Templates by BIGtheme NET
Início » Música

Música

MEO The Search by Samsung Galaxy Z: um projeto de música inovador e 100% digital

É no digital que nasce o novo talent show que vai marcar o panorama musical nacional, o MEO The Search by Samsung Galaxy Z. Trata-se de um programa exclusivamente em formato digital, aberto aos talentos musicais de Portugal Continental e Ilhas. Toda a interação será online, com transmissão no Youtube,

Instagram, Facebook, SAPO, Tik Tok e na TV, através da app criada na box MEO. As candidaturas têm início hoje no site meothesearch.sapo.pt e decorrem durante o mês de setembro.

O MEO, marca da Altice Portugal, é o patrocinador principal deste evento único, fazendo desta experiência um espetáculo culturalmente inovador e tecnologicamente imersivo. Face à impossibilidade de dar vida, juntamente com os promotores, aos eventos dos quais é parceiro no território da música, o MEO reinventa – se e apresenta uma iniciativa inovadora e nativa digital. Porque a tecnologia só faz sentido com o propósito de estar ao serviço das pessoas e das organizações, o MEO mantém-se firme em ser uma marca próxima dos portugueses promovendo um palco democrático, acessível a todos, independentemente da geografia de origem ser rural ou urbana.

Ao MEO juntam-se a Samsung, com o seu novo Galaxy Z 5G, a SEAT Portugal, o Millennium bcp e a Super Bock. O SAPO e a Rádio Comercial são media partners, sendo a produção da empresa Livestreaming Portugal e a gestão musical da RedMojo.

Estas marcas uniram-se para encontrar a próxima estrela da música em Portugal, que virá diretamente do “quarto para o palco”. Tudo começa com uma gravação no telemóvel feita em casa e termina nas maiores salas de espetáculo do país, com uma grande final e o vencedor a atuar no palco principal do MEO Marés Vivas 2022.

O Júri, o Percurso dos Talentos e os Prémios

Este projeto está estruturado em seis etapas e uma grande final com a duração de cerca de três meses. O primeiro passo é o upload do vídeo no site da candidatura ao talent show. Nesta fase inicial do casting será apurada, por uma equipa da produção, uma shortlist de 24 concorrentes.

Os concorrentes apurados nesta 1.ª fase irão ser conhecidos numa apresentação que será transmitida, nas plataformas digitais, no dia 14 de outubro. Depois seguem-se várias fases de apuramento, cada uma com um tema, das quais serão apurados os cinco melhores candidatos, que irão à final em novembro.

Olívia Ortiz, criadora de conteúdos digitais, atriz e apresentadora de televisão, será a cara da apresentação do talent show, que contará com o apoio da repórter digital Inês Blanche.

O painel residente de jurados do MEO The Search by Samsung Galaxy Z é constituído pelos músicos Bárbara Tinoco, Virgul e Filipe Survival. Nas seis etapas até chegar à grande final o júri terá outros convidados. A saber: os músicos Agir, Irma e Bárbara Bandeira, artistas da Sons em Trânsito, Mel Jordão, Miguel Sala da SEAT, a Vera Fernandes da Rádio Comercial entre outros convidados surpresa. Alexandre Matos, CFO da Altice Portugal (e músico), será júri na final do concurso.

O vencedor irá ganhar, além da atuação no MEO Marés Vivas, a edição de um disco, a possibilidade de realizar dois videoclipes, 15 mil euros, um mês ao volante do novo SEAT Ibiza, um Samsung Galaxy Z Flip 5G e 12 meses de serviço MEO.

A Campanha e os Parceiros

Uma campanha multimeios promove o MEO The Search By Samsung Galaxy Z com os conceitos de Sonho, Talento e Oportunidade e com o claim “O programa de talentos que te leva do quarto para o palco”.

A SUMO Portugal, agência de publicidade e ativação de marca, é a responsável pelo desenvolvimento da Campanha do MEO The Search. Para o desenvolvimento do digital e site, a SUMO convidou a agência Brandhunters.

A campanha tem presença na Rádio Comercial, em TV, em mupis, e em digital com destaque para o SAPO e Google. Conheça o spot de promoção aqui.

As marcas parceiras deste projeto têm a inovação na sua génese. A Altice Portugal está presente com três das suas marcas: o MEO, a MOCHE e o SAPO.

O MEO associa-se a este projeto dando continuidade ao apoio à cultura e à portugalidade e ao seu posicionamento na vanguarda da tecnologia. Recorde-se que o MEO, marca da Altice Portugal, está preparada para o lançamento do 5G e têm vindo a liderar, desde 2018, nos marcos importantes deste roadmap. Já no início de 2021, a Altice Portugal foi o primeiro operador a lançar uma oferta comercial disponível para todos os clientes que queiram aderir ao 5G, com o serviço a ter início na data de lançamento
comercial da tecnologia na rede MEO

O SAPO, como agregador de notícias e conteúdos, é um parceiro natural deste projeto que nasce digital e se promove online. E a MOCHE colabora com a sua coleção de roupa.

A Samsung tem no seu ADN a constante busca pela inovação e a necessidade de romper com a normalidade. A nova categoria Galaxy Z traz ao mercado o próximo capítulo da inovação Mobile, com um form factor dobrável e melhorias estruturais e emblemáticas às quais os utilizadores da marca já se habituaram. A Samsung está a redefinir as possibilidades dos smartphones e o projeto MEO The Search by Samsung Galaxy Z enquadra-se perfeitamente na comunicação desta nova categoria por ter um conceito
vencedor, formato único e promover o talento e a criatividade dos portugueses.

O espírito jovem e descontraído do Novo SEAT Ibiza permite uma experiência de condução dinâmica e uma verdadeira diversão em cada viagem. Com uma atmosfera perfeita de festa, este modelo remete para os sorrisos, para a música e para aproveitar a vida ao máximo, sempre em grande estilo. O Novo SEAT Ibiza apresenta um novo design e está equipado com a mais recente tecnologia que oferece uma forma mais segura, fácil e divertida de se mover. E é por tudo isto que a SEAT está neste evento como marca oficial – é mobilidade, música e alegria, celebrando a vida em cada dia.

A música é o território de excelência da Rádio Comercial, pelo que faz todo o sentido participar na busca de novos talentos. Esta é uma iniciativa à qual a Rádio número 1 em Portugal se junta com enorme satisfação porque acredita que está a contribuir para o início de várias carreiras musicais. Sendo uma estação habituada a revelar estrelas, os grandes palcos e com uma forte presença no digital, a Rádio Comercial está certa de que esta iniciativa vai ser um sucesso.

O Millennium bcp, através da App Millennium, fez questão de se associar a este projeto desde o momento inicial. A música é um dos territórios de afirmação do Millennium bcp e a inovação, especialmente a inovação digital, um dos alicerces do maior banco privado português. O Millennium bcp acredita que juntar parceiros fortes num projeto que tem como tema central a música e se diferencia pela inovação e tecnologia é uma das formas de contribuir para um Portugal mais dinâmico e mobilizador.

A música é um território à qual a Super Bock está ligada há 26 anos e faz parte do seu ADN. O apoio a talentos emergentes nacionais e a aposta em conceitos inovadores tem sido um grande foco da marca, pelo que é com grande entusiasmo que abraça este projeto que visa apoiar o talento da música portuguesa de forma inovadora e disruptiva.

Este projeto foi concebido pela empresa The Search Inc, criada por um grupo de empresários que partilham a paixão pela criatividade e pela música.

“Nas Cores Da Beira” em Mangualde

O espetáculo musical “Nas Cores Da Beira”, vai acontecer no Município de Mangualde  na noite de 2 de setembro, no âmbito do projeto “Cultura no Dão”, terá lugar no Largo Dr. Couto, pelas 21h30.  “Nas Cores Da Beira” é um espetáculo multidisciplinar, que pretende enaltecer as paisagens, costumes e tradições da região.

A iniciativa será apresentada em Mangualde, Nelas e Penalva do Castelo, que se unem num esforço conjunto de ligar em rede os três Municípios no projeto “Cultura no Dão”. Um programa cultural itinerante, alicerçado na apresentação de espetáculos, contribuindo, decisivamente, para apoiar os agentes culturais e estimular a dinâmica económica, bem como para valorizar o património artístico-cultural da região, a sua identidade e comunidades, reforçando a atratividade do território e o incremento do seu valor turístico. Um projeto cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A lotação do evento é limitada e os lugares são marcados, de forma a respeitar as normas emanadas pela DGS. A entrada é gratuita, mas com aquisição obrigatória de bilhetes na Biblioteca Municipal e/ou na Papelaria Adrião.

A organização solicita a todos que respeitem sempre as regras da DGS e as indicações/sinalética no local, mantendo sempre o distanciamento social de segurança e as regras de etiqueta respiratória.

 

Mangualde-Ensino especializado de música continua

Vai ser promovido pelo Município de Mangualde pelo quarto ano consecutivo, em conjunto com o Conservatório Regional de Música de Viseu Azeredo Perdigão e o Agrupamento de Escolas de Mangualde, o ensino especializado de música, destinado a alunos dos 2.º, 3º e 4º anos do 1º ciclo.

Informam-se todos os alunos, pais e encarregados de educação que as inscrições para o ano letivo 2021/22 podem ser realizadas presencialmente até ao próximo dia 13 de setembro, na Biblioteca Municipal de Mangualde ou através do seguinte formulário: https://forms.gle/SqBUb7K9DeeqWund9.  O número de vagas é limitado a 17 alunos, sujeitos a provas de aptidão musical. De entre os instrumentos a lecionar existem vagas para: flauta transversal (1), clarinete (1), saxofone (1), trompa (2), trompete (2), trombone (2), violino (3), viola d’arco (1), violoncelo (2) e percussão (2).

 PROJETO “PROMOÇÃO DO SUCESSO EDUCATIVO: ENSINO DA MÚSICA EM MANGUALDE”

O projeto designado por “Promoção do Sucesso Educativo: Ensino da Música em Mangualde” enquadra-se na Promoção do Sucesso Educativo Viseu Dão Lafões, no âmbito do eixo/ linhas de intervenção “Aprendizagens formais, não formais e informais para o Sucesso Escolar”. Visa promover a formação e o desenvolvimento de jovens do concelho de Mangualde, proporcionando-lhes momentos de formação formal e informal, através de atividades artísticas não curriculares, na área do ensino especializado da música (estudo de um instrumento musical e prática instrumental em conjunto/orquestra), que lhes permitam desenvolver competências cognitivas de concentração, organização, perceção auditiva, memória e disciplina, entre outras, que estão associadas ao sucesso escolar. O projeto envolve o ensino dos instrumentos: flauta, saxofone, clarinete, trompete, trompa, trombone, percussão, violino, viola d`arco, e violoncelo. As aulas são ministradas por professores/músicos profissionais com formação superior musical e pedagógica especializada em cada um dos instrumentos.

Pavilhão Multiusos do Manigoto inaugurado

A localidade do Manigoto esteve em festa ao ver a inauguração do Pavilhão Multiusos. Marcou presença nesta cerimónia Rui Ventura, presidente da Câmara de Pinhel, Regina Simões, Presidente da Freguesia, demais entidades convidadas.

Uma obra há muito desejada pela população do Manigoto, para levar a efeito iniciativas culturais ou alguns dos vários convívios que organiza anualmente, como é o Dia dos Antigos Combatentes ou o Dia da Freguesia”, salientou o Presidente da Câmara, Rui Ventura  acrescentando que “é no Manigoto que existe o único grupo de teatro em atividade no concelho de Pinhel – o Teatro do Imaginário, sendo natural que este Pavilhão também tenha sido pensado para esse fim”.
Por sua vez, a Presidente da Junta de Freguesia, Regina Simões, agradeceu o apoio do Município para a concretização deste investimento que, além da construção do Pavilhão, incluiu ainda o arranjo do espaço exterior.

Guarda-António Zambujo e de Cuca Roseta atuam no Pátio da Sé

Os concertos de António Zambujo (dia 12) e de Cuca Roseta (dia 19), ambos acompanhados respetivamente por Orquestra Filarmonia das Beira e pela Orquestra Filarmónica Portuguesa são destaques em Setembro na cidade mais alta. Trata-se de iniciativas no âmbito do programa de cultura em rede A25 (Juntamente com os municípios de Aveiro e de Viseu). Aqui fica o programa completo, que inclui também residências artísticas

“Máscaras com Som regressa a Mangualde

O evento “Máscaras com Som” está de volta e acolherá o Verão no Município de Mangualde. A iniciativa decorrerá durante os meses de agosto e setembro e irá animar as noites através de vários concertos descentralizados. O evento teria início no mês de junho, porém sofreu alterações na sua programação devido às más condições climáticas e ao aumento do vírus SARS-COVID 19 que impossibilitaram a realização dos concertos que iriam animar os mangualdenses.

 Agora, sem descuidar as regras da DGS e num contexto mais tranquilo, a programação terá início no dia 20 de agosto. Uma iniciativa do Município de Mangualde e da União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta.

Estas atividades serão gratuitas e decorrerão em diferentes locais da cidade. Todos os concertos terão início às 21:00h. O evento será realizado ao ar livre, e para que todos os envolvidos possam estar em segurança, não serão permitidas aglomerações e será assegurado o cumprimento das regras de segurança estabelecidas pelas Autoridades de Saúde Pública: uso obrigatório de máscara, higienização das mãos, etiqueta respiratória e distanciamento físico entre as pessoas (2m).

A programação do evento poderá sofrer alterações perante a evolução da situação pandémica.

PROGRAMAÇÃO “MÁSCARAS COM SOM”

AGOSTO

20 de agosto | Alpha Music – 21h00 | Largo Pedro Álvares Cabral

21 de agosto | Banda A4 – 21h00 | Largo Pedro Álvares Cabral

22 de agosto | Bora Lá – 21h00 | Largo Pedro Álvares Cabral

28 de agosto | Litos | Miguel | Joaquim – 21h00 |Largo Dr. Couto

29 de agosto | Capitão Mondego – 21h00 |Largo Dr. Couto

30 de agosto | Melody Guys – 21h00 |Largo Dr. Couto

SETEMBRO

5 de setembro | Grand Jazz Hotel – 21h00 | Largo do Rossio (centro)

 

Projeto Rede Interior da ASTA – Teatro e Outras Artes arrancou em Seia

Esta peça foi mais uma do Projeto Rede Interior da ASTA – Teatro e Outras Artes é uma coprodução com o TeatrUBI e inscreve-se na linha de cruzamentos artísticos entre a dança contemporânea e o teatro numa dramaturgia que fala do amor e das relações e do que se (não) sente.
CÂNTICO NEGRO foi apresentado este sábado, dia 24 de julho, em Seia. O movimento, o som e a luz foram o destaque num espetáculo interpretado por cinco jovens do TeatrUBI, que são atores e coautores da peça.
O projeto ‘Rede Interior’ é cofinanciado pelo Programa Operacional CENTRO 2020, tendo como entidade líder executora a ASTA – Teatro e Outras Artes, e como entidades parceiras os municípios de Seia, Belmonte, Covilhã, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia e Manteigas.

Fornos de Algodres-Praia Fluvial de Juncais animada por Bárbara Tinoco e os Uzohms

A Praia Fluvial da Ponte de Juncais agora em modo renovado, recebeu dois concertos num fim de semana, limitação de pessoas presentes, seguindo todas as normas da DGS.
Desta feita, no  sábado, 17 de julho, Bárbara Tinoco  realizou um excelente concerto perante uma plateia atenta e entusiasta com todas as suas músicas.
No domingo, 18 de julho, foi a vez da banda Uzohms, da Ilha Terceira, subir ao palco e encantar os presentes com canções que misturaram o rock, o humor, o sotaque terceirense e referências ao viver ilhéu.
Durante o dia, o calor pairava na praia e os visitantes aproveitavam para andar de
gaivota e outros para dar um mergulho nas boas águas do Mondego e saborear um bom petisco e uma bebida fresca.
Um fim de semana muito animado na Praia Fluvial de Juncais.

Seia com diversas atividades neste Verão

Durante o verão são muitos os motivos para visitar o concelho de Seia.

Face a isso, ao longo destes três meses, a cidade oferece uma programação cultural rica e variada, com vários espetáculos de música, teatro, e dança, mas também de atividades ao ar livre.

Nas próximas semanas, o programa contempla:

17 julho
Passeio de
Macrofotografia,
com Pedro Martins
— CISE | PNSE

 

18 julho – 18:00
Música
Voices All Together
Ana Carina Reis, Joana Almeida, Sérgio Sousa Martins, Orquestra EPSE e Collegium Musicum
— Casa Municipal da Cultura

 

21 julho
Percurso Pedestre
Planalto Superior
— CISE, Parque Verde

 

23 julho – 22:00
Novo Circo
Por um Fio
Rede Interior_ASTA
— Largo da Câmara

 

24 julho – 22:00
Teatro
Cântico Negro
Rede Interior_ASTA
— Largo da Câmara

 

28 julho
Percurso Pedestre
Rota dos Meandros
— CISE, PNSE

 

31 julho – 20:00
Musical de Artes Performativas
1001 Tapetes pelo Ar
Vozes em ½ Ponta
— Casa Municipal da Cultura

 

31 julho
Literatura + Ciência
aBEIRAr – O Céu
— Lapa dos Dinheiros

20:30 (ponto de encontro/receção na praia fluvial da Lapa dos Dinheiros)
21:00 (partida para o Sagrado Coração de Jesus – local onde decorrerá a ação)
Nota: O transporte dos inscritos para o Sagrado Coração de Jesus será em carrinha da União das Freguesias)

José dos Santos Pinto foi homenageado em Mangualde

O músico José dos Santos Pinto foi homenageado durante a tertúlia-concerto comentado que teve lugar na Igreja Matriz de Lobelhe do Mato, pelo Município de Mangualde, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Elísio Oliveira, e do Vereador da Cultura, João Lopes.

Cumprindo todas as regras de segurança emanadas pela Direção Geral da Saúde – DGS, cerca de 25 pessoas marcaram presença na iniciativa e assistiram à tertúlia–concerto moderada por Ana Margarida Cardoso.O momento cultural contou ainda com a presença do oboísta Luís Francisco Vieira, antigo aluno de Santos Pinto, que partilhou com o público algumas das memórias com o músico.

Tiago Coimbra no oboé e Joana Moreira no piano, protagonizaram o momento musical composto pelo seguinte repertório: José S. Pinto – Sonate dans l’Spirit Classique, para oboé e piano; Tomás Borba – Rosas Bravas: Melodia do Pastor (para oboé); Marcello/Bach – Adagio em Ré menor; José S. Pinto – Segunda Sonata, para oboé e piano.

A ação aconteceu no âmbito do projeto Reviver José Santos Pinto, cujo intuito é recordar o trabalho do músico e homenageá-lo. Constava ainda na programação deste projeto um Concerto Sinfónico com a Orquestra Poema, mas que acabou por ser cancelado.

PROJETO REVIVER SANTOS PINTO

O projeto Reviver Santos Pinto é da autoria de Ana Margarida Cardoso, que escreveu o livro “José dos Santos Pinto: retrato de um músico profissional durante o Estado Novo”, e do oboísta Tiago Coimbra. Através desta parceria pretendem recuperar duas sonatas para oboé compostas pelo próprio José dos Santos Pinto, apresentando-as ao público com o oboé que o músico utilizou durante toda a sua carreira. Este instrumento faz parte do espólio constante na Sociedade Filarmónica Lobelhense, foi restaurado e é único no mundo, uma vez que a sua dedilhação foi patenteada pelo músico.