Templates by BIGtheme NET
Início » Mangualde (Pagina 3)

Mangualde

AF Viseu- Campeonato da Divisão de Honra- 3ªjornada

Grupo Norte

CD Cinfães- Nespereira FC- 4-0

GD Resende- SC Lamego- 2-1

Lamelas- Moimenta da Beira-1-0

SC Paivense- GD Parada- 3-2

 

Classificação:

1º-GD Resende-9

2º-Lamelas-7

3º-CD Cinfães-6

4º-Moimenta da Beira-6

5º-SC Paivense-3

6º-SC Lamego-1

7º-Nespereira FC-0

8º-GD Parada- 0

 

Grupo Centro

Carvalhais FC- Roriz- 1-1

GD Ol. Frades- Lusitano FC- 1-1

SC Penalva do Castelo- UD Sampedrense-1-0

Sátão- Campia- 2-0

Classificação:

1º- Sátão- 7

2º- Ol. Frades-7

3º- Lusitano FC- 5

4º-SC Penalva do Castelo-4

5º-Roriz-3

6º-Campia-3

7º-Sampedrense-1

8º- Carvalhais- 1

 

Grupo Sul

Moimenta do Dão – Vale Açores- 0-4

CA Molelos- SL Nelas- 1-3

Carregal do Sal- Canas Senhorim- 1-2

Mortágua FC- GD Mangualde- 2-0

 

Classificação:

1ºMortágua FC- 9

2ºCanas Senhorim- 6

3ºVale Açores- 6

4ºGD Mangualde- 4

5ºSL Nelas- 3

6ºCA Molelos-3

7ºMoimenta Dão- 1

8º Carregal do Sal-0

 

 

Vinhos da Beira Interior presente na ProWine São Paulo e Vinhos e Sabores no Brasil

A Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI) marca presença nas feiras ProWine 2021 em São Paulo e Vinhos e Sabores em Belo Horizonte, de 05 a 08 de outubro num stand próprio com 5 produtores, nomeadamente, Adega de Castelo Rodrigo, Adega do Fundão, Almeida Garrett Wines, Quinta da Biaia e Rui Roboredo Madeira Vinhos.

De salientar, que se trata de uma feira dedicada exclusivamente a profissionais e onde são esperados mais de 3 mil importadores de todo o mundo, representando mais de 15 países. O evento é focado no segmento B2B para a geração de negócios e desenvolvimento novas parcerias.

A presença dos Vinhos da Beira Interior nesta feira tem por objetivo primordial aumentar a percentagem de vinhos nos mercados de exportação, cimentando desta forma a aposta na internacionalização dos seus vinhos. De sublinhar que as exportações de vinhos da Beira Interior representam mais de 30 por cento do total de venda de vinhos.

Mangualde acolhe apresentação de livro de António Tavares

Vai ser apresentado no Município de Mangualde , no dia 8 de outubro, o livro “MANGUALDE, O NOSSO PATRIMÓNIO”, no Salão Nobre da Câmara Municipal, pelas 17 horas. A iniciativa contará com a presença de António Tavares, autor do livro, e de Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.

Trata-se de uma obra que compila todos os bens patrimoniais do concelho de Mangualde trabalhados na campanha de promoção “Mangualde, o nosso Património”. O livro visa dar a conhecer o património herdado e as criações contemporâneas, mas também promover a sua preservação.

O autor, com formação superior em História e Arqueologia, mestre em Gestão e Programação do Património Cultural pela Universidade de Coimbra, é arqueólogo e gestor do património cultural na Câmara Municipal de Mangualde. Acrescenta ainda ao seu currículo: Investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, da Universidade de Coimbra; tem realizado e coordenado trabalhos de arqueologia de salvaguarda e prevenção em obras públicas; responsável por projetos de valorização de sítios e monumentos arqueológicos; tem investigação e publicação de artigos de Arqueologia, História e Património Cultural, em revistas da especialidade e é autor e coordenador  de livros, com destaque para “Património Cultural: Gestão e Programação à escala municipal” e “Mangualde desde o Pós-Segunda Guerra Mundial (1953-2015); desenvolveu intensa atividade artístico-cultural, tudo no âmbito das políticas culturais da Câmara Municipal de Mangualde.

Projeto-Piloto de Transporte Flexível a Pedido Ir e Vir apresentado pela CIM Viseu Dão Lafões

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai implementar o Projeto-piloto de Transporte Flexível a Pedido IR e VIR, que foi apresentado ,no Parque Urbano de Tondela, numa sessão que contou com a presença da Senhora Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

O Projeto-piloto de Transporte Flexível a Pedido IR e VIR é uma solução desenvolvida pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões que tem como principal objetivo alargar e reforçar a oferta de transporte público de passageiros, garantindo uma cobertura adequada em zonas de menor densidade demográfica, nomeadamente, nos concelhos de Aguiar da Beira, Nelas, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Tondela e Vouzela, conferindo, uma nova mobilidade a populações que residam em áreas que não dispõem de um serviço regular de transporte público de passageiros.

À semelhança do transporte coletivo regular, o IR e VIR tem (20) circuitos com horários e paragens pré-definidas, sendo que as deslocações apenas podem ser efetuadas nesses circuitos.

Desta forma, a partir do dia 04 de outubro será possível viajar, em dias úteis pré-definidos, dentro dos concelhos abrangidos, mediante reserva efetuada até às 12h (meio dia) do dia útil anterior à viagem, através do número 800 10 20 30 (chamada gratuita).

Com tarifas que podem oscilar entre os 1,05 euros e os 4,05 euros, dependendo do percurso, este projeto inovador contempla, para já, 20 circuitos, distribuídos pelos 6 concelhos.

Segundo o Vice-Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Paulo Almeida, “Este é um projeto ambicioso da CIM na medida em que permite anular, de uma forma definitiva, carências do transporte público de passageiros nas zonas mais isoladas do nosso território, assegurando assim uma maior coesão territorial. Com esta proposta, procuramos garantir que setores da população mais isolados e com maior dificuldade de deslocação possam aceder de forma cómoda e economicamente justa aos serviços disponíveis na sede do seu concelho”.

De acordo com a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, “Este é um bom exemplo de utilização dos fundos europeus das regiões para promover a coesão e a qualidade de vida da população, já que assegura um serviço público mais próximo e eficiente para os cidadãos deste território, independentemente de onde vivam. Queremos apoiar projetos como este em todas as CIM do Interior. Para isso precisamos que as nossas autarquias continuem a trabalhar em conjunto pelos seus objetivos comuns, como fez, neste caso, a CIM Viseu Dão Lafões”.

Para o Presidente do Município de Tondela, José António Jesus, “O ato que hoje aqui testemunhamos é um dos mais fortes contributos para a coesão. Garantir mobilidade, acesso a serviços essenciais, como aos serviços públicos, à saúde, é uma obrigação resultante do modelo de desenvolvimento que conjuntamente desejamos aprofundar.”

Para mais informações pode telefonar para o número 800 10 20 30, todos os dias úteis das 09h às 13h e das 14h às 17h, ou, em alternativa, consultar o site: https://irevir.cimvdl.pt

Acordo de colaboração que visa a promoção turística do concelho de Mangualde

Foi recentemente assinado um protocolo, entre a Câmara Municipal de Mangualde, a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde (SCM) e o Palácio dos Condes de Anadia, que aposta no desenvolvimento turístico de Mangualde. Após conversações, que decorreram ao longos dos últimos meses, as três entidades estabeleceram agora um acordo de colaboração que visa a promoção turística do concelho.

Assim, o Palácio dos Condes de Anadia passa a integrar, nos seus roteiros turísticos, a visita à Igreja da Misericórdia de Mangualde e à Ermida da Nossa Senhora do Castelo. As visitas serão acompanhadas por um guia turístico, que o Palácio dos Condes de Anadia colocará à disposição dos turistas.

Por outro lado, a SCM garante a abertura da Ermida da Nossa Senhora do Castelo aos turistas e visitantes procedentes do Palácio dos Condes de Anadia, e o Município de Mangualde compromete-se a gerir o espaço de acolhimento de turistas e visitantes situado no rés-do-chão do edifício contiguo à Igreja, divulgando os produtos endógenos e o património histórico e arquitetónico da região, e abrindo a Igreja da Misericórdia de Mangualde aos visitantes.

O Turismo é uma atividade em grande expansão, que atrai pessoas ao território e gera dinâmicas económicas e sociais, sendo por isso do interesse do Município que o turismo seja desenvolvido e que os turistas permaneçam o máximo de tempo no concelho e dinamizem a economia local, nomeadamente a hotelaria, restauração e o comércio tradicional”, destaca Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde. “O Palácio dos Condes de Anadia, conjuntamente com os seus jardins, mata e vinhos, representa hoje o maior polo de atração turística em Mangualde, nomeadamente de estrangeiros. Por outro lado, a Santa Casa da Misericórdia de Mangualde é detentora de dois imóveis, de grande valor histórico e arquitetónico, designadamente a Igreja da Misericórdia e a Ermida da Nossa Senhora do Castelo, que também têm uma relação histórica com os Condes de Anadia. Com este acordo conseguimos criar sinergia para melhorar a oferta turística do nosso concelho.”, conclui o presidente.

AF Viseu Campeonato da Divisão de Honra 2ªjornada

Grupo Norte

GD Parada – GD Resende- 0-4

Paivense – Moimenta da Beira – 0-4

Nespereira FC – Lamelas – 1-2

SC Lamego – CD Cinfães (5 out)

Classificação:

1º- GD Resende- 6

2º- Moimenta da Beira-6

3º-Lamelas-4

4º-CD Cinfães-3

5º-SC Lamego- 1

6º- Nespereira FC- 0

7º-SC Paivense- 0

8º-GD Parada- 0

 

Grupo Centro

Campia – Oliveira de Frades- 0-1

UD Sampedrense – Sátão- 2-2

Lusitano Vildemoinhos – Carvalhais – 2-0

Penalva do Castelo – Roriz- 1-1

Classificação:

1º-Oliveira de Frades- 6

2º- Lusitano Vildemoinhos – 4

3º- Sátão-4

4º-Campia- 3

5º-Roriz-2

6º-UD Sampedrense- 1

7º Penalva do Castelo-1

8º- Carvalhais- 0

 

Grupo Sul

Vale de Açores – Carregal do Sal- 4-1

Molelos – Canas Senhorim- 6-2

GD Mangualde – Moimenta Dão – 0-0

SL Nelas – Mortágua FC- 1-2

Classificação:

1º Mortágua- 6

2º- GD Mangualde- 4

3º-Molelos – 3

4º- Canas Senhorim- 3

5º- Vale de Açores-3

6º- Moimenta Dão-1

7º-Sl Nelas- 0

8º-Carregal do Sal- 0

 

 

 

Coval (Quintela de Azurara) vai ser potenciado

Foram recentemente assinados dois atos , na Câmara Municipal, que potenciam o desenvolvimento da aldeia do Coval (Quintela de Azurara).
– Assinatura de contrato promessa de doação de uma casa rústica e grande laje envolvente destinada, após recuperação, à implantação de equipamentos de utilização coletiva, social, cultural e turística, e à instalação de infraestruturas que devam integrar o domínio público da freguesia na zona do Coval.
A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Quintela de Azurara agradecem publicamente a Serafim Gomes e à sua Família este generoso ato.
– Assinatura de protocolo entre a Câmara e a Junta de Freguesia para extensão da rede elétrica até ao Coval de forma a potenciar o desenvolvimento da agricultura e do turismo.
Também ao nível da iniciativa privada se têm registado dinâmicas potenciadoras de desenvolvimento nesta localidade .

Michel Machado e Sandra Monteiro venceram Viseu Dão Lafões Riders Challenge 2021

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões deu por concluída a segunda edição do Viseu Dão Lafões Riders Challenge, um desafio inovador que voltou a atrair para as estradas de montanha da região atletas nacionais e internacionais (Espanha, Reino Unido).

Nesta prova, que decorreu entre os dias 15 de julho e 15 de setembro de 2021, os participantes foram, novamente, desafiados a percorrer as quatro Subidas Épicas | Viseu Dão Lafões, desta feita, em três circuitos distintos traçados nas encostas das serras do Caramulo, Arada e Montemuro.

Neste desafio, em que as componentes de superação e de descoberta são condimentos principais, a vertente competitiva não é esquecida por via do registo dos tempos obtidos em cada uma das etapas.

Assim, no plano competitivo, foram validadas mais de 110 subidas. Entre os atletas que completaram as três subidas (finishers), Sandra Monteiro, atleta da equipa Clube de Montanha Alto Trilho – Javali, foi a Vencedora Absoluta Feminina; Michel Machado, da equipa Vasconha BTT Vouzela, foi, novamente, o Vencedor Absoluto Masculino.

 

Na sua segunda edição o Viseu Dão Lafões Riders Challenge continua a assumir-se enquanto alternativa válida para a prática desportiva, permitindo a captação e o acolhimento de atletas no território, respeitando todas as diretivas associadas à situação sanitária atual.

 

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho: “Atendendo ao contexto em que vivemos, consideramos que a segunda edição do Viseu Dão Lafões Riders Challenge foi um sucesso, tanto no plano desportivo como no âmbito da promoção da região enquanto destino de excelência para turismo natureza e desportivo.

 

Ainda de acordo com o Secretário Executivo: “O sucesso desta iniciativa, que começa a criar raízes no território, está diretamente relacionado com potencial de atração que os recursos naturais da região exercem sobre os amantes de atividades ao ar livre. Com esta iniciativa, a CIM procura criar, não só, novas oportunidades para os apaixonados da natureza e do ciclismo e para o setor turístico, mas também atrair novos públicos para a região, apresentando-a enquanto um território pleno de desafios, diverso e sustentável”.

Este desafio contou com a parceria do Turismo Centro de Portugal, da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e dos 4 Municípios envolvidos no projeto.

Os resultados finais podem ser consultados em: https://resultados.viseudaolafoes.stopandgo.net/

Mangualde- Inscrições abertas na Escola de Natação

Vai abrir já no dia 11 de outubro, a Escola de Natação do Município de Mangualde .
As inscrições poderão ser efetuadas a partir do dia 4 de outubro, já as renovações a partir do dia 27 de setembro. As aulas irão decorrer no complexo das Piscinas Municipais até ao dia 30 de junho de 2022.
Existem diversas aulas que englobam diferentes faixas etárias: nível de Adaptação ao Meio Aquático, crianças dos 3 aos 5 anos; nível de Natação Pura, dos 6 aos 17 anos e idade superior a 17 anos; aulas de Hidroginástica e Tarifário Combinado, a partir dos 14 anos. Existe ainda a modalidade de natação livre e a possibilidade de desfrutar do Centro de Saúde e Lazer, nomeadamente de squash e da sauna.

Visitas Teste pelo Roteiro da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões

Municípios da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões realizam visitas-teste aos seus recursos culturais e patrimoniais

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no âmbito da sua candidatura “Produtos Turísticos Integrados da Região – Ativação da Rede Patrimonial Intermunicipal”, financiada ao abrigo do Programa Centro 2020, tem vindo a promover um conjunto de iniciativas para a criação e ativação da Rede Patrimonial Intermunicipal.

Assim, com o envolvimento direto dos técnicos municipais de turismo e responsáveis pelos recursos culturais e patrimoniais dos seus 14 municípios, o processo de capacitação iniciado em novembro de 2020, culmina agora com a realização de um conjunto de visitas-teste. Estas visitas integram-se no processo de estruturação da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões, permitindo a realização de momentos de trabalho entre os municípios, através do conhecimento e descoberta dos recursos culturais e patrimoniais.

As visitas-teste são tidas como um formato prático e dinâmico, que permite aos técnicos das áreas da cultura, património e turismo, conhecer os recursos e produtos turísticos da região, no âmbito das suas competências e atividades de visitação, com o objetivo de promover a qualificação da oferta do segmento de Turismo Cultural.

 

As visitas-teste encontram-se a decorrer até ao dia 1 de outubro, com programas preparados ao pormenor pelos próprios municípios, atendendo aos recursos visados no Roteiro da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões. Esta ação permitirá intensificar as redes de colaboração e cooperação intermunicipais e qualificar a oferta turística da região.

Segundo o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho,  “A CIM tem vindo a trabalhar o posicionamento de Viseu Dão Lafões enquanto destino de excelência no âmbito do turismo cultural e patrimonial, nesse sentido temos focado o  nosso “know-how”, não só, na ativação e valorização dos inúmeros recursos patrimoniais do território, mas também, na qualificação dos técnicos e agentes de turismo, cultura e património espalhados pelo território“.

Neste esforço de valorização do património e de qualificação de recursos humanos, as visitas-teste, que a CIM se encontra a promover, afiguram-se como uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de um conhecimento mais profundo da vasta riqueza arquitetónica, arqueológica e patrimonial que compõe todo o território de Viseu Dão Lafões, ficando os agentes turísticos mais qualificados para dar resposta às necessidades e questões dos turistas a uma escala intermunicipal“, concluiu.

Calendário:

· 23 e 24 de setembro: Aguiar da Beira, Mangualde, Penalva do Castelo, Sátão e Vila Nova de Paiva

· 30 de setembro e 1 de outubro: Castro Daire, São Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Viseu