Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: nelas

Tag Archives: nelas

‘Homenagem às vítimas do acidente ferroviário de Alcafache de forma simbólica

Uma homenagem bastante simbólica aconteceu em Alcafache neste sábado, para assinalar os 36 anos do trágico acidente ferroviário que ocorreu no concelho de Mangualde, e de modo a perpetuar a memória das vítimas do fatídico acidente.
Este momento de homenagem, contou com a presença de Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Augusto Sá, representante da COMAFA – Comissão Organizadora Movimento Acidente Ferroviário de Alcafache, Presidente da Junta de Freguesia de Espinho, António Monteiro, Bombeiros Voluntários de Mangualde, Bombeiros Voluntários de Nelas e os Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim.
Pelo segundo ano consecutivo não foram realizadas as habituais cerimónias para não se propiciar o ajuntamento de um grande número pessoas que todos os anos rumam a Mangualde para homenagear as vítimas do maior acidente ferroviário de que há memória em Portugal.

CIM Viseu Dão Lafões conclui segunda fase do Sistema Integrado de Videovigilância da Floresta

Recentemente, no âmbito da conclusão da segunda fase de implementação do Sistema Integrado de Videovigilância para a Prevenção de Incêndios Florestais na Região de Viseu Dão Lafões e Coimbra, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões realizou uma visita à sexta Torre de Acompanhamento Remoto (TAR), instalada no seu território, localizada no Município de Nelas.

Este sistema, financiado pelo Fundo de Coesão, através do PO SEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Uso dos Recurso, representa um investimento global de mais de 3,7 milhões de euros e prevê a instalação de trinta e sete TAR’s, dezassete das quais em Viseu Dão Lafões, que proporciona uma cobertura de 85% do território afeto à CIM Viseu Dão Lafões.

Recorde-se que na primeira fase de implementação deste sistema, foram instaladas as três primeiras TAR, localizadas nos concelhos de Tondela, Viseu e Vouzela. Na segunda fase, agora concluída, foram adicionadas mais três TAR, nomeadamente, nos concelhos de Carregal do Sal, Mangualde e Nelas. A terceira fase, cuja conclusão está prevista para o próximo mês de dezembro, contempla a instação de outras três TAR, nos concelhos de São Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Vouzela, ficando um total nove TAR operacionais em Viseu Dão Lafões.

Na Região Viseu Dão Lafões já se encontram em operação os dois Centros de Gestão e Controlo, estando um localizado no Comando Territorial da GNR de Viseu e outro no Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Viseu.

Por último, importa referir que este sistema conta com uma rede de comunicações dedicada, via rádio, e garante a interoperabilidade com os Sistemas de Acompanhamento e Apoio à Decisão já instalados e em operação em outras regiões.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com a entrada em operação da sexta TAR, damos por concluída a segunda fase deste projeto que, já este verão, se tem afirmado como uma mais-valia para a proteção das populações e da nossa floresta”. 

Ainda, segundo o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões “Com este projeto, aliado a outras iniciativas que temos desenvolvido no âmbito da defesa da floresta e da proteção civil intermunicipal, como seja, a titulo de exemplo, a capacitação de técnicos de fogo controlado, a CIM Viseu Dão coloca o nosso território na linha da frente  no desenvolvimento de projetos que contribuem para a defesa e resiliência da nossa floresta”.

Para o Presidente do Município de Nelas, José  Borges da Silva, “Periodicamente a nossa floresta é devastada por incêndios. Sabendo nós que dois terços das ignições são de origem humana, este é um instrumento absolutamente essencial para diminuir a potencialidade das ignições. Este instrumento aliado a outros, nomeadamente o Cadastro da Propriedade Rústica, também ele promovido pela CIM Viseu Dão Lafões, permite, não só, defender o nosso ativo florestal e ambiental, mas também potenciar tudo aquilo que resulta dele”.

 

Extensões de Saúde de Santar e Carvalhal Redondo retomam consultas

Na próxima semana os médicos da USF – Coração da Beira do Centro de Saúde de Canas de Senhorim voltam a prestar serviço médico de proximidade à população, nas Extensões de Saúde de Santar a partir de quinta feira dia 17 de Setembro das 09 às 12 horas e em Carvalhal Redondo na respetiva Extensão de Saúde a partir da próxima terça feira, dia 15 de Setembro, das 09 às 12 horas.
O reatar da presença médica nestas Extensões é possível dada a redução do horário do Centro de Vacinação de Nelas a que também estavam afetos os médicos daquela USF e ainda a um maior controlo atual da pandemia COVID-19, pandemia para combate à qual foram mobilizados em primeira linha no último ano e meio, procurando, na medida do possível e até ao limite dos recursos existentes, continuar a prestar os cuidados primários de saúde de que a população carece a merece.
A Câmara Municipal de Nelas e as Juntas das Uniões de Freguesias de Santar e Moreira e de Carvalhal Redondo e Aguieira, em especial os seus Presidentes, manifestam a sua gratidão em nome da comunidade, pelo esforço e dedicação prestados pelos profissionais de saúde à população, neste período tão difícil das nossas vidas e congratulam-se por este esforço do regresso dos cuidados de saúde de proximidade ás suas populações em Santar e Moreira e em Carvalhal Redondo e Aguieira, regresso pelo qual há muito vêm lutando.

Fornos de Algodres recebe espetáculo Slackline-“Andorinhas”Shows’21

Fornos de Algodres vai receber nesta sexta-feira, 10 de setembro de 2021, pelas 21h30, no auditório ao ar livre do Olival da Vinha, ao espetáculo “Andorinhas”, no âmbito do projeto Alto Mondego – Rede Cultural.
Um espetáculo diferente do habitual, que alia a vertente teatral ao desporto, englobando elementos da comunidade fornense e dos municípios de Gouveia, Mangualde e Nelas.
Entrada gratuita, com lotação limitada cumprindo as regras da DGS.

Espetáculo de slackline em Mangualde a 17 de setembro

No âmbito do projeto “Alto Mondego Rede Cultural”, Mangualde acolhe no próximo dia 17 de setembro o espetáculo Slackline – Andorinhas Shows’21, pelas 21h30, no Largo Dr. Couto (em frente à Câmara).  Trata-se de um espetáculo diferente do habitual, aliando uma vertente teatral ao desporto, coordenado pelo campeão nacional Rui Mimoso e conta com o envolvimento de elementos da comunidade, onde cada um sobe ao palco para contar a perspetiva individual de uma história em comum. É ainda um espetáculo de capacitação da Rede Cultural Alto Mondego que envolve os Municípios de Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres e Mangualde.

 O enredo por detrás do espetáculo varia de concelho para concelho. Em Nelas e Mangualde a história desenvolve-se em torno de despedidas e reencontros, das festas e das romarias. Enquanto, em Gouveia, à trama junta-se a poesia de Virgílio Ferreira. Já Em Fornos de Algodres o desafio passa por pedir emprestado o olhar do rio Mondego e mergulhar na travessia, no tempo e no espaço, desde a origem aos dias de hoje. A criação faz, ainda, referência às linhas de comboio e ao fadista António Menano.

O programa começou a 3 de julho em Nelas, passando nos dias 4 e 5 de setembro em Gouveia. Seguindo-se Fornos de Algodres, no dia 10 de setembro e novamente Nelas a 11 de setembro. A digressão termina em Mangualde no dia 17 de setembro.  Todos os espetáculos decorrem ao livre e têm início pelas 21h30.

LOTAÇÃO LIMITADA E RESERVA DE LUGARES OBRIGATÓRIA

A lotação do concerto é limitada e os lugares são marcados, de forma a respeitar as normas emanadas pela DGS. A entrada é gratuita, mas com aquisição obrigatória de bilhetes na Biblioteca Municipal e/ou na Papelaria Adrião. A organização solicita a todos que respeitem sempre as regras da DGS e as indicações/sinalética no local, mantendo sempre o distanciamento social de segurança, a utilização da máscara e as regras de etiqueta respiratória.

 

PROJETO “ALTO MONDEGO REDE CULTURAL”

O projeto “Alto Mondego Rede Cultural” junta os municípios de Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres e Gouveia e é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

SLACKLINE

O Slackline é um desporto que consiste prática de equilíbrio sobre uma linha dinâmica, esticada entre dois pontos fixos. O praticante pode caminhar sobre ela ou fazer manobras e truques, dinâmicos ou estáticos.

As capacitações a desenvolver, não foram só slackline, mas incorporaram também o movimento corporal no solo, como forma de expressão artística e complementar à slackline, conseguindo assim mais conteúdo, mais movimento na criação e produção do espetáculo final. Apesar do foco da capacitação ser a slackline, Rui Mimoso aliará o “free runnig” ou “parkour” às sessões de capacitação, assim como outras formas mais gerais de movimento corporal. Em conjunto, estas ferramentas irão possibilitar um maior controlo motor, como maior expressão e liberdade corporal.

Nelas recebeu a Bandeira “Municipio Amigo do Desporto”

O Cine-Teatro Alba, em Albergaria-a-Velha, foi palco para a entrega da distinção de “Município Amigo do Desporto”, como reconhecimento pelas boas práticas desportivas desenvolvidas no Concelho, aqui foi galardoado o Município de Nelas.
Este galardão veio assim reconhecer o trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal de Nelas, em ações de promoção e incentivo à atividade física e bem-estar, tendo sido avaliados parâmetros como a organização desportiva, eventos, programas, equipamentos, estratégias de sustentabilidade ou desporto solidário.
Tendo em conta a pandemia provocada pela Covid-19, foram também valorizadas iniciativas desenvolvidas pelo Município com o objetivo de colmatar as necessidades e intervir no desporto de forma digital.
Nelas integra assim a Rede de Municípios Amigos do Desporto, que desenvolvem uma política de apoio ao desporto de excelência, à promoção da sua prática e da criação de condições para o desenvolvimento da sua atividade desportiva, assumindo a responsabilidade e o compromisso de melhoria contínua.

Slackline “voa” pelos 4 concelhos do Alto Mondego

É um espetáculo de teatro, mas com a particularidade que é feito em cima de fitas. O primeiro estreou em julho, em Nelas, agora há novos espetáculos em todos os 4 concelhos da rede: Nelas, Gouveia, Fornos de Algodres e Mangualde. Trata-se de uma iniciativa coordenada pelo Campeão Nacional de Slackline, Rui Mimoso, no âmbito da Rede Cultural do Alto Mondego, onde os grandes protagonistas são elementos da comunidade que sobem ao palco para contar diferentes perspetivas de uma história comum. Com o envolvimento da comunidade, espetáculos têm forte ligação ao território.

Espetáculo em Nelas contou com 22 elementos da comunidade

A história por detrás do espetáculo varia de concelho para concelho. Enquanto em Nelas e Mangualde a trama fala de despedidas e de reencontros, das festas e das romarias; em Gouveia, à história junta-se a poesia de Virgílio Ferreira. Em Fornos de Algodres, o desafio é outro, passa por pedir emprestado o olhar do rio Mondego e mergulhar na travessia, no tempo e no espaço, desde a origem aos dias de hoje. A criação faz, ainda, referência às linhas de comboio e ao fadista António Menano. Gouveia recebe os espetáculos nos dias 4 e 5 de setembro. Depois, é a vez de Fornos de Algodres, nos dias 9 de 10 de setembro. A 11 de setembro, o espetáculo regressa a
Nelas. A digressão termina em Mangualde que acolhe o espetáculo no dia 17 de setembro. Todos os espetáculos decorrem ao livre e estão marcados para as 21h30.

Dinamizar o interior do país com atividades culturais distintivas e com uma forte ligação aos territórios é a missão desta iniciativa que quer também aproximar a cultura das suas comunidades. Serão eles os protagonistas. Os espetáculos resultam de um conjunto de capacitações, ondem puderam aprender as bases da modalidade e aplicá-la às artes. Na verdade, um dos pilares desta iniciativa passa pelo intercâmbio cultural entre os vários territórios que têm aqui uma oportunidade de trocar experiências, mas também de desenvolver um sentimento de pertença pela sua terra.

Recorde-se que o projeto “Alto Mondego’ Rede Cultural” junta os municípios de Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres e Gouveia e é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Nelas-Exposição Pilar Europeu dos Direitos Sociais inaugurada

Teve lugar na Biblioteca Municipal de Nelas  a inauguração da Exposição Pilar Europeu dos Direitos Sociais, mostra promovida pelo Europe Direct Viseu Dão Lafões, tem como objetivo reforçar os laços de proximidade entre os cidadãos e a União Europeia (UE).

Fruto de uma iniciativa da Representação da Comissão Europeia em Portugal, esta exibição visa dar a conhecer, de forma imersiva, os 20 princípios do Pilar Europeu dos Direitos Sociais, que constituem o quadro de orientação para a construção de uma Europa social forte, justa, inclusiva e plena de oportunidades. Estes princípios estão estruturados em torno de três grandes prioridades: igualdade de oportunidades e acesso ao mercado de trabalho; condições de trabalho justas; proteção e inclusão social.

Constituída por 24 painéis, esta exposição vai realizar uma itinerância por algumas das bibliotecas que compõem a Rede Intermunicipal de Bibliotecas Viseu Dão Lafões (RIBVDL), marcando presença nos seguintes concelhos: Nelas (30 de agosto a 3 de setembro); Santa Comba Dão (6 de setembro a 11 de setembro); Mangualde (13 de setembro a 18 de setembro); Penalva do Castelo (20 de Setembro a 25 de setembro); Sátão (27 de setembro a 01 de outubro); Castro Daire (4 de outubro a 9 de outubro); São Pedro do Sul (11 de outubro a 16 de outubro); Vouzela (18 de outubro a 23 de outubro). Visitando, ainda, o Centro Europe Direct Viseu Dão Lafões (25 de outubro a 30 de outubro), na Casa do Adro.

Segundo o Gestor do Europe Direct Viseu Dão Lafões, José Carlos Almeida, “Ao promover esta exposição, o Europe Direct Viseu Dão Lafões procura contribuir, a nível local, não só, para estimular o debate público, mas também,  para informar e consciencializar os cidadãos relativamente às mais recentes políticas de âmbito europeu em torno dos direitos sociais”.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho,“Em 2017, o Parlamento Europeu, o Conselho e a Comissão aprovaram o Pilar Europeu dos Direitos Sociais, um marco na história social da Europa. A CIM, através da RIBVDL, não podia de deixar de se associar a esta iniciativa do Europe Direct Viseu Dão Lafões que procura alargar o conhecimento local sobre a União Europeia e divulgar as suas políticas. Esta iniciativa enquadra-se, ainda, no trabalho que a CIM tem desenvolvido, ao longo dos anos, no domínio da coesão social”, concluiu o Secretário Executivo

Para o Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva,”Questões sociais como a igualdade de género e a igualdade oportunidades, a inclusão e a proteção social, assumem, cada vez mais, um papel de destaque nos territórios e, por consequência, na agenda autárquica. Esta iniciativa é louvável, na medida em que concede, às populações, a oportunidade de conhecer os direitos europeus relativos ao seu bem-estar, à sua qualidade de vida e ao desenvolvimento económico e social, contribuindo, assim, para a sua efetivação“.

Obras decorrem a bom ritmo no Novo Cemitério de Canas de Senhorim

Esta é uma infraestrutura há muito reclamada pela Freguesia local e essencial ao desenvolvimento da vida coletiva com qualidade, constitui um investimento de mais de 300.000 euros nesta primeira fase ( permitindo o Cemitério futuras ampliações).

Neste momento, estão já, a ser pavimentados os corredores internos do Novo Cemitério de Canas de Senhorim, seguindo-se os arranjos exteriores, ficando proximamente em condições de utilização.

Divisão de Honra FEIFIL FEIJÃO E FILHOS com sorteio efetuado

O Auditório Carlos Costa, na sede da AF Viseu, acolheu o sorteio da Divisão de Honra FEIFIL FEIJÃO E FILHOS, S.A, marcaram presença vários representantes de clubes filiados. A Divisão de Honra é composta por 3 grupos, Norte, Centro e Sul, com 8 equipas cada com 14 jornadas, a duas voltas.

Calendário Divisão de Honra

Grupo Norte

1- Nespereira FC

2- CDR Moimenta da Beira

3- ACDR Lamelas

4- CD Cinfães

5- GD Resende

6- GD Parada

7- SC Lamego

8- SC Paivense

1ª JORN 2-1 3-7 4-6 5-8
 2ª JORN  1-3  8-2  7-4  6-5
 3ª JORN  4-1  3-2  5-7  8-6
 4ª JORN  1-5  2-4  3-8  7-6
 5ª JORN  6-1  5-2  4-3  8-7
 6ª JORN  1-7  2-6  3-5  4-8
 7ª JORN  8-1  7-2  6-3  5-4

1ª Jornada | 19.SET.2021

CDR Moimenta da Beira x Nespereira FC

ACDR Lamelas x SC Lamego

CD Cinfães x GD Parada

GD Resende x SC Paivense

Grupo Centro

1- Lusitano FC Vildemoinhos

2- GDC Roriz

3- Carvalhais FC

4- GD Oliveira de Frades

5- AD Sátão

6- UD Sampedrense

7- GD Campia

8- SC Penalva do Castelo

1ª JORN 2-1 3-7 4-6 5-8
2ª JORN 1-3 8-2 7-4 6-5
3ª JORN 4-1 3-2 5-7 8-6
4ª JORN 1-5 2-4 3-8 7-6
5ª JORN 6-1 5-2 4-3 8-7
6ª JORN 1-7 2-6 3-5 4-8
7ª JORN 8-1 7-2 6-3 5-4

1ª Jornada | 19.SET.2021

GDC Roriz x Lusitano FC Vildemoinhos
Carvalhais FC x GD Campia
GD Oliveira de Frades x UD Sampedrense
AD Sátão x SC Penalva do Castelo

Grupo Sul

1- SC Vale de Açores

2- GDR Canas de Senhorim

3- CF Carregal do Sal

4- Moimenta Dão FC

5- Mortágua FC

6- SL Nelas

7- GD Mangualde

8- CA Molelos

 

1ª JORN 2-1 3-7 4-6 5-8
2ª JORN 1-3 8-2 7-4 6-5
3ª JORN 4-1 3-2 5-7 8-6
4ª JORN 1-5 2-4 3-8 7-6
5ª JORN 6-1 5-2 4-3 8-7
6ª JORN 1-7 2-6 3-5 4-8
7ª JORN 8-1 7-2 6-3 5-4

 

1ª Jornada | 19.SET.2021

GDR Canas de Senhorim x SC Vale de Açores

CF Carregal do Sal x GD Mangualde

Moimenta Dão FC  x SL Nelas

Mortágua FC x CA Molelos