Início » Almeida » 10o. Aniversário da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE)

10o. Aniversário da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE)

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) celebra o 10o aniversário com um almoço convívio, onde estão presentes  os Presidentes e/ou representantes dos 15 municípios que compõem a CIMBSE, o Presidente, Vice-Presidente e o Secretário da Assembleia
Intermunicipal, e Todos(as) os funcionários da CIMBSE.
A CIMBSE é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial de fins múltiplos, criada a 26 de março de 2014, no seguimento da publicação da Lei n.o 75/2013 de 12 de setembro, que estabeleceu o regime jurídico das autarquias locais e aprova o estatuto das entidades intermunicipais, estabelece o regime jurídico da transferência de competências do Estado para as autarquias locais e para as entidades intermunicipais e aprova o regime jurídico do associativismo autárquico.

A CIMBSE corresponde à Unidade Territorial Estatística de Nível III (NUT III) e é composta pelos Municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de  Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso
Desde 26/03/2014, a CIMBSE tem sido um motor de mudança, alavancando e apoiando em diversos projetos Municipais e intermunicipais em áreas como a educação, a saúde, o ambiente, o turismo e a cultura. Para marcar a ocasião, foi criado um logótipo comemorativo dos 10 anos, que simboliza comummente o crescimento e o sucesso ao longo da última década.

Durante o ano de 2024, serão realizadas várias iniciativas, projetos e campanhas que integram o programa de comemoração dos 10 anos da CIMBSE. Estas atividades pretendem não só celebrar o passado, mas – e acima de tudo – olhar para o futuro com otimismo e determinação, com o compromisso de fazer sempre mais e melhor. A promoção da cultura, história, gastronomia, turismo, do património edificado à natureza, a cooperação intermunicipal e o desenvolvimento sustentável do território são alguns dos principais compromissos e objectivos da CIMBSE.

O almoço comemorativo do 10o aniversário, além de ser um momento de celebração, é sobretudo um espaço para reflexão, onde os representantes dos 15 municípios terão a oportunidade de fortalecer a cooperação intermunicipal nas Beiras e Serra da Estrela, partilhar experiências, desafios e sucessos, além de reforçar a identidade de um território uno cada vez mais assente em estabelecer novas metas para o futuro.

No comunicado destacam o que foi feito nesta década: Desenvolvimento económico: Atração de investimentos, criação de emprego e apoio ao
empreendedorismo;
Coesão social: Promoção da inclusão social, combate à pobreza e apoio às famílias;
Ambiente: Preservação do meio ambiente e promoção da sustentabilidade;
Cultura: Valorização do património cultural e promoção da identidade;
Educação: Melhoria da qualidade da educação e formação profissional;
Saúde: Promoção da saúde e bem-estar da população;
Turismo: Desenvolvimento do turismo sustentável na região;
Mobilidade e Transportes: Elaboração de planos de ação de mobilidade, estudo e
diagnósticos dos transportes no território;
Programas de Apoio e Valorização.
O desenvolvimento de estratégias para a valorização dos recursos endógenos, como a agricultura
e a floresta, a implementação de programas de apoio ao empreendedorismo e a concretização de
investimentos em infraestruturas essenciais como a rede de transportes são apenas alguns do
trabalho que a CIMBSE tem vindo a desenvolver ao longo destes 10 anos.
Nas palavras de António Miraldes, Primeiro Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, “os próximos anos serão anos de grandes desafios, mas também de enormes oportunidades. A CIMBSE acabou de assinar este mês (19/03/2024) o ITI-BSE 2030 inserido no Programa Regional do Centro 2030, no âmbito do novo quadro comunitário Portugal 2030, que à semelhança de anteriores quadros comunitários (QREN e PORTUGAL 2020) terá um impacto nos 15 municípios aos mais diversos níveis, desde o desenvolvimento económico, financeiro, social e ambiental, entre outros. Os nossos objetivos para o futuro passam pela
melhoria da qualidade de vida das populações e pela afirmação da CIMBSE como um ator ativo de referência no panorama local, regional e nacional e até mesmo internacional.

Continuaremos a trabalhar em estreita colaboração com os nossos 15 municípios associados, as entidades publicas, privadas, as instituições de ensino e de investigação, as organizações da sociedade civil e todos os demais parceiros e, juntos, estou confiante de que poderemos construir um futuro onde este território do interior seja um exemplo de desenvolvimento sustentável e de coesão social. Um território do interior onde todos nos sintamos orgulhosos de viver e trabalhar.”

Em suma, a premissa consiste em consolidar a CIMBSE como uma referência de desenvolvimento regional, melhorar a qualidade de vida dos habitantes do território, promover a inovação e a competitividade das empresas, proteger o meio ambiente e garantir a sustentabilidade do território, reforçar a identidade cultural, atrair mais visitantes e turistas, e fortalecer a coesão social e a inclusão.

A CIMBSE reconhece assim o contributo de todos os que, ao longo dos últimos 10 anos, têm tido um papel ativo e fundamental na construção de um futuro melhor para as Beiras e Serra da Estrela.

Foto:DR

Publicidade...