Início » Canas de Senhorim

Canas de Senhorim

Campanha LOJA SOLIDÁRIA” no IP Viseu

Cada vez mais a solidariedade é um ato importante , além de um exercício de generosidade e empatia, um ato de cidadania, os Serviços de Ação Social do Instituto Politécnico de Viseu e os CLAIM
Viseu e Lamego promovem, à semelhança do ano passado, uma campanha de angariação de donativos de bens de primeira necessidade, que poderão incluir alimentos não perecíveis, artigos de higiene ou outros.
Os donativos devem ser depositados nas “caixas solidárias” disponíveis em cada Escola e nos Serviços Centrais. A Loja Solidária está sempre disponível para receber donativos durante todo o ano.
Os bens recolhidos serão disponibilizados na Loja Solidária a estudantes em fragilidade social. Esta campanha decorre até 30 de novembro de 2022.

Palestra “Motivação, liderança e gestão de equipas” no Politécnico de Viseu

Vai ter lugar , em Viseu, uma Palestra “Motivação, liderança e gestão de equipas” , como orador o Professor Francisco Neto
(Selecionador Nacional de Futebol Feminino – Seleção A). Desta feita o  Professor Francisco Neto, Selecionador Nacional de Futebol Feminino (Seleção A), vai estar presente no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de
Viseu do Instituto Politécnico de Viseu, no próximo dia 29 de novembro, pelas 17:45h, dinamizando uma sessão sobre “Motivação, liderança e gestão de equipas”.

CIM Região de Coimbra e CIM Viseu Dão Lafões exigem respostas para o IP3

Em reunião estiveram os presidentes das Câmaras Municipais de Coimbra, Mortágua, Penacova, Viseu, Santa Comba Dão e Tondela e das Comunidades Intermunicipais da Região de Coimbra e de Viseu Dão Lafões  em Penacova, com o objetivo de avaliar o projeto de requalificação/duplicação do IP3.

Ao longo da reunião, os autarcas mostraram a sua profunda preocupação pelos atrasos verificados na requalificação/duplicação do IP3 e consequentes impactos deste atraso na economia e na competitividade da Região e do País.

Foi, ainda, reforçada a urgência do início dos trabalhos do lote 1, respeitante ao troço entre o Norte de Santa Comba Dão e Viseu.

Não impactando com os processos em curso, nomeadamente do lote 1, os presidentes exigem que o Governo estude e implemente a solução integrada em perfil 2×2 ao longo de todo o percurso, nomeadamente entre Santa Comba Dão Norte e Coimbra, propondo-se que o Governo recorra à modalidade de conceção/construção que permita acelerar o calendário das obras.

Os autarcas solicitaram, ainda, uma reunião com o Governo, para que seja divulgado o cronograma de execução das obras do IP3.

Alexandre Borges é Vice-Campeão de Kartcross

Quem se deslocou este fim de semana ao Eurocircuito da Costilha, foi brindado com exibições de grande nível e carregadas de adrenalina até ao cair da bandeira do xadrez, fechando-se assim, as contas do Campeonato de Portugal de Kartcross, 2022.
Alexandre Borges, o piloto nelense, que viu Lousada consagrá-lo com o Título de Vice-Campeão de Kartcross, repetindo o feito já alcançado em 2021.

Chegámos à Costilha com as contas do Campeonato praticamente definidas e
se matematicamente ainda era possível uma reviravolta, desportivamente só se algo de muito excecional ocorre-se. Desde cedo entrei decido em lutar pela vitória, vencendo os treinos cronometrados e as duas corridas de qualificação da minha série, o que me garantiu a segunda posição após o somatório das três corridas de qualificação e o mais importante, o título de vice-campeão 2022. Na Final, o objetivo passou por lutar pelo lugar mais alto do pódio e foi o que fiz, até à derradeira
passagem pela Joker na última volta, onde entrei com mais velocidade para tentar aceder ao primeiro lugar e o kartcross escorregou para a parte suja da pista, fazendo de imediato um tete e deitando por terra a luta pelo pódio. Acima de tudo, saio
contente não só com o vice-campeonato, mas também com o andamento que já conseguimos impor com o K3, nesta que foi a sua segunda prova no Campeonato, o que deixa bons indicadores para a época de 2023”, acrescenta Alexandre Borges.

fotos :Nelasport

Dois milhões de euros para a eficiência energética de instalações desportivas

Vai ser lançada a 7a edição do Programa de Reabilitação de Instalações
Desportivas (PRID), programa que terá uma dotação de dois milhões de euros e
que em 2023 visará exclusivamente o apoio a projetos de melhoria da eficiência
energética destas infraestruturas.
Dado o contexto geopolítico e ambiental que atualmente se atravessa, mas
também a urgência do combate às alterações climáticas, decidiu-se que o 7o
PRID, gerido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), seria
totalmente canalizado para apoiar os clubes na racionalização do uso de energia, de água e gás, tal como já havia sido anunciado pelo Secretário de
Estado da Juventude e do Desporto na audição parlamentar da Comissão de
Orçamento e Finanças, no dia 28 de outubro. As candidaturas serão abertas
durante o mês de janeiro de 2023.
O IPDJ já tinha publicado um conjunto de recomendações aos
proprietários/gestores de instalações desportivas de forma a minimizar o
impacto dos aumentos dos custos energéticos, consequentes da referida
conjuntura (que pode ser consultado neste link). Com a próxima edição, será
também proporcionada formação nestas matérias aos clubes.
Algumas das recomendações estruturais podem servir de guia para a
apresentação de projetos ao PRID 2023, designadamente, entre outras:
• Reconversão dos sistemas de iluminação tradicionais para sistemas de
tecnologia LED, tanto nas instalações de apoio como nas Instalações
Desportivas;
• Instalação de meios de energia renovável, por exemplo, painéis
fotovoltaicos entre outros, para produção de energia para autoconsumo,
sempre que tal se afigure viável;
• Instalação de sistemas solar térmico para produção de Águas Quentes
Sanitárias (AQS).
O PRID é direcionado a clubes e associações desportivas de Portugal continental
e destina-se a promover a requalificação das instalações desportivas ao serviço
das comunidades, com o principal objetivo de melhorar as condições de prática
desportiva.

Alexandre Borges vai lutar pelo pódio em Lousada

Depois do adiamento da derradeira Prova do Campeonato de Portugal de Kartcross, devido à passagem da tempestade Béatrice, o próximo fim de semana de 12 e 13 de novembro, tem agendado para o Eurocircuito da Costilha, o fecho das contas do Campeonato 2022.
Apesar de desportivamente o pódio estar praticamente definido,
matematicamente ainda são possíveis algumas mexidas, pelo que até ao cair da bandeira do xadrez, a adrenalina está mais do que garantida, como tem sido apanágio da modalidade.
Alexandre Borges, o piloto da NelaSport que decidiu arriscar o fecho do Campeonato, com o surpreendente Kamikaz K3, parte para Lousada moralizado para encerrar o Campeonato com um lugar no pódio.
Ainda estamos na fase de conhecer melhor o K3 e acertar alguns detalhes
para que fique de acordo com aquilo que pretendo, mas os indicadores recolhidos
tanto em Sever do Vouga, como na Prova de Jerez de Los Caballeros, têm sido
bastante positivos e acho que estaremos em condições de lutar pelo pódio em
Lousada”, acrescenta o piloto nelense.

fonte:Nelasport

Operação “Todos os Santos” 2022 na estrada

A Guarda Nacional Republicana (GNR), no período de 28 de outubro a 1 de novembro, altura em que é celebrado o “Dia de Todos os Santos” , irá intensificar o patrulhamento nas estradas com maior fluxo de tráfego, com o objetivo de combater a criminalidade e reduzir situações que configurem comportamentos de risco, a sinistralidade rodoviária, para além de garantir o apoio a todos os utentes das vias e a segurança e tranquilidade públicas.

Durante todo o período da operação em que se prevê uma grande intensidade de tráfego rodoviário, a GNR, através de militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito (UNT), pretende garantir uma ação coordenada de policiamento geral e combate à criminalidade, de patrulhamento e fiscalização rodoviária, e que as deslocações se façam em segurança, contribuindo assim para uma redução dos números da sinistralidade rodoviária.

Desde o início do ano 2022 houve um registo de 61.313 acidentes de viação, um aumento de 13 % face ao ano de 2021. Particularmente, no período da operação “Todos os Santos” de 2019 a 2021, registaram-se 3 252 acidentes de viação dos quais resultaram 19 vítimas mortais, 81 feridos graves e 1030 feridos leves. Os distritos com maior sinistralidade rodoviária registada, neste período, foram o Porto, Faro, Aveiro, Braga, Lisboa, Setúbal e Santarém.

O combate à sinistralidade rodoviária continua a assumir-se como uma prioridade estratégica para a Guarda Nacional Republicana, e nesse sentido, a Guarda apela a que os condutores efetuem uma condução prudente e que adotem os seguintes comportamentos nas estradas:

  1. Cumprir as regras de trânsito, especialmente no que respeita às manobras de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido de marcha, cedência de passagem e posição de marcha;
  2. Utilizar corretamente o cinto de segurança e os sistemas de retenção para crianças;
  3. Não utilizar os telemóveis durante o exercício da condução;
  4. Adequar a velocidade ao tipo de estradas e às condições de circulação;
  5. Não ingerir bebidas alcoólicas, nem consumir substâncias psicotrópicas antes ou durante a condução.

Apoio de 10 euros por mês à compra de gás de botija já em vigor

O apoio de 10 euros por mês à compra de gás de botija está disponível a partir de 20 de outubro, com efeitos a 1 de setembro, para consumidores domésticos, beneficiários de tarifa social de eletricidade ou de prestações sociais mínimas.
De acordo com o regulamento publicado em Diário da República, «o apoio destina-se à aquisição de gás de petróleo liquefeito em garrafa (GPL), por beneficiários da tarifa social de eletricidade ou de prestações sociais mínimas e ascende a 10 euros por garrafa, o qual é pago por um período de quatro meses, de setembro a dezembro de 2022».
Na fase anterior, este apoio foi pago durante três meses, de abril a junho, aos balcões dos CTT, e desta vez será na sede das juntas e união de juntas de freguesias.
Segundo o diploma, «o atual conflito entre a Rússia e a Ucrânia tem conduzido a uma grande instabilidade no setor energético, impactando diretamente nos preços e nas cadeias de abastecimento de energia, com repercussões expressivas na economia e nos consumidores».
Neste sentido, «mantendo-se o referido conflito e a instabilidade no setor energético, importa continuar a apoiar os consumidores mais vulneráveis», estando previsto uma dotação de dois milhões de euros para iniciar uma 2.ª fase deste apoio às famílias mais carenciadas.
O apoio compete à direção do Fundo Ambiental, em articulação com as juntas e uniões de juntas de freguesias, através da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), lê-se ainda no despachado assinado pelo Ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.
O período para pagamento do apoio inicia-se após a aprovação do Regulamento e decorre até ao dia 31 de dezembro de 2022 ou até se esgotar a dotação .
Os beneficiários deverão apresentar a fatura da eletricidade em que comprove ser beneficiário da tarifa social da eletricidade, a fatura/recibo ou recibo onde conste o respetivo número de identificação fiscal (NIF) em nome do titular do contrato de eletricidade, beneficiário da Tarifa Social de Energia Elétrica, com data de setembro, outubro, novembro ou dezembro de 2022, e que comprove a aquisição da garrafa de GPL. Tem ainda de apresentar cartão do cidadão, de residente ou passaporte do titular do contrato de eletricidade beneficiário de tarifa social.
Já os beneficiários de apoios sociais abrangidos têm de apresentar documento comprovativo do recebimento de uma das prestações sociais mínimas, com referência ao mês anterior ou ao mês do apoio, o recibo de aquisição da garrafa e a documentação do titular da prestação social mínima.
O apoio é pago em dinheiro face à apresentação da documentação.

AF Viseu– Resultados do Campeonato da 1ªDivisão- 4ªjornada

Norte

GD Parada – GD Casa Povo Oliv. Douro-0-1
Gente Nave Alvite –  Vilamaiorense-1-2
Arcd Boassas –  Tarouquense-2-4
Ceireiros – GD Arcos FC-5-0
Lidera:Ol.Douro com 12pts
Centro
UD Sampedrense – Vila Chã  de Sá-2-0
ARC Sezurense –  Viseu Benfica-0-2
Os Ciências – GD Campia-0-3
CD Santacruzense – AC Travanca-1-0
Lidera: Campia e Santacruzense com 10 pts
Sul
Vale Açores – SC Nandufe-9-0
Carregal do Sal – SC Santar-3-1
Besteiros FC – Moimenta Dão FC-0-0
Vale Madeiros  – Cabanas Viriato0-0
Lidera Vale Açores com 12 pts

AF Viseu– Resultados do Campeonato da Divisão de Honra–5ªjornada

Grupo Norte

SC Lamego – Sátão-1-1
Ferreira Aves – SC Paivense-4-2
Lamelas – Carvalhais FC-4-0
Nespereira FC – CD Cinfães-0-2
Moimenta da Beira – AD Piães-2-2
Lidera-Lamelas com 15 pts, Cinfães com 12 pts e SC Lamego com 10pts

Grupo Sul

GD Oliveira Frades – GD Mangualde-1-2
Sl Nelas – CA Molelos-4-2
GD Santacombadense –  Os Vouzelenses-0-1
Canas Senhorim – SC Penalva Castelo-2-3
GDC Roriz – Lusitano FC Vildemoinhos-0-2
Lidera -Penalva do Castelo com 12 pontos, Nelas, Mangualde e Ol.Frades  com 10 pts