Início » Almeida

Almeida

TROFÉU ARTILHEIROS D´OURO-Liga Cima/Tavfer

Após 9 jornadas da Liga Cima/Tavfer (AF Guarda), aqui fica a tabela de marcadores, com André Jesus (V.Cortez) a comandar o Troféu Artilheiros d´Ouro.

Nome Clube golos
André Jesus Vila Cortez 11
Rui Domingues Foz Côa 8
Sandro Gomes S.Romão 7
Davi Soeiro Gouveia 6
Bruno Costa AD Fornos Alg. 5
Hugo Vaz Vila Cortez 5
Bruno Fonseca GD Trancoso 5
Tiago Costa Gouveia 4
Samuel Lima A.Beira 4
10º Pimentel E.Almeida 4
11º João Almeida Foz Côa 4
12º P.Cardoso Os Vilanovenses 4
13º André Vicente Guarda FC 4
14º João Cabral SC Celoricense 3
15º David Janela Sabugal 3
16º Enzo Guzzo SC Celoricense 3
17º Marcelo Pinto AD Fornos Alg. 3
18º Pedro Rodrigues Guarda FC 3
19º Rui Santos Vila Cortez 3
20º Pedro Batista Os Vilanovenses 3

AF Guarda apresenta Plataforma Estudos do Conhecimento

A Plataforma Estudos do Conhecimento (PEC), um projeto , apresentado pela Associação de Futebol da Guarda que consiste, numa plataforma do conhecimento como espírito de aposta em ações de formação, pretendendo uma organização dentro do departamento de Comunicação e Marketing da Associação e que dê sequência às formações que vêm realizando e  irão realizar futuramente.
As formações ficarão assim integradas na PEC, promovendo não só uma melhoria da qualidade formativa, mas também o aumento do número de formandos nas respetivas áreas. Um projeto que visa essencialmente, estruturar e organizar as nossas formações na Associação, com o objetivo de melhorar e formar os melhores intervenientes possíveis, dentro das nossas estruturas.
Pretendemos impulsionar um plano multidisciplinar centralizado na PEC como referência na qualidade de Associação de Futebol da Guarda, nomeadamente ampliando a oferta formativa e coletiva para Encarregados de educação e Webinars mensais com os responsáveis da comunicação dos clubes.
É nosso propósito organizar várias formações, desde o âmbito da comunicação, até à formação de jogadores, treinadores, dirigentes desportivos, árbitros, profissionais de saúde, gestores de segurança, pontos de contato de segurança (PCS), entre outras, fazendo todos partes do processo formativo.
Temos de acompanhar os novos tempos, a modernização tecnológica da nossa Associação é extremamente importante e a criação desta estrutura irá permitir não só concentrar a oferta formativa adequada às necessidades dos vários clubes e sócios da Associação de Futebol da Guarda, como também estabelecer parcerias com Instituições de Ensino, com o intuito de obter certificação formativa”, refere fonte da AFG.
Este projeto faz parte do Plano Estratégico, integrado no programa Crescer 20-24, que engloba parcerias com a Federação Portuguesa de Futebol e a Real Federación de Castilla y Léon de Fútbol, para a realização de formações sobre os temas de gestão de clubes como marketing, comunicação, o papel do dirigente desportivo, tecnologia ao serviço dos Clubes, finanças entre outros.

Contributo das regiões para o crescimento do Turismo em Portugal

Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, destacou , em Fátima, o importante papel das regiões na procura de soluções para os grandes desafios colocados à atividade turística. As declarações foram feitas na sessão de abertura do 33.º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo, um evento que decorre durante três dias no Centro Pastoral Paulo VI, promovido pela AHP – Associação da Hotelaria de Portugal e que tem o apoio da Turismo Centro de Portugal.

“As regiões desempenham um trabalho importantíssimo na estruturação de novos produtos turísticos, que aumentam a diversidade da ‘oferta Portugal’. Em 2006, lançámos 10 produtos estratégicos; hoje, Portugal posiciona-se internacionalmente com 22 produtos turísticos. Produtos como o enoturismo, o turismo religioso, o ecoturismo, a arte, o património e tantos outros fazem de Portugal não só o melhor destino europeu, como tem sido reconhecido, mas representam uma atratividade para a qual continuaremos a trabalhar”, sublinhou Pedro Machado. “Eventualmente, precisamos de reforçar o volume de investimento da nossa promoção, sobretudo internacional, e precisamos de reforçar também e cuidar do nosso mercado interno, absolutamente estruturante no caso da região Centro de Portugal”, acrescentou.

Outras respostas para os desafios atuais passam, segundo Pedro Machado, por “restaurar a confiança dos viajantes, em particular dos internacionais”, “apoiar a consolidação das empresas”, apostar “nas bases de um turismo cada vez mais sustentável” e adequar a atividade turística “ao inverno demográfico que está a acontecer no mundo e à agenda das alterações climáticas, fazendo com que o turismo nas regiões e no nosso país continue a ser cada vez mais atrativo e competitivo”. “São estes grandes desafios que este Congresso também tem pela frente. Importa que saiam daqui grandes conclusões, que reforcem a posição de Portugal na Europa e no Mundo”, concluiu Pedro Machado.

Também na sessão de abertura, o ministro da Economia, António Costa Silva, anunciou um programa no valor de 50 milhões de euros para ajudar as empresas do turismo a reabilitarem ativos imobiliários. “Este anúncio vai sair hoje e será bastante importante para as empresas”, disse.

António Costa Silva realçou ainda que o próximo ano será marcado pela “resiliência da economia portuguesa, em particular do turismo”. “Tenho esperança de que 2023 seja um ano ainda de resiliência da economia portuguesa, em particular do turismo. Com abrandamento, mas continuaremos a crescer. Apesar da guerra na Ucrânia, da subida das matérias-primas e da Europa enfrentar a pior crise energética da sua história, a previsão para a economia portuguesa é a de crescer 6,5% este ano”, afirmou.

A sessão de abertura do congresso contou ainda com intervenções de Bernardo Trindade, Presidente da AHP, Luís Miguel Albuquerque, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, o padre Carlos Cabecinhas, Reitor do Santuário de Fátima, e Francisco Calheiros, Presidente da Confederação do Turismo de Portugal.

O Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo reúne, este ano, 44 oradores e moderadores, nacionais e internacionais, e centenas de participantes para partilhar e debater ideias, tendências, estratégias e experiências, com um programa feito por profissionais para profissionais do setor.

Entre os muitos painéis de discussão, merecem destaque os temas “Gerir em Tempos de Mudança”, “A Era da Incerteza”, “Investir em Tempos de Mudança”, “Recrutar e Reter Talento: Missão (Im)Possível?”, “New Money” e “Teremos Ainda Tempo Para A Sustentabilidade?”.

AF Guarda—Resultados da 9ªjornada da Liga CIMA/TAVFER

CD Gouveia – Guarda FC-0-1
SC Celoricense – GD Trancoso-2-3
Vila Cortez – SC Sabugal-2-1
S. Romão – Freixo Numão-5-0
GD Foz Côa – AD Fornos de Algodres-2-0
Vila Franca Naves – Os Vilanovenses-1-3
Aguiar da Beira – Estrela Almeida-1-1
Classificação:
1º- CD Gouveia—18pts—9 jogos
2º- Os Vilanovenses—17pts—9 jogos
3º- GD Trancoso—17pts—9 jogos
4º- Guarda FC —-17pts—8 jogos
5º- Vila Cortez—16pts—9 jogos
6º- SC Sabugal—15pts—9 jogos
7º- GD Foz Côa—14pts—9 jogos
8º- S.Romão—13pts—9 jogos
9º- Aguiar da Beira—11pts—8 jogos
10º- AD Fornos de Algodres—10pts—9 jogos
11º- Estrela Almeida—-9 pts—9 jogos
12º- SC Celoricense—8pts—9 jogos
13º VF Naves—4pts—9 jogos
14º- Freixo Numão–1pt—9 jogos

7ªBeira Interior-Vinhos &Sabores abriu e Marcelo Rebelo de Sousa também marcou presença

Abriu ao fim da tarde desta sexta-feira, a 7ªBeira Interior-Vinhos &Sabores em Pinhel numa iniciativa do Município de Pinhel e em parceria com a CVR Beira Interior, com a presença de cerca de 55 expositores de vinhos e diversos sabores desta região da Beira Interior, com a presença de largas centenas de visitantes.

Face a um encontro com os Presidentes do Brasil e Moçambique o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, não conseguiu estar na abertura mas por volta do meio da noite, eis que numa viagem relâmpago, Marcelo Rebelo de Sousa chegou a Pinhel e fez questão de cumprimentar todos os representante dos diversos expositores deste certame e mostrou-se encantado como a forma da receção e da qualidade que a organização apresentou na elaboração deste certame.

Rui Ventura era um homem satisfeito por ter nesta Feira , o Presidente da República que com a sua simpatia encantou os visitantes, mais uma aposta ganha para a organização e para Pinhel que nesta década tem desenvolvido de forma fenomenal. Assim como, Rodolfo Queirós, da CVR Beira interior, por ver a marca Beira Interior cada vez mais poderosa a nível nacional e internacional.

Assim todos podem visitar este certame até domingo, no Centro Logístico de Pinhel e provar o bom vinho e saborear os diversos sabores desde mel,azeite, doces, chouriços, queijos entre outros,

 

TROFÉU ARTILHEIROS DE OURO-LIGA CIMA /TAVFER, LIGA COPIALTA

Aqui deixamos após mais uma jornada neste fim de semana, as tabelas dos melhores marcadores dos distritais da AF Guarda, Liga Cima /Tavfer liderada por André Jesus (Vila Cortez)e Liga Copialta liderada por Bruno Aguiar (SC Mêda).

Liga Cima /Tavfer

Nome Clube golos
André Jesus Vila Cortez 10
Rui Domingues Foz Côa 8
Davi Soeiro Gouveia 6
Bruno Costa AD Fornos Alg. 5
Hugo Vaz Vila Cortez 5
Sandro Gomes S.Romão 5
Samuel Lima A.Beira 4
Bruno Fonseca GD Trancoso 4
Tiago Costa Gouveia 4
10º João Almeida Foz Côa 3
11º P.Cardoso Os Vilanovenses 3
12º João Cabral SC Celoricense 3
13º David Janela Sabugal 3
14º Enzo Guzzo SC Celoricense 3
15º Marcelo Pinto AD Fornos Alg. 3
16º Pedro Rodrigues Guarda FC 3
17º André Vicente Guarda FC 3
18º Pedro Batista Vilanovenses 3
19º Diogo Santos Sabugal 2

Liga Copialta Ler Mais »

GNR-Operação “ECR Truck & Bus”

A Guarda Nacional Republicana (GNR), até dia 20 de novembro, realiza em todo o território nacional continental uma operação de fiscalização seletiva de transportes rodoviários de mercadorias perigosas, orientando as ações de fiscalização para as vias mais críticas à sua responsabilidade e onde se verifique um maior volume de tráfego deste tipo de veículos.

Esta operação decorre no âmbito da ROADPOL e do Euro Contrôle Route (ECR), um grupo Europeu de Inspeção de Transportes que tem por objetivo melhorar a segurança rodoviária e a sustentabilidade, a concorrência leal e as condições de trabalho no transporte rodoviário. Por sua vez, a RoadPol é uma organização que foi estabelecida pelas polícias de trânsito da Europa, com a finalidade de melhorar a segurança rodoviária e o cumprimento das normas rodoviárias.

No final de 2021, a GNR tornou-se membro da RoadPol, passando a integrar no seu planeamento operacional, as operações planeadas pela referida organização. No âmbito do planeamento anual efetuado pela RoadPol e pelo ECR, a GNR realiza uma operação de fiscalização direcionada para veículos pesados com o objetivo de melhorar a segurança rodoviária, a sustentabilidade, a concorrência e as condições de trabalho em transporte rodoviário, através do cumprimento dos regulamentos existentes.

Com esta ação, pretende-se também sensibilizar a sociedade, para a importância da adoção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores profissionais, tendo em vista a promoção da segurança rodoviária e a salvaguarda de vidas humanas.

O aumento da concorrência no setor dos transportes rodoviários, torna-o mais suscetível à prática de irregularidades, em detrimento da segurança rodoviária, pelo que as ações de controlo de veículos pesados de mercadorias e passageiros, tem em vista a deteção de irregularidades ao nível das condições de transportes de mercadorias perigosas, condições técnicas e segurança da carga com o objetivo de melhorar a segurança rodoviária.

EIP “congeladas” na área da CIMBSE

Reclamam-se  novas condições de financiamento serem garantidas pelo Governo

As Equipas de Intervenção Permanente (EIP) destinam-se ao cumprimento de missões que, no âmbito da Proteção Civil, estão confiadas aos Bombeiros. Nos últimos anos, o financiamento dessas equipas tem sido suportado em 50 por cento através de fundos das Câmaras Municipais.

Os 15 municípios que compõe a CIMBSE (Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela) consideram, no entanto, esta ser uma clara delegação de competências do Governo nos Municípios, sem que os mesmos recebam qualquer valor, como deveriam, por via da Delegação de Competências na área da Proteção Civil.

Neste sentido, na reunião do conselho executivo da CIMBSE, de 8 de novembro 2022, os municípios que integram esta Comunidade Intermunicipal, deliberaram por unanimidade que a partir desta data não aprovarão a criação de quaisquer novas EIP, enquanto as condições de financiamento de estruturas de Proteção Civil não forem alteradas.

AF Guarda–Resultados da 8ª jornada da Liga CIMA/TAVFER

Liga CIMA/TAVFER

Campeonato Distrital da 1ªDivisão

Freixo Numão – GD Foz Côa-1-4
SC Celoricense – Vila Cortez-0-2
Os Vilanovenses – SC Sabugal-1-1
GD Trancoso – CD Gouveia-0-6
AD Fornos de Algodres –  Vila Franca Naves-1-0
Estrela Almeida –  S. Romão-1-3
Guarda FC – Aguiar da Beira (26 de novembro – 20h00)
CLASSIFICAÇÃO
1ºGouveia- 18 pts
2ºSabugal – 15 pts
3ºVilanovenses-14 pts
4º Trancoso – -14 pts
5º Guarda FC – 14 pts (-1 jg)
6ºVila Cortez- 13 pts
7º Foz Côa – 11 pts
8º Aguiar da Beira – 10 pts(-1jg)
9º AD Fornos Alg. –10 pts
10º S.Romão- 10 pts
11º Celoricenses- 8 pts
12º E.Almeida – 8 pts
13ºVF Naves– 4 pts
14º Freixo Numão- 1 pt

Dois milhões de euros para a eficiência energética de instalações desportivas

Vai ser lançada a 7a edição do Programa de Reabilitação de Instalações
Desportivas (PRID), programa que terá uma dotação de dois milhões de euros e
que em 2023 visará exclusivamente o apoio a projetos de melhoria da eficiência
energética destas infraestruturas.
Dado o contexto geopolítico e ambiental que atualmente se atravessa, mas
também a urgência do combate às alterações climáticas, decidiu-se que o 7o
PRID, gerido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), seria
totalmente canalizado para apoiar os clubes na racionalização do uso de energia, de água e gás, tal como já havia sido anunciado pelo Secretário de
Estado da Juventude e do Desporto na audição parlamentar da Comissão de
Orçamento e Finanças, no dia 28 de outubro. As candidaturas serão abertas
durante o mês de janeiro de 2023.
O IPDJ já tinha publicado um conjunto de recomendações aos
proprietários/gestores de instalações desportivas de forma a minimizar o
impacto dos aumentos dos custos energéticos, consequentes da referida
conjuntura (que pode ser consultado neste link). Com a próxima edição, será
também proporcionada formação nestas matérias aos clubes.
Algumas das recomendações estruturais podem servir de guia para a
apresentação de projetos ao PRID 2023, designadamente, entre outras:
• Reconversão dos sistemas de iluminação tradicionais para sistemas de
tecnologia LED, tanto nas instalações de apoio como nas Instalações
Desportivas;
• Instalação de meios de energia renovável, por exemplo, painéis
fotovoltaicos entre outros, para produção de energia para autoconsumo,
sempre que tal se afigure viável;
• Instalação de sistemas solar térmico para produção de Águas Quentes
Sanitárias (AQS).
O PRID é direcionado a clubes e associações desportivas de Portugal continental
e destina-se a promover a requalificação das instalações desportivas ao serviço
das comunidades, com o principal objetivo de melhorar as condições de prática
desportiva.