Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Projeto de Envelhecimento Ativo “Fornos Vida” com adaptação às restrições atuais

Projeto de Envelhecimento Ativo “Fornos Vida” com adaptação às restrições atuais

Com a  pandemia do novo coronavírus, Covid-19, o dia a dia de todos sofreu alterações e  a população idosa sofreu bastante com essas restrições.
Os idosos têm sido uma das populações que mais tem sofrido com o impacto da pandemia do SARS-COVID-19, não só pela sua maior suscetibilidade às complicações causadas pelo vírus, como pelo maior número de comorbidades que apresentam e défices funcionais (p.e. funcionamentos dos órgãos e sistemas e reservas), fatores estes que têm um grande impacto no desenvolvimento e recuperação da doença.
Para além disso questões relacionadas com a solidão e isolamento, ficaram ainda mais expostas.
Assim o Projeto de Envelhecimento Ativo “Fornos Vida”, como projeto multifatorial que representa, elaborou um plano de retoma para que, de acordo com todas as normas vigentes da DGS e OMS, os nosso alunos se mantivessem “ativos”.
Sabemos que o exercício físico adequado e regular é particularmente importante neste grupo etário, uma vez que é um antagonista do envelhecimento e contribui para a manutenção da função locomotora no idoso, e com isso o seu bem estar psicológico e social.
Reduzir substancialmente a atividade física e/ou aumentar o comportamento sedentário pode ser prejudicial para a saúde, bem-estar e qualidade de vida. Com esta evidência científica, o melhor caminho, é, mais do que nunca, estimular a adoção de comportamentos saudáveis, de forma a ajudar o aluno a criar mecanismos de defesa no seu sistema imunitário.
Assim o Município de Fornos de Algodres, enquanto agente responsável, sem nunca descurar as regras e norma emanadas pela DGS para saúde pública em geral, para a prática da atividade física em particular, recriou novos momentos para a exercitação de atividade física, de forma segura e regulada, elaborando um plano de retoma das atividades.
Assim sujeitou-se o plano de retoma à aprovação do delegado de saúde da ULS da Guarda, o qual foi aprovado.
Desta forma, e tendo em consideração a não recomendação das aulas de grupo para esta população alvo, o Município de Fornos de Algodres avançou com dois tipos de atividades:
1 – Aulas de PT (ensino individualizado);
2 – Aulas on-line.
As aulas de PT, com a implementação do estado de emergência foram substituídas pela elaboração de um plano de treino individualizado para cada aluno, para que este, no conforto e segurança do seu domicilio o possa realizar.
“Estamos certos que de todo, seja possível assegurar, que o risco de contágio pelo novo coronavírus Covid-19, ao participar nestas atividades seja nulo, temos a confiança que todos os procedimentos instituídos contribuem para a combater o risco de contágio do mesmo, estimulando simultaneamente resposta imunitárias mais fortes aos nossos alunos”, refere o Município de Fornos de Algodres.

Publicidade...



 

Enviar Comentário