Início » Ciência

Ciência

Primeiro-Ministro Luís Montenegro discursou pela primeira vez

Primeiro-Ministro sublinhou que «será imperdoável que a Política se constitua como agravante e não como solução para tantos problemas»

«Não estamos interessados em jogos de semântica ou em politiquices estéreis», afirmou o Primeiro-Ministro Luís Montenegro no discurso de posse do Governo, acrescentando que «será imperdoável que a Política se constitua como agravante e não como solução para tantos problemas». Ler Mais »

Belmonte acolhe 3ª Edição da 3MG

O Estrela Geopark Mundial da UNESCO, em parceria com os restantes Geoparks Portugueses, dinamizam a 3ª Edição da 3MG, nos dias 4, 5 e 6 de abril, em Belmonte. Esta ação de formação para professores propõe-se a abordar temas importantes, com ênfase nas questões das alterações climáticas e dos incêndios florestais, visando discutir os desafios enfrentados pelos frágeis ecossistemas de montanha e pelas comunidades dependentes destas áreas.

Sob o Tema: Alterações Climáticas nos Geoparques Portugueses: Impactes na gestão florestal e no património geológico, decorre nos dias 4, 5 e 6 de abril 2024, no Auditório Municipal de Belmonte.
Modalidade: Curso de Formação (acreditado pelo CCPFC), Duração: 25 horas
O público alvo será Professores dos Grupos de Recrutamento 230, 420, 520, 560

A 3MG é uma conferência que pretende abordar temas atuais relacionadas com a gestão das
montanhas mediterrânicas, oferecendo um enquadramento teórico acerca dos vários fatores ambientais que condicionam a dinâmica atual das montanhas à escala global, com especial ên-
fase na problemática das alterações climáticas e dos incêndios florestais. Ao longo desta ação de formação, na modalidade de curso de formação, serão discutidos os principais problemas
que afetam os frágeis ambientes de montanha e as sociedades que nelas habitam e que delas
dependem. Os territórios atualmente classificados como Geopark Mundial da UNESCO, e a Serra da Estrela em particular, são excelentes exemplos para ilustrar várias das temáticas discutidas no curso, especialmente tendo em consideração os grandes incêndios que afetaram o Parque Natural da Serra da Estrela em agosto de 2022, bem como as respetivas consequências
após a intensa precipitação que ocorreu em setembro do mesmo ano. Os principais objetivos
de um Geopark Mundial da UNESCO passam pela preservação do património natural e cultural,
nomeadamente pelo fomento da educação através da disseminação do conhecimento e pelo apoio às políticas de desenvolvimento regional especialmente em áreas de elevada sensibilidade ambiental e socioeconómica, como é o caso do território da Estrela e dos restantes geoparques mundiais da UNESCO portugueses.

Preservar o meio ambiente na competição automóvel

A Promolafões levou hoje a cabo uma ação sobre o tema da sustentabilidade ambiental,
em São Pedro do Sul, mais concretamente no Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da
Trapa, ao abrigo do projeto Race4ECO que desde 2019 tem vindo a realizar atividades
paralelas a eventos de desporto motorizado.
A iniciativa visa, essencialmente, sensibilizar e motivar a comunidade de praticantes e
habitantes das regiões onde os eventos se realizam, para a importância das boas práticas
ambientais, bem como ações de redução da pegada ecológica que a organização desses
eventos geram em parceria com a Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting
(FPAK).
No âmbito do “Termas Motorfest”, evento que preenche o próximo fim de semana, em São
Pedro do Sul, o dia desta segunda-feira produziu um efeito entusiástico junto dos alunos
do Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa, permitindo-lhes um estreito contacto
com a organização do evento.
Todos, sem exceção, ficaram a saber quais as preocupações da estrutura organizativa
com o meio ambiente, assim como interiorizaram as melhores práticas de prevenção e
mitigação que vão ser implementadas antes, durante e depois do Rali Cidade Termal.
A comunidade escolar pode, de igual modo, receber muita informação quanto à
segurança que requer o desporto motorizado nos dias que correm, bem como as boas
práticas de condução, quer do ponto de vista da segurança, como da economia na
redução de emissões.
Paralelamente, foi criada uma pista alusiva à Prevenção Rodoviária, tendo sido exposto
uma viatura de competição, em que foi distribuído o mais recente exemplar da revista
“Rodinhas”, a mascote do projeto Race4ECO junto dos alunos. Tratou-se de uma ação
recheada de informação suplementar, com o propósito de a veicular e reforçar, de forma
mais formal para que seja guardada e reter as mensagens mais facilmente.
Tempo bem passado, em que não faltaram questões formuladas pelos mais de 200
alunos que estiveram reunidos na companhia do painel de entidades presentes e que
colaboraram na transmissão das informações, nomeadamente Paulo Magalhães,
coordenador desportivo da FPAK, António Casais, vereador do pelouro do
Desenvolvimento Rural de São Pedro do Sul, Paula Silva engenheira e técnica ambiental
na mesma autarquia, bem como Luís Martins e Inês Braga, piloto e co-pilotos de ralis,
acompanhados pelo diretor do agrupamento de escolas António Martins e José Correia,
da Promolafões
Uma oportunidade ímpar para se continuar o trabalho do projeto Race4ECO em sintonia
com todos os intervenientes na organização de eventos de desporto motorizado.

Centro de Portugal apresentou projetos turísticos estruturantes para a região

A apresentação de projetos turísticos estruturantes para o Centro de Portugal marcou o segundo dia da participação da Turismo Centro de Portugal na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa. Isso e uma nova visita do Presidente da República ao stand, desta vez com menos aparato mediático e mais tempo para conhecer as ofertas da região.

A manhã do segundo dia teve como protagonista a CIM Beiras e Serra da Estrela. A CIM e os municípios desta sub-região apresentaram os seus principais produtos e ofertas de experiências turísticas. Os destaques foram para o projeto “Viaja Pela Tua Serra da Estrela”, a Trienal Internacional de Design da Covilhã, o filme “Figueira de Castelo Rodrigo, história, tradições, património e eventos”, a iniciativa “Fundão, Força da Natureza”, a programação anual de Gouveia, o Guarda Wine Fest, a Feira Medieval de Pinhel e o resumo dos eventos de Trancoso.  Seguiu-se uma experiência gastronómica com produtos serranos, nomeadamente Licores e Carrapinhadas da Covilhã, Cereja do Fundão e vinhos da CVR Beira Interior.

Projetos estruturantes em toda a região

Também de manhã, a Região de Coimbra apresentou o projeto Itinerários Napoleónicos, uma das grandes apostas deste território. Os Itinerários Napoleónicos são uma fascinante rede de rotas históricas que nos transportam para o passado, relembrando as invasões francesas em Portugal. As rotas exploram locais estratégicos, fortificações e eventos relacionados com essas invasões.

Paralelamente, a vice-presidente da Turismo do Centro participou numa mesa-redonda dedicada aos Caminhos de Fátima, que decorreu no stand de Turismo Religioso, no Pavilhão 2. Anabela Freitas destacou que o Turismo Religioso “é uma forma privilegiada de potenciar a atividade económica no território” e “uma oportunidade para acrescentar novos produtos turísticos à oferta da região”.

De destacar também a presença de Jorge Sampaio, vogal da direção da Turismo do Centro, na apresentação da Agenda Nacional “À Descoberta do Turismo Industrial”, que decorreu no stand dos Açores.

A tarde começou com um momento dedicado às Comemorações dos 200 Anos da Vista Alegre e com a apresentação da Centro de Portugal Film Commission – outros projetos importantes na dinâmica turística da região.

Também de grande relevância foi o projeto que se seguiu. Com o nome Terras da Transumância, junta os municípios de Castro Daire, Fundão, Gouveia e Seia, com o objetivo de valorizar a tradição pastoril e o património da transumância nestes territórios, que abrangem as Serras da Estrela, Gardunha e Montemuro. A transumância envolve a deslocação sazonal de rebanhos e os seus pastores, representando uma jornada pelos costumes e tradições dessas áreas.

A apresentação das Terras da Transumância contou com uma participação muito especial. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitava o stand da Turismo do Centro nessa altura e subiu ao palco para elogiar o projeto.

Seguiu-se a apresentação de outro projeto de grande dimensão. A Grande Rota GR22, ou Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal, é um convite para explorar o património das Aldeias Históricas, unindo Portugal e Espanha numa celebração transfronteiriça da identidade ibérica. A rota, com quase 900 quilômetros, oferece uma experiência imersiva que combina atividades ao ar livre com a descoberta do património.

A tarde continuou com um espaço destinado à Região de Aveiro. Esta Comunidade Municipal e os seus autarcas deram a conhecer, um a um, os projetos Grande Rota Ria de Aveiro; RAW – Regata Anual de Moliceiros; Millèsime – Encontro Nacional de Espumantes (Anadia) e a Maratona da Europa – Aveiro 2024. Não faltaram as degustações de espumante, ovos moles de Aveiro e pão de ló de Ovar.

Em simultâneo, Jorge Sampaio, vogal da comissão executiva da Turismo Centro de Portugal, participou no lançamento da 6.ª edição do Prémio Nacional de Turismo, uma iniciativa do jornal Expresso e do Banco BPI, evento que incluiu um debate sobre o tema “O Turismo em Portugal 2024: e depois de um ano de recordes?”.

Questionado sobre o crescimento da procura turística no país, Jorge Sampaio respondeu que “este crescimento é um caminho natural, uma vez que temos tudo para sermos um grande país de turismo”. “Mas é também um caminho de trabalho, feito por todos. A grande conquista dos últimos anos foi termos percebido que temos todos de trabalhar no mesmo sentido, desde os agentes económicos privados aos agentes públicos, incluindo o Governo. Quando trabalhamos em conjunto e criamos redes de colaboração, ganhamos todos”, sublinhou.

A programação no stand da Turismo do Centro não parou. O Fórum Oceano veio apresentar a Rota “Nautical Portugal – Centro de Portugal” e a CIM Oeste deu a conhecer o projeto Geopark Oeste, a App Oeste Portugal, a iniciativa Digital Nomads, em Peniche, e apresentou ainda Convenção da ARAC, em Óbidos.

Enquanto isso, noutro stand, foram anunciadas as novas aderentes da Rede de Estações Náuticas de Portugal. O Centro de Portugal passa a contar com duas novas estações náuticas certificadas, dotadas de todas as condições – são elas as estações náuticas de Penamacor e Pedrógão Grande.

O dia terminou com a Região de Coimbra a apresentar a Marca Mondego Bussaco, que junta os concelhos de Mealhada, Mortágua e Penacova numa estratégia de promoção comum.

Fonte:TCP

Crédito Agrícola assinala mês da mulher com campanha para o público feminino

No âmbito do Dia da Mulher, o Crédito Agrícola dedica o mês de março à valorização do papel da mulher na sociedade e à importância da prevenção do cancro da mama com a campanha CA Mulher, dirigida a este público.

Com o objetivo de consciencializar as mulheres sobre o impacto emocional e financeiro que uma doença oncológica possa vir a ter na vida da mulher e da sua família, o seguro de vida CA Mulher é dirigido a mulheres entre os 18 e os 55 anos e proporciona um capital seguro à escolha, que permite aceder a médicos e tratamentos mais adequados, sem depender totalmente do Serviço Nacional de Saúde, garantindo o nível de vida diário do agregado familiar Este seguro disponibiliza ainda a cobertura Carcinoma in-situ, o que permite acionar o seguro no estágio mais prematuro do cancro, prevenindo assim o seu desenvolvimento.

Dados sobre o cancro da mama em Portugal mostram que uma em cada oito mulheres sofre da doença, que o cancro da mama é a 4ª causa de morte por cancro, e se descoberto e tratado no início tem 90% probabilidade de cura, pelo que reforça a importância desta iniciativa de sensibilização que o Crédito Agrícola desenvolve junto do segmento feminino

Consciente das dificuldades que as mulheres ultrapassaram ao longo da história para garantir o seu lugar na sociedade, o Crédito Agrícola e a sua seguradora vida CA Vida criaram esta solução à medida das mulheres para que se sintam seguras, protegidas e livres para continuar a abraçar os projetos da vida.

Até ao dia 29 de Março na subscrição do seguro CA Mulher numa Agência CA, a cliente irá beneficiar da oferta especial de um voucher digital do Pingo Doce no valor de 30€.

Alunos do AEFA visitam Fábrica Centro Ciência Viva em Aveiro

Recentemente, os alunos do 9.º ano, no âmbito das disciplinas de Ciências Naturais, Físico-Química, Matemática e TIC, tiveram a oportunidade de visitar a Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro. Com a comparticipação do Clube de Ciência Viva, os alunos puderam participar em várias atividades que exploraram de uma maneira divertida diversas áreas da ciência, aumentando deste modo o interesse dos alunos pela mesma.

“Caminhar com Ciência” pelos trilhos da Guarda

Vai ter lugar, no próximo dia 24 de fevereiro, a iniciativa “Caminhar com Ciência” no concelho da Guarda. A caminhada passará pelo Castro do Tintinolho, Ribeira de Cavadoude, Calçada Romana e Barrocal, com uma distância de 11km e um grau de dificuldade moderado. A partida será realizada no Alvendre às 9h00. Esta iniciativa surge no âmbito da divulgação científica e patrimonial do Estrela Geopark Mundial da UNESCO.

Inscrições aqui: https://www.geoparkestrela.pt/atividades

“Dia do Pensamento Crítico” no IPGuarda

Discutir o papel da Inteligência Artificial na educação e a
ansiedade ambiental nos jovens são dois dos “cenários” que vão
estar em discussão da quinta edição do “Dia do Pensamento
Crítico” no Politécnico da Guarda. O impacto da literacia na
utilização de ferramentas digitais, bem como a desinformação,
serão outros dois temas da jornada de dia 13 de março.

Na edição deste ano do “Dia do Pensamento Crítico” os alunos do Instituto
Politécnico da Guarda – IPG vão discutir e encontrar soluções para quatro cenários:
desafios e oportunidades da inteligência artificial na educação; avaliação dos riscos da
ansiedade ambiental a que os jovens estão expostos; o impacto da literacia na utilização
de ferramentas digitais; e a desinformação.
O “Dia do Pensamento Crítico” vai juntar professores, especialistas e alunos de
todas as escolas do IPG. Realiza-se no dia 13 de março, a partir das 8h30, no auditório
da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico da Guarda.
O encontro consiste num concurso de ideias em que, fazendo uso das suas
competências, do pensamento crítico e do trabalho em equipa, os alunos vão ser
chamados a resolver problemas reais, quer em contexto quotidiano, quer em contextos
do mercado de trabalho.
“Os objetivos principais deste dia são consciencializar os participantes para a
importância do pensamento crítico e criativo no mundo atual, assim como fomentar
nos estudantes, de forma sistemática e estruturada, estratégias de apoio e resolução
de problemas reais e na tomada de decisão”, afirma Adriano Costa, um dos docentes
responsáveis pelo projeto no IPG.
No final da iniciativa vai ser encontrado um grupo vencedor para cada um dos
cenários. Serão esses grupos vencedores que irão representar o Politécnico da Guarda
na final nacional, a qual se irá realizar no dia 19 de abril em Lisboa.

Curso de Cuidados Básicos de Saúde com inscrições abertas

A Portugal Football School em parceria com a Associação Nacional de Enfermeiros e Massagistas de Futebol (ANEDAF), lançaram, esta sexta-feira, a 4ª edição do Curso de Cuidados Básicos de Saúde.
Esta formação, decorrerá em sessões à distância e presenciais, entre os dias 1 e 13 de abril e terá como destinatários todos os agentes desportivos que detenham acreditação do INEM válida em SBV-DAE (suporte básico de vida – desfibrilhador automático externo) e que pretendam colaborar na resposta a situações de emergência que possam ocorrer no seio de um clube desportivo.
Esta formação encontra-se estruturada em quatro módulos temáticos sobre conteúdos que se relacionam com os primeiros socorros (feridas; hemorragias e traumatismos; lesões desportivas; proteção do jogador).
A frequência do curso é gratuita para um máximo de dois elementos por cada clube envolvido no processo de certificação de entidades formadoras.
Saiba mais em: https://www.fpf.pt/…/Todas-as…/Not%C3%ADcia/news/43121

Museu Nacional Ferroviário distinguido com Certificado de Sustentabilidade

O Museu Nacional Ferroviário é reconhecido com a distinção Biosphere CERTIFIED.
Esta distinção reconhece os esforços feitos pelo Museu para cumprir os 17 Objetivos
do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.
De acordo com a entidade auditora (Biosphere): “A entidade revela uma clara
orientação para a sustentabilidade, não apenas ao nível do seu posicionamento e
orientação, mas igualmente em termos de boas práticas efetivas, pelo que felicitamos
o Museu Nacional Ferroviário pelos seus esforços em matéria de sustentabilidade.
São claras as diversas ações implementadas nos diferentes pilares da
sustentabilidade, pelo que é com muita satisfação que damos as boas vindas à
comunidade Biosphere, agora como Biosphere Certified, como exemplo de boas
práticas de sustentabilidade no setor.”

Continuamos a consolidar e implementar o nosso “Plano de Sustentabilidade”,
apresentado em maio de 2023. Um trabalho pioneiro em Portugal, no que respeita ao
reconhecimento do impacto do Museu no ambiente e na sociedade, e no assumir do
compromisso em atingir a neutralidade carbónica, em linha com o Pacto Ecológico
Europeu e com o Acordo de Paris, ratificado por Portugal em 2016.
A estratégia ambiental assumida pelo Museu Nacional Ferroviário pretende contribuir
para o Plano Nacional para as Alterações Climáticas 2020/2030, assumindo-se que o
combate às alterações climáticas é um trabalho de todos e que também deve ser uma
função do Museu, para garantir que as gerações futuras usufruam do Património
Ferroviário Nacional.