Templates by BIGtheme NET
Home » Tag Archives: urtiga

Tag Archives: urtiga

Queijada de Urtiga é agora um produto de marca registada

Recentemente mais um produto de urtiga foi registado. Neste caso falamos da queijada de urtiga, que é confecionada pela confreira Amélia Reis , viu agora registada a marca do seu produto .

Assim , depois da alheira de urtiga, surge agora a queijada de urtiga ,como sendo um produto registado, isto faz com que a Confraria da Urtiga passe a ter aos poucos os seus produtos registados.

Desta maneira, este é mais um feito importante para a Confraria da Urtiga, para o Concelho de Fornos de Algodres e para a região.

A urtiga é já uma imagem de marca desta região.

foto:CU

Festival “URERE” em Vila Soeiro de Chão

Vai acontecer, neste domingo dia 13 de agosto, mais uma edição do Festival “URERE” , isto é, Festival da Cerveja artesanal de urtiga,  na localidade de Vila Soeiro do Chão, com o seguinte programa:

15.00H – Mercadinho

15.00H – Cerveja Artesanal de Urtiga, Caracóis

16.00H – Musica FolK – Celta.

TORGA, Lisboa – CABRA CEGA, Braga – Gazal, Espanha

Uma tarde dedicada à cerveja artesanal de Urtiga, isto é, mais um produto onde a urtiga fica bem.

Confraria da Urtiga promove saída de campo

17156266_1220742944709329_8506952517941802472_n A Confraria da Urtiga vai realizar nova saída de campo, neste sábado, 11 de março, com intuito de Recolher e Preparação das Urtigas para uso culinário.

O local da saída é junto ao Centro de Dia de Juncais, com início para as 9.30 da manhã, depois da recolha segue-se o almoço por volta das 13horas.

Durante a tarde, terá lugar a preparação desta plantas que tornaram o concelho de Fornos de Algodres, na Capital da Urtiga.

Por:AP Foto17190968_1220742654709358_2634121832590660057_ns:CU

Uma manhã a colher urtigas em Fornos

cu Este sábado, duas dezenas de trabalhadores da Urtiga concentraram-se , junto ao Tribunal de Fornos de Algodres para levar a cabo uma mega colheita de urtiga que acabou por realizar-se em quatro freguesias do concelho: Maceira, Matança, Juncais e Fornos de Algodres, foram durante a manhã colher urtigas, uma recolha que foi satisfatória.

Depois decorreu a preparação das mesmas , com a lavagem e seguiu-se a preparação do almoço, com o Chef Aníbal a dar o toque para que tudo ficasse mais saboroso.

O almoço foi urticante, ao qual no final a satisfação foi geral, pois foi uma manhã diferente com a Urtiga a ter cada dia que passa a ter destaque e a afirmar-se no panorama naciocu1nal e internacional.

Agora fica o desafio para as próximas jornadas da Etnobotânica a realizar neste mês de maio.

Por:António Pacheco

fotos:Confraria da Urtiga

Uma nova forma de trabalhar o chocolate, agora com urtiga

No passado sábado, realizou-se na localidade de Juncais, um workshop de iniciação ao fabrico artesanal de chocolate com urtigas, com a participação de dezena e meia de pessoas, foi organizado pela Confraria da Urtiga e pela União de Freguesias de Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão.


Para explicar e transformar este produto esteve o  Chef Martin Alvarez.

Foi utilizando diversas formas de chocolate, com o intuito de poder fazer bombons em diversos moldes, com diversos ingredientes.

Foi explicando aos presentes, sempre os passos a realizar , para que todos no futuro possam também fazer de novo num ambiente mais familiar.

Nestes doces, a urtiga começa então a ser utilizada como recheio, isto é a fazer parte do interior destes bombons que poderão vir a ser no futuro, uma grande atração.Workshop - 05-03-2016 (1)

Também foi utilizando o chocolate como forma de decoração final.

Em suma, uma manhã muito doce que desta forma, proporcionou aos presentes assimilar novos conhecimentos de como trabalhar o chocolate e ter a  urtiga como adorno.

Por:Sofia Pacheco

Grupo de Cantares de Fornos de Algodres fez divulgação do novo CD

apresentação cdUm final de tarde diferente para este grupo, pois com a divulgação do Novo CD, deste Grupo de Cantares de Fornos de Algodres​ onde aqui pode ouvir algumas Músicas e pelo meio conversas com membros deste grupo, para nos dar a conhecer todo este trabalho realizado, que culminou na edição deste novo CD, com 16 hinos do concelho do Município de Fornos de Algodres​, que você pode adquirir como uma ótima prenda de Natal .

Urtiga em destaque em Levet (França)

12115624_856242114492749_2571795663493210420_nNo passado sábado, 7 de novembro , a Associação TrocPlantes àLevet, na localidade de Levet, França, servia a todos seus membros uma refeição saborosa, perante um momento amigável.
Deste modo, a Urtiga que como todos sabem tem como capital desta planta Fornos de Algodres constava neste maravilhoso  menu:
Sopa d
e urtiga:
Torta de carne, bagunça de pequenos produtos hortícolas e ambrósia
Salada de ervas loucas .
Mousse de choc
olate com cascas de laranja e sementes de urtiga: a fechar esta refeição.

Face a isso, nesta mesma localidade, vai acontecer a primeira edição das jornadas da Urtiga em Levet, nos dias 20 a 22 de novembro, com presença assegurada da Confraria da Urtiga.

Por:António Pacheco

Foto:TrocPlantes àLevet

Confraria da Urtiga de Fornos de Algodres vai estar em Montalegre

A Confraria da Urtiga de Fornos de Algodres irá estar este ano
representada no XXIX Congresso de Medicina Popular que se irá realizar
em Vilar de Perdizes, concelho de Montalegre, entre os dias 4 e 6 de
setembro.
Esta participação que surge a convite do Padre Fontes,
recentemente entronizado como confrade honorário da nesta confraria, irá
ter lugar no próximo sábado dia 5 de setembro, com uma conferência
sobre o tema: Urtiga, potencialidades de uma erva daninha e com um
workshop, intitulado cozinhar com urtigas.

Por:CUFA

Festival da cerveja artesanal de urtiga em Vila Soeiro

A aldeia de
Vila Soeiro do Chão, no concelho de Fornos de Algodres irá acolher no próximo
dia 16 de agosto, o 1º Festival da Cerveja Artesanal de Urtiga. Esta iniciativa
que será publicitada como Festival Urere, por alusão ao termo romano, do qual
terá derivado a palavra urtiga, resulta duma parceria entre a Confraria da
Urtiga de Fornos de Algodres e a União de Freguesias de Juncais, Vila Ruiva e
Vila Soeiro do Chão e visa, uma vez mais, destacar uma das muitas
potencialidades de uma planta ainda muito “incompreendida”.

A
urtiga entrará assim na composição da cerveja especialmente concebida
para o festival por  Pedro Sousa, um dos mais conceituados
Mestres Cervejeiros portugueses, que aceitou o desafio  da
organização para criar a primeira cerveja de urtiga portuguesa.

A iniciativa
que terá início a partir das 15:00, conta ainda com a preciosa
colaboração do grão mestre da Confraria do Caracol, Belmiro Domingos que
de entre os muitos pratos que apresenta habitualmente nos certames que organiza
quer em Portugal, quer na vizinha Espanha, destacou para este Festival duas
formas distintas de preparar esta iguaria que, na sua perspectiva deverão
acompanhar adequadamente a cerveja proposta. 
Para
fechar esta combinação, que a organização pretende perfeita,  a tarde
será recheada de música folk, com sonoridades que nos surgirão tanto do plano
nacional, com atuações dos Gaiteiros da Ponte Velha e com o projeto Seiva dos
ex- Dazkarieh Vasco Casais e Joana Negrão, como outras trazidas da Galiza,
pelos Os rampeiros e de Castela Leão, pelos Cecina de Léon Folk.
Por UFJVSVR

Confraria da Urtiga nos festejos de NS da Ortiga

Neste domingo, a Confraria da Urtiga foi em peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora da Ortiga, na região de Fátima, onde se celebram os grandes festejos.

De Fornos de Algodres esteve uma bela comitiva com cerca de uma dúzia de confrades a representar confraria e de igual modo, a vila de Fornos.
Um dia diferente nestas andanças, aqui fica o hino Nossa Senhora da Ortiga:

“O Senhora da Ortiga
Para nós estende a mão
Mãe bondosa, acolhe as preces
do teu povo em oração


Foi ditosa a pastorinha
Que era muda e não falava
Em troca de uma ovelhinha
Por milagre se curava

O seu pai agradecido
No local ergue uma ermida
Onde mil graças derramas
Sobre nós, ó Mãe querida

Vêm romeiros de longe
Em busca do Santuário
Nos olhos trazem a fé
Nas mãos trazem o rosário

Também nós aqui presentes
Cantamos com alegria
E rezamos nosso terço
O Pai Nosso e Avé Maria”

Por: António Pacheco

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ao continuar a utilizar o site, você concorda com a utilização de cookies. Mais Informação

As definições de cookies neste site são definidas como "permitir cookies" para lhe dar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, em seguida, você concorda com isso.

Fechar