Templates by BIGtheme NET
Início » cimbse

cimbse

PAN quer ouvir Governo com caráter de urgência sobre fenómeno da violência doméstica em Portugal

O Pessoas-Animais Natureza (PAN) deu já entrada no Parlamento de um requerimento para que o Ministro da Administração Interna, a senhora Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, e a Secretária de Estado da Igualdade e Migrações sejam ouvidos em audição com caráter de urgência na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias sobre a situação da violência doméstica em Portugal. O PAN deu ainda entrada de um voto de pesar pelas vítimas de violência de doméstica, que neste ano já tirou a vida a quase tantas pessoas quanto o total registado em 2022.

“É profundamente preocupante que estejamos a meio do ano e tenhamos perdido já tantas vidas para a violência doméstica, incluindo crianças. Este continua a ser um flagelo no nosso país. Continuamos a falhar todos, enquanto comunidade, quando perdemos vidas para a violência, incluindo a violência contra crianças”, afirma a porta-voz e deputada do PAN, Inês de Sousa Real.

 

De acordo com dados da Associação de Apoio à Vítima (APAV), em média registam-se 54 casos de violência doméstica, por dia em Portugal.  Em mais de metade dos casos há antecedentes de agressões e 40% das vítimas já haviam apresentado queixa contra o homicida. Segundo o último Relatório Anual de Segurança Interna (RASI), apesar de o fenómeno da violência doméstica ter registado em 2021 uma ligeira redução (-4%), continua a apresentar “índices de participação muito elevados, sendo o crime de violência doméstica contra cônjuge ou análogo aquele que mais participações regista entre todos os crimes”. Ao todo, em 2021, foram registadas 26.520 participações. Aliás, tal como sucedeu em 2020, o crime de violência doméstica contra cônjuge ou análogo é a tipologia criminal mais participada e é cometido, sobretudo, sobre mulheres (74,9%) por agressores dos sexo masculino (81,1%). De notar ainda que, conforme mostra o RASI, em 2021, o número de casos de violência doméstica contra menores registou um aumento de 8,1% no ano passado. Adicionalmente, as crianças encontram-se não raras vezes expostas às situações de violência doméstica entre os progenitores.

 

Para o PAN, obstante a densificação que tem vindo a ser feita em matéria de legislação ou mesmo ao nível da definição de estratégias e/ou planos de atuação com vista à sua prevenção, o fenómeno da violência doméstica em Portugal continua a assumir proporções preocupantes, de forma transversal a todo o país, idades ou situações sociais. “Urge, por isso, auscultar o Governo e as principais entidades competentes nesta matéria, de modo a, conjuntamente com a Assembleia da República, ser feita uma reflexão profunda sobre as razões do enraizamento da violência doméstica na nossa sociedade, dos meios de combate e das soluções para uma sua prevenção”, vinca Inês de Sousa Real.

 

Município de Celorico da Beira passa a dispor de serviço social na área da demência através do Projeto NeuroCEDE

O Município de Celorico da Beira passa a dispor de resposta social na área da demência, com a adesão ao projeto NeuroCEDE da APS de Fornos de Algodres, implementado nos concelhos de Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Mangualde e Penalva do Castelo.
Vai ser uma resposta social direcionada para pessoas, idosas e não idosas, que estejam a vivenciar um processo de comprometimento cognitivo ou que apresentem dois ou mais fatores de risco para o desenvolvimento de quadros demenciais (diabetes, hipertensão, etc).
O município de Celorico da Beira deu os primeiros passos nesta área de intervenção, no passado mês de abril, com a sinalização de alguns casos que apresentam risco de desenvolvimento de demência.
Financiado por fundos europeus, o projeto NeuroCED visa alcançar a melhoria da qualidade de vida da pessoa com demência, e a consecução dos seguintes objetivos específicos:
1. aumento do número de pessoas com demência diagnosticadas e acompanhadas em consulta de especialidade;
2. alargamento do período entre o aparecimento do CCL (comprometimento cognitivo leve) e o declínio das demais habilidades cognitivas preservadas;
3. alargamento do período entre o aparecimento do CCL e o aparecimento dos primeiros sintomas comportamentais;
4. diminuição de sintomas depressivos na pessoa com CCL ou Demência;
5. aumento do trabalho em rede na área do apoio à pessoa com demência (juntas de freguesia, municípios e centros de saúde);
6. aumento da informação sistematizada da realidade demencial deste território, permitindo a adoção de intervenções holísticas e inovadoras.
Para a prossecução destes objetivos, o projeto NeuroCED conta com uma equipa multidisciplinar, constituída por médico psiquiatra, neuropsicóloga, assistente social, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, terapeuta da fala, psicomotricista e animadora sociocultural, que dinamiza em gabinete próprio ou no domicílio do beneficiário. No caso de Celorico da Beira a intervenção destes peritos cinge-se ao domicílio do beneficiário, onde serão levadas a cabo as seguintes atividades:
• Avaliação neuro psicológica;
• Consultas de psiquiatria;
• Estimulação cognitiva;
• Estimulação física;
• Estimulação multissensorial;
• Apoio psicossocial para pessoas com demência e seus cuidadores.

Triatlo da Guarda 2022 em julho- cortes de trânsito

A Câmara Municipal da Guarda promove, em parceria com a Federação de Triatlo de Portugal, o Triatlo da Guarda 2022, que se realiza no próximo dia 3 de julho, na Barragem do Caldeirão.

Assim, torna-se necessário proceder aos seguintes cortes de trânsito:

Dia 2 e 3 de julho – sábado e domingo

  • Troço A/G – Praia Fluvial do Caldeirão / Cruzamento da Barragem|2 sentidos |das 16h00 de sábado até às 20h00 de domingo
  • Ponte da Barragem do Caldeirão | 2 sentidos | das 16h00 de sábado até às 20h00 de domingo

Dia 3 de julho – domingo

  • Troço A/B –  Praia Fluvial do Caldeirão / Maçainhas | 2 sentidos |das 8h00 às 9h45;
  • Troço B/C – Maçainhas /Rotunda de Maçainhas | 2 sentidos | das 8h30 às 9h30;
  • Troço B/D – Maçainhas / Vale de Estrela |2 sentidos | das 9h45 às 10h15;
  • Troço D/E/F – Vale de Estrela / Alto de Famalicão / Fernão Joanes | 2 sentidos | das 8h30 às 12h00;
  • Troço F/G – Fernão Joanes / Cruzamento da Barragem |no sentido de Fernão Joanes para o Cruzamento Barragem | das 9h45 às 12h30;
  • Troço A/H – Praia Fluvial do Caldeirão – Quinta da Alqueidosa |2 sentidos | das 10h00 às 15h00.

 

XXII edição do Curso de Verão promovido pelo CEI

O Centro de Estudos Ibéricos (CEI), enquanto plataforma de intercâmbio, debate e difusão de conhecimentos sobre os territórios e as culturas ibéricas, vai promover a XXII edição do Curso de Verão subordinada ao título genérico “Novas fronteiras, outros diálogos: cooperação e desenvolvimento”, de 28 de junho a 2 de julho, retomando o formato presencial, mas possibilitando também a participação online. Ler Mais »

Pedro Capelo (Piupa) termina carreira com homenagem feita pelo Casal de Cinza

No Casal de Cinza , saiu um exemplo de grande dedicação, falamos de Pedro Capelo (Piupa) que ao fim de 16 anos aos serviço do clube, decidiu aos 35 anos por termo à sua carreira desportiva.
Deste modo, foi alvo de uma homenagem no convívio do fim da época, com a presença da vereadora do desporto do Município da Guarda e pelo Presidente do clube Luís Tomé.
Termina a carreira de atleta, mas o clube quiçá ganha um dirigente ou treinador, mas isso, se verá no futuro.
foto:CC

Bolsos dos portugueses mais vazios com subida de preços

A subida de preços afeta muitos dos portugueses e, para tentar minimizar o seu impacto no dia a dia, os consumidores procuram ser mais prudentes na hora da compra. Segundo o estudo Observador Cetelem Consumo em tempos de inflação 2022, 43% estão a optar por produtos mais baratos, 40% procuram novas formas de poupança e 38% equacionam reduzir a quantidade de compras.

Para fechar o top 5 das estratégias adotadas dado o contexto, 28% dos entrevistados revelam que passaram a escolher produtos de marcas mais acessíveis e outros 28% mencionam que esperam pelos saldos e promoções para fazer as suas compras.

Observa-se assim que os consumidores estão mais sensíveis ao preço e apresentam hoje um comportamento mais prudente, procurando para já adotar formas de poupança e por comprar menos. Apesar de 1 em cada 3 referir que vai procurar produtos de marcas mais acessíveis, a grande maioria afirma que não optará por produtos de menor qualidade (80%).

Face ao atual contexto, os consumidores esperam também um esforço por parte dos comerciantes

Quando questionados que medidas poderiam ser adotadas pelos comerciantes para evitar maior subida de preços, 42% dos portugueses inquiridos parecem disponíveis para aceitar uma potencial redução da oferta, com menor diversidade de marcas e 39% de produtos. Já as opções de beneficiarem de um serviço de pós-venda mais básico (10%), ter menos assistentes de vendas (9%) ou ter apenas caixas registadores automáticas (5%), sacrificando o atendimento humano e personalizado, não aparentam serem medidas bem acolhidas pelos consumidores. Proteger empregos no país (86%) é, aliás, um dos critérios mais importantes para a escolha de uma marca – a par do respeito pelos Direitos Humanos.

Face à subida dos preços de combustíveis e energia, 22% dos portugueses alteraram ou estão a pensar alterar o meio de transporte que utilizam. Assim, 90% dos que alteraram o meio de transporte passaram a usar os transportes públicos/coletivos e 16% vão optar por combinar viagens com familiares, amigos e colegas.

Portugueses usam poupanças para fazer face ao aumento de preços

De acordo com o estudo Observador Cetelem Consumo em tempos de inflação 2022, 3 em cada 10 portugueses, face à inflação, já usaram ou vão ter de usar as suas poupanças, nomeadamente, os inquiridos entre dos 35-44 anos (33%) e dos 45-55 anos (32%).

Face a esta situação, 28% dos inquiridos revelam também que estão a evitar pedir novos empréstimos com receio da subida das taxas de juro. E apenas 10% confirma um reforço das suas poupanças para um potencial imprevisto, sendo os mais jovens, dos 18 aos 24 anos, (13%) e os residentes na região Centro (16%) os que estão mais dispostos a fazê-lo.

Dia Mundial do Microbioma assinalado

Assinala-se segunda-feira, dia 27 de junho, o Dia Mundial do Microbioma, que tem como objetivo sensibilizar para a importância que estes seres microscópicos têm na preservação da saúde humana e do planeta. Estes microrganismos que estão em toda a parte – micróbios, bactérias, fungos – vivem também em comunidades no nosso organismo: pele, ouvidos, boca, pulmões e intestinos. A cada uma destas comunidades dá-se o nome microbiota* e tem um papel fundamental no equilíbrio do corpo humano. São os nossos escudos protetores contra doenças. Ler Mais »

Benção dos Rebanhos — Terras da Transumância em Vila Franca da Serra

A Benção dos Rebanhos na freguesia de Vila Franca da Serra vai decorrer no dia 3 de julho, domingo, no âmbito das atividades da Festa de Santo António.
Com encontro junto à Capela de Santo António, o Santo António – Santo Popular de larga e abrangente área de devoção, será celebrado pelos populares, onde se realizará a tradicional Benção dos Rebanhos, fazendo-se o devoto pedido por boas pastagens, com vista à boa alimentação, saúde, e proteção dos rebanhos.
Pelo início do verão, os pastores percorrem os planaltos da Serra com os seus rebanhos em busca de melhor pasto para as suas ovelhas – tradição que coincide com a época as festas dos Santos Populares. Com o passar dos séculos, as festas, por decorriam durante a mesma época, começaram a associar-se ao movimento sazonal dos rebanhos, celebrando-se no mesmo compasso de tempo as Festas dos Santos e a Transumância.
A Benção dos Rebanhos foi uma das iniciativas indicadas pelo Município de Gouveia na candidatura ao Aviso N.º CENTRO-14-2020-12 – que originou a criação da rede cultural “Terras da Transumância” – integrado pelos municípios de Castro Daire, Gouveia, Seia e a Agência de Desenvolvimento Gardunha 21.
Assim, as atividades desenvolvidas no âmbito da “Terras da Transumância” serão concretizadas, maioritariamente, ao ar livre, e procurarão valorizar o património de cada um dos territórios, procurando aumentar o número esperado de visitantes a sítios de património cultural e natural.
Do programa, fazem parte um concerto de receção aos visitantes pelas 16h00, seguindo-se o percurso pedestre de visitação ao Penedo Mazorro. Pelas 18h00, com concentração junto à capela de Santo António, terá início a Benção dos Rebanhos, seguir-se-á, pelas 19h00, a merenda comunitária.
As atividades são de caráter gratuito, sendo que, para participação no percurso pedestre e na merenda comunitária é necessária inscrição prévia. Para o efeito poderá inscrever-se de forma presencial no Posto de Turismo de Gouveia, sito no Jardim da Ribeira; alternativamente, através do email: turismo@cm-gouveia.pt, ou dos contactos de telefone: 238 083 930 ou de telemóvel: 962 033 099.

MORSA SATER22 um exercício em Fornos de Algodres

Decorreu no concelho de  Fornos de Algodres  uma edição do exercício de Busca e Salvamento em ambiente terrestre – MORSA SATER]
O MORSA SATER22 é um exercício internacional, que decorreu da cooperação entre Portugal e Espanha no âmbito de Busca e Salvamento (SAR) e que tem como objetivo treinar, reajustar e consolidar os procedimentos necessários à salvaguarda da vida humana.
No exercício participaram diversas entidades civis nacionais da estrutura auxiliar do serviço de Busca e Salvamento, nomeadamente ANEPC, INEM, GNR, Corporações de Bombeiros de Fornos de Algodres, Aguiar da Beira, Trancoso e Serviço Municipal de Proteção Civil.
Ao mesmo tempo realizou-se também um exercício equivalente com Resgate na Lagoa Comprida – Serra da Estrela. Um bom teste para a Proteção Civil desta região.
fotos:MFA

Secretária de Estado do Turismo e Presidente da Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo entregam prémio “Best Tourism Villages” à população de Castelo Rodrigo

A Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, efetuou hoje uma visita a territórios de dois municípios do Centro de Portugal, onde ficou a conhecer alguns projetos turísticos pensados para a região. A visita foi acompanhada por uma equipa do Turismo Centro de Portugal, liderada pelo seu presidente, Pedro Machado, e pelo presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, Luís Tadeu.

Antes de começar o dia, a comitiva pernoitou no alojamento “Colmeal Countryside Hotel”, no município de Figueira de Castelo Rodrigo. Esta é uma unidade hoteleira criada numa aldeia anteriormente abandonada, em plena Serra da Marofa, e que foi construída com os materiais da região, xisto e cortiça.

A manhã começou com uma visita ao cais de Barca D’Alva, também no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo. A visita foi acompanhada por Carlos Condesso, presidente do município, e por Inácio Ribeiro, vice-presidente do Turismo do Porto e Norte. Por ser a única localidade da região Centro de Portugal banhada pelo rio Douro, Barca D’Alva dispõe de condições privilegiadas para o aproveitamento turístico, como a comitiva testemunhou na visita ao local.

Seguiu-se uma visita à Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, onde aconteceram dois momentos institucionais no Palácio de Cristóvão de Moura. O primeiro foi a entrega à população de Castelo Rodrigo do prémio Best Tourism Villages, que foi atribuído pela Organização Mundial de Turismo a Castelo Rodrigo, distinguindo-a como uma das melhores aldeias turísticas do Mundo. A autarquia aproveitou a deslocação de hoje para a Secretária de Estado entregar o prémio à população.
Para Carlos Condesso, autarca de Figueira de Castelo Rodrigo, esta entrega do prémio à população da Aldeia Histórica “é mais do que justa, pois são eles, juntamente com quem cá investe, os maiores obreiros deste prémio, e é com eles que deve ficar”. O Presidente da Câmara fez questão de referir que este trabalho não tem um rosto apenas, tem uma população inteira que merece ser lembrada pelo poder central. Carlos Condesso terminou dizendo que “temos tudo, património edificado, cultural e paisagístico, só falta que existam mais investimentos a pensar no futuro, captando mais fluxos turísticos e fixando mais gente”.
O segundo momento consistiu na apresentação de algumas iniciativas em curso nas Aldeias Históricas de Portugal, por Dalila Dias, coordenadora da Associação das Aldeias Históricas de Portugal. A cerimónia contou também com a presença de Carlos Ascensão, presidente das Aldeias Históricas de Portugal.

Depois, a comitiva deslocou-se à cidade de Pinhel, para o lançamento do Concurso REVIVE da Casa Grande. A sessão teve lugar no átrio do edifício a concessionar, que data da primeira metade do século XVIII, estando também presentes a vice-presidente do Turismo de Portugal, Teresa Monteiro, e o presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura.

Na sequência da apresentação, foi enviado também hoje, para publicação em Diário da República, o anúncio do concurso para a concessão deste edifício histórico, um dos edifícios mais emblemáticos do centro histórico de Pinhel, tendo em vista a sua exploração com fins turísticos, ao abrigo do Programa REVIVE.

Para Pedro Machado, esta visita da Secretário de Estado do Turismo inscreve-se na estratégia de valorização do produto e de dinamização do território do Centro de Portugal, que é uma preocupação central da Turismo Centro de Portugal. Simultaneamente, esta deslocação teve também o intuito de ilustrar a importância de disponibilizar patrimónios edificados para a atividade turística, como forma de animação dos núcleos urbanos. É o que sucede com a Casa Grande de Pinhel”. “Todos os objetivos da visita foram cumpridos e saímos daqui