Templates by BIGtheme NET
Início » Mangualde (Pagina 5)

Mangualde

Algumas remodelações em Vila Mendo de Tavares

Em Vila Mendo de Tavares, vão-se realizando algumas remodelações por toda a localidade.

Assim, foi restaurado o Altar Principal no interior da capela de São Domingos Gusmão e remodelado o Oratório de Nossa Senhora de Fátima à entrada da povoação e sua área envolvente.

Deste modo, são estas pequenas obras que também engrandecem as freguesias.

Livro “Viver com Alegria” vai ser apresentado em Mangualde

Vai acontecer a apresentação no dia 13 de maio, pelas 18h, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, o  livro “Viver com Alegria” em Mangualde pela autora que nasceu em Mangualde, Maria Fernanda Silva , em Quintela de Azurara, e é professora aposentada, licenciada no 1.º ciclo.

 O evento decorrerá com as diretrizes da DGS, tendo assim uma lotação limitada de 70 lugares, pelo que os interessados devem reservar lugar através do telefone 232 619 889.

SINOPSE DO LIVRO:

Este é um livro de testemunhos. Dizem que as palavras convencem, mas os testemunhos arrastam.Tenho fé que estes testemunhos de vida arrastarão multidões para a verdadeira felicidade.

Portugal em situação de calamidade até 16 de maio

Novas medidas

Após a reunião do Conselho de Ministros foi aprovada  a situação de calamidade em todo o território nacional continental, das 00:00h do dia 1 de maio de 2021 até às 23:59h do dia 16 de maio de 2021.

Dando seguimento ao plano de desconfinamento apresentado em março, e atendendo à evolução da pandemia em todos os concelhos do território continental, o Conselho de Ministros definiu que, a partir do dia 1 de maio, a generalidade do país, à exceção de oito municípios – Odemira (freguesias de São Teotónio e Longueira/Almograve), Aljezur, Resende, Carregal do Sal, Portimão, Paredes, Miranda do Douro e Valongo – prossegue para a próxima fase de desconfinamento.

Assim, para além de um conjunto de medidas, designadamente relativas ao dever cívico de recolhimento domiciliário, à obrigatoriedade de uso de máscaras ou viseiras, ao controlo da temperatura corporal, à realização de testes de diagnóstico, bem como regras de segurança e de distanciamento nos estabelecimentos ou locais abertos ao público, aplicam-se as seguintes regras:

Horários de funcionamento:
– Restaurantes e espetáculos até às 22h30;
– Comércio em geral: até às 21h00 nos dias de semana e até às 19h00 nos fins de semana e feriados.

– os restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar com a limitação condicionada a um máximo de seis pessoas por mesa no interior e dez pessoas por mesa nas esplanadas;
– a prática de todas as modalidades desportivas passa a estar permitida, bem como e para todas a atividade física ao ar livre;
– os ginásios podem funcionar com aulas de grupo, observando as regras de segurança e higiene;
– a lotação para casamentos e batizados passa a estar limitada a 50% do espaço.

Haverá ainda uma avaliação intercalar semanal para averiguar se os concelhos cuja situação epidemiológica melhore podem avançar no desconfinamento.

Eventos culturais vão animar Mangualde

São diversas as atividades culturais a decorrer entre os meses de maio e agosto, em diferentes locais da cidade e do concelho de Mangualde

Vão ser vários meses que a Câmara Municipal de Mangualde promove um conjunto de eventos culturais para todos os mangualdenses. As atividades são de diversas tipologias e decorrem durante os meses de maio, junho, julho e agosto em diferentes pontos da cidade e do concelho. Estes eventos decorrerão de acordo com todas as recomendações e regras da DGS, de forma a garantir a segurança de todos os envolvidos. Algumas destas atividades enquadram-se no Projeto intermunicipal “Cultura no Dão” financiado pelo Programa Operacional Regional do Centro 2020.

APRESENTAÇÃO DE LIVROS NOS DIAS 13 E 21 DE MAIO, NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

No âmbito do Mês do Autor Português serão apresentados, na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, os livros “Viver com alegria” de Maria Fernanda Silva, no dia 13 de maio e “A vida num roteiro” de Pedro Coelho, no dia 21 de maio. Ambas as apresentações têm início às 18h00.

 CONCERTO DEDICADO À MÃE NO DIA 23 DE MAIO, NA IGREJA DO COMPLEXO PAROQUIAL

A orquestra POEMa protagonizará um concerto dedicado a todas as Mães, no dia 23 de maio, às 16h00, na Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde. Esta iniciativa contará ainda com a participação do Coro Misto do Conservatório Regional de Música de Viseu.

 DRIVE-IN NOS DIAS 25 E 26 DE JUNHO, NA SOPÉ DO MONTE DA SRA. DO CASTELO

A iniciativa desenvolve-se com a parceria da Associação Juvenil Jovens do Castelo que ajudará a garantir o cumprimento das regras recomendadas pela DGS. A atividade será gratuita, terá lugar no sopé do Monte da Sra. do Castelo e será realizada nos dias 25 e 26 de junho de 2021. Ambas as sessões terão início às 21h30.

“EM QUARTO CRESCENTE” ENTRE OS DIAS 14 A 17 DE JULHO, NO LARDO DR. COUTO

Evento cultural em formato de Café-Concerto com livros, leituras, cinema, teatro, música e dança que decorre entre 14 e 17 de julho, no Largo Dr. Couto, a partir das 21h30.

“ITINERÂNCIAS DA LUA” ENTRE OS DIAS 18 A 20 DE JULHO, EM CHÃS DE TAVARES

O mesmo formato do “Em Quarto crescente” nas noites de 18 a 20 de julho em Guimarães de Tavares, a partir das 21h30.

 “VERÃO ESTRELAS” NOS DIAS 6, 7 E 8 DE AGOSTO, NA SERRA DAS POUSADAS

Os Mangualdenses têm a possibilidade de deslumbrar-se com as estrelas, nos dias 6, 7 e 8 de agosto, na Serra das Pousadas em Guimarães de Tavares, a partir das 21h30.

Megalitismo foi debatido na webinar da CIM Viseu Dão Lafões

Foi promovido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, desenvolvido numa parceria com o Turismo de Portugal, este seminário procurou debater o megalitismo numa lógica da sua preservação e promoção enquanto produto turístico de excelência.

Entre os oradores, este fórum contou com a participação do Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho; de António Faustino Carvalho, arqueólogo e especialista em pré-história da Universidade do Algarve; e, ainda, de Pedro Sobral Carvalho, arqueólogo na EON – Indústrias Criativas.

Este seminário reuniu mais de 80 pessoas, onde se destaca, também, a presença de investigadores do país vizinho (Espanha).

Recorde-se que no âmbito do megalitismo, a CIM Viseu Dão Lafões, em associação com o Município de Sever do Vouga, dinamiza o projeto  “MEG Rota do Megalitismo da Região Viseu Dão Lafões e Sever do Vouga”, cujo objetivo passa por ativar uma oferta turística regional suportada em vinte e seis dos mais emblemáticos monumentos megalíticos do território.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “O Megalitismo, se devidamente valorizado, agrega um elevado potencial de desenvolvimento e atratividade aos territórios. Tendo em conta que Viseu Dão Lafões concentra o maior conjunto de dólmens com pinturas e atendendo a que a CIM tem a ambição de desenvolver uma proposta turística de excelência no seu território, este seminário enquadra-se, também, numa estratégia de partilha de conhecimentos e capacitação de agentes para a valorização deste exclusivo produto endógeno, com um elevado potencial de crescimento se trabalhado numa lógica intermunicipal e articulado com outros recursos do Turismo Cultural”.

GNR- Atividade operacional

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de ações policiais, em todo o território nacional, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 de hoje, domingo. Estas ações visaram, não só, a prevenção e o combate à criminalidade, como também a fiscalização de diversas matérias de âmbito contraordenacional, registando-se os seguintes dados operacionais:

  1. Detenções: 10 detidos em flagrante delito, destacando-se:
  • Seis por condução sem habilitação legal;
  • Um por ofensas à integridade física
  • Um por dano;
  • Um por desobediência.
  1. Apreensões:
  • Uma pistola de calibre 6.35 mm;
  • Uma faca;
  • Três doses de cocaína.

Região Centro conta com 18,4 milhões de euros para a programação cultural em rede

Foram aprovadas 65 candidaturas pelo Programa Operacional Centro 2020 para a programação cultural em rede, que representam um investimento total de 19,2 milhões de euros e uma comparticipação de fundos europeus de 18,4 milhões de euros. O montante total já aprovado representa um reforço de 6,7 milhões de euros face à dotação inicial do aviso de concurso (11,7 milhões de euros).

Estes projetos são uma resposta para a retoma e manutenção das atividades culturais e artísticas, tendo em conta os prejuízos decorrentes da suspensão total ou parcial de atividade no contexto da pandemia COVID-19.

Por sua vez, Isabel Damasceno, (CCDRC), referiu que: “este conjunto de aprovações representa um esforço significativo do Programa Regional do Centro, financiando a 100% a realização de eventos e iniciativas culturais. É mais um contributo para que os diversos agentes culturais da região possam ultrapassar os fortes constrangimentos decorrentes da pandemia”.

Os apoios concedidos destinam-se a investimentos que visem promover a dinamização, promoção e desenvolvimento do património cultural, enquanto instrumento de diferenciação e competitividade dos territórios, designadamente através da sua qualificação e valorização turística. O objetivo é aumentar a atratividade das regiões e a sua dinamização económica, mas também garantir o acesso à cultura para todos os cidadãos e criar novos públicos.

São beneficiários destes apoios os municípios (em rede ou parceria), as comunidades intermunicipais, entidades privadas sem fins lucrativos e agentes culturais.

Assim, a CIM Viseu, Dão e Lafões com a Programação Cultural em Rede; Município de Seia com o Festival Cultural da Serra da Estrela; o Município de Mangualde com o Cultura do Dão.

Mangualde celebra online o 25 de abril

Em Mangualde , o 25 de abril vai ser vivido online em direto,  através do Facebook da Câmara e da Biblioteca Municipal, à Conferência “Para Celebrar o Futuro da Democracia” pelo Professor Doutor Joaquim Pires Valentim, da Universidade de Coimbra.

A abertura da sessão será realizada pela Orquestra POEMa, contando ainda com a participação, em vídeo, da Orquestra Juvenil do Agrupamento de Escolas de Mangualde, no encerramento.

 Esta iniciativa visa assinalar este dia de liberdade e de 47 anos de Democracia, num formato que permite assegurar a segurança de todos os envolvidos.

Para assistir ao concerto em live streaming basta aceder à página oficial do Facebook do Município de Mangualde – https://www.facebook.com/municipiomangualde e/ou à página da Biblioteca Municipal de Mangualde Dr. Alexandre Alves – https://www.facebook.com/bibliotecamunicipalmangualde

“PARA CELEBRAR O FUTURO DA DEMOCRACIA”

O Professor Doutor Joaquim Pires Valentim da Universidade de Coimbra falará sobre o tema “Para Celebrar o Futuro da Democracia”. Joaquim Pires Valentim é Professor na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra e coordenador do Doutoramento em Psicologia nessa Faculdade. Doutorado em Psicologia Social pela Universidade de Coimbra, fez também o Doutoramento Europeu em Representações Sociais e Comunicação (Universidade de Roma ‘La Sapienza, Universidade de Helsínquia e ISCTE). As suas principais áreas de investigação são: representações sociais, psicologia política, relações entre grupos, diversidade cultural e memória coletiva. Nesses domínios tem coordenado e integrado equipas de projetos de investigação nacionais e europeus e publicado regularmente em revistas internacionais com arbitragem científica. Para além das atividades de docência e investigação, tem desempenhado funções de gestão universitária e tem sido avaliador de projetos científicos.

CIM Viseu Dão Lafões reforça Rota dos Vinhos do Dão

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões vai dar início ao Programa de Capacitação “Enoturismo no Dão – Qualificar a Oferta”.Desenvolvida em estreita parceria com a Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVR Dão), esta ação de capacitação tem como objetivo agregar valor acrescentado à Rota dos Vinhos do Dão, por via da qualificação da sua oferta de serviços de enoturismo.Com arranque agendado nesta quinta-feira, esta proposta de formação online, destinada a agentes económicos do setor, destaca-se pela sua forte componente de mentoria individual.

Assim, além das habituais ações de capacitação coletivas, será dada a oportunidade, a cada um dos participantes, de agendar reuniões de trabalho individuais com mentores que integram a “Bolsa de Mentoria” deste programa. Este apoio, mais focado e de proximidade, permitirá identificar e dar uma resposta adequada às necessidades específicas de cada um dos produtores.

Com esta ação, a CIM Viseu Dão Lafões e a CVR Dão, procuram conferir ao setor vitivinícola um novo dinamismo, capaz de contribuir, de forma sustentada, para o crescimento e diferenciação da oferta regional de serviços relacionados com enoturismo, valorizando, enquanto proposta de excelência, um dos mais importantes ativos do território, o vinho do Dão.

Desenvolvido no âmbito do Programa Valorizar, o projeto “Enoturismo na Região Demarcada dos Vinhos do Dão” prevê a dinamização da Rota dos Vinhos do Dão, com propostas diferenciadoras, tirando partido de outras iniciativas com potencial turístico já em curso no território, nomeadamente ao nível da gastronomia, da ativação do património histórico, das tradições culturais e da vertente natureza, com particular incidência no inegável valor histórico e patrimonial vitivinícola existente na região do Dão.

Recorde-se que este projeto conta com uma dotação financeira de 300 mil euros, envolve os 14 municípios da CIM, tendo, ainda, como parceiros a Associação de Hotelaria e Restauração (AHRESP), o Turismo Centro de Portugal e a Viseu Marca.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “É por todos reconhecido que o Dão e a sua Região Demarcada conferem ao território de Viseu Dão Lafões um potencial ímpar. É todo este potencial, na sua dimensão enoturistica, que, através deste projeto, a CIM e os seus parceiros, estão empenhados em dinamizar, enquanto fator de atratividade e desenvolvimento do nosso território”.

Mangualde-ETAR de Tibaldinho já está em funcionamento

Uma obra da autoria do Município de Mangualde, contou com o apoio financeiro da União Europeia no valor de 266 880,19€, sendo que o investimento financeiro municipal foi de 97 686,18€.

Nesta inauguração , estiveram presentes, o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, o Vice-Presidente Rui Costa e a Vereadora Maria José Coelho, esteve também presente o Presidente da Junta de Freguesia de Alcafache, Nelson Almeida e o seu Secretário Carlos Oliveira.

A ETAR de Tibaldinho, situada na freguesia de Alcafache, que está já em funcionamento. Uma obra suportada pela Câmara Municipal de Mangualde, representa um investimento superior a 362 mil euros e tem como objetivo servir os cerca de 500 habitantes desta aldeia, e ainda desativar as fossas séticas coletivas.