Templates by BIGtheme NET
Início » Cultura » 4º Encontro da Academia Europeia de Direção de Banda com Jan Cober

4º Encontro da Academia Europeia de Direção de Banda com Jan Cober

JanCober Decorre de 13 e 15 de janeiro de 2017, em Fornos de Algodres, o 4º Encontro da Academia Europeia de Direção de Banda (AEDB), 2016/2017.
Durante esta sessão, as aulas estarão a cargo do maestro Jan Cober
Jan Cober, é sem dúvida um dos nomes mais influentes da atualidade, na área da música para banda a nível mundial. Nascido em Thorn (Holanda) em 1951, estudou clarinete e direção no Conservatório de Maastricht.  Foi clarinete solista na “Netherlands Radio Philharmonic Orchestra” e na “Residential Orchestra of the Hague. Continuou os seus estudos com Willem van Otterloo, Ferdinand Leitner e Neeme Jarvi. 

Como maestro convidado dirigiu quase todas as orquestras sinfónicas holandesas.

Obteve enorme sucesso com as orquestras filarmónicas de Thorn e Eysden. Foi o fundador da “National Jeugd Harmonieorkest” (National Youth Philharmonic Orchestra), a qual dirigiu durante vários anos. 

Dirigiu, alguns dos mais importantes agrupamentos europeus para sopros, destacando-se a “Shweizer Armeespiel” (Banda do Exercito Suíço) e Rundfunk Blasorchestre (RBO) de Leipzig.

Desde 1995 é maestro e diretor artístico da Koninklijke Harmonie Sainte Cécile, com a qual, em 2009 venceu WMC de Kerkrade. Atualmente é maestro titular da “European Union Youth Wind Orchestra”, professor no Conservatório de Tilburg e de Maastricht e leciona cursos de direção na Holanda e no estrangeiro.

A Academia Europeia de Direção de Banda, AEDB, iniciou a sua atividade no dia 26 de Fevereiro de 2014, com vinte alunos oriundos de Portugal e Espanha. Disponibilizando um corpo docente internacional de reconhecido valor, nomeadamente, Javier Viceiro (principal professor de direção de orquestra), Jan Cober (principal professor convidado de direcção de orquestra) , António Cantal (análise musical, treino auditivo e orquestração) e André Granjo (repertório).
 
AEDB integra o Projeto denominado “Orquestra de Sopros Portuguesa” (OSP), projeto musical inovador para a região e para o país, fruto da organização da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, que já há alguns anos a esta parte tem vindo a promover atividades várias no campo da formação musical. 
 
Neste momento conta como Parceiros Institucionais a Câmara Municipal de Fornos de Algodres, a União Filarmónica do Troviscal (Troviscal, Oliveira do Bairro, Aveiro Portugal), a Banda Cultural de Salceda de Caselas (Salceda, Galiza, Espanha), a Banda Musical de Pontevedra (Pontevedra, Galiza, Espanha), a Agrupación Musical de O Rosal (Pontevedra, Galiza, Espanha), a Banda do Conservatório Profissional de Ponteareas (Pontevedra, Galiza, Espanha), a Banda Sinfónica da PSP (Lisboa, Portugal) e a Banda Sinfónica do Conservatório Superior de Vigo (Vigo, Galiza, Espanha).
Por:Mun.FA/Foto:OSP

Publicidade...



 

Enviar Comentário