Templates by BIGtheme NET
Início » Covid-19

Covid-19

Vai avançar a 3ªfase de desconfinamento

Em conferência , o Primeiro Ministro António Costa  referiu que “Estamos agora em condições de avançar para a terceira fase de desconfinamento”, estamos muito perto do ponto em que estávamos em março do ano passado”, ao nível da incidência e R(t). De acordo com o líder do executivo, temos hoje uma taxa de incidência de 140 infeções por 100 mil habitantes e um Rt de 0,81″.

Assim as medidas vão ser mais moderadas a partir de 1 de outubro, aliás, Portugal  passa a estar em Situação de Alerta;
-Abertura de bares e discotecas para pessoas com certificado digital ou teste negativo;
-Fim dos limites de horários;
-Restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo;
-Fim da exigência de certificado digital em restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local;
-Fim do limite de lotação no comércio, casamentos e batizados e espetáculos culturais;
-Certificado digital ou teste negativo necessário para viagens marítimas e aéreas, em visitas a lares e estabelecimentos de saúde. O mesmo é verificado para acesso a grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos;
-Máscara continua a ser obrigatória em transportes públicos, lares, hospitais, salas de espetáculo e eventos, grandes superfícies e locais interiores de permanência prolongada;
-Máscaras deixam de ser obrigatórias nos recreios das escolas. A DGS irá também atualizar as normas sobre confinamento nos próximos dias;
-A máscara também deixa de ser obrigatória no comércio local;
-Eliminação da testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores;
-Fim da limitação à venda e consumo de álcool;
-Fim da necessidade de certificado ou teste nas aulas de grupo em ginásios.

Fonte:GP

Fornos de Algodres- Votos de Louvor entregues às instituições e Mural inaugurado

Ao fim da tarde , desta sexta-feira, foram entregues os Votos de  louvor, na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez, a todas as instituições que estiveram na linha da frente do combate à pandemia Covid-19, uma iniciativa aprovada em Assembleia Municipal , com o Município de Fornos de Algodres aos Profissionais de Saúde, aos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, ao Posto Territorial de Fornos de Algodres da Guarda Nacional Republicana, às IPSS, às Juntas de Freguesia e à Câmara Municipal de Fornos de Algodres

Seguiu-se , a inauguração do Mural de arte urbana  criado pelo artista Odeith, homenageando todas as instituições referidas. Obrigado a todos!
Manuel Fonseca referiu que:”é uma justa homenagem a todos quantos contribuíram para o combate desta pandemia no nosso concelho, foi um grande trabalho por todas esta instituições para que neste período complicado pudessem estar junto das populações, agradeço à Assembleia Municipal por ter este gesto nobre, foi uma época muito complicada, para todos”.
Por sua vez, Carlos Costa, Presidente da Assembleia Municipal, salientou que:este louvor foi votado por unanimidade e tem a ver como a forma grandiosa que todos combateram esta doença. Todas a entidades deram o seu melhor, nesta causa” .
Posteriormente serão entregues pelo Presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, Manuel Fonseca,  o Louvor às instituições que não estiveram presentes.

Entrega de votos de louvor em Fornos de Algodres

Vai acontecer uma cerimónia de entrega de votos de louvor, aprovados no passado dia 30 de abril de 2021, na Sessão Ordinária da Assembleia Municipal, onde vão entregar aos Bombeiros, Profissionais de Saúde, IPSS, GNR e Municipio de Fornos de Algodres, pela intervenção destas instituições no combate à pandemia Covid-19.

A cerimónia será nesta sexta-feira , dia 10, pelas 17 horas , na Biblioteca Maria Teresa Maia Gonzalez.

Covid-19-Guarda em risco elevado e Viseu muito elevado

Após nova reunião foi concluído que são mais de uma centena de concelhos em risco elevado ou muito elevado, onde se incluem Guarda em Risco Elevado e Viseu em Risco Muito Elevado.

55 concelhos de risco elevado
Águeda, Alcobaça, Alcoutim, Amarante, Anadia, Arruda dos Vinhos, Avis, Barcelos, Bombarral, Braga, Cadaval, Caldas da Rainha, Cantanhade, Cartaxo, Castelo de Paiva, Castro Marim, Chaves, Coimbra, Constância, Elvas, Estarreja, Fafe, Felgueiras, Figueira da Foz, Guarda, Guimarães, Leiria, Marco de Canaveses, Marinha Grande, Mogadouro, Montemor-O-Novo, Montemor-o-Velho, Murtosa, Óbidos, Ourém, Ovar, Paços de Ferreira, Paredes de Coura, Penafiel, Porto de Mós, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santa Maria da Feira, Santarém, Santiago do Cacém, São João da Madeira, Serpa, Torres Vedras, Trofa, Valpaços, Viana do Castelo, Vila do Conde, Vila Real, Vila Viçosa e Vizela.

Assim, 61 concelhos de risco muito elevado

Albergaria-a-Velha, Albufeira, Alcochete, Alenquer, Aljustrel, Almada, Amadora, Arraiolos, Aveiro, Azambuja, Barreiro, Batalha, Benavente, Cascais, Espinho, Faro, Gondomar, Ílhavo, Lagoa, Lagos, Loulé, Loures, Lourinhã, Lousada, Mafra, Maia, Matosinhos, Mira, Moita, Montijo, Nazaré, Odidelas, Oeiras, Olhão, Oliveira do Barrio, Palmela, Paredes, Pedrógão Grande, Peniche, Portimão, Porto, Póvoa de Varzim, Santo Tirso, São Brás de Alportel, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Silves, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Tavira, Vagos, Valongo, Vila do Bispo, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Vila Real de Santo António e Viseu.

Por sua vez , temos 29 concelhos em situação de alerta:

Aljezur, Almeirim, Almodóvar, Amares, Beja, Bragança, Celorico de Basto, Cinfães, Cuba, Entroncamento, Esposende, Évora, Freixo de Espada à Cinta, Mealhada, Miranda do Douro, Mirandela, Montalegre, Moura, Odemira, Oliveira de Azeméis, Pombal, Ponte de Lima, Póvoa de Lanhoso, Resende, São João da Pesqueira, Tomar, Torres Novas, Vale de Cambra, Vila Pouca de Aguiar.

Fornos de Algodres- Manuel Fonseca aconselha emigrantes a cumprir as normas da DGS

Com os meses de verão, os emigrantes regressam ás suas terras natal para descansar e visitar alguns familiares, face a isso, a Câmara Municipal de Fornos de Algodres , através de declarações à Lusa, pelo Presidente  Manuel Fonseca deixa uma palavra aos emigrantes “O grande apelo que faço, e que nós fazemos sempre, é o de que possam cumprir todas as normas definidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) de maneira a que, depois de um ano terrível que tivemos, as coisas não se compliquem ,uma vez que a pandemia “ainda não acabou”, é necessário prestar atenção “a tudo o que se possa passar”

Mas salienta ainda que, todos vêm já preparados para este processo” e que “há uma autodisciplina” na forma como se movimentam no território.

Para todos efeitos é uma fase em que todo cuidado é pouco, para tal elucida que não é possível  prever o que possa acontecer no futuro, mas tanto as pessoas de Fornos de Algodres como todas as instituições particulares de solidariedade social e os bombeiros estão atentos a alguns sinais eventualmente negativos que possam acontecer.

Em suma, espera-se o verão seja em segurança para tudo poder ficar mais fácil para todos.

Covid-19- 90 concelhos em risco elevado e muito elevado

A Ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva anunciou a conclusão do Conselho de Ministros, onde aumentaram os concelhos em risco muito elevado e elevado, no total são 90.

A situação agrava-se cada vez mais em Portugal.

Risco muito elevado: são agora 47: Albergaria-a-Velha, Albufeira, Alcochete, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Aveiro, Avis, Barreiro, Benavente, Cascais, Elvas, Faro, Ílhavo, Lagoa, Lagos, Lisboa, Loulé, Lourinhã, Mafra, Matosinhos, Mira, Moita, Montijo, Nazaré, Odivelas, Oeiras, Olhão, Oliveira do Bairro, Palmela, Peniche, Portimão, Porto, Santo Tirso, São Brás de Alportel, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Silves, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Vagos, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Gaia e Viseu.

Risco Elevado são agora 43 concelhos: Alcobaça, Alenquer, Arouca, Arraiolos, Azambuja, Barcelos, Batalha, Bombarral, Braga, Cantanhede, Cartaxo, Castro Marim, Chaves, Coimbra, Constância, Espinho, Figueira da Foz, Gondomar, Guimarães, Leiria, Lousada, Maia, Monchique, Montemor-o-Novo, Óbidos, Paredes, Paredes de Coura, Pedrógão Grande, Porto de Mós, Póvoa do Varzim, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Tavira, Torres Vedras, Trancoso, Trofa, Valongo, Viana do Alentejo, Vila do Bispo, Vila Nova de Famalicão, Vila Real de Sto António.

Em alerta estão 30 concelhos: Águeda, Alcoutim, Ajustrel, Amarante, Anadia, Cadaval, Caldas da Rainha, Castelo de Paiva, Estarreja, Fafe, Felgueiras, Guarda, Marco de Canaveses, Marinha Grande, Mogadouro, Montemor-o-Velho, Murtosa, Ourem, Ovar, Paços de Ferreira, Penafiel, Santa Maria da Feira, São João da Madeira, Serpa, Valpaços, Viana do Castelo, Vila do Conde, Vila Real, Vila Vilosa e Vizela.

 

Prémio Manuel António da Mota com prémios no valor total de 120 mil euros

Fornos de Algodres em alta no campo da Vacinação contra a Covid-19

No distrito da Guarda, temos sem dúvida centros de vacinação a trabalhar muito bem, mas destacamos o Centro de Saúde de Fornos de Algodres , assim nesta campanha de vacinação à Covid-19, com a sua equipa escalada têm estado em alta, pela eficiência que tem exercido o seu trabalho.

Deste modo, na semana passada , iniciaram a fase dos 40, neste feriado 10 de junho já estão a vacinar muitos jovens dos 30, significa que com mais dias a laborar, a comunidade fornense pode chegar à imunidade de grupo rapidamente. Deste modo, este trabalho de qualidade deve ser evidenciado .

Recorde-se que os profissionais das forças de segurança e bombeiros já receberam as duas doses das vacinas.

Governo decreta novas medidas a partir de 14 de junho

Depois da reunião de Conselho de Ministros, António Costa apresentou as novas medidas de desconfinamento.
Assim a partir de 14 de junho, as novas regras são:

-Teletrabalho recomendado nas atividades que o permitam, ou seja, deixa de ser obrigatório;
-Restaurantes, cafés e pastelarias mantém o máximo de 6 pessoas no interior ou 10 pessoas em esplanadas, mas têm até à meia-noite para admissão e 1h00 para encerramento;
-Comércio vai ter horário do respetivo licenciamento, ou seja, sem restrições;
-Transportes públicos passam a cumprir lotação de dois terços ou com a totalidade da lotação nos transportes que funcionem exclusivamente com lugares sentados;
-Espetáculos culturais passam a poder ocorrer até à meia-noite, sendo que as salas de espetáculos terão de respeitar lotação a 50% e, fora das salas de espetáculo, serão necessários lugares marcados e com regras a definir pela DGS.
-Escalões de formação e modalidades amadoras passarão a ter público com lugares marcados e regras de distanciamento definidas pela DGS.
-Recintos desportivos passam a ter público, com 33% da lotação.

Depois a partir de 28 de junho, as medidas serão as seguintes:

-Lojas de Cidadão passam a operar sem marcação prévia;
-Transportes públicos sem restrição de lotação.
-Escalões desportivos profissionais ou equiparados vão passar a ter público com outras regras a definir pela DGS;

Seia atingiu 10 mil vacinados no concelho

O Concelho de Seia atingiu a marca de ter já  10.000 pessoas vacinadas.

Assim , no Centro de Vacinação de Seia, teve lugar uma cerimónia simbólica com a entrega de uma lembrança à cidadã a quem foi administrada a vacina 10 mil.
Apesar de simbólico, foi um gesto repleto de esperança e entusiasmo, reflexo do empenho de todos os profissionais e da colaboração da população no caminho que se tem percorrido na luta contra a pandemia.
Marcou presença o autarca senense Carlos Filipe que juntamente como o staff que coordena o Centro.