Início » Distrito de Viseu (Pagina 532)

Distrito de Viseu

Quartel Electrão avança para a 3ªedição

14925230_1068522819911898_7441276600253497127_nA Amb3e lançou novo repto às corporações de todo o País para se juntarem a esta ação, e ajudarem a promover junto da comunidade, a reciclagem dos equipamentos elétricos e pilhas usadas.

Esta é a oportunidade de lhes retribuir o apoio que os Bombeiros dão. Todos os resíduos reunidos pelos Bombeiros serão convertidos numa contribuição financeira, proporcional às quantidades recolhidas numa lógica de €/tonelada.

Depois do sucesso da 2ª edição do Quartel Electrão, nova ação está em marcha.

Todas as corporações que participaram na anterior campanha estão automaticamente inscritas. as novas inscrições decorrem de 2 de novembro a 2 de dezembro de 2016, tendo depois início a partir de 15 de dezembro de 2016.

Prémios

1º prémio absoluto
Ambulância*

1º prémio Pilhas 
1.500 € EPI

1º prémio Lâmpadas
1.500 € EPI

Prémios per capita
8 cartões pré-pagos de combustível

Lista de vencedores da 2ªedição

Prémio Total: Ambulância de Transporte de doentes
AHBV Famalicenses, com 65 871 kg de resíduos

Prémio Pilhas: Equipamento de protecção individual no valor de 2.000 euros
AHBV Marco de Canaveses, com 1933 kg de pilhas

Prémio Lâmpadas: Equipamento de protecção individual no valor de 1.000 euros
AHBV Lordelo, com 1516 kg de lâmpadas

Prémios per capita: Cartões pré-pagos de combustível no valor de 1.000 euros.
1º AHBV Pampilhosa, com 4,64 kg/habitante
2º AHBV Pinhelenses, com 4,28 kg/habitante
3º AHBV Santa Comba Dão, com 3,26 kg/habitante
4º AHBV Fornos de Algodres, com 3,25 kg/habitante
5º AHBV Figueiró dos Vinhos, com 3,03 kg/habitante

 

Ação “Melhorar a Sustentabilidade Organizacional” em Aguiar da Beira

14993400_1832477856988400_7432082103085291171_nDecorreu na tarde desta quinta- feira, no auditório municipal de Aguiar da Beira, com organização a cargo do Aguiar no Coração e do Centro Social e Paroquial de Dornelas, um workshop dedicado ao tema ” “Como Melhorar a Sustentabilidade Organizacional”, contou com a presença de cerca de três dezenas de participantes que se mostraram muito atentos às diversas preleções que o Prof. Ivo Domingues, a lecionar atualmente na Universidade do Minho, que procurou elucidar os presentes como melhorar a sustentabilidade organizacional, nos dias de hoje.14956380_1832477863655066_8184882842506229958_n

Por:Aguiar no Coração

 

Sessão de esclarecimento Exportar + em Gouveia

exportarmais1No âmbito do Projeto Exportar +, iniciativa que visa potenciar o sucesso da internacionalização das PME da região de Viseu Dão Lafões, Beiras e Serra da Estrela, será promovida uma sessão de esclarecimento dedicada à internacionalização e aos apoios às empresas no âmbito do Portugal 2020, que irá decorrer no dia 19, pelas 21h00, na sala de Formação do Teatro-Cine de Gouveia.

Face ao interesse que estes temas representam para as empresas da região, convidamos todos os empresários do Concelho de Gouveia para esta Sessão de Esclarecimento que irá decorrer com o seguinte programa:

PROGRAMA
20:45H | Receção dos Participantes
21:00H | Abertura
Luís Tadeu, Presidente da Câmara Municipal de Gouveia
Paulo Garcia, Presidente da Direção da Agência para o Desenvolvimento dos Negócios de Gouveia – ADNGOUVEIA
Pedro Tavares, Presidente da Direção do NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda
21:25H | Apresentação do Projeto Exportar+ e sensibilização sobre a importância da internacionalização para a competitividade das PME’s
Consultor Especialista
21:55H| Apoios às empresas no âmbito do Portugal 2020
NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda
22:10H| Debate
22:30H | Encerramento

Esta é uma iniciativa promovida pelo NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda, com a colaboração da Câmara Municipal de Gouveia e a Agencia para o Desenvolvimento dos Negócios de Gouveia – ADNGOUVEIA.

Investimento em contentores subterrâneos em Mangualde

0mInvestimento insere-se num projeto da Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão

A Câmara Municipal de Mangualde investe cerca de um milhão de euros, comparticipados em 85%, em Contentores subterrâneos para a recolha de resíduos urbanos. Este investimento, que representa um melhoramento do ambiente, da paisagem urbana e da higiene em todo o processo de depósito e recolha de resíduos, insere-se um projeto da Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, para os 19 municípios da região num investimento global de cerca de quatro milhões de euros.

Serão colocadas 32 ilhas ecológicas em Mangualde, sendo que cada uma delas terá quatro pontos de recolha: papel, vidro, plástico/embalagens e resíduos domésticos indiferenciados. Este projeto prevê a sua execução ao longo de dois anos, em 2017 e 2018.

CONTENTORES SUBTERRÂNEOS VÁRIAS VANTAGENS AMBIENTAIScmm

À superfície serão colocados discretos marcos de deposição e estes assentarão numa tampa com acabamento coincidente com a área envolvente. No interior de uma cuba de betão pré-fabricada será colocado um contentor de grande capacidade adaptado a qualquer tipo de camião de recolha para resíduos.

Estes contentores trazem claras vantagens ambientais a Mangualde. Desde logo porque a paisagem fica mais agradável, uma vez que os contentores estão no subsolo e detêm uma capacidade três vezes maior do que os contentores tradicionais, e uma melhoria de higiene em todo o processo, pois os resíduos não ficam acessíveis a animais e a demais invasões.

Por:Mun.Mangualde

Conversa com o Provedor da ISCMFA, Luís Miguel Ginja

Peregrinação das Misericórdias  2 outubro (89) Que balanço das comemorações dos 350 anos nos pode fazer?

Foi o culminar de um ano que marcou esta instituição, neste dia 15 de outubro, que completou três séculos e meio é importantíssimo, a vinda do senhor Bispo D.Ilídio, a presidir as cerimónias e a visita que efetuou a todos os utentes desta instituição, onde fez questão de os cumprimentar, ter uma igreja da Misericórdia cheia de pessoas e de irmãos, só demonstra que estamos cá e que os fornenses acreditam na instituição.

Tenho de salientar a disponibilidade do nosso Bispo em vir a Fornos nesse dia, que deixou aqui uma mensagem “os colaboradores da instituição são a vida e a saúde desta casa”, esta frase marcou-me, pela sua simplicidade, aliás foi recebido sem grandes formalismos, e a sua visita engrandeceu o dia, para além de a ter escrito no livro de honra mas também a presença de seis padres que também marcaram presença, sendo alguns deles de comunidades vizinhas, com alguma ligação a esta instituição.

Uma cerimónia grandiosa, que valorizou Fornos de Algodres, as palavras que o senhor Bispo nos trouxe, foram palavras de esperança em prol da instituição, com a particularidade de termos um cuidado especial e cada vez mais com os nossos utentes.

Foi um ano importante, tivemos o privilégio de uma pintora fornense ter colocado na tela a imagem da Igreja da Misericórdia, que fica aqui nesta unidade para todos poderem admirar esta obra.

É importante salientar a grande adesão dos irmãos nesse dia e todas as iniciativas que decorreram ao longo deste ano festivo, a vinda do nosso bispo representou a forte ligação entre a Santa Casa e a Igreja.

D.Ilídio referiu nesse dia que era Bispo de Fornos revela carinho por esta localidade?

Sim, é do conhecimento público, que este estudou aqui em Fornos, no Seminário, tem fortes ligações a esta comunidade e sem dúvida que neste dia também ficou satisfeito, pela forma como a cerimónia tinha sido preparada e pela eucaristia que foi o ponto alto, deixando aqui também uma palavra de apreço para o todo grupo coral que anualmente vai animando as nossas eucaristias vespertinas e nesse dia, estavam muito bem preparados IMG_1176a nível de cânticos, o que para nós, Santa Casa, nos regozija.

Também não posso de deixar de referir a mensagem que D.Nuno Almeida, nos enviou a dar os parabéns e a deixar palavras de carinho a todos.

Esta instituição só é assim, porque temos colaboradores fantásticos, prestam um grande serviço e embora sendo uma equipa nova a nível de idades, mas muito competentes, aliás quando cheguei tive algum receio, mas dois anos depois a equipa mantém-se e demonstra o carinho e grande trabalho pelos nossos utentes.

A Peregrinação das Misericórdias em Viseu foi um dia especial?

Sim, foi um desafio do nosso Bispo D.Ilídio, dado que antigamente, as Misericórdias ficavam acomodadas, devido à permanência dos Provedores muitos anos nos cargos.

Coisa que não acontece agora nas Misericórdias desta região, casos de Fornos, Penalva, Santar e Mangualde que recentemente alteraram os seus provedores e sobretudo pessoas mais jovens com outras dinâmicas.

Este desafio de IMG_1402D.Ilídio e do Cónego Miguel Abreu foi bastante proveitoso, porque estiveram presentes 10 das 14 Misericórdias, conseguimos levar muitos Irmãos a Viseu, onde toda a cerimónia foi muito bonita, o desfile entre o Centro Pastoral e a Sé de Viseu, e a Eucaristia celebrada por D.Ilídio, engrandeceu as Misericórdias, dado que tem agora mais visibilidade e refiro especificamente que as coisas têm de mudar.

Sou apologista do limite de mandatos, em tom de brincadeira, refiro que o arciprestado da Beira Alta é o melhor da diocese, e na verdade os outros colegas também partilham desta opinião, porque existe uma amizade entre todos, aliás prova disso, que D. Ilídio lançou o desafio de todos os anos ser feito o Dia das Misericórdias, com o local a ser rotativo.

Também falamos frequentemente, entre todos, sobre os assuntos que são comuns entre Misericórdias e ajudamo-nos uns aos outros, temos novas ideias e queremos mostrar trabalho.

A segunda edição da Feira da Saúde teve muito impacto?

Sim. Nasceu o ano passado, da ideia de três técnicas desta instituição, Drª Patrícia, Drª Rita e Enfª Rita, que são muito competentes e uma grande ambição.

Este ano, com a ambição de envolver toda a comunidade fornense, estiveram mais de meio milhar de pessoas, numa população tão restrita como é a de Fornos de Algodres, ter 10% a frequentar a feira da saúde, é muito bom, onde foram proporcionadas palestras dos mais diversos temas.

As pessoas aderiram mais aos rastreios que proporcionamos das mais diversas índoles, desde a psicologia, terapia da fala, nutrição, enfermagem.

Tivemos uma grande envolvência da parte do Agrupamento de Escolas, e da grande parte das associações de Fornos de Algodres, aliás todas as IPSS estão a trabalhar todas unidas em prol do desenvolvimento e o melhor para Fornos, de realçar o papel do Instituto do Sangue nesta feira.

Foi a primeira vez que tivemos um alto representante da União das Misericórdias Portuguesas, Dr. Paulo Moreira, e o Presidente do Secretariado, Dr. Anselmo Antunes presentes na abertura desta feira.

Agora todos os técnicos estão de parabéns pelo trabalho desenvolvido, e este ano a passagem a dois dias foi importante na medida, o primeiro dia voltado para a população geral e o segundo para as instituições e para o Agrupamento de Escolas, funcionou bem e fica colocado um desafio, para o ano queremos muito mais.

Para o ano talvez abrir o leque a outras instituições para mostrarem também os seus serviços, isto é, cada uma ter uma barraquinha de divulgação dos seus serviços.

Que balanço faz destes dois anos a liderar a ISCMFA?

Nós quando nos propusemos a iniciar este trabalho, tínhamos um objetivo sério e bem definido, que era devolver a instituição Santa Casa a Fornos de Algodres, objetivo esse que está conseguido e está aos olhos de todos, nestes dois anos as pessoas tiveram uma visibilidade do trabalho desenvolvido, dado que a taxa de ocupação era de 20% de pessoas desta localidade, é hoje muito maior, cerca de 50%.

Quase duplicámos o número de irmãos nesta instituição, dado que era uma instituição fechada e hoje está aberta a todos.

Agora pretendemos aumentar as instalações quer na parte da unidade e na parte do Lar residencial, podemos ainda proporcionar melhores condições à população fornense.

Era importante mudar um pouco o rumo da instituição, hoje fala-se da instituição por bons motivos, ao contrário de antes de chegarmos, agora foram dois anos muitos exaustivos, aliás costumo dizer em jeito de brincadeira que se hoje fosse embora já ia satisfeito pelo grande trabalho que realizámos.

Quando cheguei muitas coisas não estavam bem, e estamos a tentar resolver, agora neste momento, muita coisa melhorou, os fornecedores e os funcionários passaram a receber a tempo e horas, há mais regularidade, também agora as compras são realizadas em Fornos de Algodres, apenas com a excepção de produtos de enfermagem e farmacêuticos, que tem obrigatoriamente de fora.

Também conseguimos através a da ARE Centro de ter 4 quartos particulares porque temos espaço, agora a ocupação é de 100%, na unidade não é fácil ter vagas, porque temos sempre gente em espera na plataforma, no lar está sempre cheio, apesar de existir alguns falecimentos, como é natural nestas casas.

Neste momento temos uma parceria com a AD Fornos de Algodres, onde os ajudamos com as refeições aos atletas e em troca proporcionam aqui aos nossos idosos momentos importantes e que os torna muito mais felizes, agora são coisas novas que os utentes gostam.

O ano de 2017 vai ser importante para a instituição?

Vai ser trabalhar no programa 2020, este novo quadro vai ser importante desde que abra, porque ainda não há previsões da data certa, agora o nosso projeto ronda o meio milhão de euros, com o fundo a pagar 85% e nós 15%, as obras têm de se enquadrar no edifício porque a ampliação remete-se a 6/7 quartos, agora tem de ser bem financiada, porque a Santa Casa não tem disponibilidade financeira para isso.

IMG_1409A Igreja da Misericórdia também está contemplada neste projeto, onde está previsto a recuperação dos dois altares e logo que abra o fundo, é um projeto praticamente aprovado, agora tem sido feito o trabalho normal de manutenção, desde o pintar as portas, as mesas no exterior, a beleza do interior sempre bem ornamentada pela boa vontade das senhoras que semanalmente vão fazendo esse trabalho, também o andor do Sr. dos Passos está montado na Igreja e vamos colocar em volta uma peça de acrílico para o poder preservar mais.

São também muitos os visitantes que passam pela Igreja, agora a ligação com os nossos párocos é muito boa, porque a Igreja é de todos os fornenses.

Uma palavra a todos os Irmãos fornenses e comunidade em geral?

Os fornenses podem contar com a Santa Casa, esta instituição é de todos os fornenses, todos podem vir e participar, somos a entidade coordenadora da CLDS 3G Servir Fornos, com a Câmara Municipal a ser a entidade promotora, onde a equipa é muito unida e tem feito um grande trabalho com o objetivo de fazer mais e melhor pelos fornenses, e a Santa Casa neste momento, não está só direcionada para os idosos, dado que temos um gabinete que proporciona à procura de emprego e uma data de valências, agora as pessoas têm de nos procurar, tentamos dar a divulgação que achamos melhor.

A população pode contar connosco e que nos procurem.

Reportagem de António Pacheco

 

Feira dos Santos visitada por milhares de pessoas

IMG_5906 Milhares de pessoas visitaram este fim de semana (4 a 6 de novembro) a tradicional Feira dos Santos de Mangualde. Promovida pela Câmara Municipal de Mangualde, o certame decorreu no centro da cidade e teve como lema «Da Tradição à Modernidade».

A Cerimónia Protocolar de Abertura da Feira dos Santos 2016 teve lugar no dia 4 de novembro, sexta-feira, pelas 19h30, no Mercado Municipal Dr. Diamantino Furtado e contou com as presenças e intervenções do Presidente da Câmara Municipal deIMG_5946 Mangualde, João Azevedo, e do Presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado. O certame contou ainda com o apoio da Associação de Desenvolvimento do Dão e do Turismo do Centro Portugal.

O Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo anunciou a candidatura da Feira dos Santos a património nacional:

«Iremos pedir a certificação da Feira dos Santos como património nacional. A certificação da Feira dos Santos é hoje uma obrigação porque hoje tem qualidade, tem competência, resume um setor económico e social que se dispersa por todo o lado em dois dias e meio e é o espelho da nossa atividade social, cultural, industrial e empresarial»

 UM CERTAME COM TRÊS SÉCULOS E UM MARCO A NÍVEL NACIONAL

Desde há três séculos que Mangualde se notabiliza pela realização da Feira dos Santos, que se tornou um marco a nível nacional, pelas várias ofertas que proporciona aos seus milhares de visitantes desde a gastronomia, através das tradicionais febras, os enchidos, os frutos secos, o artesanato, o vinho, os produtos agrícolas, entre outras. Durante o fim de semana, as várias artérias da cidade foram animadas, proporcionando a todos os residentes e visitantes momentos de diversão. O certame foi ainda uma referência por dinamizar os vários setores de atividade com vários momentos dedicados a cada um deles.

DAR A CONHECER O QUE DE MELHOR SE FAZ NO CONCELHO FOI UM DOS OBJETIVOS

Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer melhor o concelho de Mangualde através da Mostra de Freguesias de Mangualde com a promoção local das freguesias do concelho. Também a iniciativa Mangualde Regional permitiu a exposição e venda de produtos regionais do concelho. Os setores de atividade também estiveram representados através da mostra Mangualde Indústria que acolheu a exposição do tecido empresarial do concelho, da AgroMangualde – exposição de máquinas e alfaias agrícolas, da dinamização do espaço de divulgação da fauna selvagem da região, da Mangualde Motor – exposição de veículos das marcas Citroën, Seat, Toyota e Opel e da Mangualde Transporte – exposição de algumas marcas e modelos de camiões. As artes também não foram esquecidas e neste contexto decorIMG_5892reu: o II Encontro Nacional de Produções Artesanais certificados, o Manguald´Arte – XI Mostra de Artesanato Nacional, e as atividades de pintura ao ar livre: Artes & Ofícios. Foi ainda possível visitar o Espaço Recordação Fotográfico – Eu estou na Feira dos Santos de Mangualde!

As iniciativas dividiram-se por vários locais da cidade: Sede da Sociedade Filarmónica de Tibaldinho, Mercado Municipal Dr. Diamantino Furtado, Largo Dr. Couto, Quinta do Alpoim, Rua 1º de Maio, Rua Dr. José Marques, Rua Dr. Valentim da Silva.

NOVAS DINÂMICAS COMOA DÃO WINE PARTY E OS SHOWCOOKINGS COM ENORME ADESÃO

A nível gastronómico e vinícola as propostas foram variadas: Dão Wine Party, Barman Show, coktails com Vinhos do Dão onde foi possível provar os Vinhos de Mangualde e degustar os produtos locais, Showcookings com o Chef Diogo Rocha e a SubChef Inês Beja, III ExpoVinhos Mangualde, Showcookings “Santos da Casa Fazem Milagres” com os Chefs Hélio Loureiro e Ivo Loureiro. Nos restaurantes aderentes foi ainda possível degustar da Feira dos Santos à Mesa que tiveram uma ementa regional dedicada à Feira dos Santos: enchidos da região, Rojões à Moda de Mangualde, Febras à Feira dos Santos, Requeijão com doce de abóbora e Queijo da Serra acompanhado de Vinho do Dão.

ANIMANGUALDE COM MUITA DIVERSÃO SOMOS PORTUGAL: TVI ESTEVE EM DIRETO DE MANGUALDE

Durante os dias do certame a animação também não faltou. O projeto Animangualde contemplou momentos de muita folia nas várias artérias da cidade. Atuação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, atuação do Grupo Zés Pereiras “Os Parentes de Teivas”, Mega Lua, Art & Manhã e muitos grupos de Concertinas foram algumas das propostas que figuraram do programa e animaram as ruas. O momento alto da animação foi, sem dúvida, a emissão do Programa da TVI Somos Portugal, em Direto de Mangualde (Largo Dr. Couto), no domingo, das 14h00 às 20h00.

Por:Mun.Mangualde

Infias volta a acolher o grande circuito de atletismo

atlPor terras do Deus Mercúrio

Está de regresso o atletismo a Infias, concelho de Fornos de Algodres, com a realização da terceira edição do grande circuito de atletismo “Por terras do Deus Mercúrio”, no próximo dia 20 de novembro.

Deste modo, vão ser centenas de atletas oriundos de diversas partes do País, que vão estar a participar neste grande prémio que vai ser também um Convívio de S.Martinho.

Assim a prova vai ter início por volta das 9h30 da manhã, com  os seguintes escalões em competição: Benjamins A e B, Infantis, Iniciados, Juvenis, Juniores, Veteranos e Seniores.

Vai realizar-se uma caminhada para todos que queiram manter a forma e não possam correr.

Um dia de festa com Infias a engalanar-se, onde Alberto Batista natural desta freguesia, juntamente com a Junta de Freguesia vão trazer a esta localidade, a modalidade que tem dado tantas alegrias ao ex atleta e agora treinador, que na sua carreira tem imensas conquistas a nível nacional e internacional, no panorama do atletismo.

Todos os interessados em participar devem formalizar a sua inscrição, pelos contactos: 962146466/964168145/964566091 e na Junta de Freguesia de Infias.

Por:António Pacheco

Milhares de pessoas na Feira da Castanha em Trancoso

IMG_1969 Trancoso foi a capital da castanha no passado fim de semana, que durante três dias, o pavilhão multiusos da cidade, recebeu milhares de pessoas para visitar este certame que vai na quarta edição, mas também para além da Castanha, outros produtos endógenos estiveram presentes e na grande maioria deles ligados à castanha.

Aconteceram diversos workshops sobre Micologia , castanha alguns“showcookings” com: Chef Marta Dionísio (food blogger “Intrusa na Cozinha”), Chef António Mauritti e Chef Lúcia Fonseca – Restaurante Dom Gabriel.

Diversos concertos Boss Ac e Sons do Minho e muitos grupos culturais do concelho, com o ponto alto, no sábado com a presença do programa da RTP “Aqui Portugal”que animou a tarde de sábado.

Na abertura esteve presente o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Dr. Carlos Miguel e demais autarcas do concelho e limítrofes.IMG_1938

Já o Prof.Amílcar Salvador fez um balanço muito positivo do certame , referindo que “Trancoso é uma terra de feiras e mercados, a castanha de Trancoso é de excelente qualidade quer a martaínha e longal e representa entre 2,5 a 3 milhões de euros para os nossIMG_1960os produtores , 5% da produção nacional de castanha”.

Uma pequena homenagem a todos produtores e pessoas envolvidas na produção de castanha pelo município de bandarra.

Também alguns concursos foram realizados, aqui ficam os resultados:

Concurso “ Doçaria de Castanha” Bolos e Doces de Colher
1-º Casa da Prisca – Ouriços de Castanha
2.º Magda Santos – Empadas de Frango com Castanha
3.º António Antunes – Filó de Castanha

Concurso Doçaria de Castanha – Compotas e Geleias
1.º Casa da Prisca – Doce de Castanha
2.º Casa da Prisca – Compota com Castanha e Chocolate
3.º José Aires – Doce de Abóbora com Castanha

Concurso da Castanha – “Melhor Castanha de Trancoso 2016”
Castanha Martainha
1.º João Chaves – Guilheiro
2.º M.ª Inês Filipe dos Santos Borrego – Palhais
3.º Manuel Costa Santos – Miguel Choco

Castanha Longal
1.º Elsa Maria Paulo Santos – Miguel Choco
2.º Valdemar Monteiro – Souto Maior
3.º Tiago Santos – Chafariz do Vento

Concurso da “Melhor Castanha Pintada” promovido no Espaço Infantil da junta de freguesia de Trancoso e Souto Maior
1.º Inês Silva (8 anos)

Já Pedro Fidalgo, Técnico Municipal referiu que “Trancoso esteve em grande, um conjunto de atividades importantíssimas, presença muito forte de público, é já uma referência nacional.

Cerca de 2IMG_1979500 toneladas são produzidas, temos um trabalho de ter melhores soutos, com 250 produtores envolvidos e o Atelier criativo da castanha, com o objetivo de criar pratos e produtos novos com a castanha”.

A Chef Lúcia Fonseca referiu que”a castanha é um produto de excelência, é tudo uma forma de criar ,reinventar novas formas de a apresentar, é preciso abrir a alma ao nosso ser.

Era importante que todo o ano houvesse um produto de castanha, alias tenho a ideia de dois produtos que podem ter sucesso, o Crepe  e o Gelado de castanha”.

Dar aos produtores ferramentas para o desenvolvimento e a castanha produza mais.

Por:António Pacheco/Sofia Pacheco

XIII Passeio Micológico no concelho de Fornos de Algodres

14925388_1094798077303817_7618743602423063151_n Como já noticiamos anteriormente, o XIII Passeio Micológico vai decorrer no dia 26 de Novembro no Concelho de Fornos de Algodres.

A participação do (re)conhecido micólogo  PIERRE ROUX de nacionalidade francesa e PURIFICACION LORENZO, docente da Universidade de Vigo e representante do Grupo Micológico Galego está confirmada.
A concentração dos participantes terá lugar pelas 9h00, do dia 26 de novembro, na Casa Grande de Juncais , onde haverá uma degustação de produtos confecionados à base de cogumelos.
Após este reforço alimentar todos vão à descoberta de cogumelos num percurso entre Juncais e Vila Soeiro do Chão, por antigas quintas agrícolas e povoamentos mistos de carvalho, castanheiro e pinheiro bravo, desfrutando as bonitas paisagens desta região…
As inscrições para participação na XIIIª edição do Passeio Micológico em Terras de Algodres, estão abertas, esta é uma oportunidade punnamedara desfrutar a generosidade da natureza e para descobrir o maravilhoso mundo dos cogumelos.

Desta forma deixamos o Programa desse dia:
9h00 – Encontro dos participantes em Juncais | Casa Grande (Largo do Terreiro de Juncais)
– Abertura do Secretariado
– Degustação dos primeiros sabores micológicos
9h30 – SAÍDA DE CAMPO (Juncais/ Vila Soeiro do Chão)
13h00 – ALMOÇO MICOLÓGICO animado pelo Grupo de Cantares de Fornos de Algodres
(Local: Palace Hotel &SPA Termas de S. Miguel)
14h30 – Sessão de identificação, classificação, Exposição e venda de cogumelos | Centro Cultural Municipal Dr. António Menano | Fornos de Algodres
15h00 – Apresentação de PAINÉIS
– “A identificação dos cogumelos no campo” – Puri Lorenzo, Grupo Micológico Galego
– ” O género Gymnopilus “, Pierre Roux, Federação das Associações Micológicas Mediterrânicas
17h00 – Encerramento das atividades com o tradicional MAGUSTO

Um dia decerto muito rico no meio da Natureza.

 

Workshop Sénior + Ativo em Aguiar da Beira

imagesO CLDS 3G AGUIAR NO CORAÇÃO vai levar a efeito, no próximo dia 18 de novembro,  das 14H30 às 17H30, o workshop “Sénior + Ativo”, com a colaboração da DECO.

Este workshop é especialmente dirigido à população com mais de 50 anos com o objetivo de prestar a informação que lhes permita garantir os seus direitos enquanto consumidores de bens e serviços que lhe são especialmente destinados.

A atividade insere-se no Eixo 2 – intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil – do plano de ação CLDS 3G Aguiar no Coração, e pretende reforçar as competências pessoais, sociais e cívicas das famílias.

“Aguiar no Coração – Rede Positiva para o Desenvolvimento Social de Aguiar da Beira”, enquadra-se no Programa Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS 3G), cuja Entidade Coordenadora Local de Parceria e executora é o Centro Social Paroquial de Dornelas e a entidade financiadora é o POISE – Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego e o Governo de Portugal, por via do Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social.

Por:Aguiar no Coração

CARTAZ_GERAL_AguiarNoCoração