Templates by BIGtheme NET
Início » Author Archives: Antonio Pacheco

Author Archives: Antonio Pacheco

Gouveia- Antigos combatentes homenageados

Teve lugar recentemente, a Cerimónia de Homenagem aos Combatentes do concelho de Gouveia, que perderam a vida em combate, no âmbito das Comemorações do Dia Nacional do Combatente e do 103º Aniversário da Batalha de La Lys.

Uma iniciativa da Liga dos Combatentes do Núcleo de Gouveia , com a participação de Luís Tadeu, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia,  no Jardim Lopes da Costa, junto ao monumento erigido, neste local, para homenagear os e onde foi colocada uma palma de flores.

 

Estudantes do IPG debatem problemas sociais para desconstruir estereótipos

O Gabinete de Apoio Psicológico (GAP) do Instituto Politécnico da Guarda, organiza para todos os seus estudantes um encontro online para discutirem questões psicossociais – pandemia, transsexualidade, consumo de substâncias psico-activas/jogo, racismo, entre outras. O objetivo desta iniciativa, coordenada pela psicóloga Odília Cavaco, é desenvolver laços e afinidades entre os estudantes e, ao mesmo tempo, desconstruir estereótipos.

No GAP, para além da consulta de Psicologia, é procurado ter outras iniciativas de carácter mais grupal mas que vão igualmente no sentido de promover o bem-estar e a saúde dos estudantes”, afirma Odília Cavaco, docente no IPG e responsável pelo GAP. “Decidimos lançar agora estes ‘Encontros Online’ que desejamos sejam conversas nas quais os estudantes podem, com a orientação de um perito, discutir temas atuais e (alguns) polémicos com o objetivo de desconstruir falsas ideias e estimular o espírito crítico, num ambiente descontraído e de abertura ao desenvolvimento pessoal.”Realça a docente.

Na primeira sessão, que irá acontecer segunda-feira, dia 19 de abril, irão ser debatidas as experiências dos estudantes durante a pandemia: quais as maiores dificuldades que têm enfrentado; o modo como têm lidado com essas dificuldades; e quais as descobertas e aprendizagens feitas durante os confinamentos.

Segundo a psicóloga, esta iniciativa pretende também unir os estudantes deslocados e combater o isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19. “Queremos contribuir para o desenvolvimento do sentido de pertença à academia e à maior inclusão dos estudantes oriundos de outros países, desde os PALOP aos Programas Erasmus. O convite é, portanto, para todos os estudantes das quatro Escolas do IPG. Um convite à partilha em torno de temas variados que vão da alimentação e do estudo, aos consumos, ao racismo ou à transsexualidade.”

Odília Cavaco explica ainda que “se houver boa adesão, lançaremos outros temas proximamente. Serão sempre temas atuais que precisam ser discutidos e desconstruídos para que tenhamos cada vez melhores profissionais, melhores cidadãos e uma sociedade mais justa e feliz!”.

As sessões irão decorrer online, via zoom, em horário pós-laboral (18h30). A inscrição é gratuita, mas obrigatória em: https://forms.gle/e5SXU3CQdnCLHSg49
Os estudantes participantes terão direito a um certificado de presença/participação.

Próximas sessões:

• 26 abril – Transsexualidade

• 3 maio – Estudo

• 17 maio – Consumos

• 31 maio – Alimentação

• 14 junho – Racismo

 

Geminação entre CAC-Secção de Motociclismo (Coimbra) e o Motoclube Lendários dos Castelos (Celorico da Beira)).

Teve lugar junto ao monumento nacional em Celorico da Beira, a geminação entre o CAC-Secção de Motociclismo (Coimbra) com o Motoclube Lendários dos Castelos (Celorico da Beira).
Estes dois clubes estão ligados pela histórica Estrada da Beira EN17, que começa em Coimbra e acaba em Celorico da Beira.
Foram agora reforçados os laços de amizade e ficou a promessa de  brevemente rolar em conjunto pela Estrada da Beira/EN 17.

Coape-Nova edição da Bolsa de Terras de Mangualde disponível

Esta aberta a nova edição da Bolsa de Terras de Mangualde, uma iniciativa da COAPE – Cooperativa Agropecuária
dos Agricultores de Mangualde em parceria com o Município. Disponíveis estão cerca de 14 hectares, as rendas são simbólicas e o período de carência pode chegar aos cinco anos.
Com esta iniciativa pretende-se dar nova vida aos terrenos e fazer despertar novos projetos no mundo rural. Há terrenos disponíveis em Santiago de Cassurrães, Cunha Baixa e Espinho, no concelho de Mangualde, Senhorim, no concelho de Nelas e Vila Nova de Tazem, no concelho de Gouveia.
Os interessados têm até ao dia 16 de abril para formalizar a intenção em concorrer ao processo. Depois terão a oportunidade de agendar uma visita aos terrenos. Finalmente, entre os dias 20 e 27 de abril, decorre o prazo para a submissão da inscrição final, para efeitos de atribuição de terrenos da Bolsa de Terras de Mangualde.
Nesta primeira fase, a intenção deve ser formalizada via email, através do adereço:cideca@coape.pt. Na informação os interessados devem remeter o nome completo, o contacto telefónico, o número de contribuinte, a data de nascimento, a morada e a naturalidade.
Depois da visita, a inscrição final deve ser enviada através do mesmo endereço. Aí os
interessados devem preencher a ficha de inscrição e indicar por ordem de preferência os
terrenos que pretendem arrendar.
O regulamento, o aviso de abertura e a ficha de inscrição estão disponíveis no website da COAPE: www.coape.pt. Para mais informações os interessados podem contactar diretamente para: 930505428 | 965218193.

Associações de Futebol de Vila Real, Ponta Delgada e Setúbal eleitas no Plenário

O Plenário das Associações Distritais e Regionais de Futebol, decorreu no passado sábado, onde foi eleita a constituição da nova Mesa do Plenário para o biénio 2021/2023.

Os responsáveis de cada uma das 22 ADR´s presentes, votaram e o resultado desse sufrágio determinou que a nova Mesa do Plenário é constituída pelas Associações de Futebol de Vila Real, Ponta Delgada e Setúbal, que sucedem assim na liderança do plenário às Associações da Madeira, Porto e Viseu.

 

PS- Borges da Silva recandidata-se à Câmara de Nelas

Depois de ter sido eleito em 20132, o atual presidente da Câmara de Nelas, Borges da Silva,eleito pelo PS  recandidata-se ao terceiro mandato para concluir projetos e arrancar com outros planos “estruturais” para o concelho, segundo avançou à Lusa.
Sou conhecedor da máquina municipal, dos fundos comunitários e vem aí um novo quadro, o PT 2030, e está também à porta o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), portanto, teria de propor à comunidade a realização de um terceiro mandato, até do ponto de vista da minha dádiva cívica à Câmara” de Nelas, sustentou o autarca de Nelas.

Cristina Guerra reconduzida na liderança do CDS/PP Fornos de Algodres

Teve lugar a eleição para a Comissão Política do CDS – PP de Fornos de Algodres, com Cristina Guerra a ser reconduzida na liderança da mesma, face a isso, os membros eleitos : Cristina Guerra, presidente, seguida por Carla Olival e Rui Sérgio Albuquerque.
Recorde-se que as autárquicas de 2021 aproximam-se e poderá vir a sair deste elenco uma nova candidatura à Câmara de Fornos de Algodres e junta de freguesia, ou até mesmo uma coligação com o PSD, mas em breve tudo ficará esclarecido.
Esta nova comissão politica tem o lema de Compromisso, Lealdade e Transparência.

CP-Resultados da 22ªjornada

Teve lugar neste sábado, a derradeira ronda do Campeonato de Portugal na Serie D, com o Vila Cortez  a receber o Canelas 2010 e a ser derrotado por três bolas a zero, resultado alcançado na fase inicial da partida no Municipal da Guarda.
Resultados:
Beira-Mar – Valadares Gaia-2-1
Espinho -Lusitano FCV-2-1
Sanjoanense -Águeda-1-0
São João Ver – Lusitânia Lourosa-2-0
Castro Daire – Anadia-2-1
Vila Cortez – Canelas-0-3
Classificação final:
1º Anadia-44
2ºCanelas 2010-43
3ºLus.Lourosa- 39
4ºSJ Ver-38
5ºSanjoanense-36
——————-
6ºCastro Daire-35
7ºValadares Gaia- 33
8ºSC Espinho-31
—————–
9ºBeira Mar-31
10ºRec.Agueda- 17
11ºLus.Vildemoinhos-16
12ºVila Cortez- 4

GNR- Atividade operacional dos dias 02 e 08 de abril

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 02 e 08 de abril, que visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

1.    Detenções: 260 detidos em flagrante delito, destacando-se:

·         122 por condução sem habilitação legal;

·         49 por condução sob o efeito do álcool;

·         15 por tráfico de estupefacientes;

·         Nove por furto e roubo;

·         Oito por posse ilegal de armas e arma proibida;

·         Seis por violência doméstica;

·         Um por incêndio florestal.

2.    Apreensões:

·         1 160 doses de MDMA;

·         971,28 doses de haxixe;

·         580,4 doses de cocaína;

·         237,5 doses de liamba;

·         41,5 doses de heroína;

·         Três comprimidos de MDMA;

·         11 armas de fogo;

·         13 armas brancas ou proibidas;

·         158 munições de diversos calibres;

·         25 veículos;

·         40 quilos de metais não preciosos;

·         1 605 euros em numerário.

3.    Trânsito:

Fiscalização: 7 303 infrações detetadas, destacando-se:

·         2 251 excessos de velocidade;

·         703  por falta de inspeção periódica obrigatória;

·         299 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;

·         303 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;

·         290 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;

·         249 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;

·         243 por falta de seguro de responsabilidade civil;

·         212 relacionadas com tacógrafos.

Fornos de Algodres-Balanço positivo da Feira Digital do Queijo Serra da Estrela

Cerca de três centenas de queijos vendidos

Em jeito de balanço sobre a Feira Digital do Queijo Serra da Estrela, que o Município de Fornos de Algodres, promoveu durante todo mês de março de forma online, fez um balanço positivo .
A autarquia de Fornos de Algodres promoveu o certame entre os dias 01 de março e 04 de abril, na plataforma digital “obomsabordaserra.pt” (acessível em www.obomsabordaserra.pt), que foi criada em março de 2019 para promoção e
venda dos mais característicos produtos endógenos locais, com destaque para
o queijo Serra da Estrela.
O balanço é positivo. Ou seja, quando se ajuda a economia local, quando se ajuda a vender e a escoar os produtos dos nossos produtores, é sempre positivo. O balanço é acima daquilo que nós tínhamos idealizado”, segundo  o vereador Bruno Costa, responsável pelo pelouro do Ambiente e das Alterações Climáticas na Câmara Municipal de Fornos de Algodres, à agência Lusa.
O autarca ainda não possui o número concreto das vendas de queijo que foram efetuadas durante a feira digital, que substituiu o tradicional certame que não se realizou devido à pandemia causada pela covid-19, mas adianta que só
durante o mês de março foram vendidos “para cima de 300 queijos”.
As compras foram feitas por consumidores de norte a sul do país e verificou-se “uma maior percentagem de vendas”, da ordem dos 37%, para a zona de Lisboa.
E estamos a ganhar também grande mercado no Algarve. Este ano, nomeadamente no mês de março, ganhámos muitos clientes novos do Algarve, o que demonstra que este projeto não está parado, não é estático, e chega,
felizmente, a muita gente”, realça Bruno Costa.
O vereador referiu ainda que os produtores de queijo Serra da Estrela do concelho de Fornos de Algodres “estão muito contentes e estão, acima de tudo, muito esperançados com o futuro” no “mundo digital”.
Explicou que o município ajuda os produtores nos processos de informática e de logística, resumindo-se a sua função à feitura “do melhor produto de Portugal e do mundo” e à disponibilização do queijo para expedição para os
consumidores. “Felizmente, eles [os produtores] conseguem perceber efetivamente que o trabalho que o município está a fazer nesta área está a ir ao encontro daquilo que eles sempre idealizaram, que era a valorização do seu produto”, afirma.
O vereador lembrou que em finais de 2018 existiam dois produtores de queijo no concelho com certificação Serra da Estrela DOP (Denominação de Origem Protegida). Em 2019, após a criação da plataforma digital “obomsabordaserra.pt”, o número aumentou para quatro e, em 2020, surgiu um novo produtor.
“Ou seja, nós [município de Fornos de Algodres] aumentámos em cerca de 250% os produtores certificados DOP. E estamos a trabalhar para, no final de 2021, termos mais do que aqueles que temos atualmente”, concluiu o
responsável.
Segundo a autarquia, na área geográfica de produção de queijo Serra da Estrela, que engloba 18 concelhos, de acordo com dados da ESTRELACOOP – Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela, Fornos de Algodres
“é o único município que aumentou os produtores certificados (DOP) nos últimos anos, estando em contraciclo com os restantes municípios”.

Fonte:ASR // SSS//Lusa/Fim