Templates by BIGtheme NET
Início » Manteigas

Manteigas

AF Guarda — Resultados e Classificação do Campeonato Distrital da 2ª Divisão– 10ªjornada

10ªjornada

ARD Nespereira – SC Mêda- 0-4
CF Os Vilanovenses –  Vilar Formoso- 2-1
Paços Serra – S. Romão- 1-1
Manteigas – GC Figueirense- 3-4
Classificação:
1º- Os Vilanovenses- 24pts (8 jogos)
2º- São Romão- 20pts (10 jogos)
3º- Sc Mêda- 19pts (9 jogos)
4º- Vilar Formoso- 10pts (9 jogos)
5º- GC Figueirense- 9pts (9 jogos)
6º- Paços Serra- 8pts( 7 jogos)
7º- Manteigas- 7pts (10 jogos)
8º- Nespereira- 7pts (10 jogos)

ANAM reforça presença no distrito da Guarda com novos associados  

Para a Associação Nacional de Assembleias Municipais (ANAM) os últimos dois anos foram marcados por um acentuado crescimento que se fez notar não só pelo número de novos associados, como também a nível do número de consultas de assessoria jurídica e pedidos de pareceres. Albino Almeida, presidente da ANAM, considera que “este crescimento é revelador de todo um trabalho que se tem desenvolvido em torno da dignificação das Assembleias Municipais, pela melhoria da democracia no poder local e pela elevação do poder democrático em Portugal”.

Avaliando os últimos dois anos, fortemente marcados pela pandemia e por constrangimentos sociais, económicos e até políticos, o dirigente da associação que já conta com mais de 173 associados, nos 18 distritos do continente e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, acredita  que “os últimos tempos foram muito importantes para reforçar o papel das  Assembleias Municipais que, como órgão deliberativo do município, tiveram um importante papel na apreciação das grandes linhas da política municipal, como seja o orçamento anual ou o plano de atividades das autarquias que foram apreciados pelas respetivas Assembleias Municipais à luz  de uma realidade até então desconhecida”.

 Albino Almeida, também presidente de uma Assembleia Municipal, relembra que “as Assembleias Municipais são um órgão deliberativo do município, constituído não só por representantes das diferentes forças eleitas, mas também pelos Presidentes de Junta que desempenharam um papel determinante nas fases mais críticas da pandemia. Foram estes autarcas que estiveram mais próximos das populações, sentiram as suas angústias e problemas e, muitas vezes, solucionaram pequenos aspetos como a distribuição de máscaras e álcool gel, a sinalização das famílias mais vulneráveis e alunos que necessitaram de equipamento informático e acesso à Internet. Estes e outros aspetos que pesaram na apreciação das medidas e orçamentos aprovados em Assembleia Municipal”.

 Para a ANAM não há duvida que o papel das Assembleias Municipais foi preponderante na gestão autárquica da pandemia. “Nos últimos dois anos, não só registámos um elevado número de adesões de novos associados como tivemos de reforçar a estrutura de apoio para dar resposta ao elevado número de consultas, pedidos e pareces que conferiram uma maior segurança aos procedimentos e atos praticados, tendo em conta que cabe às Assembleias Municipais assegurar o cumprimento das leis e a regularidade das deliberações tomadas nas reuniões.”

Apesar do poder reconhecido às Assembleias Municipais, Albino Almeida defende: “é fundamental que o Governo reconheça e promova o fortalecimento dos poderes deliberativos, de acompanhamento e de fiscalização das assembleias municipais. Estamos a falar de algo que não implica esperar por alterações legislativas, na medida em que esse reforço poderá resultar de uma maior aplicação das leis já existentes”.

Sobre a valorização dos deputados municipais, que já levou a ANAM a criar no ano passado um centro de valorização dos eleitos locais, o dirigente acredita que é cada vez mais importante valorizar a diversidade de profissões e de competências que muitas vezes caraterizam aqueles que são eleitos localmente. “Não queremos mais deputados que votem com exíguo conhecimento técnico ou que votem só por alinhamento partidário”, acrescenta.

O presidente da associação fundada em 2016 e estabelecida formalmente em 2018, que representa atualmente 173 das 308 Assembleias Municipais do país mostra-se convicto que “está criado o caminho para criar uma forte estrutura nacional que espera que saia reforçada no final de 2022, ultrapassando largamente os 200 associados.

AF Guarda- Resultados da 9ªjornada do Campeonato Distrital da 2ªDivisão

CF Os Vilanovenses – S. Romão- 2-0
SC Mêda – Paços Serra- 2-1
Vilar Formoso –  Manteigas- 4-0
GC Figueirense – ARD Nespereira- 4-1
Classificação:
1º- CF Os Vilanovenses- 21
2º- S. Romão- 19
3º-SC Mêda – 16
4º- Vilar Formoso-10
5º- Manteigas – 7
6º- ARD Nespereira- 7
7º- Paços Serra – 7
8º- GC Figueirense – 6

Membros das Mesas de Voto e funcionários das Juntas de Freguesia vão ser vacinados dia 15

O Governo em comunicado refere que: Os membros das Mesas de Voto e funcionários das Juntas de Freguesia serão vacinados no próximo sábado, dia 15 de janeiro, com uma dose de reforço à Covid-19.

Nesse dia, a vacinação será dedicada a este universo, que será convocado por SMS, através de agendamento central. Haverá ainda senhas digitais para as pessoas elegíveis que não recebam a mensagem, mediante a apresentação de um documento comprovativo das funções em causa. Esta é uma decisão que está a ser operacionalizada pelo Núcleo de Coordenação de Apoio ao Ministério da Saúde, com o apoio da Administração Eleitoral.

Neste momento, a Administração Eleitoral está a recolher informações junto das Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia relativas à identificação dos membros das Mesas de Voto e funcionários das Juntas de Freguesia que prestam apoio ao ato eleitoral, que pretendam receber o reforço da vacina contra a Covid-19.

Está previsto um total de 16.427 mesas de voto para estas eleições legislativas, das quais 2.606 no dia do voto antecipado em mobilidade, a 23 de janeiro de 2022.

Diversas empresas do território CIMBSE rubricam contratos de apoio

O grande palco do TMG na cidade da Guarda acolheu a assinatura de diversas empresas da Comunidade Beiras e Serra da Estrela  de contratos de financiamento da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE), que a Guarda integra, no âmbito do Programa de Apoio à Produção Nacional (PAPN).
Uma  sessão  presidida pela ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, que contou com a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior Isabel Ferreira, a Presidente da CCDRC/Centro, Isabel Damasceno, o Presidente da Comunidade Intermunicipal Luís Tadeu, o Presidente da Câmara Municipal da Guarda Sérgio Costa e representantes de candidaturas aprovadas no PAPN, que assinaram contratos de financiamento com a Autoridade de Gestão do Programa Operacional Centro 2020.

Das 122 candidaturas ao aviso de concurso n.º CENTRO-D7-2021-12 publicado em fevereiro de 2021 pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela no âmbito do Programa de Apoio à Produção Nacional (PAPN), foram aprovadas 61 candidaturas, que totalizam um investimento elegível total de 9.074.310,00€ ao qual está associado um financiamento (fundo europeu FEDER) no montante de 5.133.835,00€, distribuído pelas empresas ligadas ao setor do Turismo no montante de 816.796,00€ e o restante pelas empresas ligadas ao setor da Indústria de transformação/extração no montante de 4.317.039,00€.

Estas empresas vão investir, na expansão das suas instalações, aquisição de novos equipamentos, diversificação da produção, redução de custos com energia e modernização de processos e serviços prestados.

Estas empresas operam sobretudo nos setores na CAE REV 3: Indústrias extrativas; Indústrias transformadoras; Turismo: Estabelecimentos hoteleiros, turismo no espaço rural, parques de campismo e de caravanismo, restauração e organização de atividades de animação turística.

Sérgio Costa, Presidente da Câmara da Guarda, abriu a sessão e referiu que o PAPN é um estímulo à Produção Nacional e um poderoso investimento público, reforçando que são medidas como esta que diferenciam os territórios do interior, contribuindo para uma economia mais sustentável. Salientou a importância do PAPN como instrumento de apoio direto ao investimento empresarial produtivo. Referindo, como autarca, a importância das micro e pequenas empresas para a economia local, uma vez que «dão sangue e vida económica ao nosso território». Reforçou ainda a ideia «de voltar à discussão da regionalização como fator de diferenciação e desenvolvimento territorial», como já referiu noutras ocasiões. E concluiu que «o Porto Seco da Guarda será uma realidade que trará desenvolvimento a todo o Distrito da Guarda e ao Interior». O PAPN é uma iniciativa do ministério da Coesão Territorial.

Luís Tadeu, Presidente do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela assumiu que as micro e pequenas empresas candidatas são prova da sua existência e integração na sociedade e contribuem para uma melhor e maior dinâmica da Comunidade Intermunicipal.

Salientou ainda a importância dos próximos avisos serem alargados a outras áreas, e mostra-se disponível para colaborar na operacionalização de avisos que vão de encontro às necessidades das empresas do território.

Nas palavras de Isabel Damasceno, Presidente da CCDRC/CENTRO 2020, este projeto tratou-se de uma força conjunta e concertada, usando diversos instrumentos virados para o território com características diferenciadoras, nomeadamente SI2E, + COESO emprego e agora o PAPN.

A cerimónia encerrou com o discurso da Ministra da Coesão Territorial Ana Abrunhosa que ressalvou que esta medida é “um exemplo de coesão territorial, tratar diferente o que é diferente”.

Inscrições para o Curso Intermédio de Formação de Dirigentes da Portugal Football School

Segunda edição em curso

Iniciou já o processo de candidatura à segunda edição do Curso Intermédio de Formação de Dirigentes da Portugal Football School, a realizar entre 25 de fevereiro e 4 de junho maioritariamente em formato de ensino à distância, com os dois últimos dias a decorrerem presencialmente na Cidade do Futebol, em Oeiras.

As 40 vagas disponíveis destinam-se a dirigentes que tenham frequentado, com aproveitamento, uma das nove edições do Curso de Formação Inicial de Dirigentes. Entre estes, terão prioridade de acesso os que estiverem registados na Federação Portuguesa de Futebol ou numa associação distrital/regional como dirigentes de clubes de futebol, futsal ou futebol de praia no ativo.

As sessões de formação terão lugar à sexta-feira e ao sábado em fins de semana intercalados, serão tratados temas como liderança, planeamento estratégico, gestão de recursos humanos, gestão de operações, direito do desporto, contabilidade e fiscalidade, marketing e comunicação.

CANDIDATURAS AQUI

fonte:FPF

AF Guarda- Resultados do Campeonato Distrital da 2ª Divisão– 8ªjornada

Decorreu a ronda 8 da 2ªdivisão distrital da AF Guarda, com os Vilanovenses a golearem em Manteigas, mas o S.Romão também lidera apesar dos homens de Rodrigo Fonseca terem menos duas partidas, também venceram o SC Mêda.
Jornada 8
ARD Nespereira – Vilar Formoso-0-1
Manteigas – Os Vilanovenses-0-6
S. Romão – SC Mêda-1-0
Paços Serra – GC Figueirense (30 jan.- 15:00)
Lidera: S.Romão com 19 pts, seguido de Os Vilanovenses com 18 pts

Seleção Distrital de Seniores treina em Vila Cortês

O Estádio 3 de maio em Vila Cortês vai acolher o  treino de preparação rumo à Taça das Regiões, da Seleção Distrital de Seniores, deste modo, o Técnico Jorge Cardoso chamou 31 atletas para esta quarta-feira.

AD Fornos de Algodres– Bruno Costa, Marcelo Pinto, Yuri, Fábio Matos e Nuno Marçal

Vila Franca das Naves- Miguel Hortelão

GD FozCôa– Valter, Telmo e Rui Domingues

Os Vilanovenses- Mário Nunes, Tomás Reis, Cláudio Batista e Cláudio Abrantes

GD Trancoso-Tiago Liberata ,Fábio,  Rúben, Daniel e David

SC Celoricense- Pedro Amaral e Embalo

Guarda FC– Luis Vendeiro

AD Manteigas-Pablo Henrique

Guarda Desportiva– Leonardo, Vicente, Akson, Phellipy Silva, Filipe Araújo, Matias , Lucas e Guilherme

Vila Cortez – André Jesus e Hugo Vaz

Passe as festividades de Natal e de Fim de Ano em segurança

O momento das festividades de Natal e de fim de ano é, tradicionalmente, marcado pelo convívio com a família e com os amigos, favorecendo a aglomeração de pessoas, com maior proximidade e contacto físico.

Assim, para este período, a Direção-Geral da Saúde apela a todos que festejem em segurança e com responsabilidade, adotando as medidas que, em conjunto, fazem parte da barreira de proteção contra o vírus.

O plano de vacinação continua a decorrer, com a dose de reforço da vacina contra a COVID-19 para os adultos e a vacinação das crianças. No caso de nunca ter sido vacinado, agende a sua vacinação. A evidência científica demonstrou que a vacina é a medida preventiva mais eficaz para reduzir as complicações associadas à infeção por SARS-CoV-2.

Destacamos também a realização de testes, nomeadamente testes rápidos (TRAg), entre os quais os autotestes, como medida de precaução.

As festas podem ser realizadas com grupos mais pequenos, idealmente pertencentes à mesma bolha familiar/social. Escolha espaços amplos, sempre que possível, e assegure-se de que são ventilados.

A partilha de momentos em que se consomem alimentos e bebidas pode ser feita com o devido distanciamento entre os convidados, aplicando medidas simples, como a utilização de mais do que uma mesa, sempre que possível.

A máscara deve ser mantida quando não se estiver a consumir alimentos ou bebidas, particularmente na presença de pessoas mais vulneráveis, que devem ser ainda mais protegidas.

Recordamos que é fundamental manter-se atento ao aparecimento de sintomas de COVID-19, como febre, tosse, dores de cabeça, dores musculares, dificuldade respiratória ou perda do olfato ou do paladar. No caso de se manifestarem sintomas, isole-se e contacte imediatamente o SNS 24 (808 24 24 24).