Estado tomou contacto com a Casa Grande ou Casa dos Almeidas, edifício histórico situado no centro da vila e que está projetado para ser um hotel. Miguel Borges, presidente da Câmara do Sardoal, foi quem apresentou o projeto. Ainda no Sardoal, houve tempo para apreciar a Igreja Matriz.

A etapa seguinte foi Castelo Branco, nomeadamente o Centro de Interpretação do Bordado de Castelo Branco, onde se pôde observar ao vivo o excecional trabalho das bordadeiras. José Augusto Rodrigues Alves, vice-presidente da Câmara de Castelo Branco, foi o anfitrião.

O primeiro dia terminou com um jantar no Convento do Seixo, no Fundão, uma unidade hoteleira de referência na região. Após um discurso de boas-vindas, pelo presidente da autarquia, Paulo Fernandes, assistiu-se a uma apresentação das Aldeias do Xisto, por Rui Simão, coordenador da ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto. A autarquia convidou empresários do setor do turismo para o jantar, destacando-se também a presença de António Robalo, presidente da Associação das Aldeias Históricas de Portugal (AHP).

O segundo dia da deslocação oficial começou com uma visita ao projeto New Hand Lab, na Covilhã, um laboratório criativo dedicado às artes que nasceu numa antiga fábrica de lanifícios, a antiga fábrica António Estrela. Francisco Afonso, proprietário do espaço, e José de Oliveira, vereador da Câmara Municipal da Covilhã, fizeram as honras da casa e, em conjunto com artistas residentes, com realce para o criador Miguel Gigante, mostraram o muito que se faz no laboratório criativo.

Sem perder tempo, a comitiva rumou a Belmonte, onde conheceu o Museu Judaico, repositório de uma História com muitos séculos que atesta a presença de uma importante comunidade judaica na região – presença que se mantém até aos dias de hoje. Em Belmonte decorreu igualmente uma reunião de trabalho, com o autarca Dias Rocha, em que se abordaram temas como a Rede de Judiarias. Também aqui, António Robalo, presidente da Associação das Aldeias Históricas de Portugal, igualmente presidente da Câmara do Sabugal, apresentou as iniciativas em curso para as AHP.

A manhã terminou na Guarda, onde Rita Marques ficou ao corrente de alguns projetos estruturantes a nível turístico previstos para a cidade mais alta do país, como a FIT – Feira Ibérica de Turismo, os Passadiços do Mondego, o Centro Náutico em altitude, o Centro Interpretativo da Cultura Judaica ou a candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027. A apresentação dos projetos esteve a cargo do presidente da autarquia, Carlos Monteiro, do vereador da Cultura e Turismo, Victor Amaral, e do diretor da FIT, Carlos Condesso.

À tarde, a comitiva deslocou-se a Fornos de Algodres, onde foi recebida pelo presidente da autarquia, António Fonseca. Neste município, ficou ao corrente do projeto Vale das Lobas, um aldeamento turístico que aposta na sustentabilidade e que foi apresentado pelo promotor, Tony Conway.

Casa do Passal, em Cabanas de Viriato, concelho de Carregal do Sal, foi o destino seguinte da visita. Esta casa tem um grande significado histórico, uma vez que era aqui que vivia o cônsul Aristides de Sousa Mendes, cujo papel no salvamento de judeus na II Guerra Mundial lhe granjeou o título de “Justo entre as Nações”. Rogério Mota Abrantes, presidente da autarquia de Carregal do Sal e da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, foi o principal anfitrião.

A deslocação oficial da Secretária de Estado do Turismo teve o seu desfecho no Museu do Azeite, importante equipamento turístico na aldeia da Bobadela, concelho de Oliveira do Hospital, onde a governante foi recebida por uma delegação da autarquia, liderada por José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, e pelo vice-presidente Francisco Rolo. A visita guiada ao museu, que conta a história da produção de azeite desde a época romana até à atualidade, foi conduzida por António Dias, empresário do setor e promotor do projeto.

Fotos: Turismo Centro Portugal

Turismo Centro de Portugal finalista dos “The Travel Marketing Awards

O Turismo Centro de Portugal (TCP) é um dos finalistas dos “The Travel Marketing Awards”, prémios atribuídos em Inglaterra às marcas e organizações ligadas ao turismo que mais se destacam em várias categorias. O TCP integra a lista final na categoria “Destination Brand of the Decade” (“Marca Destino da Década”).

Os “The Travel Marketing Awards” definem o padrão de excelência para o marketing no setor do turismo. Instituídos em 2009, são reconhecidos como os galardões de marketing mais desejados em viagens e turismo. A cerimónia de entrega dos prémios 2020, em que serão anunciados os vencedores, acontecerá no hotel London Hilton em Park Lane, no dia 9 de março.

Cada candidatura foi avaliada por um painel de especialistas, que escolheu a lista restrita de finalistas. A categoria “Destination Brand of the Decade”, na qual o Turismo Centro de Portugal é finalista, é uma categoria especial, que acontece apenas este ano e que, segundo a organização, distingue um destino que tenha deixado uma marca indelével entre 2010 e 2019. Foram considerados destinos que tenham assistido a um crescimento notório na sua reputação, desenvolvido novos mercados, lidado com novos desafios turísticos ou aumentado significativamente o número de visitantes – fatores em que o Turismo Centro de Portugal se afirmou nos últimos dez anos.

Na sua candidatura, o TCP realçou o notável crescimento registado entre 2010 e 2019, tanto a nível das dormidas e número de visitantes, como das receitas da atividade turística – um crescimento que aconteceu a um ritmo superior à média nacional. Destacou também o grande aumento na capacidade hoteleira da região. Por outro lado, a candidatura refletiu igualmente a estratégia de marketing delineada pela Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, nomeadamente o rebranding da região turística. Estratégia essa que resultou na conquista de muitos e importantes prémios, nacionais e internacionais.

O Turismo Centro de Portugal está nomeado ao lado de marcas e organizações tão relevantes como British Airways, Catalan Tourist Board, Easyjet, Hampton by Hilton, Hotels.com, Visit Oslo, Japan National Tourism Organization, Lastminute.com, Princess Cruises ou Tourism New Zealand, entre outras.

Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, evidencia a importância dos “The Travel Marketing Awards”: “Estes prémios são dos mais importantes que existem a nível do marketing turístico. É uma honra e um privilégio para o Turismo Centro de Portugal integrar a lista restrita dos finalistas. É um sinal claro de que a estratégia desenvolvida na última década, com os resultados que todos conhecemos, é reconhecida também a nível internacional”.

Keith Cartwright, presidente do CIM Travel Group, entidade organizadora dos prémios, elogia o elevado número de participações que a competição recebeu este ano: “Houve um número tão grande de inscrições, e com uma qualidade tão alta, que os juízes tiveram um trabalho reforçado para escolher a lista de finalistas. Estamos muito orgulhosos do valor que o setor reconhece aos The Travel Marketing Awards. Parabéns a todos os finalistas”.

TMG recebe IX Jornadas de Enoturismo em dezembro

Teve lugar, no Solar do Vinho da Beira Interior na Guarda, a apresentação das IX Jornadas de Enoturismo da Região Centro que vão decorrer nos dias 4,5 e 6 de dezembro no Teatro Municipal da Guarda.

Rodolfo Queirós referiu ” É um projeto que não é só da Comissão Vitivinícola da Beira Interior, tem também como parceiros as outras quatro CVR’s, nomeadamente a Bairrada, o Dão, o Tejo e Lisboa, tem ainda a CCDRCentro, o Turismo Centro de Portugal e a Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra.”

Este evento é financiado pelo programa: Valorizar o Interior do Turismo de Portugal,com participação gratuita, estas Jornadas destinam-se a todos os interessados, sobretudo aos agentes que de forma direta ou indireta centram a sua atividade no Enoturismo.

“Este projeto das Jornadas do Enoturismo é um projeto que já vai na sua nona edição, aqui na Beira Interior é a segunda vez que nos toca a nós organizar, a última vez creio que em 2013.”salientou  o Presidente da CVR da Beira Interior.

Do programa consta: no dia 4 haverá um jantar de receção para as entidades convidadas para esse efeito.

Nestes três dias vão ser cerca de 28 horas onde se vai debater o Enoturismo , vão estar 2 oradoras internacionais, 10 oradores nacionais e ainda 4 moderadores. Já se encontram inscritos 120 participantes.

Serão debatidos os seguintes temas: a importância das rotas enoturísticas, boas práticas internacionais, a investigação e a tecnologia e ainda o território e a autenticidade como os principais ativos dos territórios.

 

                                                               Abertura da Loja da CVR da Beira Interior

No dia 5, vai ter lugar a Sessão de Abertura, seguido de dois painéis: “Somos mais em união” e “O Mundo também nos inspira”.

Depois do almoço que vai ser no Café Concerto do TMG, terá lugar uma das grandes novidades a inauguração da loja da Rota dos Vinhos da Beira Interior.

Acontecerá nessa hora a assinatura de  protocolos para a criação da  Rota do Vinho da  Beira Interior  com diversos Municípios.

O Projeto vai chamar-se a Rota dos Vinhos da Beira Interior.

“Projeto que é ambicioso, estamos um bocadinho expectantes como vai ser o feedback dos nossos visitantes à nossa loja, a loja vai ser ponto de partida para a Rota, portanto a partir da loja, terá uma loja física de provas e de vinhos para o público mas será também um local de informação onde o turista, neste caso, o Enoturista possa dizer assim: eu gostava de ir visitar uma adega, ir dormir a um determinado hotel, e ir comer a um determinado restaurante e nós termos circuitos feitos digamos assim à medida de cada um. “acrescentou Rodolfo Queirós.

Segue-se a Visita Técnica à Adega 23  (Vila Velha de Ródão).

No 2º dia, seguem-se os painéis no período da manhã, com o tema: “O Futuro no Presente” e “A riqueza está no Interior”, neste último tema vão marcar presença alguns artesãos da região.

Depois do almoço, terá lugar a Visita Técnica, à Adega Beyra, à aldeia de Castelo Rodrigo e Adega Cooperativa de Figueira de Castelo Rodrigo.

Programa IX Jornadas de Enoturismo

Centro de Portugal regista subida de visitantes em setembro

O mês de setembro voltou a ser positivo para a atividade turística no Centro de Portugal. Os resultados preliminares, publicados ontem pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), mostram uma subida generalizada da região nos primeiros nove meses do ano, face ao mesmo período de 2018.

Analisando os dados acumulados do INE no período entre janeiro e setembro de 2019, o Centro de Portugal apresenta uma subida de 4,4% no total de dormidas nos alojamentos turísticos, em comparação com janeiro-setembro de 2018. Esta subida supera o crescimento médio nacional, que foi de 3,9%. De realçar que, nestes nove meses, as dormidas de residentes nacionais aumentaram 5,9%, enquanto as dormidas de não residentes cresceram 2,7%.

Os bons resultados nas dormidas têm, naturalmente, reflexo positivo nas receitas. Se analisarmos os meses de janeiro a julho, há um crescimento de 6,5% nos proveitos totais da atividade turística no Centro de Portugal, que totalizaram até ao momento 278,5 milhões de euros.

 Mês de setembro com subidas em todos os indicadores

Analisando apenas o mês de setembro, em comparação com setembro de 2018, verifica-se que houve um aumento de 2,1% no total de dormidas nos alojamentos turísticos. Em valores absolutos, registaram-se 779 mil dormidas em setembro no Centro de Portugal, mais 16 mil do que no mesmo mês do ano anterior.

No período em análise, as dormidas de não residentes no Centro de Portugal subiram 2,2%, para 383,4 mil. Já as dormidas de cidadãos nacionais no Centro totalizaram 396 mil – uma subida de 2,1%.

Relativamente às receitas, entre setembro de 2018 e setembro de 2019, há a registar um forte crescimento de 4,9% nos proveitos totais, que se cifraram nos 39,8 milhões de euros.

No indicador do número de hóspedes no Centro de Portugal, estes totalizaram 447.489 em setembro. Uma variação de 1,9% relativamente a setembro do ano passado.

Este crescimento, notório em todos os indicadores, deixa antever que o ano de 2019 vai ser o melhor de sempre para a atividade turística no Centro de Portugal, nos principais indicadores analisados pelo INE.

Turismo Centro de Portugal vê filmes premiados na Grécia

Três filmes do Centro de Portugal premiados em festival de cinema de turismo na Grécia

Os filmes do Turismo Centro de Portugal, Batalha e Pampilhosa da Serra distinguidos no 10.º Festival de Cinema de Turismo de Amorgos, Grécia.

A vertente competitiva do certame recebeu filmes de mais de 30 países de todo o mundo. Entre todos, o júri internacional do festival premiou três representantes da região Centro de Portugal.

O filme promocional da região, “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?”, foi galardoado com o terceiro lugar na categoria “Destinos Turísticos – Região”. O embaixador de Portugal em Atenas, Rui Tereno, recebeu o prémio em nome do Turismo Centro de Portugal. Pode ver este filme em https://bit.ly/2WnVXmi.

O filme “Batalha – Cinco Sentidos”, do Município da Batalha, foi o vencedor na categoria “Turismo Cultural” (pode ver o filme em https://bit.ly/2NNARYe), enquanto “Pampilhosa da Serra – Centro Comercial da Natureza” (disponível em https://bit.ly/32fCPWE), do Município da Pampilhosa da Serra, ficou em segundo lugar na categoria “Natureza e Turismo Rural”.

Refira-se que este é já o décimo prémio conquistado pelo filme “Turismo Centro de Portugal – Are You Ready?”. O troféu no festival grego segue-se a distinções conseguidas na Polónia, França, Estados Unidos, Espanha, Sérvia, Letónia e Bulgária, além de dois prémios no Festival ART&TUR, em Portugal.

O filme “Insider’s Guide to Riga”, produzido na Letónia, foi o grande vencedor do festival grego.

Turismo Centro de Portugal premiada como a melhor

 Na cerimónia de entrega dos Prémios Publituris Portugal Travel Awards, que decorreu em Cascais, a Turismo do Centro de Portugal foi premiada como a melhor região do país.

A TCP estava nomeada na categoria “Região de Turismo Nacional”, juntamente com as restantes regiões turísticas do país, tendo sido a grande vencedora da noite.

O galardão foi recebido por Pedro Machado e Jorge Loureiro, respetivamente presidente e vogal da comissão executiva da Turismo Centro de Portugal. Na ocasião, Pedro Machado fez questão de agradecer “à Publituris e ao júri” e de partilhar o prémio “com a equipa da Turismo do Centro e, em muito particular, com aquilo que representa hoje o Centro de Portugal”.

O prémio enche-nos de alegria e orgulho. Lembro que o Centro de Portugal sofreu em 2017 contingências que ainda não estão ultrapassadas. Este prémio é, seguramente, um estímulo para as empresas e empresários, para os operadores turísticos e para todos aqueles que estão na cadeia de valor que o turismo hoje representa”, sublinhou Pedro Machado.

Esta distinção representa, igualmente, o reforço do crescimento dos destinos turísticos que agora estão a emergir e que contribuem para o todo nacional. É seguramente com todos que fazemos um Portugal mais desenvolvido e mais justo”, acrescentou.

Os Publituris Portugal Travel Awards 2019, conhecidos como os “Óscares do Turismo” em Portugal e que vão já na 16.ª edição, destinam-se a premiar as melhores empresas, instituições, serviços e profissionais que se destacaram no setor do turismo no decorrer do último semestre de 2018 e o primeiro de 2019. Os vencedores resultam de uma média ponderada entre os votos dos assinantes da newsletter do jornal Publituris e dos votos de um júri.

Esta é a segunda vez que a Turismo Centro de Portugal vence este prémio, depois de já o ter conquistado em 2015.

Turismo Centro de Portugal saúda a aprovação da serra da Estrela a Geopark Mundial

O Turismo Centro de Portugal mostrou enorme satisfação  com a aprovação da  candidatura da Serra da Estrela a Geoparque Mundial pelo Conselho de Geoparques Mundiais da UNESCO, no decorrer da 4.ª Sessão do Conselho de Geoparques Mundiais, na Indonésia.

“Este é um dia muito importante para a região Centro de Portugal, que passa a ter mais um elemento diferenciador reconhecido a nível internacional. Foi um trabalho intenso de quatro anos, que obteve agora um justo desfecho”, considera Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

“O território do Centro de Portugal afirma-se cada vez mais como um destino preferencial para os adeptos do turismo de natureza e do turismo ativo. Esta é uma região privilegiada, com um património natural e cultural ímpar, e que dispunha já de um Geoparque reconhecido pela UNESCO, o Naturtejo, na Beira Baixa, além da Reserva da Biosfera das Berlengas. A estes sítios naturais classificados pela UNESCO junta-se agora o Geoparque Serra da Estrela, que passará a ocupar um justo lugar de destaque. Estão de parabéns os promotores e está de parabéns toda a região, que vê assim aumentar ainda mais a sua atratividade turística, para benefício das populações de uma zona mais afastada do litoral e dos grandes centros turísticos”, acrescenta.

Recorde-se que o Conselho de Geoparques Mundiais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) aprovou ontem a candidatura da Serra da Estrela a Geoparque Mundial, ficando apenas a faltar o parecer do Conselho Executivo da agência das Nações Unidas.

Turismo Centro de Portugal presente nos grandes festivais

O Turismo Centro de Portugal (TCP) volta a estar este ano presente nos principais festivais de música de verão, a divulgar o que de melhor a região tem para oferecer aos visitantes.

Depois de uma presença marcante no RFM Somnii, o TCP promove a região no NOS Alive, que decorre durante este fim de semana em Algés, e no MEO Marés Vivas, que acontece de 19 a 21 de julho em Vila Nova de Gaia.

O Turismo Centro de Portugal está presente nos dois festivais mediáticos com espaços próprios, onde os visitantes podem ficar a saber mais sobre os destinos na região.

No NOS Alive, o TCP está localizado no número 1 da Rua EDP, um local privilegiado no espaço do festival. Num stand de 36 m2, serão destacados projetos e programas como os Lugares Património Mundial do Centro e as Termas Centro – estas através das Termas do Carvalhal, em Castro Daire. Os visitantes do stand terão a possibilidade de receber ofertas de massagens, vouchers de alojamento, experiências outdoor e visitas turísticas de vários parceiros do Centro de Portugal.

No MEO Marés Vivas, o formato e os programas destacados são idênticos, aos quais se acrescenta a Comissão Vitivinícola da Bairrada, com oferta de espumante no Lounge VIP MEO.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar