Templates by BIGtheme NET
Início » Author Archives: Antonio Pacheco

Author Archives: Antonio Pacheco

Guarda-Executivo Municipal reuniu e distribuiu competências

Amélia Fernandes nova vice-presidente

Na tarde desta sexta feira teve lugar a primeira reunião do executivo municipal, onde Sérgio costa cunprimentou todos e deixou uma mensagem de boas vindas e referiu que Amélia Fernandes , vai ser a nova vice-presidente e Diana Monteiro, vereadora a tempo inteiro.

Deste modo, o Presidente Sérgio Costa refere:”Os eleitores decidiram democraticamente os seus representantes na Câmara Municipal. Cabe agora a todos cumprir com lealdade o juramento que efetuaram na sua posse.

O salutar e imprescindível contraditório em democracia, tem neste órgão o seu lugar privilegiado, mas também a obrigação de estabelecer diálogos e compromissos que tragam à Guarda desenvolvimento e futuro.

O contributo de todas as forças políticas aqui representadas é importante para que o desenvolvimento do Concelho seja estruturado e duradouro. Temos 4 anos para cumprir o mandato que nos foi confiado pelos Guardenses. Temos 4 anos para mostrar que podemos construir um melhor Concelho para todos. Temos 4 anos para pensar e discutir a Guarda. Respeitar os compromissos assumidos na campanha eleitoral, mas também ouvir e respeitar as posições dos Vereadores da oposição.

Desejo a todos entusiasmo, energia e ação para defender a Guarda, pois independentemente de estarmos em lados políticos opostos, todos ambicionamos a melhoria da qualidade de vida de todos os Guardenses e a afirmação do nosso território como um Concelho de futuro, onde seja bom viver, seja bom trabalhar e visitar.

Não temos dúvidas que vamos conseguir construir uma cidade mais atrativa, mais dinâmica, com mais saúde económica e social e assim garantir qualidade de vida e perspetivas de futuro a todos quantos cá vivem e aos que venham a viver.

Temos de assumir sem tibiezas e rodeios ou quaisquer outros interesses, a nossa vontade em contribuir democraticamente para o desenvolvimento da Guarda.

Peço a todos que na sua vida política ou outros cargos que venham a desempenhar nestes 4 anos, o seu total e completo compromisso com o supremo interesse da Guarda. Que coloquem na sua vida política a Guarda em primeiro e único lugar! Se assim não for, os Guardenses não compreenderão essa postura e saberão responder no local e tempo próprio. Pela nossa parte, será sempre com total transparência que nos apresentaremos aos Guardenses.

Após os primeiros 5 dias de governação, não ficaríamos bem com a nossa consciência, se não informássemos os Guardenses da realidade em que encontrámos a gestão do Município da Guarda.

Foi com total perplexidade que encontramos um Município da Guarda completamente abandonado administrativamente, sem direção de departamento, sem direção de recursos humanos e sem qualquer indicação superior aos seus funcionários, da mais elementar forma de resolução das situações mais simples da sua administração diária. Esta situação insólita deverá ser única no País e poderia criar enormes dificuldades e constrangimentos na necessária e fundamental passagem de testemunho democrático após eleições.

Alguns Executivos poderão não encontrar processos ou papéis! Connosco no Município da Guarda os funcionários e os cidadãos poderão contar com liderança, organização e equidade para todos. Só assim se podem criar condições de excelência para um salutar ambiente de trabalho e condições de investimento para todos.

Quem ganha governa e tem o dever de liderar o Concelho de forma justa e democrática, trabalhando sempre para a necessária e fundamental harmonia entre as instituições e os seus munícipes. Temos essa obrigação! Foi para isso que nos elegeram!”

AF Guarda- Foz Côa-AD Fornos de Algodres-2-1

O Municipal de Foz Côa acolheu mais uma ronda do distrital maior do futebol da Guarda, com duas velhas equipas conhecidas com grande historial entre si.

Nesta partida a sorte foi dos donos da casa que abriram o ativo muito cedo com Diogo Domingues a finalizar de forma certeira. Os visitantes tentaram a sua sorte e reagiram , mas a turma da casa estava determinada a vencer e vai daí novo golo surge aos 15´, com Telmo a conseguir emendar de forma certeira.

Os pupilos de Hugo Pereira pressionaram no sentido de reduzir e aos ´41´, eis que M.Baldé consegue finalizar antes do intervalo.

Para a segunda parte, muitas alterações de ambos os lados, alguns lances de perigo iminente mas o triunfo era dos homens do Côa, que tiveram pela primeira vez no banco o novo técnico, José Pedro.

Seia-Novo executivo municipal reuniu para distribuição de competências

Realizou-se  a primeira reunião de Câmara do novo executivo municipal, presidido por Luciano Ribeiro, sessão ordinária que passará a ter lugar quinzenalmente, às sextas-feiras, pelas 09h30.

A reunião iniciou com cumprimentos entre os novos elementos que compõem a vereação, onde de parte a parte foi manifestada a intenção de colaboração e congregação de esforços pelo desenvolvimento do concelho.

O novo Presidente da Câmara Municipal, Luciano Ribeiro, reiterou na ocasião o congregar de energias, sendo que se manterá fiel ao projeto político que recolheu o apoio maioritário dos eleitores, num percurso que define como “caminho de continuidade”, com outras opções e visão dos problemas.

Identificou como assuntos prioritários, os setores da saúde e da educação, como o já havia feito na sessão de tomada de posse que decorreu no domingo passado, na necessidade de ação imediata no lançamento das obras de requalificação do Centro de Saúde de Seia e da Escola Secundária de Seia. Ainda no que concerne à educação, mostrou-se disponível para, em conjunto com a Escola Superior de Turismo e Hotelaria – IPG, encontrar novas abordagens de valorização deste ciclo de ensino, de enorme relevância para o concelho e para a região.

Em matéria de intervenção no edificado, frisou a intenção de encontrar soluções para a uma nova residência de estudantes da ESTH, prevista para o edifício da Estamo, mas também de ver terminada a obra do Centro Interpretativo da República e Afonso Costa, e de concluir o projeto de ampliação do quartel da GNR, para que se possa avançar para a obra física.

Na área do investimento económico, referiu-se às intervenções a ser efetuadas no CACE, para a implementação em definitivo de uma incubadora de empresas em Seia, obras de pequena envergadura, que referiu como “suficientes, num percurso para o ótimo”.

No domínio do espaço público, elencou um conjunto de intervenções, com especial relevância na empreitada “Porta da Estrela”, que se encontra a decorrer no centro da cidade no âmbito do PEDU (Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano), mas também em Santiago e em São Romão e nos projetos a desenvolver em Seia – Quintela e nos bairros da Raposeira e Santa Cruz.

Já no período da ordem de trabalhos, foram objeto de deliberação o regimento da Câmara Municipal e a periodicidade das reuniões de Câmara, que terão lugar quinzenalmente, às sextas-feiras (09h30), na sala de Sessões do edifício dos Paços do Concelho, sendo abertas ao público e com carácter participativo.

Da ordem de trabalhos constaram, igualmente, a delegação de competências no Presidente da Câmara, a integração de Mário Azevedo como vereador a tempo inteiro e a distribuição de pelouros entre os elementos do executivo que acompanham o presidente Luciano Ribeiro, nos próximos quatro anos na gestão do município.

O autarca senense terá a seu cargo a coordenação geral e as áreas da Coordenação Geral; Planeamento Estratégico e Ordenamento do Território; Desenvolvimento Económico; Empresas e Inovação; Fundos Comunitários; Segurança e Proteção Civil; Desenvolvimento Rural; Participação Externa, Geminações e Diáspora; Apoio aos Órgãos Autárquicos; e Apoio às Freguesias.

A nova vice-presidente do executivo é Célia Barbosa, a quem foram entregues os pelouros de Recursos Humanos; Educação e Cultura; Desporto e Juventude; Assuntos Sociais e Cidadania; Urbanismo e Regeneração Urbana; Habitação; Saúde e Qualidade de Vida.

Por seu turno, Cláudio Figueiredo será vereador responsável pela Administração Geral; Modernização Administrativa; Finanças; Património e Aprovisionamento; Atividades Económicas e Empreendedorismo; Turismo; Taxas e Licenças; Mercados e Feiras; e Contraordenações.

Mário Silva terá a seu cargo os pelouros das Infraestruturas Municipais; Ambiente e Sustentabilidade; Energia; Espaços Verdes; Cemitérios; Obras Municipais; Mobilidade; Fiscalização Municipal; e Bem-Estar Animal.

Os três vereadores da oposição, Luís Caetano e Susana Ferreira, do PSD/PP, e Tenreiro Patrocínio, do movimento independente Juntos Pela Nossa Terra (JPNT), não têm pelouros atribuídos.

Por:MS

Ler Mais »

FPF-Feminino- Ana Borges marca no triunfo frente à Sérvia

A Seleção das Quinas Feminina venceu no Bonfim a turma da Sérvia, por duas bolas a uma, com as gouveenses Sílvia Rebelo e Ana borges no onze luso. a nota de destaque para Ana Borges que abriu o ativo para a turma lusa.

Esta partida foi relativa ao Grupo H da fase de apuramento para o Mundial de 2023, que decorrerá na Austrália e Nova Zelândia.

Para já , lidera a Alemanha com 9 pontos seguida da Seleção Portuguesa com 7.

PORTUGAL: Patrícia Morais, Catarina Amado, Sílvia Rebelo, Carole Costa, Joana Marchão, Dolores Silva, Andreia Jacinto (Fátima Pinto, 82), Andreia Norton (Tatiana Pinto, 66), Ana Borges (Jéssica Silva, 67), Diana Silva e Francisca Nazareth (Carolina Mendes, 82).
Treinador: Francisco Neto
Disciplina: cartão amarelo a Catarina Amado (69′) e Dolores Silva (71′)

SÉRVIA: Sara Cetinja, Vajda Orsoja (Marija Ilic, 77′), Andjela Frajtovic, Violeta Slovic – Cap., Nevena Damjnovic (Bradic, 89′), Vesna Milivojevic (Djordjevic, 1′), Sara Pavlovic, Nina Matejc e Dejana Stefanovic.
Treinadora: Pedrag Grozdanovic
Golos: 1-0 Ana Borges (28′)1-1 Nina Matejic (45’+2),2-1 Dolores Silva (52′ g.p.)
Disciplina: Cartão amarelo para Pavlovic (9) e ao treinador Pedrag Grosdanovic (54)

Fonte:FPF

Dia Mundial de Combate ao Bullying assinalado em Fornos de Algodres

O Dia Mundial de Combate ao Bullying, foi assinalado em Fornos de Algodres, com o Município a dinamizar uma sessão de esclarecimento aos alunos do 4º ano do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres.
Pretendeu-se com esta dinâmica sensibilizar os alunos para esta forma de violência, apoiar e incentivar vítimas a denunciarem estas graves situações e encontrar formas de as prevenir.

Segundo a UNICEF, uma em cada três crianças do mundo, entre os 13 e os 15 anos, é vítima de bullying na escola, regularmente.

Em 2020, a APAV contabilizou 27 denúncias de bullying e ciberbullying. Este não será certamente um número exato, dado que, a maior parte das situações não são reportadas.

Tomada de Posse dos novos Órgãos Autárquicos na Mêda

O Salão Nobre dos Paços do Concelho de Mêda acolheu a cerimónia de Tomada de Posse dos novos Órgãos Autárquicos.
Perante uma vasta plateia, os eleitos fizeram o juramento público de cumprir com lealdade as funções que lhes foram confiadas, para o quadriénio de 2021/2025.
Na sua intervenção o Presidente da Câmara Municipal de Mêda , João Mourato, reiterou o propósito de lutar pelo desenvolvimento do concelho e de forma clara assumiu o bem-estar e a felicidade de todos os medenses, como a sua principal missão.
O novo Presidente do Município de Mêda, saudou todos os eleitos para os órgãos autárquicos e perante estes assumiu o compromisso de disponibilidade total, deixando também uma mensagem de esperança, confiança e determinação para, em conjunto, ultrapassarem os próximos desafios.
Na sua intervenção sublinhou também a importância da presença do Executivo Municipal de Cantanhede, concelho com o qual o Município de Mêda está geminado há vários anos, mas nos últimos anos esteve, infelizmente, esquecida.
Este dia representa também, para esta geminação, um novo começo, garantiu.
O novo Presidente do Município de Mêda agradeceu a presença e apoio dos seu conterrâneos e amigos de Miranda do Corvo que fizeram questão de estar presentes.
Terminou a sua intervenção sublinhando que a sua missão para os próximos quatros anos é servir a Mêda e os medenses, a todos por igual.
Por:MM

Marialva acolheu apresentação da 6ª edição do “Beira Interior – Vinhos & Sabores” e da 1ª edição do “País das Maravilhas”

  A apresentação da 6ª edição do “Beira Interior – Vinhos & Sabores” e da 1ª edição do “País das Maravilhas” teve lugar nas Casas do Côro, empreendimento turístico localizado em Marialva e também um dos produtores de vinho que marcará presença no certame promovido pelo Município de Pinhel.
De 19 a 21 de novembro, o Município de Pinhel e a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI) promovem a 6ª edição do Beira Interior – Vinhos & Sabores, depois de uma pausa forçada em 2020.
Integrado no certame, surge a iniciativa “País das Maravilhas”, promovida em parceria com o projeto “7 Maravilhas de Portugal”.
A somar a estes dois eventos, que vão decorrer em simultâneo no Centro Logístico, Pinhel também vai ser palco do programa televisivo “Aqui Portugal” que não só vai contribuir para a visibilidade dos eventos, como também para a promoção do concelho e das suas gentes.
Beira Interior – Vinhos & Sabores
A 6ª edição do Beira Interior – Vinhos & Sabores vai ter lugar no Centro Logístico de Pinhel, nos dias 19, 20 e 21 de novembro e, a par do Salão de Vinhos e Sabores, haverá ainda provas comentadas de vinhos, degustações de produtos locais, show cookings, um seminário, uma área de restauração e, ao longo dos três dias, animação musical a condizer com o ambiente pretendido para este evento.
Integrados no programa surgem ainda momentos relevantes como o Concurso de Vinhos “Escolha da Imprensa” e a entrega de prémios do XVI Concurso Internacional de Vinhos VinDouro – VinDuero, assim como atividades paralelas como é o caso do 5º Raid TT Vinhos da Beira Interior (promovido pelo Clube Escape Livre), o Encontro Nacional das Confrarias Báquicas e Gastronómicas (promovido pela Federação das Confrarias Báquicas de Portugal) e a Maratona BTT 2021 – Pinhel Cidade do Vinho 2020-2022, iniciativa do Município de Pinhel.
“País das Maravilhas”, a grande novidade
A grande novidade deste ano é sem dúvida a realização do “País das Maravilhas”, iniciativa com a chancela do projeto “7 Maravilhas de Portugal” que vai trazer a Pinhel as 7 Maravilhas da Nova Gastronomia eleitas em 2021, no concurso que foi do conhecimento do grande público através da sua divulgação, ao longo de vários meses, na RTP 1.
A iniciativa “País das Maravilhas” pretende dar a possibilidade ao público de conhecer e degustar as propostas gastronómicas vencedoras do concurso, bem como os vinhos que acompanharam estas iguarias, com destaque para os Vinhos da Beira Interior, nas categorias de Petiscos, Carnes, Peixes e Mariscos, Vegetariana, Vegana, Cozinha Molecular e Doçaria.
Aqui Portugal
A par de todos estes atrativos que serão certamente um motivo adicional para uma visita a Pinhel, o Município também vai acolher o programa da RTP “Aqui Portugal”, no dia 20 de novembro (sábado).
Bem conhecido do público, este programa irá repartir o seu tempo e a sua atenção entre o Centro Logístico, onde estarão a decorrer o Beira Interior – Vinhos & Sabores e o “País das Maravilhas”, e outros motivos de interesse do concelho de Pinhel, como sejam os patrimónios (natural e edificado), as tradições, a cultura, as potencialidades, os recursos endógenos, as gentes, em suma, as dinâmicas que fazem de Pinhel um concelho de referência.

Taça de Portugal Placard- Tondela joga em casa com o Leixões

Teve lugar o sorteio da quarta eliminatória (16 avos) da Taça de Portugal Placard, com o Tondela a receber o Leixões em casa, quanto ao grandes com jogos de médio grau de dificuldade.

FC Penafiel (LP2S)-Portimonense SC (LB)
UD Vilafranquense (LP2S) – CD Mafra (LP2S)
FC Vizela (LB) – CF Estrela (LP2C)
Leça FC (CP) – Gil Vicente (LB)
Casa Pia AC (LP2C) – SC Farense (LP2S)
SC Braga (LB)- Santa Clara (LB)
Sporting CP (LB) – Varzim SC (LP2S)
FC Alverca (L3) – Famalicão (LB)
SL Benfica (LB) – Paços de Ferreira (LB)
USC Paredes (CP) – SCU Torreense (L3)
FC Porto (LB) – CD Feirense (LP2C)
Moreirense (LB) – Vitória SC (LB)
Caldas SC (L3) – B SAD (LB)
FC Serpa (CP) – Estoril Praia (LB)
Tondela (LB)-Leixões SC (LP2S)
Rio Ave FC (LP2S)-Olhanense (CP)

Carlos Condesso tomou posse em Figueira de Castelo Rodrigo

Teve lugar em Figueira de Castelo Rodrigo, a instalação dos Órgãos Autárquicos, com Carlos Condesso, a tomar posse como novo presidente da câmara desta localidade, tendo depois sido empossados os novos vereadores e Assembleia Municipal.

O novo Presidente Carlos Condesso referiu que:”Hoje é um dia muito especial. Sinto que o é para mim e para os que me têm acompanhado, mas sinto também que o é para o nosso concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.
Cumprido que está o acto eleitoral autárquico, é tempo de guardar as bandeiras partidárias e de erguer apenas e bem alto a bandeira do nosso concelho e do nosso território.
Mas, claro está que guardar as bandeiras não significa esquecer as nossas ideologias. Ler Mais »

Venda de casas aumenta

O aumento da venda de casas nos últimos meses contribuiu para uma redução de stock de habitação disponível nas capitais de distrito portuguesas na ordem dos 7% em apenas um ano, de acordo com um estudo publicado pelo idealista, o marketplace imobiliário do sul da Europa. Em concreto, a oferta passou de 58.570 casas à venda, em setembro de 2020, para 54.804 no mesmo mês deste ano, o que poderá fazer prever uma subida nos preços das casas no médio prazo.

No entanto, não existe um padrão homogéneo em todas as capitais de distrito, visto que em cinco delas o stock de casas à venda apresentou uma subida. O maior aumento da oferta aconteceu em Vila Real, onde os compradores têm, agora, mais 87% de casas disponíveis no mercado do que em setembro de 2020. Segue-se Coimbra (38%), Guarda (12%) e Castelo Branco (9%). Por último, o Funchal apresentou uma subida de stock de casas para vender de 6%.

Por outro lado, as maiores descidas da oferta de casas – e consequentemente, onde poderá aumentar a tensão nos preços – foram registadas em Évora e em Setúbal, já que o stock das casas para vender desceu na ordem dos 30% e 29%, respetivamente. Segue-se Santarém (-23%), Faro (-20%), Leiria (-19%), Bragança (-18%) e Portalegre (-14%). A redução da oferta de casas no mercado também foi significativa em Braga (-11%), Porto (-9%) e Viana do Castelo (-8%).

Para finalizar, as capitais de distrito que apresentaram uma menor descida da oferta de imóveis nos últimos doze meses foram Viseu (-7%), Ponta Delgada (-7%), Lisboa (-5%), Beja (-4%) e Aveiro, onde a oferta de casas para vender também diminuiu 4%.