Início » Cultura » Agricultores podem concorrer ao programa de apoio

Agricultores podem concorrer ao programa de apoio

Na sequência dos incêndios florestais, que assolaram o norte e centro do país nos dias 15 e 16 de outubro, o governo criou “medidas de urgência” para apoio aos agricultores afetados.
O concelho de Trancoso também foi considerado “área atingida por catástrofe natural”, devido ao incêndio que, a 16 de outubro, afetou as freguesias de Aldeia Nova, Castanheira, Reboleiro, Rio de Mel, União de Freguesias de Trancoso e Souto Maior e União de Freguesias de Torre do Terrenho, Sebadelhe da Serra e Terrenho.
Realizou-se a 16 do presente mês, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma sessão de esclarecimento sobre as medidas de apoio disponíveis, na presença de representantes do Município de Trancoso, DRAPC, ADIVAT Trancoso, Bandarra Cooperativa Agrícola de Trancoso CRL e respetivos presidentes de junta das freguesias afetadas.
Encontram-se disponíveis no site da Direção Regional da Agricultura e Pescas do Centro, duas medidas de apoio aos lesados:
http://www.drapc.min-agricultura.pt/…/declaracoes_incendios…
• Compensação de prejuízos aos pequenos agricultores e às explorações agrícolas
– Destina-se a compensar prejuízos elegíveis até 5000€
– Prazo de candidatura: até 30 de novembro.
– Candidatura simplificada no formulário existente no portal.

• Compensação de prejuízos às explorações agrícolas
– Destina-se a compensar prejuízos elegíveis de 5001 euros a 400.000.00 euros.
– Prazo de candidatura: até 15 de dezembro.
– Candidatura via PDR 2020.

Para esclarecimentos adicionais contactar respetiva junta de freguesia e/ou Município de Trancoso.
CM-Trancoso (Contacto Geral) – 271 829 120.

Publicidade...



 

Enviar Comentário