Templates by BIGtheme NET
Início » Almeida

Almeida

Futsal-AF Guarda- Resultados Masculinos/Femininos

Vai-se disputando o  Distrital de Futsal com o SC Sabugal na frente.
Assim foram os resultados
SC Sabugal 4-1 Lameirinhas
Penaverdense 2-5 CF Sabugal
Carlos Franco 2-6 Aguiar
Lidera o  SC Sabugal 18, seguido do CF Sabugal 12
Distrital de Futsal Feminino
Penaverdenses 2-1 Vila Cortes
Almeida 1-5 CF Sabugal
Lideram os Penaverdenses com 7 pts, seguido do Vila Cortes  com 6

CIMfonia ecoa por toda a Serra da Estrela com grandes espetáculos

Dezenas de espetáculos itinerantes em espaços inusitados e históricos na Serra da Estrel

A Guarda recebeu o primeiro concerto “Concerto do Dia da Europa” , na Sé Catedral da Guarda , neste domingo, com a Orquestra Filarmónica Portuguesa conduzida pelo maestro Osvaldo Ferreira e com a soprano Raquel Camarinha. Até novembro, os 15 municípios da Serra da Estrela e ainda os municípios de Foz Côa e Aguiar da Beira recebem vários concertos e músicos, entre os quais Júlio Resende, Rui Massena, Valéria Carvalho e IAN (finalistas do festival da canção RTP). Vão ainda estrear no CIMfonia as obras das compositoras Fátima Fonte e Ana Seara.

O CIMfonia é o primeiro grande evento de 2021 integrado nos projetos “Festival Cultural da Serra da Estrela, das Beiras e da Raia Histórica”, que visam promover a itinerância cultural no território, dando assim continuidade à iniciativa “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela”, criada entre 15 municípios e a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE).

Mas até novembro, todo o território será ‘palco’ para vários concertos icónicos em espaços inusitados e de elevado valor patrimonial, que integram o Festival Cultural da Serra da Estrela, das Beiras e da Raia Histórica – em castelos, ruínas romanas, num parque, num pelourinho, num povoado pré-histórico.

Serão vários os músicos e artistas convidados a atuarem nos 15 municípios que compõem a CIM-BSE e nos dois municípios convidados, Vila Nova de Foz Côa e Aguiar da Beira. De destacar as obras de Fátima Fonte e Ana Seara, encomendadas para o CIMfonia, e também a criação de obras que resultam da interação entre os artistas Rui Massena, IAN, Filipe Raposo, Júlio Resende e jovens músicos da bandas filarmónicas e escolas de música da regiãoOs artistas, a população local e as associações “são decisivos para criarmos uma primeira edição de sucesso do CIMfonia esperamos assim que esta e outras iniciativas estimulem novas ideias e a desejada transformação para as futuras gerações”, justifica o maestro e curador do CIMfonia, Osvaldo Ferreira. Sob a égide do “apelo do interior”, esta iniciativa pretende “através das artes, criar laços orgânicos com a terra, com o passado, na tentativa de proporcionar a melhoria da qualidade de vida nesta região”, concretiza Osvaldo Ferreira.

Depois da estreia do CIMfonia a 9 de maio na Guarda, no dia 28 de maio o Toy Ensemble visita o Castelo de Trancoso com os “Autos das Barcas de Gil Vicente”; a 10 de junho, em Gouveia, atuam João Barradas e o Quinteto de Cordas da Orquestra Sinfónica de Gouveia; a 20 de junho Belmonte recebe Drumming Grupo de Percussão; a 26 de junho, Pinhel conta com a prestação de Júlio Resende, Valéria Carvalho e solistas das Bandas Filarmónicas de Pinhel e Pínzio; a 6 de julho em Figueira de Castelo Rodrigo e dia 30 de julho, em Celorico da Beira, será a vez do concerto do Toy Ensemble; a 31 de julho no Fundão atuam Les Secrets des Roys. No mês de agosto a IAN e a Filarmónica de Manteigas marca presença dia 13 em Manteigas; dia 27 em Fornos de Algodres sobem ao palco do CIMfonia Filipe Raposo e Rita Mariadia 28 no Pelourinho de Aguiar da Beira atua Valéria Carvalho. O mês de setembro terá os seguintes concertos: Covilhã recebe dia 4 o maestro Rui Massena a solo no piano; Mêda a 9, Sabugal a 10 e Seia a 11 e dia 12 em Foz Côa do mesmo mês terão em palco a Orquestra Académica Filarmónica Portuguesa. O último concerto desta iniciativa acontecerá no dia 21 de novembro em Almeida com a atuação do Rare Folk.

O CIMfonia é o culminar de todo um trabalho de cooperação e de construção de sinergias entre 15 Municípios e a CIM-BSE numa estratégia clara de afirmação cultural, de visibilidade e notoriedade externa do território e de divulgação de todo o seu potencial turístico e económico constante do projeto geral “Festival Cultural da Serra da Estrela, das Beiras e da Raia Histórica“.

O CIMfonia está diretamente associado à candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027 e ao compromisso conjunto assumido por 18 parceiros: a CIM-BSE, os 15 Municípios da região das Beiras e Serra da Estrela e ainda os Municípios de Vila Nova de Foz Côa e de Aguiar da Beira na implementação de uma estratégia e plano de ação que contribua para fortalecer o posicionamento da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura.

Os Festivais “Cultural da Serra da Estrela”, “Cultural das Beiras” e “Cultural da Raia Histórica” são cofinanciados pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

CENSOS 21- Prazo alargado até 31 de maio para preencher

Segundo o INE, o prazo de preenchimento foi alargado até 31 de maio.

Já responderam 3.770.267 alojamentos de residência habitual e 9.436.247 pessoas

Exposição “16 Bibliotecas, 16 Autores”em Almeida

Vai ter lugar a inauguração da exposição “16 Bibliotecas, 16 Autores” que decorrerá no dia 5 de maio de 2021, no Jardim de Almeida, pelas 11:00, esta é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.

Do programa consta a sessão de boas vindas das entidades locais, seguido da leitura de trecho de Alice Sampaio por Ana Sampaio e família. Nova leitura de Alice Sampaio pela bibliotecária Paula Sousa e a finalizar a presidente da União de Freguesias, Alice Afonso.

A Estrela visitou vários Municípios da CIMBSE

No âmbito da 2ª Edição do ATUA! – Projeto de Empreendedorismo nas Escolas da CIMBSE, os alunos do 1º Ciclo conheceram a Estrela, mascote do Programa “A Aventura da Estrela e do Mondego”, nos dias 20, 21 e 22 de abril.

Este é um  evento que tem como objetivo felicitar os alunos e professores pela sua participação no projeto até ao momento e motiva-los para continuarem a trabalhar nos projeto empreendedores que estão a preparar.

A Estrela visitou os municípios do Fundão, Covilhã, Seia, Almeida e Mêda conhecendo mais de 290 crianças e 30 docentes! Neste momento tão especial, a mascote entregou um jogo lúdico-pedagógico a cada aluno(a), que consiste num Puzzle do mapa da Região das Beiras e Serra da Estrela, promovendo assim curiosidade e interesse pelo seu território. Em todas as visitas as turmas, não só receberam a Estrela, como também acolheram representantes municipais, que aproveitaram o momento para agradecer a participação de todos e parabenizar as crianças e seus professores pelos fantásticos projeto que estão a desenvolver.

O ambiente foi de muita alegria, criatividade e entusiasmo por parte dos alunos e professores durante as visitas. Foi um momento memorável para todos os nossos pequenos grandes empreendedores!

Este programa de Educação em Empreendedorismo visa potenciar o desenvolvimento de capacidades e aptidões, pessoais e sociais, inerentes ao perfil empreendedor. Tem uma forte componente interdisciplinar e atividades que se cruzam com o currículo, desafiando os alunos a acompanharem a História da Estrela e do Mondego pelos 15 municípios da Região das Beiras e Serra da Estrela, uma aventura contada através de atividades storytelling, permitindo aos alunos descobrir o território e desenvolver competência com recurso a jogos e atividades pedagógicas.

Festivais Culturais apresentados pela CIMBSE

Foi apresentado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, na sede da Comissão Vitivinícola da Beira Interior, os 3 Projetos de Cultura em Rede a desenvolver no território em 2021 e 2022. Assim, o Festival Cultural da Serra da Estrela, Festival Cultural das Beiras e o Festival Cultural da Raia Histórica.

Deste modo, nestes projetos fazem parte duas iniciativas: Bolsa Artística para a Itinerância Cultural, que promove a cooperação intermunicipal em prol do desenvolvimento de projetos artísticos únicos e inovadores e a CIMfonia, que consiste na concretização de um conjunto de 15 concertos dirigidos por orquestras nacionais.

GNR- Atividade operacional

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de ações policiais, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo. Estas ações visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 10 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • Seis por condução sem habilitação legal;
  • Um por ofensas à integridade física
  • Um por dano;
  • Um por desobediência.
  1. Apreensões:
  • Uma pistola de calibre 6.35 mm;
  • Uma faca;
  • Três doses de cocaína.

Resultados do Campeonato Distrital Seniores – AF Guarda—5ªjornada

Série A

GD Trancoso- Freixo Numão- 3-0 (4 dez.)

Foz Côa – VF Naves- 0-1

AD Fornos de Algodres- CD Gouveia-2-2

 

Classificação:

1-VF Naves- 9

2-Trancoso-7

3-CD Gouveia- 6

4-AD Fornos de Algodres-5

5-Aguiar da Beira- 4

6-Foz Côa- 4

7-Freixo Numão- 0

Série B

E.Almeida- SC Sabugal-1-2

Guarda DFC – Casal Cinza-5-1

Soito- SC Celoricense-3-1

UD Os Pinhelenses – Guarda FC- (19 maio)

Classificação:

1-Guarda DFC- 12

2-Soito- 9

3-UD Pinhelenses-6

4-SC Celoricense-6

5-SC Sabugal-6

6- E.Almeida-3

7-Guarda FC-3

8- Casal Cinza- 0

Portugal avança para a 3ªfase de desconfinamento

O Conselho de Ministros aprovou o decreto que regulamenta o estado de emergência decretado pelo Presidente da República.
Prosseguindo a estratégia gradual de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença Covid-19, e tendo em conta a avaliação dos critérios epidemiológicos de definição de controle da pandemia, foi decidido avançar tal como estava previsto na generalidade do país à exceção daqueles concelhos em que o risco de transmissão é considerado elevado.
A retoma do ensino presencial para os alunos do ensino secundário e do ensino superior avança em todo o território continental, independentemente do nível de risco de cada concelho.
Atendendo ao estado epidemiológico do país bem como à taxa de incidência dos concelhos que merecem mais atenção e o seu prolongamento no tempo, as medidas de combate à pandemia, a partir do dia 19 de abril, serão aplicadas em conformidade com os seguintes níveis:
Um primeiro nível, em que o plano de desconfinamento recua para a fase anterior. Neste patamar, encontram-se os concelhos que, pela segunda avaliação quinzenal consecutiva, se encontram com uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Deste grupo fazem parte os concelhos de Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior, aos quais se vão aplicar, designadamente, as seguintes medidas:
Encerramento de:
– Esplanadas;
– Lojas até 200 m2 com porta para a rua;
– Ginásios;
– Museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares.
Proibição de:
– Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal);
– Modalidades desportivas de baixo risco;
Permite-se o funcionamento de:
-Comércio ao postigo;
– Salões de cabeleireiros, manicures e similares, após marcação prévia;
– Estabelecimentos de comércio de livros e suportes musicais;
– Parques, jardins, espaços verdes e espaços de lazer;
– Bibliotecas e arquivos;
Um segundo nível, em que o plano de desconfinamento não avança para a fase seguinte nem retrocede. Nesta categoria estão os concelhos que, pela segunda avaliação quinzenal consecutiva, se encontram com uma taxa de incidência superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Assim, são sete os concelhos que irão permanecer na segunda fase do plano de desconfinamento: Alandroal, Albufeira, Beja, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela. Assim, as medidas que vão continuar em vigor nestes concelhos são as seguintes:
Permite-se:
– Funcionamento de lojas até 200 m2 com porta para a rua;
– Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal)
– Funcionamento de esplanadas (com a limitação máxima de 4 pessoas por mesa) até às 22h30 nos dias de semana e até às 13h aos fins de semana;
– Prática de modalidades desportivas consideradas de baixo risco;
– Atividade física ao ar livre até 4 pessoas;
– Funcionamento de ginásios sem aulas de grupo;
– Funcionamento de equipamentos sociais na área da deficiência.
Um terceiro nível, em que o plano de desconfinamento avança para a terceira fase, tal como anunciado aquando da sua apresentação. Assim, nos restantes concelhos do continente, além das medidas em vigor desde 5 de abril, aplicam-se as seguintes:
Permite-se a abertura de:
– Todas as lojas e centros comerciais;
– Restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo 4 pessoas por mesa no interior ou 6 por mesa em esplanadas), até às 22h30 nos dias de semana ou 13h nos fins-de-semana e feriados;
– Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;
– Lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação.
Autoriza-se a prática de:
– Modalidades desportivas de médio risco;
– Atividade física ao ar livre até 6 pessoas;
– Realização de eventos exteriores com diminuição de lotação (5 pessoas por 100 m ²);
– Casamentos e batizados com 25% de lotação.
Fonte:CMGP

Boletim Epidemiológico até dia 13, área da ULS Guarda

Após a publicação do Boletim Epidemiológico até ao dia 13, o balanço é positivo, neste período aconteceram mais 16 casos (11 824 no total), mais 31 recuperados (11 465 no total) e mais 1 morto (340 no total)
Neste momento estão 19 ativos na área da ULS Guarda, Mêda tem 7 casos,Foz Côa e Gouveia com 3 casos, Celorico da Beira e Guarda com 2 casos e Fornos de Algodres  e Almeida com 1 caso e Figueira, Manteigas, Pinhel, Sabugal, Seia e Trancoso com zero casos.

Por sua vez , Aguiar da Beira tem 2 casos.