Templates by BIGtheme NET
Início » Cultura » Abril, mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância – Campanha “Laço Azul”

Abril, mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância – Campanha “Laço Azul”

17991125_720368928143386_2846262425013815217_n No âmbito do Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância (MPMT), que decorre durante o mês de abril, a proteção de Crianças e Jovens de Trancoso, decidiu, à semelhança do sucedido nos anos anteriores, associar-se ao desafio lançado pela Comissão Nacional da Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens (CNPDPCJ).
Uma das atividades desta iniciativa foi a distribuição de laços azuis, símbolo desta campanha de prevenção, em edifícios públicos e privados, tendo em vista a sensibilização para a problemática em questão.
Nesta sexta-feira, 21 de abril, realizou-se junto ao Pavilhão Multiusos de Trancoso a formação de um laço azul humano, com a participação da comunidade escolar, seguido de uma largada de balões.
A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Trancoso pretende com esta inic18033284_720369131476699_5905844511707875772_niativa consciencializar a comunidade em geral para a importância da prevenção dos maus tratos a que muitas crianças e jovens ainda são sujeitos sob o lema “ A melhor forma de tratar o problema é impedir que aconteça”,
O “Movimento Laço Azul” nasceu em 1989, na Virgínia, Estados Unidos. Bonnie W. Finney colocou uma fita azul no seu carro como forma de demonstrar a sua dor e indignação face aos maus tratos que tinham sido vítimas os seus netos. A Cor azul representava as nódoas negras que estavam espalhadas pelos corpos das crianças, a qual uma dela acabou por falecer vítima das agressões, divulgando desta forma a sua história trágica.
Esta campanha expandiu-se de tal forma que atualmente muitos países usam as fitas azuis durante o mês de abril, memorando aqueles que são vitimas de abuso infantil e também como forma de apoiar e fortalecer a comunidade nos esforços necessários para a prevenção dos maus-tratos na Infância.

Por:Mun.Trancoso

Publicidade...



 

Enviar Comentário