Início » Empreendedorismo

Empreendedorismo

Gouveia-Concurso Nacional Enológico “Cidades do Vinho” 2024 – Inscrições Abertas

Gouveia é o Município escolhido para acolher o Concurso Cidades do Vinho 2024, que conta, já, com a sua 4.ª edição e pretende dar a conhecer vinhos de todo o país, aliando a promoção deste produto à valorização dos territórios.
A escolha de Gouveia como anfitrião prende-se com o facto do concelho se encontrar situado na região da Beira Interior Norte e estar integrado na Região Vitivinícola demarcada do Dão – a primeira região demarcada de vinhos não licorosos do país e a segunda região demarcada de vinhos. Gouveia é, ainda, pelo número de grandes produtores estabelecidos no seu território, o município mais representativo da Sub Região da Serra da Estrela.
O concurso realiza-se de 9 a 12 de maio e o período de inscrições de amostras já está a decorrer, terminando no dia 26 de abril.
A consulta do regulamento e as inscrições dos vinhos poderão ser realizadas, diretamente, no site do concurso:  https://concursocidadesdovinho.pt.
As amostras a concurso deverão ser enviadas, entre os dias 8 de Abril de 2024 e 26 de Abril de 2024 (até às 17h00) para: Casa da Torre; Avenida dos Bombeiros Voluntários, n.º 8; 6290 – 653 Gouveia
O concurso “Cidades do Vinho” é uma organização conjunta da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e da Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal (ARVP), com o apoio da Câmara Municipal de Gouveia e do programa Wine in Moderation.

Penalva do Castelo acolheu ação da arte de entrançar cordas e madeira

Dando continuidade ao ciclo de workshops de artesanato do concelho decorreu no dia 18 de março, na Biblioteca Municipal, o workshop de Entrançado de Cordas e Madeira.
A oficina orientada pelo artesão Joaquim Gonçalves iniciou com uma breve apresentação do mesmo e a visualização de um vídeo representativo das várias fases do processo de elaboração das peças.
De seguida, após a apresentação dos materiais e utensílios necessários, decorreu a parte prática na qual os participantes puderam aprender, a arte de entrançar cordas e madeira.
A sessão permitiu além da partilha de saberes, sensibilizar para a importância da valorização e preservação das artes e ofícios.

fotos:MPC

Ação de reflorestação “Verde Puro” em Celorico da Beira

DCIM100MEDIADJI_0876.JPG

Decorreu  em Celorico da Beira a ação de reflorestação “Verde Puro” promovida pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela em colaboração com o Município de Celorico da Beira.
Na iniciativa, onde foram plantadas 200 árvores, 150 carvalhos alvarinho, 25 pereiras bravas e 25 folhados e estiveram presentes cerca de 70 pessoas entre alunos da Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral, Universidade Sénior, GNR/Escola Segura, SEPNA, Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira, Proteção Civil Municipal, Sapadores do Município, Sapadores Florestais da CIMBSE, União das Freguesias de Celorico (São Pedro e Santa Maria) e Vila Boa do Mondego e Gabinetes Técnico Florestal e Ação Social do Município de Celorico da Beira.
A ação teve como objetivo tornar a região mais verde e pura, reforçando as características distintivas do nosso território e ocorreu em sete municípios: Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas e Trancoso.
No total, foi feita a plantação simbólica de 1600 espécies autóctones como carvalho negral, carvalho alvarinho e azinheira entre outras, e cada árvore representa quem a apadrinhou na ação Verde Puro promovida na Bolsa de Turismo de Lisboa em 2023.

Por:MCB

Cláudio Cabral Dias premiado Melhor Engenheiro Jovem do Ano nos Prémios ITA Tunnelling 2023

Na 9ª edição do ITA Tunneling Awards,  em Mumbai, Índia, em conjunto com o Tunneling Asia 2023 da TAI, a Tunneling Association of India, Cláudio Cabral Dias foi galardoado com o prémio de Melhor Engenheiro Jovem do Ano nos Prémios ITA Tunnelling 2023.
O jovem engenheiro é da freguesia de Tavares e venceu na categoria destinada a engenheiros com menos de 35 anos, nestes prémios que são como que os “óscares dos túneis”.
Os “ITA Tunnelling and Underground Space Awards” identificam obras, tecnologia e especialistas internacionais mais relevantes em projetos de túneis e construções subterrâneas.
Desta forma, sempre bom , ver os jovens da região a ter sucesso no exterior e assim parabenizamos o Cláudio Dias e a toda a família.

Este ano, através de 7 categorias, o ITA Tunneling Awards identifica e premia grandes inovações disruptivas e projetos inovadores.
Desta feita, a Assembleia e a Freguesia da União das Freguesias de Tavares também apresentaram o seu voto de congratulações pelo prémio recebido.

foto:ITA Tunneling Awards

 

Figueira Cast.Rodrigo- Inaugurada a festa da Rainha da Amendoeira em Flor

  Ao fim da tarde, desta sexta-feira perante uma grande moldura humana e num ambiente festivo, foi  inaugurada, pelo Presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo, Carlos Condesso, a festa da Rainha da Amendoeira em Flor, que contou com a participação do Grupo de Gaiteiros de Miranda do Douro.

Foi o arranque de um certame onde está em destaque a amendoeira e tem uma grande mostra de produtos regionais permanente e diversas iniciativas musicais, desportivas e culturais. Destaque se a presença de diversas entidades da região neste certame que é já uma afirmação na região.Foi ainda inaugurada a Exposição de Jogos Tradicionais, no Mercado Municipal, que vai estar patente ao público durante o decorrer do certame.
Já esta noite , a animação foi grande com o grupo Bandalusa, no palco da festa da Rainha da Amendoeira em Flor, depois seguiu-se o organista Beto.

Este sábado, pela manhã uma caminhada da amendoeira em flor e mais à noite sobe ao palco o grupo Santamaria para animar a grande plateia, seguido de Rilufe.

Fotos:MFCR

Cavacas de Pinhel receberam distinção de Sabor do Ano 2024

As famosas Cavacas de Pinhel continuam em alta, depois do grande trabalho efetuado pela D.Conceição Dias e seu marido Francisco Dias (Falecido), passaram agora para a ser geridas pelo seu filho Francisco Dias que continua a fabricar e promover este produto de excelência.

Esta iguaria continua a marcar presença nas diversas feiras como Almeida, Pinhel e Celorico da Beira, mas nesta quinta-feira , acabou por receber o Prémio relativo à distinção de Sabor do Ano 2024.

Assim foi mais uma distinção que ainda acrescenta mais – valia ao produto de excelência da Cidade Falcão, que vai sendo uma boa bandeira e promoção do concelho.

Pedro Almeida novo Presidente da Casa do Concelho de Gouveia em Lisboa

A Assembleia Geral dos sócios realizada no passado dia 17 de fevereiro na sede da Casa do Concelho de Gouveia, na Rua Luciano Cordeiro n.º 54A, em Lisboa, revestiu-se de eventual importância, por se tratar de um momento de encerramento de um ciclo na presidência da Direção da Casa. Antes de passarmos por esse momento importante, apraz referir que o relatório e contas de 2023 foi aprovado por unanimidade. Pedro Almeida, vice-presidente, em duas horas de sessão explanou todos os assuntos necessários ao escrutínio da “embaixada” de Gouveia em Lisboa. O ano de 2023, como ali foi retratado, foi um ano muito positivo, tanto do ponto de vista financeiro como da orgânica e dinamismo da atividade da instituição. Os objetivos delineados pela Direção foram amplamente atingidos.Os pressupostos estatutários concretizados na plenitude, a Casa do Concelho de Gouveia, continua a promover os desígnios da sua função na capital do país, assim como a homenagear os seus fundadores, no esforço de manter vivo este projeto que nasceu em 1951.

A sessão revestiu-se de característica particular uma vez que o mandato dos atuais Órgãos Sociais encontrava-se em final de mandato. Para além da eleição de novos Corpos Sociais, assistiu-se à não recandidatura do presidente da Direção a novo mandato. Vinte e três anos depois, Joaquim Cabral, natural de Nespereira, concelho de Gouveia, decidiu terminar a função e tarefa em comandar os destinos da Casa do Concelho de Gouveia. No seio da instituição desde 1966, este “embaixador” da sua terra, teve várias funções ao longo destes 58 anos de associado da instituição. Entre 1967 e 1969 foi vogal da Direção. Nos anos de 1990 e 1990 foi vice-presidente da Direção, nos anos de 1992 e 1993 foi presidente do Conselho Fiscal. No ano de 2001, assume os destinos da instituição num período particularmente difícil. A Casa do Concelho de Gouveia estava em vias de fechar portas, no ano da comemoração dos 50 anos de existência. A capacidade de resiliência deste bairrista permitiu reabilitar a instituição, fazendo-a restabelecer o normal funcionamento, levando-a ao lugar digno e de prestígio. Mais de duas décadas a servir a instituição e a terra que o viu nascer, é um dos últimos grandes bairristas, de carisma vincado, um homem que colocou sempre os interesses da instituição à frente de todos os outros. Para um novo mandato que agora se inicia, tomará posse como presidente da Assembleia Geral, mais alto cargo de uma instituição.

Da eleição decorrida no sábado passado surge uma Direção com um novo presidente, que manterá vivo o legado, mas quererá novos impulsos e dinâmica mais forte. A equipa é jovem e grande parte dos elementos têm vindo a trabalhar juntos nos últimos dois anos. Pedro Almeida, assume a presidência da Direção, aos 42 anos de idade, tendo estado 12 anos como vice-presidente da Direção. Ana Seara, deixa o secretariado e assume a vice-presidência, empresária e consultora, natural de Vila Nova de Tazem, de 41 anos de idade, entra no terceiro mandato e com quatro anos de experiência na Direção. Horácio Leonardo, entra no seu sétimo mandato como tesoureiro da instituição, reformado, natural de Olhão, com ligação familiar a Nespereira. Daniel Pinheiro, é a mais recente entrada na Direção, com 30 anos de idade,mais um passo à renovação e regeneração do corpo diretivo, que irá assumir a função de secretário. João Nuno Ribeiro, natural de Gouveia, 37 anos de idade, entra no terceiro mandato nos Corpos Sociais e segundo na Direção. Ricardo Borges, de 39 anos de idade, natural de Gouveia, assume o seu segundo mandato de Direção. A fechar, Maria dos Anjos Leonardo, natural de Nespereira, há doze anos a servir os interesses da Casa do Concelho, continua connosco, mais um mandato.

Município de Pinhel lidera projeto “GREENgaged Citizens: European Network for Local Climate Action”

Sob o lema “Cidadãos Comprometidos com a Ação Climática Local”, o Município de Pinhel assumiu a liderança e coordenação do projeto europeu “GREENgaged Citizens: European Network for Local Climate Action”, apoiado pelo Programa CERV – Cidadãos, Igualdade, Direitos e Valores.

Além de Portugal, representado por Pinhel, integram este projeto mais 12 países da União Europeia: Holanda, Eslovénia, Espanha, Itália, França, Malta, Grécia, Eslováquia, Hungria, Bulgária, Lituânia e Letónia.

O primeiro encontro vai ter lugar em Pinhel, de 18 a 21 de fevereiro, estando prevista a participação de 26 cidadãos dos vários países envolvidos. Seguir-se-ão encontros em Santiago de Compostela / Espanha (novembro 2024), Had-Dingli / Malta (dezembro 2024), Allimos / Grécia (fevereiro 2025), Budapest / Hungria (abril 2025) e Sofia / Bulgária (junho 2025).

Em linha com as prioridades do programa CERV e da Comissão Europeia, este projeto de Rede de Cidades visa promover o intercâmbio de boas práticas locais com outros cidadãos europeus em torno da temática proposta, através do diálogo intercultural, dando a oportunidade de descobrir outras realidades europeias, reforçar a participação ativa e apoiar uma sociedade baseada em valores europeus como a solidariedade e a cooperação.

O projeto “GREENgaged Citizens: European Network for Local Climate Action” vai ser desenvolvido ao longo de 20 meses, através da realização de 6 eventos / encontros.

Durante cada um dos eventos haverá seminários, mesas redondas, debates sobre os temas adotados, workshops, conferências com representantes políticos, estudos de caso, intercâmbio de práticas, momentos de planeamento de projetos futuros, visitas culturais, eventos públicos, sociais e culturais.

Sensibilizar a opinião pública sobre os valores da proteção ambiental, da democracia, da participação ativa, da solidariedade e da cooperação são objetivos inerentes a este projeto que terá um forte impacto tanto a nível local como a nível europeu, graças à cooperação dos parceiros e cidadãos das localidades participantes.

Turistas na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo continuam a aumentar

Em 2023 a Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, distinguida pela Organização Mundial de Turismo (UNWTO) com o prémio Best Tourism
Villages, e um dos ex-libris do concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, recebeu 80 711 visitantes, um acréscimo de 6% face ao ano de 2022.
Há uma tendência em Castelo Rodrigo, que se continua a verificar, com o número de turistas estrangeiros a ultrapassar o número de turistas
nacionais. Em 2022 recebeu 27 026 portugueses e 48 743 estrangeiros e em 2023 o número de visitantes portugueses subiu para 28 179 e o número de estrangeiros para 52 532, sendo que foi nos meses de abril e agosto que mais turistas visitaram a Aldeia Histórica.
Os 18 271 turistas provenientes dos Estados Unidos da América continuam a destacar-se, no que diz respeito aos visitantes estrangeiros.
Este aumento deve-se, em grande parte, ao turismo fluvial no rio Douro que durante o período de navegabilidade, chegam ao Cais Turístico e
Fluvial de Barca D’Alva, uma das portas de entrada no concelho. Seguem-
se os turistas ingleses (13 648), os espanhóis (6 193) e os alemães (6 036).
Mas por Castelo Rodrigo também passam visitantes de outras
nacionalidades como franceses, suíços, belgas, austríacos, brasileiros,
israelitas, noruegueses, holandeses, canadianos, finlandeses e italianos.
Estes dados são relativos apenas aos turistas que são registados no Posto
de Turismo, sendo o número de visitantes bastante superior, tendo em
conta a dinâmica que diariamente se verifica na Aldeia Histórica.
Para o Presidente da Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo, Carlos
Condesso, o aumento que se tem verificado, ano após ano, “deve-se à
beleza ímpar e à imponência do seu património histórico, ao comércio
tradicional existente dentro das muralhas, que comercializa produtos
regionais de excelência, à autenticidade e há vida que ainda existe na
aldeia e às gentes hospitaleiras, que cada uma delas é uma guia turística”.
Carlos Condesso acrescenta “que os visitantes procuram novas
experiências, num património único que privilegia o contacto com o
património e a natureza, contrastando com o betão citadino, onde reina o
sossego, onde as pedras revelam segredos”.
Para o Autarca “estes resultados só demonstram que o trabalho que o
Município tem vindo a realizar em prol da Aldeia Histórica de Castelo
Rodrigo e no concelho, têm conduzido a resultados positivos, não só para
a aldeia, mas também para a economia local”. Referindo que “o
envolvimento da comunidade local e a qualidade da oferta dos agentes
que aí operam também contribuíram, sem qualquer dúvida, para estes
números”.
A aposta na Recriação Histórica da Batalha de Castelo Rodrigo; no Turismo
Literário, com iniciativas como a Rota Turística Literária ‘Viagem do
Elefante’ e o Off Road Caminho de Salomão (que termina em Castelo
Rodrigo); o melhoramento de acessos pedonais e rodoviários, a
construção do Eco Parque, a substituição da iluminação cénica para a
tecnologia LED, contribuindo para reduzir a pegada ecológica, trazendo
outro brilho a Castelo Rodrigo, são exemplos da valorização desta Aldeia
Histórica.

Centro de Portugal levou a Madrid o melhor da gastronomia e do turismo da região

O Centro de Portugal surpreendeu os visitantes da FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, que aconteceu de 24 a 28 de janeiro, com uma experiência de sabores que revelou a riqueza e a diversidade da sua gastronomia e das ofertas turísticas do território.

O evento contou com a representação institucional da Turismo do Centro, por parte de Jorge Sampaio e Elsa Marçal, membros da Comissão Executiva, além da participação de diversas Comunidades Intermunicipais (CIM), municípios, empresas e associações.

Uma experiência de sabores

O ponto alto da participação aconteceu no sábado, dia 27, a partir das 16h30, com a realização da experiência gastronómica “Uma Viagem pela Gastronomia do Centro de Portugal”, que mostrou a riqueza e a diversidade dos produtos, pratos e vinhos da região, bem como os seus principais atrativos turísticos. A iniciativa foi conduzida por João Quaresma, da Turismo Centro de Portugal, em colaboração com as oito CIMs da região, as suas cinco Comissões Vitivinícolas e a InovCluster – Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro.

A jornada culinária deu a provar alguns dos melhores produtos das 8 CIMS, numa degustação harmonizada com os vinhos das cinco regiões demarcadas do território: Dão, Bairrada, Região de Lisboa, Tejo e Beira Interior. Ler Mais »