Templates by BIGtheme NET
Início » Mangualde (Pagina 4)

Mangualde

Visitas Teste pelo Roteiro da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões

Municípios da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões realizam visitas-teste aos seus recursos culturais e patrimoniais

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no âmbito da sua candidatura “Produtos Turísticos Integrados da Região – Ativação da Rede Patrimonial Intermunicipal”, financiada ao abrigo do Programa Centro 2020, tem vindo a promover um conjunto de iniciativas para a criação e ativação da Rede Patrimonial Intermunicipal.

Assim, com o envolvimento direto dos técnicos municipais de turismo e responsáveis pelos recursos culturais e patrimoniais dos seus 14 municípios, o processo de capacitação iniciado em novembro de 2020, culmina agora com a realização de um conjunto de visitas-teste. Estas visitas integram-se no processo de estruturação da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões, permitindo a realização de momentos de trabalho entre os municípios, através do conhecimento e descoberta dos recursos culturais e patrimoniais.

As visitas-teste são tidas como um formato prático e dinâmico, que permite aos técnicos das áreas da cultura, património e turismo, conhecer os recursos e produtos turísticos da região, no âmbito das suas competências e atividades de visitação, com o objetivo de promover a qualificação da oferta do segmento de Turismo Cultural.

 

As visitas-teste encontram-se a decorrer até ao dia 1 de outubro, com programas preparados ao pormenor pelos próprios municípios, atendendo aos recursos visados no Roteiro da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões. Esta ação permitirá intensificar as redes de colaboração e cooperação intermunicipais e qualificar a oferta turística da região.

Segundo o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho,  “A CIM tem vindo a trabalhar o posicionamento de Viseu Dão Lafões enquanto destino de excelência no âmbito do turismo cultural e patrimonial, nesse sentido temos focado o  nosso “know-how”, não só, na ativação e valorização dos inúmeros recursos patrimoniais do território, mas também, na qualificação dos técnicos e agentes de turismo, cultura e património espalhados pelo território“.

Neste esforço de valorização do património e de qualificação de recursos humanos, as visitas-teste, que a CIM se encontra a promover, afiguram-se como uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de um conhecimento mais profundo da vasta riqueza arquitetónica, arqueológica e patrimonial que compõe todo o território de Viseu Dão Lafões, ficando os agentes turísticos mais qualificados para dar resposta às necessidades e questões dos turistas a uma escala intermunicipal“, concluiu.

Calendário:

· 23 e 24 de setembro: Aguiar da Beira, Mangualde, Penalva do Castelo, Sátão e Vila Nova de Paiva

· 30 de setembro e 1 de outubro: Castro Daire, São Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Viseu

 

Busto de Homenagem à Nossa Senhora de Bom Sucesso em Chãs de Tavares

A União de Freguesias de Tavares como forma de homenagear as festividades no Monte da Nossa Senhora do Bom Sucesso, colocou uma imagem a dar as boas vinda aos visitantes que anualmente visitam o local.

Deste modo na impossibilidade de a festa não acontecer com normalidade este ano, onde apenas foi celebrada a Santa Missa, como forma de assinalar a data. Ficando a promessa de em 2022 acontecer a festividade completa.

AF Viseu- Divisão Honra- jornada 1

Na Divisão de Honra da AF Viseu também arrancou o novo figurino com a ronda 1 onde aconteceram os seguintes resultados:
Zona Norte
GD Resende 1-0 Paivense
CD Cinfães 2-0 GD Parada
CDR Lamelas 0-0 SC Lamego
Moimenta da Beira 1-0 Nespereira FC
Zona Centro
Sátão 1-0 Penalva Castelo
GD Oliveira de Frades 1-0 UD Sampedrense
Carvalhais 0-0 Campia
GDC Roriz 0-0 Lusitano Vildemoinhos
Zona Sul
Mortágua FC 1-0 Molelos
Carregal do Sal 1-2 GD Mangualde
Canas Senhorim 2-1 Vale de Açores
Moimenta Dão – Nelas (adiado)

Município de Mangualde volta atribuir bolsas de estudo aos estudantes do Ensino Superior do concelho

O Município de Mangualde tem vindo a apostar fortemente na atribuição de Bolsas de Estudo de acesso ao Ensino Superior. Nos últimos cinco anos foram atribuídas 144 bolsas, representando um investimento total de 57 500€.

Trata-se de uma ação inserida nas políticas educativas e sociais do município, que visa ajudar os jovens da região em que as condições financeiras do agregado familiar não permitem que frequente o Ensino Superior.

Considerando as dificuldades económicas que afetam algumas famílias do município, a autarquia de Mangualde entende que deve apoiar e motivar a progressão de estudos após a escolaridade obrigatória, através da atribuição de bolsas de estudo a jovens naturais e residentes do concelho, incentivando assim a formação de quadros técnicos superiores na região. Esta medida para além combater o abandono escolar por falta de condições monetárias, é uma iniciativa de promoção à igualdade de oportunidade e coesão social.

As Bolsas de Estudo destinam-se, assim, a estudantes matriculados em cursos conducentes ao grau de licenciatura, com ou sem mestrado integrado, e ao grau de mestrado, sendo atribuídas em função dos rendimentos anuais do agregado familiar.

CANDIDATURAS DE 1 DE OUTUBRO A 15 DE NOVEMBRO

Toda a informação e candidaturas em www.cmmangualde.pt

As candidaturas devem ser apresentadas entre dia 1 de outubro e 15 de novembro, com o preenchimento do boletim de candidatura e dos respetivos documentos obrigatórios e entrega no Gabinete de Ação Social de Mangualde ou no balcão único.

O regulamento pode ser consultado em:

https://www.cmmangualde.pt/wp-content/uploads/2019/09/Regulamento-BolsasdeEstudo_enssup.pdf

Requerimento de candidatura em:

https://www.cmmangualde.pt/wp-content/uploads/2020/09/BOLETIMCANDIDATURABOLSAS_2020.pdf

GNR inicia campanha do regresso às aulas

A Guarda Nacional Republicana (GNR), para assinalar o regresso às aulas, vai realizar um conjunto de ações de sensibilização dirigidas aos diversos intervenientes no ambiente escolar, desde professores, alunos e encarregados de educação, em todos os estabelecimentos escolares na sua área de responsabilidade, com o objetivo de transmitir conselhos de segurança.

Neste alinhamento, as Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC) e os militares dos Postos Territoriais irão promover ações de sensibilização no âmbito da segurança na rua, em casa e ainda segurança rodoviária, uma vez que o fluxo de trânsito aumenta devido ao transporte dos alunos para a escola, sendo importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças.

A GNR, para além da transmissão de conselhos de segurança aos encarregados de educação, irá ainda divulgar o Programa Escola Segura e dar a conhecer os militares responsáveis pelo programa na respetiva escola, com a distribuição do número de contacto das SPC, contribuindo desse modo para uma maior consciencialização dos encarregados de educação para a importância da segurança escolar dos jovens alunos e para uma melhor preparação das crianças e jovens, para os desafios que irão encontrar no regresso às aulas, aumentando o sentimento de segurança da comunidade escolar.

A GNR tem à sua responsabilidade cerca de 5 mil estabelecimentos de ensino, onde os militares irão promover estas ações e transmitir alguns conselhos de segurança, designadamente:

  • Aos jovens estudantes:
    • No deslocamento de e para a escola circula sempre que possível acompanhado ou em grupo e evita passar em locais isolados ou com pouca luz;
    • Nem sempre o caminho mais perto é o caminho mais seguro;
    • Memoriza no telemóvel o número do Posto da GNR local, num dos números de marcação rápida;
    • Espera pelos teus pais, por algum familiar ou amigo, dentro da escola;
    • Na internet:
      • Escolhe bem os conteúdos que publicas;
      • Palavras-passe: não as deixes acessíveis, não as mostres a amigos, altera-as e usa diferentes para vários serviços;
      • Se te sentires ameaçado na internet, pede ajuda a outra pessoa;
      • Qualquer pessoa pode estar online. Não acredites em tudo o que te dizem ou mostram;
      • Não te isoles. Se te acontecer algo perturbador online, denuncia.
    • Sempre que tiveres um problema, informa os teus pais ou encarregados de educação ou pede ajuda a um professor ou a um auxiliar da escola.

 

  • Aos pais:
    • Acompanhe o desenvolvimento escolar e as suas rotinas do seu filho;
    • Ensine o seu filho a colocar o número do Posto da GNR local, num número de marcação rápida;
    • Sempre que tiver conhecimento ou suspeita de que o seu filho ou colegas estejam a ser vítimas de ameaças, agressões ou outro tipo de crime, informe de imediato a GNR. A nossa ajuda poderá ser decisiva!

AF Viseu-Sorteio do Campeonato Distrital Juniores B.

O auditório Carlos Costa, na sede da Associação de Futebol de Viseu (AF Viseu), acolheu o sorteio do Campeonato Distrital Juniores B.
Eis o resultado do sorteio:
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗔 | 𝗣𝗿𝗶𝗺𝗲𝗶𝗿𝗮 𝗷𝗼𝗿𝗻𝗮𝗱𝗮
CRACKS C Lamego x GD Resende
CDR Moimenta da Beira x SC Tarouca
ACRD O Crasto x CD Cinfães
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗕 | 𝗣𝗿𝗶𝗺𝗲𝗶𝗿𝗮 𝗷𝗼𝗿𝗻𝗮𝗱𝗮
Académico de Viseu FC “B” x AD Sátão
UD Sampedrense x SC Paivense
GD Oliveira de Frades x Carvalhais FC
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗖 | 𝗣𝗿𝗶𝗺𝗲𝗶𝗿𝗮 𝗷𝗼𝗿𝗻𝗮𝗱𝗮
Lusitano FC Vildemoinhos x CSCRD Leões da Beira
Viseu United FC x SV Benfica
SC Penalva do Castelo x CF “Os Repesenses” “B”
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗗 | 𝗣𝗿𝗶𝗺𝗲𝗶𝗿𝗮 𝗷𝗼𝗿𝗻𝗮𝗱𝗮
CF “Os Repesenses” x GD Mangualde
Estrela Mondego FC x ASSRD Vila Chã de Sá
* Viseu 2001 ADSC folga na primeira jornada
𝗚𝗿𝘂𝗽𝗼 𝗘 | 𝗣𝗿𝗶𝗺𝗲𝗶𝗿𝗮 𝗷𝗼𝗿𝗻𝗮𝗱𝗮
SC Vale de Açores x CF Carregal do Sal
CA Molelos x SL Nelas
*GD Santacombadense folga na primeira jornada
fonte :AFV

Exposição sobre “Pilar Europeu dos Direitos Sociais”em Mangualde

Vai estar patente na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde,  a Exposição sobre “Pilar Europeu dos Direitos Sociais” promovida pela Europe Direct Viseu Dão Lafões, de 13 a 18 de setembro .

Fruto de uma iniciativa da Representação da Comissão Europeia em Portugal, esta exibição visa dar a conhecer, de forma imersiva, os 20 princípios do Pilar Europeu dos Direitos Sociais, que constituem o quadro de orientação para a construção de uma Europa social forte, justa, inclusiva e plena de oportunidades. Estes princípios estão estruturados em torno de três grandes prioridades: igualdade de oportunidades e acesso ao mercado de trabalho; condições de trabalho justas; proteção e inclusão social. A entrada é livre, sendo fundamental o respeito das regras de saúde pública em vigor.

 Constituída por 24 painéis, esta exposição vai realizar uma itinerância por algumas das bibliotecas que compõem a Rede Intermunicipal de Bibliotecas Viseu Dão Lafões (RIBVDL), marcando presença nos seguintes concelhos: Nelas (30 de agosto a 3 de setembro); Santa Comba Dão (6 de setembro a 11 de setembro); Mangualde (13 de setembro a 18 de setembro); Penalva do Castelo (20 de Setembro a 25 de setembro); Sátão (27 de setembro a 01 de outubro); Castro Daire (4 de outubro a 9 de outubro); São Pedro do Sul (11 de outubro a 16 de outubro); Vouzela (18 de outubro a 23 de outubro). Visitando, ainda, o Centro Europe Direct Viseu Dão Lafões (25 de outubro a 30 de outubro), na Casa do Adro.

Segundo o Gestor do Europe Direct Viseu Dão Lafões, José Carlos Almeida, Ao promover esta exposição, o Europe Direct Viseu Dão Lafões procura contribuir, a nível local, não só, para estimular o debate público, mas também, para informar e consciencializar os cidadãos relativamente às mais recentes políticas de âmbito europeu em torno dos direitos sociais”.

Visita à Exposição Virtual Pilar Social Europeu em: https://pilarsocialeuropeu.pt

‘Homenagem às vítimas do acidente ferroviário de Alcafache de forma simbólica

Uma homenagem bastante simbólica aconteceu em Alcafache neste sábado, para assinalar os 36 anos do trágico acidente ferroviário que ocorreu no concelho de Mangualde, e de modo a perpetuar a memória das vítimas do fatídico acidente.
Este momento de homenagem, contou com a presença de Elísio Oliveira, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Augusto Sá, representante da COMAFA – Comissão Organizadora Movimento Acidente Ferroviário de Alcafache, Presidente da Junta de Freguesia de Espinho, António Monteiro, Bombeiros Voluntários de Mangualde, Bombeiros Voluntários de Nelas e os Bombeiros Voluntários de Canas de Senhorim.
Pelo segundo ano consecutivo não foram realizadas as habituais cerimónias para não se propiciar o ajuntamento de um grande número pessoas que todos os anos rumam a Mangualde para homenagear as vítimas do maior acidente ferroviário de que há memória em Portugal.

CIM Viseu Dão Lafões conclui segunda fase do Sistema Integrado de Videovigilância da Floresta

Recentemente, no âmbito da conclusão da segunda fase de implementação do Sistema Integrado de Videovigilância para a Prevenção de Incêndios Florestais na Região de Viseu Dão Lafões e Coimbra, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões realizou uma visita à sexta Torre de Acompanhamento Remoto (TAR), instalada no seu território, localizada no Município de Nelas.

Este sistema, financiado pelo Fundo de Coesão, através do PO SEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Uso dos Recurso, representa um investimento global de mais de 3,7 milhões de euros e prevê a instalação de trinta e sete TAR’s, dezassete das quais em Viseu Dão Lafões, que proporciona uma cobertura de 85% do território afeto à CIM Viseu Dão Lafões.

Recorde-se que na primeira fase de implementação deste sistema, foram instaladas as três primeiras TAR, localizadas nos concelhos de Tondela, Viseu e Vouzela. Na segunda fase, agora concluída, foram adicionadas mais três TAR, nomeadamente, nos concelhos de Carregal do Sal, Mangualde e Nelas. A terceira fase, cuja conclusão está prevista para o próximo mês de dezembro, contempla a instação de outras três TAR, nos concelhos de São Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Vouzela, ficando um total nove TAR operacionais em Viseu Dão Lafões.

Na Região Viseu Dão Lafões já se encontram em operação os dois Centros de Gestão e Controlo, estando um localizado no Comando Territorial da GNR de Viseu e outro no Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Viseu.

Por último, importa referir que este sistema conta com uma rede de comunicações dedicada, via rádio, e garante a interoperabilidade com os Sistemas de Acompanhamento e Apoio à Decisão já instalados e em operação em outras regiões.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com a entrada em operação da sexta TAR, damos por concluída a segunda fase deste projeto que, já este verão, se tem afirmado como uma mais-valia para a proteção das populações e da nossa floresta”. 

Ainda, segundo o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões “Com este projeto, aliado a outras iniciativas que temos desenvolvido no âmbito da defesa da floresta e da proteção civil intermunicipal, como seja, a titulo de exemplo, a capacitação de técnicos de fogo controlado, a CIM Viseu Dão coloca o nosso território na linha da frente  no desenvolvimento de projetos que contribuem para a defesa e resiliência da nossa floresta”.

Para o Presidente do Município de Nelas, José  Borges da Silva, “Periodicamente a nossa floresta é devastada por incêndios. Sabendo nós que dois terços das ignições são de origem humana, este é um instrumento absolutamente essencial para diminuir a potencialidade das ignições. Este instrumento aliado a outros, nomeadamente o Cadastro da Propriedade Rústica, também ele promovido pela CIM Viseu Dão Lafões, permite, não só, defender o nosso ativo florestal e ambiental, mas também potenciar tudo aquilo que resulta dele”.

 

Projeto BASILDA atua em Mangualde

O Município de Mangualde irá receber o concerto do projeto BASILDA que trará novo som à noite dos mangualdenses, no dia 19 de setembro. Uma iniciativa que ocorre no âmbito do Projeto Intermunicipal CULTURA NO DÃO e que envolve os Municípios de Mangualde, Nelas e Penalva do Castelo, financiado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Terá lugar no Largo Dr. Couto, pelas 21h30.

 A lotação do concerto é limitada e os lugares são marcados, de forma a respeitar as normas emanadas pela DGS. A entrada é gratuita, mas com aquisição obrigatória de bilhetes na Biblioteca Municipal e/ou na Papelaria Adrião. A organização solicita a todos que respeitem sempre as regras da DGS e as indicações/sinalética no local, mantendo sempre o distanciamento social de segurança e as regras de etiqueta respiratória.

BASILDA

“Keep on Dancing”, lançado a 26 de julho deste ano, é o primeiro álbum dos Basilda e também o mote da banda do Porto, sedenta de festa e alegria. Depois do êxito dos singles ‘Little of Your Time’, ‘Fine Without You’, ‘Bring It Up’ e o recente ‘Me & You’, o trio leva a sua bola de espelhos para os palcos, prometendo ritmos quentes, alegria contagiante e muita partilha.