Templates by BIGtheme NET
Início » Aguiar da Beira

Aguiar da Beira

Aguiar da Beira-Resultados do concurso Desafios Ler+

Aqui ficam os resultados do sorteio realizado entre os finalistas dos Desafios Ler+ que obtiveram a pontuação máxima nos jogos. Esta iniciativa decorreu nas férias de Natal, no âmbito do projeto Juntos de Férias.
Desta forma os vencedores dos 1.º, 2.º e 3.º prémios receberão vouchers FNAC, no valor de 150 €, 100 € e 50 €, respetivamente.
1.º prémio
Gustavo Miguel Lino da Costa
2.º prémio
Miguel Bettencourt Catarino
3.º prémio
Ana Beatriz Gomes Araújo
Segundo a biblioteca Municipal de Aguiar da Beira, uma nova edição do Juntos de Férias disponível já em março.

CIM Viseu Dão Lafões ativa Equipas Móveis de Cadastro BUPi

Realizou-se a cerimónia de Ativação das Equipas Móveis de Cadastro e de Entrega de Viaturas e de Equipamentos do Projeto Balcão Único do Prédio (BUPi), no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu,numa iniciativa da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, com a presença de Fernando Ruas, Presidente da CIM Viseu Dão Lafões e de Isabel Damasceno, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno, que deixaram as suas preleções.

Além da entrega de viaturas (uma por equipa) e do equipamento de trabalho às 18 equipas móveis de cadastro, nesta sessão, foi, ainda, realizado um ponto de situação do Projeto BUPi, pelo Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho.

Assim, à estrutura de balcões de atendimento especializados BUPi, já em operação desde junho de 2021 nos 14 municípios que constituem a CIM Viseu Dão Lafões, são agora adicionados 18 balcões de atendimento itinerante, associados a 18 equipas móveis de cadastro, constituídas por 2 técnicos habilitados, que, freguesia a freguesia, percorrerão todo o território, garantindo o acesso de todos ao registo de propriedades.

Para o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, “Este projeto vai-nos permitir ter uma ideia real do que são as comunidades que constituem estes catorze municípios. Quero desejar aos envolvidos que tenham êxito nesta tarefa que hoje iniciamos, pois a única forma de cuidar do território é conhece-lo ”.

Segundo a Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno, “Há anos que se ouve falar da necessidade imperiosa dos nossos territórios terem um cadastro, na medida em que não há boas intervenções sem se conhecer o território. Em relação a este projeto, quero assinalar, o cuidado que a CIM Viseu Dão Lafões tem tido em prestar contas, nas diferentes fases do desenvolvimento deste projeto, não só a nós, financiadores, mas também ao público em geral”.

Para o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com a operacionalização das equipas móveis de cadastro, este projeto vai entrar em velocidade cruzeiro e vamos assistir a um aumento gradual no número de matrizes inscritas. Sabemos que, ainda, temos um longo trabalho pela frente, para aprofundar o nosso conhecimento sobre os limites do nosso território, mas estamos empenhados em cumprir os objetivos a que nos propusemos no inicio desta da candidatura“.

Recorde-se que, esta iniciativa resulta de uma candidatura, apresentada pela CIM Viseu Dão Lafões, ao Programa Operacional Centro 2020, com vista à implementação de um Sistema de Informação Cadastral Simplificado na Região Viseu Dão Lafões, num investimento global superior a 2,3 milhões de euros.

BUPi alcança segundo lugar no prémio Public Service Team of the Year 2021

Prémio Public Service Team of the Year 2021O Balcão Único do Prédio (BUPi) ficou em segundo lugar no prémio Public Service Team of the Year 2021: User-Centred Policy Makers and Policy Deliverers, atribuído pelo Apolitical. A plataforma internacional focada nas boas práticas de governação e Administração Pública distingue assim, pelo quarto ano, equipas inovadoras neste âmbito.

O projeto português é já um sucesso, que potencia o conhecimento do território através do cadastro da propriedade rústica ganha assim destaque numa iniciativa que recebeu candidaturas de todo o mundo. Os vencedores foram escolhidos com base nos votos de trabalhadores da administração pública.

Em Portugal, a titularidade e localização da propriedade rústica é em parte desconhecida, criando barreiras à implementação de políticas públicas adequadas, nomeadamente no âmbito do ordenamento do território. É neste contexto que surge o BUPi, a plataforma que permite a identificação dos terrenos rústicos por parte dos seus proprietários e que agrega também informação disponível em várias fontes de informação da Administração Pública, com o objetivo de aprofundar o conhecimento e valorização do território.

O primeiro prémio Public Service Team of the Year 2021 foi atribuído ao Governo colombiano, destacando a equipa de inovação pública.

Recorde-se que, recentemente, o projeto BUPi foi ainda distinguido pela Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação (APDSI) com o Prémio Transformação Digital 2021.

AF Guarda — Resultados do Campeonato Distrital da 1ª Divisão– 17ªjornada

17ªjornada
Guarda DFC – Estrela Almeida- 6 – 2  (13 out)
Foz Côa – VF Naves- 4-0
GD Trancoso – SC Celoricense- 1-2
Casal Cinza – Vila Cortez- 1-3
Soito –  Freixo Numão (16 fev.-21:00)
Aguiar da Beira – AD Fornos de  Algodres (13 de abril- 20:00)
UD Os Pinhelenses – Guarda FC(14 de abril- 21:00)
Folgou: SC Sabugal
Jogos em atraso da 2ª jornada
Estrela Almeida- Guarda DFC- 1-4
Freixo Numão- Soito- 0-2
Classificação:

1º Guarda DFC 39 pts (16 jogos)

2º Vila Cortez- 37 pts (16 jogos)

3º AD Fornos de Algodres- 33 pts (13 jogos)

4º- GD Trancoso- 32 pts (15 jogos)

5º- Guarda FC- 32 pts (15 jogos)

6º- Foz Côa- 30 pts (15 jogos)

7º- SC Celoricense – 30 pts (15 jogos)

8º- Estrela Almeida- 19 pts (16 jogos)

9º- Aguiar da Beira- 16 pts (15 jogos)

10º- Os Pinhelenses- 15 pts (14 jogos)

11º- SC Sabugal – 15 pts (15 jogos)

12º- VF Naves- 12 pts (15 jogos)

13º- Soito – 10 pts (15 jogos)

14º- Freixo Numão- 4 pts (14 jogos)

15º- Casal Cinza – 0 pts (15 jogos)

Liturgia do III Domingo do Tempo Comum – ano C

1 a)         Vários acontecimentos da História recente podem servir para ilustrar a situação descrita na primeira leitura da Liturgia deste Domingo. Depois do regresso do exílio e de reconstruída a cidade de Jerusalém, o povo reúne-se agora para iniciar a sua nova vida. É exactamente na Lei do Senhor que Israel encontra a “norma” e o sentido da vida. Tem lugar então a grande Assembleia de escuta da Palavra de Deus: durante toda a manhã, o povo escutou atentamente as Palavras do Livro da Lei de Deus, e muitos emocionaram-se e choravam. De tarde, teve lugar o convívio, a festa. Esta vivência do Povo de Israel tem a sua ressonância noutras vivências de outros povos ao longo da História. Israel experimentou as amarguras do cativeiro, mas finalmente soou a hora da liberdade e a reconstrução nacional apresenta-se agora como objectivo. Israel só pode reconstruir a sua vida com Deus, em quem teve a origem como povo. Deus é verdadeiramente o grande companheiro na marcha da libertação e da liberdade.

  1. b)        O Evangelho de São Lucas, ao relatar a primeira visita de Jesus a Nazaré, terra onde cresceu, apresenta-o a proclamar este trecho de Isaías: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque Ele me ungiu. Enviou-me para anunciar a Boa Nova aos pobres, a proclamar a libertação aos cativos e a vista aos cegos, a mandar em liberdade os oprimidos, a proclamar um ano favorável do Senhor”.

  1. c)         A missão de Jesus é libertadora e a história da Cristandade está recheada de gestos libertadores. São Paulo diz que todos somos chamados para constituirmos um só corpo, judeus ou gregos, escravos ou homens livres (2ª leitura). Liberdade e Deus parecem ser, nesta Liturgia, duas realidades inseparáveis: Deus é quem liberta e é com Deus que se encontrará a vida livre.

  1. d)        Mas, a liberdade, o que é? Na raiz etimológica grega, ser livre significa ser membro do povo, cidadão com plenos direitos. Esta liberdade concretiza-se no direito de exprimir o próprio parecer na assembleia, poder dispor livremente de si. Em Israel, a liberdade, a vida, o matrimónio, a honra, a propriedade são direitos fundamentais do homem, que Deus dá e garante ao Seu povo. Olhar para a liberdade só no sentido exterior ou político é empobrecê-la; assim a viam muitos contemporâneos de Jesus.

  1. e)         O Cristianismo trouxe um novo sentido de liberdade: a autêntica liberdade do homem não consiste na possibilidade de dispor livremente de si mesmo, mas na vida com Deus, uma vida em conformidade com o projecto de Deus, uma liberdade que se conquista renegando-se a si mesmo. Quem é livre não pertence a si mesmo, mas Àquele que o libertou, afirma São Paulo.

http://www.liturgia.diocesedeviseu.pt/

23-01-2022

Centenas de visitantes vêm a Aguiar da Beira fazer Orientação

Segundo números avançados pelo Municipio de Aguiar da Beira, entre Setembro de 2021 e Janeiro de 2022 , o concelho cabicanca recebe mais de 310 atletas para realizarem estágios de Orientação.
Entre os dias 15 e 23 de Janeiro realiza-se o primeiro estágio oficial do Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação (JWOC 2022). Durante uma semana os 160 participantes vão poder treinar em terrenos e percursos muito semelhantes ao que vão encontrar no Mundial de Julho.
Entre Setembro e 23 de Janeiro o Município vai receber mais de 310 atletas provenientes dos mais variados países Europeus, incluindo as comitivas das seleções nacionais da Finlândia, Bélgica, Itália, Portugal, Espanha, República Checa, França, Eslovénia, Noruega e Estónia.
O segundo estágio oficial do JWOC 2022 vai acontecer de 21 a 29 de Maio, culminando com a organização do Aguiar da Beira “O” Meeting nos dias 28 e 29 desse mês. Esta será a terceira edição do já famoso ABOM e são esperadas centenas de atletas nacionais e internacionais.
Para mais informações sobre o Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação aceda a www.tour.jwoc2022.pt
A nível local continuam os treinos semanais de Orientação no Agrupamento de escolas Padre José Augusto da Fonseca e estão disponíveis 10 percursos permanentes de nível fácil/médio ideais para pessoas com pouca ou nenhuma experiência na modalidade. Já estão disponíveis percursos permanentes turísticos urbanos em Aguiar da Beira e Dornelas, e florestais em Carapito, Cortiçada, Quinta de Açores, Fumadinha, Sequeiros, Gradiz, Barranha e Quinta da Estrada.
Para mais informações sobre a prática da modalidade a nível local visite a página www.orientedaguiar.pt

As 20 qualidades de um grande líder

Segundo a Adecco Portugal estas 20 qualidades de liderança são as mais comuns que, desejavelmente, um profissional à frente de uma organização e equipas deverá ter. Se é uma pessoa que ambiciona liderar com eficácia e inspirar os outros, é suposto ter sólidas competências técnicas. Mas hoje em dia, não é suficiente: na hora de escolher um líder, são as soft skills que permitem a uma organização diferenciar um bom técnico de um grande líder. 

1. RESPONSABILIDADE

É importante que os líderes se responsabilizem a si próprios e às suas equipas pelo trabalho de cada um. A propriedade é uma peça-chave da liderança. Alguém da equipa errou? Procure saber o porquê, rever o processo que conduziu ao erro e evitar que ocorra novamente. Corrigir responsavelmente e aprender faz parte da responsabilidade.

2. ESCUTA ATIVA 

Os líderes recebem frequentemente feedback dos membros da equipa: percebe realmente o que lhe estão a dizer? Entende o que estão a tentar transmitir, mas que não conseguem expressar objetivamente? Aprenda a fazer as perguntas certas para encontrar informações úteis e objetivas que lhe permita resolver questões e ajudar a sua equipa.

Ler Mais »

Resultados da ronda 12 do distrital Sub-19 da AF Guarda

Teve lugar mais uma ronda do distrital de Sub-19 da AF Guarda

Núcleo Desp. Social -Vilar Formoso-0 – 1
Aguiar Beira Gin.Figueirense-3 – 3
Guarda DFC – S.Romão-2 – 4
GD Trancoso- Guarda Unida – 1 de março

acerto de calendário

Aguiar da Beira- Guarda DFC-0-9

lideram NDS e V.Formoso com 22 pts seguidos do S.Romão com 21 pts

Portal do Munícipe lançado pela CIM Viseu/Dão Lafões

CIM Viseu Dão Lafões, tendo como área prioritária de atuação a modernização e capacitação da administração pública local, lançou o Portal do Munícipe.

Desenvolvido em estreita colaboração com os municípios de Viseu Dão Lafões, o Portal do Munícipe vem modernizar a interação entre as autarquias e os munícipes. Ao disponibilizar Serviços Online 24 horas por dia, 7 dias por semana, esta proposta simplifica a relação dos cidadãos e das empresas com os Municípios da Região.

Já disponível em seis municípios, esta nova ferramenta aposta no reforço da proximidade, propondo, entre outras valências, o acesso online aos serviços municipais e a possibilidade de acompanhamento dos mesmos, merecendo destaque: a Faturação Eletrónica, o Construtor de Processos Urbanísticos, o Orçamento Participativo, o GeoPortal, ou ainda, o Catálogo da Biblioteca Municipal.

Esta nova plataforma digital, que congrega todos os meios e ferramentas de comunicação e interação entre o município e os munícipes, assume-se enquanto uma ferramenta de eleição na melhoria da transparência, da eficiência e da qualidade dos serviços prestados, contribuindo para a promoção do envolvimento dos cidadãos na gestão dos territórios.

A ferramenta online, agora lançada, promove, ainda, a desmaterialização de processos em papel, à qual está associada uma preocupação ambiental, criando uma alternativa mais sustentável, eficiente e económica aos processos até agora submetidos exclusivamente em papel.

Promovido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no contexto da candidatura “Modernização Administrativa na Região Viseu Dão Lafões – Um modelo, catorze municípios”, que conta com um investimento global superior a 2,5 milhões de €, o Portal do Munícipe vem dar continuidade a diversas iniciativas intermunicipais de promoção do governo eletrónico e de modernização e capacitação da administração local.

Para o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, “Numa era de permanente evolução tecnológica, a CIM desde cedo assumiu, como sua prioridade, a modernização e inovação administrativa, sendo nosso entendimento que os serviços públicos devem ser parte ativa desta transformação”.

Ao longo dos anos, tem sido nosso timbre uma forte aposta em diversas iniciativas de modernização administrativa, é neste contexto que disponibilizamos mais uma plataforma que proporcionará aos nossos municípios um salto qualitativo na gestão da sua relação com os diversos agentes do território, dando uma resposta mais atempada e eficaz às necessidades dos cidadãos e empresas”, concluiu o Presidente.