Templates by BIGtheme NET
Início » desporto motorizado

desporto motorizado

Drift anima Cidade Falcão neste fim de semana

Neste fim de semana, a adrenalina vai acontecer na cidade falcão, com a realização das provas de Drift,  este ano o programa é composto por dois dias de competição que integram o Campeonato de Portugal de Drift e com duas novidades um prova noturna e a Taça Intercontinental que vai levar à Cidade Falcão, além dos melhores portugueses da modalidade, pilotos suíços, franceses, espanhóis e brasileiros.

driftO programa reserva dois dias de adrenalina, com sessões de treinos livres, qualificações, várias batalhas nas três categorias e a prova noturna de sábado, dedicada à Taça Intercontinental. Ao longo do fim de semana ainda serão possíveis vários co-drives com alguns pilotos.

A organização vai, uma vez mais, entregar o troféu Daniel Saraiva, homenageando e recordando o piloto de Drift da região desaparecido prematuramente. O troféu será atribuído ao piloto com mais Fair Play, independentemente da categoria.

Vão ser muitos os visitantes que vão encher a zona delimitada para esta grande prova que transformou a Cidade Falcão na capital do Drift.

 

CPT4x4 2022 -Inscrições abertas para Leomil

Falta pouco menos de um mês para a quinta etapa do Campeonato Portugal de Trial 4×4. A 3 e 4 de setembro a competição está de regresso a Leomil, Moimenta da Beira, para uma competição épica nos “calhaus do diabo”.

À semelhança de 2021, é esperada uma lista de inscritos bem preenchida e também a presença em massa do público. Esta será a terceira prova da temporada no distrito de Viseu e já ficou provado que por lá há muitos aficcionados da modalidade.

A quinta etapa do CPT4x4 2022 realiza-se no fim de semana de 3 e 4 de setembro. No sábado as verificações e parque fechado. Já no domingo a pista no já conhecido Alto da Portela em Leomil, Moimenta da Beira.

Pinhel vai ser a Capital do Drift pelo sexto ano

O Campeonato de Portugal de Drift vai cumprir a sua quinta jornada em Pinhel nos dias 20 e 21 de agosto, prova organizada em conjunto pela Câmara Municipal de Pinhel e pelo Clube Escape Livre. Será o sexto ano da prova beirã e terceiro a contar para a competição nacional da disciplina, onde Rui Pinto é o piloto embaixador.

A cidade e o Circuito de Pinhel vão receber a caravana da competição num traçado que tem vindo a ser evoluído de acordo com a sensibilidade e desejos dos pilotos, sendo essa uma das novidades da sexta edição da prova.

A outra grande novidade será a realização da Taça Intercontinental. Esta é uma evolução sensível face às últimas edições onde pilotos espanhóis, franceses e suíços disputaram a Taça Internacional.

O epíteto de “Capital do Drift” não foi outorgado de forma leviana e a fama da prova organizada pelo Clube Escape Livre ultrapassou fronteiras e vai trazer até Portugal vários pilotos. Para lá dos habituais concorrentes portugueses, espanhóis, franceses e suíços, estará presente um piloto brasileiro, Bruno Bar.

Com a Taça Intercontinental integrada nas tentativas do Campeonato de Portugal de Drift, destaque para as presenças do suíço Michael Perrotet, vencedor da Taça Internacional em 2021 e do francês Laurent Cousin vencedor em 2019. No total serão 16 pilotos a competir nesta taça enquanto que para o campeonato, com as inscrições a decorrer neste momento, são aguardados cerca de 30 participantes.

O programa proposto pelo Clube Escape Livre para a sexta edição do Drift de Pinhel está condensado em dois dias (sábado e domingo). As verificações técnicas e administrativas e o “briefing” realizar-se-ão na manhã de sábado (20 agosto), seguindo-se os Treinos Livre entre as 14h00 e as 18h00. Novo briefing antecede a pausa para jantar e depois sessão de treinos de batalhas às 20h45, a prolongarem-se por uma noite de fortes emoções.

No domingo (21 agosto) o “Warm Up” arranca às 09h00. As qualificações começam às 10h00 com a categoria Pro, seguindo-se os dois grupos da categoria Semi Pro entre as 10h50 e as 11h40. Os Iniciados entram em pista para a qualificação às 12h30.

A parte da tarde está reservada para as batalhas para as categorias Semi Pro e Pro (14h30 e 15h50), com as finais logo de seguida às 16h35 e às 17h05, respetivamente. A entrega de prémios será feita às 18h00.

O prémio Fair Play Daniel Saraiva será uma vez mais atribuído para evocar a memoria de um piloto que esteve na primeira edição de Pinhel.

O Drift de Pinhel é das mais desejadas pelos pilotos e a sexta edição do Drift de Pinhel foi apresentada nas instalações do Intermarché/Roady da Guarda. Contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, e do presidente do Clube Escape Livre, Luís Celínio.

Através de mensagem vídeo foi possível assistir as mensagens do suíço Michael Perrotet e do brasileiro Bruno Bar ambos entusiasmados por participar na prova de Pinhel.

Rui Pinto esteve presente como embaixador da prova e com o seu carro de Drift.

Rui Ventura, presidente da Camara de Pinhel destacou o facto de “Pinhel continua empenhado no sucesso do Drift, modalidade que tem dado visibilidade à cidade e trazido muita gente ao território. São eventos diferenciados como este que merecem o nosso apoio”.

Já Luis Celinio, presidente do Clube Escape Livre, afirmou que: “Assistimos finalmente a um campeonato dinâmico e competitivo e não podemos estar mais contentes. Sabemos bem do contributo de Pinhel para esta afirmação e vamos continuar a fazer a nossa parte. O Drift é uma modalidade espetacular com milhares de adeptos que esperamos de braços abertos na Cidade Falcão”.

Perícia Cidade da Mêda a 14 de agosto

O desporto automóvel regressa em força ao município da Mêda. Numa parceria entre o Guarda Unida Desportiva e a autarquia medense, realizar-se-ão, no mês de agosto duas importantes provas automobilísticas.
A primeira prova é já no dia 14 de agosto, domingo, a Perícia Cidade da Mêda, a contar para o Campeonato de Portugal de Perícias e para o IV Troféu Raiano de Perícias; a segunda prova terá lugar no dia 28 de agosto, domingo, a V Rampa da Mêda.
A Perícia Cidade da Mêda vai realizar-se no largo junto à Escola C+S e conta com os pilotos concorrentes ao respetivo campeonato nacional, podendo participar concorrentes extracampeonato, desde que possuidores de carta de condução.
A Rampa Regional da Mêda é uma prova que consiste na realização de três Subidas (uma de
treino e duas de prova) na Estrada 331 – sentido Longroiva – Mêda, no sentido ascendente,
(coordenadas: Latitude – 40°57’51.02″N e Longitude – 7°12’56.62″W), à saída da localidade de
Longroiva e o seu final na mesma via (coordenadas: Latitude – 40°57’59.34″N e Longitude:
7°14’54.70″W), após a rotunda de acesso à cidade, sendo sempre percorrida no sentido ascendente,
num percurso cronometrado de 3,6 Km, para a qual existe já um importante número de pilotos
inscritos. Para além da competição, a contar para o Racing Trophy das Beiras 2022, haverá outros
aliciantes para o público, como é o caso de um encontro de clássicos, os drifts e o camião de
competição.
Para correr a rampa os pilotos deverão, no mínimo, ser possuidores da licença desportiva C.
Todos os pilotos devem proceder atempadamente à sua inscrição no Portal da FPAK ou junto da
organização.

Muito público e grande adrenalina nas Lajes (Fernão Joanes)

O Crossódromo Internacional das Lajes em Fernão Joanes, Guarda, recebeu pela primeira vez, neste sábado, o Campeonato Nacional de Supercross, com muitos pilotos e muito público presente.

Alex Miguel (SX2), Hugo Basaúla (SX1) e Paulo Alberto (SX Elite) foram os vencedores da 1° edição do Supercross, uma prova noturna, que contou com um novo traçado, novos pilotos, muita adrenalina, e com muitos prémios! A novidade, na prova de Fernão Joanes, foi a prova de duelos. A animação ficou a cargo dos Rock Out e do DJ Sousa para animar a noite. A iniciativa foi da Associação Cultural e Recreativa de Fernão Joanes, com o apoio do Município da Guarda.

fotos:MG

Campeonato de Portugal de Perícias – Figueira de Castelo Rodrigo

“Este fim-de-semana o Slalom de Castelo Rodrigo com uma jornada dupla para o Campeonato de Portugal de Perícias vai reunir o extraordinário número de 40 pilotos oriundos de todo o país.

O XXIII Slalom de Castelo Rodrigo tem lugar no Estádio Municipal, este sábado a partir das 21H00 e o público pode assistir às provas comodamente instalado nas bancadas e a 3ª Grande Perícia Automóvel da Figueira está prevista para domingo às 14H na Avenida Sá Carneiro no centro de Figueira de Castelo Rodrigo.

Já considerada a prova rainha das Perícias, faz, de novo, jus ao seu nome apresentando os melhores pilotos nacionais e o maior número de participantes de uma prova do Campeonato de Portugal até ao momento realizada.”

 

“Portugal Rowing Tour” 22 em Tábua

Remadores de sete países europeus vão descobrir o território do rio Mondego no próximo mês de agosto, durante a edição de 2022 do “Portugal Rowing Tour”. O Turismo Centro de Portugal e o Ginásio Clube Figueirense apresentaram hoje o evento, em conferência de imprensa realizada no Luna Hotel de Tábua.

O Portugal Rowing Tour é um evento anual de remo de lazer, organizado desde 2008 pelo Ginásio Clube Figueirense e apoiado pelo Turismo Centro de Portugal, e que atrai à região remadores de várias nacionalidades. Durante a sua estada, em unidades hoteleiras da região, os participantes, amigos e familiares aliam a prática do remo ao convívio e à descoberta do património natural, cultural e gastronómico da região onde os circuitos acontecem. Este evento segue um modelo com grande expansão na Europa, onde existem mais de dois milhões de praticantes, e do qual o Ginásio Figueirense e o Turismo Centro de Portugal foram precursores em Portugal.

Ao longo das suas edições, o Portugal Rowing Tour já explorou as águas dos rios Mondego, Zêzere, Douro e Tejo, além da Ria de Aveiro. O circuito de 2022 do Portugal Rowing Tour acontece de 11 a 14 de agosto e realiza-se novamente no Mondego, com a base logística a ser a cidade de Tábua.

Ao longo dos quatro dias, os participantes vão realizar quatro etapas, sempre na albufeira da barragem da Aguieira: São João de Areias – Sra. da Ribeira; Sra. da Ribeira – Santa Comba Dão; Santa Comba Dão – Chão do Vento; e Chão do Vento – Montebelo Aguieira Lake Resort. No total, os remadores – belgas, franceses, holandeses, ingleses, irlandeses, luxemburgueses e suecos – remarão cerca de 50 quilómetros nos concelhos de Tábua, Mortágua e Santa Comba Dão.

A conferência de imprensa contou com intervenções de Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, Joaquim de Sousa, presidente da Assembleia Geral do Ginásio Clube Figueirense, Artur Silva, da equipa de apoio ao Portugal Rowing Tour, e António Oliveira e David Pinto, respetivamente vice-presidente e vereador da Câmara Municipal de Tábua.

Na ocasião, Pedro Machado destacou a importância de eventos como o Portugal Rowing Tour para o Centro de Portugal. “Os territórios como aqueles onde se vai realizar este Rowing Tour são hoje uma aposta clara da procura turística no Centro de Portugal. Os visitantes procuram estes territórios porque aqui têm segurança, têm espaço, têm natureza, têm ar livre. É uma tendência que aumentou com a pandemia e que veio para ficar. Por isso, eventos como este, que se disseminam por vários municípios, são muito bem-vindos à região. O combate às assimetrias regionais faz-se praticando e este é um bom exemplo”, justificou.

Pedro Machado destacou ainda a capacidade de “internacionalização” deste evento e o facto de se inserir na estratégia do Turismo de Portugal: “A partir de 2022, o país está a trabalhar novos segmentos de oferta de produtos turísticos. É o caso do turismo desportivo, que se está a posicionar na oferta de Portugal nos mercados internacionais. Assim, o Rowing Tour contribui para aumentar o leque de oferta do Centro de Portugal a esse nível”.

Por parte do Ginásio Clube Figueirense, Joaquim de Sousa recordou que este evento acontece na região graças ao apoio do Turismo Centro de Portugal, que vem já desde 2008, e sublinhou o grande potencial das atividades náuticas de lazer. “Em Portugal, não há mais nenhum clube que se dedique a isto, mas na Europa, nomeadamente em França, Alemanha, Holanda e Inglaterra, este tipo de realizações é frequentíssimo, atraindo milhares de participantes. É um segmento de mercado que tem larguíssimas potencialidades, porque se estende a outros setores da oferta turística”, frisou.

O vereador David Pinto enalteceu a escolha de Tábua para ser o centro nevrálgico deste evento, o qual “se insere na estratégia de promoção do concelho de Tábua, aproveitando os recursos naturais, como os rios Alva e o Mondego, que oferecem excelentes capacidades para a prática de desportos náuticos”. “Toda esta oferta é complementada na perfeição com a nossa gastronomia, os vinhos do Dão e os Queijos da Serra da região. Tenho a certeza de que os participantes vão gostar e vão querer regressar a Tábua”, disse. António Oliveira reforçou a ideia, lembrando que o concelho de Tábua é todo ele banhado pelos rios Mondego e Alva, pelo que o Rowing Tour faz todo o sentido acontecer neste território.

Kartcross-Pódio para Alexandre Borges em Montalegre

NelaSport – 2º lugar em Montalegre – Camp. Port. Kartcross

Nem a onda de calor afastou pilotos e máquinas da Capital do Barroso, que foi o palco da quarta ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross.

Um dos pilotos que esteve em destaque, foi o jovem piloto nelense, que desde cedo mostrou que estava focado em lutar pelo pódio, no Circuito Internacional de Montalegre e que contou ainda com a presença de Ricardo Teodósio, atual Campeão Nacional de Ralis em título, no seu paddock.

Não fosse a penalização de três segundos aplica na qualificação um, fruto da transposição da linha de acesso à Joker Lap, o piloto da NelaSport teria feito o pleno de vitórias nas três corridas de qualificação, ao longo do fim de semana.

Partindo na segunda posição na grelha de partida para a Final, nunca deu o lugar por garantido, impondo um ritmo forte até ao cair da bandeira de xadrez, saindo de Montalegre com o 2º lugar na corrida.

“Apesar das altas temperaturas que se fizeram sentir ao longo do fim de semana, voltámos a impor um ritmo forte e demos tudo em pista. Saímos com mais um pódio e pontos importantes para sedimentar o segundo lugar do Campeonato, neste primeiro semestre. Agora temos a pausa de agosto, o que nos vai permitir pensar mais calmamente a segunda metade do Campeonato e acertar algumas decisões importantes com o resto da equipa”, refere Alexandre Borges.

Fotos: News_motor_sports

Campeonato de Portugal de Kartcross e Alexandre Borges estão de regresso

Vai acontecer no próximo fim de semana de 16 e 17 de julho, que pilotos e máquinas, regressam ao Circuito Internacional de Montalegre, para a 4ª ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross.
Adrenalina e emoção até ao cair da bandeirada final, serão certamente os ingredientes das várias corridas ao longo do fim de semana.
Presença confirmada, é o piloto da NelaSport, Alexandre Borges, que depois da vitória absoluta, no Guarda Racing Days, pretende ser novamente um dos
protagonistas do fim de semana.
Depois do infortúnio da terceira corrida de qualificação em Lousada, que
condicionou de certa forma a minha prestação na final, parto para Montalegre com a
mesma determinação de sempre, dar tudo em pista, na luta pelos lugares cimeiros do
pódio. Apesar de ser um discurso recorrente, o Campeonato está cada vez mais
competitivo, como têm provado os tempos nas diferentes corridas. Temos tido
sensivelmente uma dezena de pilotos a rodar no mesmo segundo, o que implica que
o grau de concentração tem que estar sempre em níveis bastante elevados e a
margem de erro, seja reduzida a zero. É excelente que a competitividade esteja em
alta, mas estamos determinados em conquistar um bom resultado em Montalegre”,
acrescenta Alexandre Borges.

Jorge Carvalho/Tiago Neves vão estar no próximo Rali de Famalicão

Após a conquista do Campeonato Start do Centro e, quando ainda falta disputar uma prova, Jorge Carvalho decidiu rumar até ao Norte e participar no Campeonato Start do Norte aos comandos do seu Peugeot 208 R2.

O piloto de Vila Nova de Poiares vai ser navegado nesta aventura pelo Tiago Neves em virtude do seu habitual navegador, o Rodrigo Pinheiro, ter compromissos que o impedem de sentar na bacquet direita do Peugeot. Não estava nos nossos planos disputar esta prova, mas foi-nos endereçado um convite para marcarmos presença e, após atingirmos o nosso objetivo que era sermos campeões Start do centro decidimos rumar até Norte”, começou por referir Jorge Carvalho. “Desta feita não terei o Rodrigo Pinheiro, mas terei o jovem Tiago Neves que para mim é uma das maiores promessas a nível nacional no que toca a navegadores e tenho a certeza que irá ter uma carreira repleta de sucessos. Apesar de ser uma prova desconhecida para nós o objetivo passa por mostrarmos um andamento forte e andarmos nos lugares cimeiros da classificação, mantendo o mesmo nível a que temos andado.”, continuou o piloto.

Vamos contar com a estrutura da nossa equipa, a Domingos Sport e esperamos o apoio de todos os nossos amigos, apoiantes e seguidores. Esperamos por vós no Rali de Famalicão”, conclui Jorge Carvalho.

Organizado pelo Team Baia, o Rali de Famalicão será disputado em pisos de asfalto nos próximos dias 23 e 24 de julho.  Dividido em 6 especiais cronometradas os participantes terão de percorrer 165,47km sendo que 50,88kms serão disputados ao cronómetro.