Templates by BIGtheme NET
Início » Gouveia

Gouveia

AF Guarda— Resultados da 2ª jornada do Campeonato Distrital da 1ªDivisão

Aguiar  da Beira – GD Foz Côa- 2-2
CD Gouveia –  Vila Franca Naves- 4-1
Guarda FC – AD Fornos Algodres- 2-1
SC Celoricense – SC Sabugal- 0-1
S. Romão – Vila Cortez- 3-2
Estrela Almeida –  Freixo Numão- 7-1
GD Trancoso –  Os Vilanovenses- 1-1
Classificação:
 

Classificação

                              PTS  

  JGS

1º Guarda FC 6 2
2º GD Foz Côa 4 2
3º CD Gouveia 4 2
4º Aguiar da Beira 4 2
5º SC Sabugal 4 2
6º GD Trancoso 4 2
7º S. Romão 3 2
8º Vila Cortez 3 2
9º Estrela Almeida 3 2
10º Os Vilanovenses 2 2
11º SC Celoricense 1 2
12º AD Fornos de Algodres 0 2
13º VF Naves 0 2
14º Freixo Numão 0 2

Está de volta o Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola

O Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola está de regresso e traz uma novidade nesta edição. Cada produtor poderá inscrever o número de amostras que desejar, em cada uma das categorias a concurso. As candidaturas para a 9ª edição do Concurso têm hoje início e decorrem até ao próximo dia 02 de Novembro.

Em parceria com a Associação de Escanções de Portugal e reconhecido pelo Instituto da Vinha e do Vinho desde a sua primeira edição, o Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola é dirigido a Produtores e a Cooperativas de todas as regiões vitivinícolas do país, Associados e Clientes do Banco.

No Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola será atribuída a distinção Tambuladeira dos Escanções de Portugal de Ouro, Prata e Bronze a vinhos engarrafados, nas categorias “Vinho Branco”, “Vinho Tinto” e “Vinho Espumante”. Será também conferida a Grande Medalha de Ouro ao melhor vinho branco, tinto e espumante.

Isabel Matos, Diretora de Comunicação do Grupo Crédito Agrícola, afirma sobre a 9ª edição do Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola “que é uma iniciativa que tem vindo a comprovar a sua credibilidade no mercado com a notória qualidade dos vinhos nacionais submetidos a concurso, ano após ano. O Crédito Agrícola afirma-se como a Instituição Financeira de referência que apoia o sector e o desenvolvimento das economias regionais e locais, e este Concurso demonstra a dinamização destas comunidades através do reconhecimento dado aos produtores e às cooperativas de todas as regiões vitivinícolas do país”.

O júri, composto por reconhecidos escanções, enólogos e jornalistas do sector, vai reunir para a realização das Provas Cegas dos vinhos a concurso nos dias 4 e 5 de Novembro.

Nas oito edições do Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola já foram submetidos cerca de 1.700 vinhos, dos quais foram reconhecidos cerca de 500 vinhos brancos, tintos e espumantes das regiões vitivinícolas dos Vinhos Verdes, Trás-os-Montes, Douro, Beiras, Dão, Bairrada, Tejo, Lisboa, Península de Setúbal, Alentejo, Algarve e Açores.

O Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola materializa a missão do Banco em afirmar-se como a Instituição Financeira de referência que apoia o sector e o desenvolvimento das economias locais, neste caso específico as Cooperativas e os Produtores locais. Tem como objetivo promover e colocar à prova a qualidade dos vinhos nacionais, procurando gerar novas oportunidades de negócio e dinamização das comunidades onde desenvolve o seu trabalho em contacto direto com as pessoas.

O Crédito Agrícola, a única instituição cooperativa portuguesa de capitais exclusivamente nacionais, é um dos maiores grupos financeiros portugueses e está presente em todo o país, detendo a maior rede de Agências bancárias.

As inscrições e o Regulamento do Concurso estão disponíveis em www.concursodevinhosca.pt.

Torneio das Estrelas regressa a Moimenta da Serra

Os detentores do Troféu do Torneio das Estrelas vão receber a organização no próximo dia 1 de outubro, sábado pelas 10h00 da manhã nas instalações da Fundação Laura dos Santos em Moimenta da Serra.

As duas equipas, Solar do Mimo e Fundação Laura dos Santos vão disputar esta edição do torneio com o objetivo de apurar dez jogadores para representar Portugal no Torneio Mundial de Futebol de Instituições de Acolhimento a realizar no dia 22 de outubro em Varsóvia, Polónia

Renato Teixeira e Sara Colaço vencem edição de 2022 do Estrela Xtreme Triathlon

A Serra da Estrela recebeu este fim de semana o Estrela Xtreme Triathlon, evento que desafiou meia centena de atletas a superar-se na modalidade de Half Ironman, mas em altitude, o que, em conjunto com a beleza da natureza envolvente, torna este evento único em beleza e em exigência. Renato Teixeira, do Grupo Desportivo da Goma, e Sara Colaço, do Clube Oriental de Lisboa, foram os primeiros atletas, respetivamente, masculino e feminino, a cumprir os 1,9 km a nadar a 1400 metros de altitude; os 105 km com 2500 metros de desnível positivo de bicicleta; e os 21 km com 900 metros de desnível positivo a correr. Pedro Oliveira, do Vitória Sport Club de Triatlo, e Adelino Sousa, também do Grupo Desportivo da Goma, completaram o pódio masculino. O vencedor Renato Teixeira terminou o segmento de natação na terceira posição, chegando à primeira posição na transição para a bicicleta e nunca mais deixou de liderar este desafio. Cortou a meta 6h39m43s após a partida de sorriso rasgado e sem esconder a satisfação de ter superado este desafio na primeira posição, confessando que “depois de passar para a frente foi mais coração do que cabeça”. A estratégia correu-lhe bem e o atleta que pratica triatlo e trail, e que viu neste desafio o melhor dos dois mundos, conseguiu ganhar vantagem no segmento em que considera ser mais forte, “a bicicleta”. “Tentei ganhar o máximo de vantagem para depois estar mais à vontade na corrida”, disse. Apesar da exigência, Renato Teixeira destacou a beleza do percurso, que permite usufruir da icónica Serra da Estrela e quase esquecer o esforço e não teve dúvidas ao afirmar que o Estrela Xtreme tem muito por onde crescer e muita capacidade para ser reconhecido internacionalmente. A organização é excelente, tudo correu como planeado e esta prova tem tudo para ser uma referência internacional!” Já Sara Colaço liderou a prova do início ao fim, vencendo destacada em 9h25m43s. No final a atleta disse que esta foi uma conquista de “superação total”. Apesar de visivelmente em esforço, a atleta não poupou elogios à prova e garantiu que conseguiu disfrutar da envolvência do percurso e daquilo que o Parque Natural da Serra da Estrela oferece: “Foi espetacular. A Serra da Estrela é lindíssima, vale sempre a pena. Estou muito contente.” Depois deste fim-de-semana, a organização, representada por Armando Teixeira, diz não ter dúvida de que o Estrela Xtreme Triathlon está no bom caminho para a muito breve prazo ser uma prova incontornável e de referência nacional e internacional, “seja pela qualidade paisagística e ambiental do Parque Natural da Serra da Estrela; pelo aproveitamento do relevo do Parque Natural da Serra da Estrela; pela experiência proporcionada ao atleta e a qualidade dos serviços prestados; ou pelo segmento de corrida, com características de trail, que diferencia este desafio de todos os outros já realizados no nosso país”. Esta foi uma edição marcada pelo sucesso desportivo e organizativo, mas também pela união dos portugueses no apoio a esta região do país, que responderam positivamente ao apelo da organização do Estrela Xtreme Triathlon e passaram o fim-de-semana na Serra da Estrela a apoiar os atletas e o que esta tem de melhor para oferecer. Depois deste Half Ironman versão “Xtreme” foram muitos os que ainda tiveram coragem de cortar a meta com os filhos ao colo e todos chegaram de sorriso nos lábios! “Entre habitantes locais, familiares e amigos dos atletas e fãs da modalidade tivemos centenas de pessoas a assistir ao evento e a visitar a região, o que cumpre totalmente o objetivo a que nos propusemos”, concluiu Armando Teixeira.

Por::MG

Município de Gouveia entrega os cadernos de fichas aos alunos do 1.º Ciclo

O Município de Gouveia está a proceder à entrega dos cadernos de atividades para as disciplinas de Português, Matemática, Estudo do Meio e Inglês, a todos os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico do concelho de Gouveia, matriculados no ano letivo 2022/2023.
Este ano, excecionalmente, a entrega dos cadernos de atividades está a decorrer ao longo desta semana, devido ao atraso da entrega dos mesmos por parte das editoras. Por esse motivo, o Município de Gouveia teve que cancelar a cerimónia de entrega pública dos cadernos, agendada para o passado dia 15 de setembro.
Este apoio beneficia os alunos inscritos no 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho de Gouveia, correspondendo a um investimento de cerca de 13.000,00 euros em cadernos de fichas por parte do Município de Gouveia.
A rede de escolas do 1º ciclo do concelho de Gouveia é constituída por oito escolas, frequentadas por 320 alunos.
A autarquia mantém a gratuitidade dos transportes escolares, promove as atividades de enriquecimento curricular, assegura a componente de apoio à família no ensino básico e as atividades de animação e apoio à família no ensino pré-escolar, para além de dinamizar todos os apoios no âmbito da ação social escolar.
O Município mantém em funcionamento uma cantina escolar, a residência de estudantes, suporta a ação social escolar, nomeadamente cadernos de fichas, refeições e apoio material a alunos e escolas contribuindo diretamente para a qualificação do ensino no concelho e apoiando direta e indiretamente os agregados familiares.
Para além dos investimentos diretos ao 1.º Ciclo, o Município apoia, ao abrigo do Regulamento do Programa “Gouveia Educa”, os jovens de diferentes níveis de ensino através de medidas de apoio em áreas como a frequência do ensino artístico, direcionado ao ensino básico; o apoio às deslocações e apoio económico dirigidos ao ensino superior; o apoio nos transportes escolares e ainda os prémios de mérito, que são transversais a todos os níveis de ensino, num valor de investimento que ronda os 300.000,00 euros em apoios educativos.
O Município de Gouveia tem vindo, ainda, a proceder a algumas intervenções e melhorias em espaços escolares, no sentido de proporcionar melhores condições a todos os elementos da comunidade educativa.
A Câmara Municipal de Gouveia assumiu novas competências na área da Educação no âmbito da descentralização, sendo que, ao assumir novas responsabilidades, obrigou a um ajustamento do orçamento municipal e a um investimento na área da educação.
Todas estas medidas de investimento direto nas crianças e jovens do concelho permitem estimular e promover o seu percurso escolar, proporcionando o acesso de todos à educação e formação.

AF Guarda– Resultados do Campeonato Distrital da 1ªDivisão 1ªjornada

Iniciou esta tarde o distrital maior da AF Guarda, com 23 golos apontados
Resultados
Foz Côa – S. Romão-4-1
Os Vilanovenses – SC Celoricense-1-1
VF Naves – Aguiar  da Beira-1-2
SC Sabugal – CD Gouveia-1-1
Vila Cortez –  Estrela Almeida-5-1
AD Fornos Algodres – GD Trancoso- 0-2
Freixo Numão – Guarda FC-1-2
Lideram : Foz Côa, Vila Cortez, Trancoso, Aguiar da Beira e Guarda FC com 3 pts
 

Classificação

                              PTS  

  JGS

1º Vila Cortez 3 1
2º GD Foz Côa 3 1
3º Aguiar da Beira 3  1
4º GD Trancoso 3 1
5º Guarda FC 3 1
6º CD Gouveia 1 1
7º Os Vilanovenses 1 1
8º SC Celoricense 1 1
9º SC Sabugal 1 1
10º VF Naves 0 1
11º Freixo Numão 0 1
12º AD Fornos de Algodres 0 1
13º S. Romão 0 1
14º Estrela Almeida 0 1

Campeonato de Portugal- Série B – 2ªjornada

Teve lugar a segunda ronda do Campeonato de Portugal com a Guarda Desportiva FC a alcançar o triunfo e agora soma 4 pontos na tabela.
Resultados:
Leça Fc Sad – Ad Machico-4-0
Guarda Desportiva FC – Rebordosa AC-3-1
AD Castro Daire – AD Camacha-1-1
Lusitânia Lourosa FC – S.C. Salgueiros Sad-0-1
Marítimo Da Madeira Sad B – Fc Alpendorada-1-1
Gondomar SC – GD Resende-3-2
SC Beira-Mar – Valadares Gaia Fc Sad-1-1

Atividade operacional diária da GNR

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 16 a 22 de setembro, que visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais provisórios:

 

  1. Detenções: 444 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • 232 por condução sob o efeito do álcool;
  • 94 por condução sem habilitação legal;
  • 22 por tráfico de estupefacientes;
  • 17 por posse ilegal de armas e arma proibida;
  • 11 por furto e roubo;
  • Sete por violência doméstica.

 

  1. Apreensões:
  • 2 147 doses de liamba;
  • 535 doses de haxixe;
  • 258 doses de heroína;
  • 207 doses de cocaína;
  • Quatro doses de MDMA;
  • 174 pés de canábis;
  • 24 armas de fogo;
  • 39 armas brancas ou proibidas;
  • 215 munições;
  • Dez viaturas;
  • 2 680 euros em numerário.

 

  1. Trânsito:

Fiscalização: 8 308 infrações detetadas, destacando-se:

  • 1 972 excessos de velocidade;
  • 569  por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 533 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 397 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
  • 298 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 286 relacionadas com tacógrafos;
  • 248 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização;
  • 208 por falta de seguro de responsabilidade civil.

Arranca este domingo o distrital maior da AF Guarda

Este domingo, o futebol distrital da AF Guarda regressa na 1ªdivisão distrital, agora com 14 clubes, de salientar o regresso do CD Gouveia que desceu do Campeonato de Portugal , os regressos dos Vilanovenses e S.Romão que foram promovidos da 2ªDivisão distrital e o Freixo Numão que foi repescado pela desistência da UD Pinhelenses.

Assim a 1ªjornada inicia pela 15 h e será assim:.

Foz Côa-São Romão

Vila Franca das Naves-Aguiar da Beira

SC Sabugal-Gouveia

Os Vilanovenses-SC Celoricense

AD Fornos de Algodres-GD Trancoso

Freixo Numão-Guarda FC

Vila Cortez -E. Almeida

UMP apresenta a edição ‘Misericórdias: Património com identidade’ no dia 30

A União das Misericórdias Portuguesas mostrou o agrado por todas as Misericórdias que inscreveram iniciativas no programa das Jornadas Europeias do Património 2022, dedicadas nesta edição ao ‘Património Sustentável’, nos dias 23, 24 e 25 de setembro.
Por todo o território, a promoção da cultura e a afirmação da identidade passam pela atitude de cada comunidade respeitar o legado do passado, projetando-o no futuro com determinação e sustentabilidade.
Na simbologia da edição ‘Misericórdias: Património com identidade’ assumimos, pelo programa de inventário do património, a proteção e defesa dos bens culturais, assim refere a UMP.
Esta edição, financiada pelo POISE (operação POISE-03-4639-FSE-000849), será publicamente apresentada no Dia do Património das Misericórdias, em Viana do Castelo, a 30 de setembro.
Foto:UMP