Templates by BIGtheme NET
Início » Nelas

Nelas

Alto Mondego- Rede Cultural apresentado dia 22 em Nelas

 Iniciativa “Alto”, coordenada artisticamente pela Contracanto Associação Cultural, no âmbito do projeto do Alto Mondego’ rede cultural, enquanto proposta de programação cultural em rede no território composto pelos Municípios de Gouveia, Nelas, Fornos de Algodres e Mangualde, que tinha sido adiada em 2020 devido à pandemia Covid-19, será retomada no próximo ano, em 2022.
O Alto Mondego’ rede cultural é um projeto cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.
que vai ser apresentado no próximo sábado, durante a manhã no auditório Multiusos de Nelas.

Arranque da construção da Ciclovia na Variante de Nelas

Foi assinado recentemente,  o auto de consignação com o empreiteiro, empresa “A. M. Cacho & Brás, Lda“, de Condeixa-a-Nova, que foi representada neste ato pelo Eng. Pedro Miguel Fernandes, e pelo Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva, no Salão Nobre dos Paços do Concelho,  e marca o arranque da obra de construção da Ciclovia na Variante de Nelas, entre a Rotunda do Milénio – Rotunda da Vinha – Nova Rua António Ferreira Garcia, num investimento de mais de 600.000€, numa extensão de mais de 3Km de ciclovia.
Este investimento foi aprovado no âmbito de uma candidatura efetuada ao Aviso PAMUS (Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável), no Centro2020 da CCDRC, e contará com o apoio financeiro de fundos comunitários de 85%, constituindo uma excelente infraestrutura de mobilidade externa à malha urbana da Vila de Nelas, em particular, como alternativa ao veículo automóvel nas acessibilidades às suas Zonas Industriais Norte e Sul.
O arranque dos trabalhos, cujo prazo de execução é de 10 meses, ocorrerá ainda durante o corrente mês de maio, segundo assegurou o empreiteiro.
Maior mobilidade e melhor acessibilidade à malha urbana e ao tecido empresarial é um compromisso que tem vindo a ser cumprido por parte da Câmara Municipal e continuará a ser realizado noutros locais e noutras localidades.
Foto:MN

Futsal- Resultados da II Divisão Futsal Série D – Jornada 9

ABC NELAS LIDERA
A II Divisão Futsal Série D , continua a disputar-se, neste sábado com a jornada 9, onde o líder ABC de Nelas venceu o Cariense por três bolas a uma, por sua vez, os Gigantes de Mangualde também venceram em casa por 5-4, conquiatando os três primeiros pontos.
Com um triunfo também o GD Sameiro selou a  ronda fora de portas diante do Travassô, por 4-1.
Jornada 9
Ossela – Domus Nostra-6-3
GD Mata – Lobitos Futsal-3-1
ABC Nelas – Cariense-3-1
Gigantes Mangualde – Saavedra Guedes-5-4
AD Travassô – GD Sameiro-1-4
Classificação
1º – ABC Nelas– 25
2º Lobitos Futsal -17
3º GD Mata ——16
4 º Saavedra Guedes- 15
5 ºGD Sameiro —–15
6º Cariense —–14
7º Ossela ——11
8 º Domus Nostra– 4
9 º Gigantes Mangualde- 3
10 º AD Travassô —-2

Município de Nelas sem casos ativos de Covid-19

Segundo indicação da Autoridade de Saúde Pública concelhia competente, não existe atualmente em todo o Município de Nelas qualquer caso ativo de Covid-19, encontrando-se assim todos os anteriores casos já curados.

Alerta no entanto a mesma entidade que, considerando a realidade existente em Concelhos vizinhos, ainda com números elevados de casos ativos e a situação de calamidade ainda vigente, que todas as preocupações cuidados e obrigações por parte de cada um e de todos devem manter-se, devendo continuar a ser cumpridas todas as instruções e normas de segurança impostas pela Direcção-Geral de Saúde, cumprindo rigorosamente todas as medidas de autoproteção e evitando comportamentos de risco.

Adega Cooperativa de Pinhel recebe medalha de ouro e prata nos vinhos

Penalva, Gouveia e Nelas também premiados 

Teve lugar o Concurso Cidades do vinhos 2021, com 160 vinhos premiados. 12 Grandes Medalhas de Ouro, 90 Medalhas de Ouro e 58 Medalhas de Prata.
O vinho licoroso Pacheca Tawny 40 anos, da Quinta da Pacheca (Município de Lamego), destacou-se como o mais pontuado do Concurso Cidades do Vinho 2021, entre os cerca de 550 vinhos que concorreram a esta 1ª edição.

No que toca a Pinhel, a Adega Cooperativa ganhou a medalha de ouro, na Gama, vinho tranquilos, “Varanda do Castelo Tinto” e prata com “Celebração’65º.

Casas altas de Pinhel, com medalha de prata, com 87,67 , vinho  touriga

Por sua vez , com 91,00 , a Casa’da’Ínsua de  Penalva’do’Castelo  destacou-se com medalha de ouro, “Casa’da’Ínsua’Dão’vinho’tinto’2016″

Nelas também foi comtemplada nos vinhos tranquilos, com 89.00, Amora’Brava, com o vinho ” Índio’Dão’reserva’2016″.

Gouveia também teve medalha de Prata com 87,00 da Madre’Àgua’ com o vinho “Madre’Água”’Encruzado’2017″.

Os vinhos licorosos ocupam o topo da tabela. O segundo mais pontuado foi o Porto Colheita 1980 Messias, da Soc. Ag. Comercial Vinhos Messias SA (Município de São João da Pesqueira), e o terceiro foi o Villa Oeiras Tinto 2009, produzido pelo Município de Oeiras.

Kartcross-Alexandre Borges determinado para Montalegre

Com uma lista de inscritos, a rondar novamente as três dezenas, a segunda ronda do Campeonato de Portugal de Kartcross, em Montalegre, garante os ingredientes, para mais um fim de semana, de muita emoção e adrenalina, até ao cair da bandeira de xadrez.

Umas das presenças confirmadas, é o líder do Campeonato, Alexandre Borges, que após a vitória, na prova inaugural, será certamente, um dos protagonistas a ter em conta, na luta pelo pódio.

“O nível competitivo das várias equipas, está bastante forte, como foi visível em Lousada. Os diferenciais, por volta, estão na casa dos centésimos de segundo, por isso, o grau de concentração, tem que estar no máximo. Estou determinado em lutar novamente por um lugar no pódio, mas tenho a noção, que não é uma tarefa fácil. O Circuito Internacional de Montalegre, é extremamente rápido, por isso, não há margem para qualquer erro. Foco e determinação, são a imagem de marca da equipa, que tem sido incansável, para que tudo esteja a 100% para esta prova”, refere Alexandre Borges.

Devido às restrições, no âmbito da pandemia de COVID-19, Montalegre continuará sem público nas bancadas, contudo, a transmissão em live streaming, encontra-se assegurada, para que todos os aficionados possam acompanhar o desenrolar das várias corridas, ao longo do fim de semana.

Foto: newsmotorsports

Assinatura de protocolos de colaboração entre a AF Viseu, e a Câmara Municipal de Viseu

Teve lugar nas futuras instalações da Academia de Futebol Distrital, da Associação de Futebol de Viseu (AF Viseu) que se procedeu, na manhã desta segunda-feira (10 de maio), a cerimónia de assinatura de protocolos de colaboração entre a AF Viseu, e a Câmara Municipal de Viseu.

Na cerimónia estiveram presentes João Paulo Gouveia, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Viseu, José Alberto Ferreira, Diretor da FPF, José Carlos Lopes, Presidente da AF Viseu, Liliana Tavares, Presidente da Junta de Freguesia de Mundão, Ermelinda Afonso, Vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Viseu e João Caiado, Presidente da Assembleia Geral da AF Viseu.

Na cerimónia de assinatura, José Carlos Lopes, Presidente da AF Viseu, salientou a importância deste protocolo, essencialmente porque vai permitir que todos os clubes e jovens atletas do distrito de Viseu, usufruam de um espaço de excelência para a prática do Futebol.

Em seguida, decorreu a visita às instalações da Academia de Futebol Distrital, acompanhados pelo Presidente da AF Viseu, José Carlos Lopes, que teve como objetivo mostrar ao Vice-Presidente da Câmara Municipal de Viseu a evolução dos trabalhos, naquela que será a futura “casa” dos árbitros e das seleções da AF Viseu.

José Alberto Ferreira, Diretor da FPF, destacou que esta academia tem um grande sentimento para ele, visto que foi ele que deu início a este projeto enquanto Presidente da AF Viseu. Referiu ainda que este era um projeto que a Federação Portuguesa de Futebol tinha muita estima e elogia o trabalho feito pela AF Viseu e a sua congénere AF Aveiro que são as primeiras associações a dar um passo tão importante como este.

Para João Paulo Gouveia, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Viseu, este é um projeto que a autarquia de Viseu se orgulha em apoiar. Relembrou o primeiro dia que as obras começaram e ver como está o dia de hoje é muito satisfatório.

Já Liliana Tavares, Presidente da Junta de Freguesia de Mundão, destaca a importância deste projeto estar a ser desenvolvido em Mundão pois futuramente será uma mais valia para o dinamismo da freguesia e da economia local, atraindo mais pessoas.

A Academia de Futebol Distrital está a ser construída no antigo Campo do GD Mundão, em Viseu, num espaço com cerca de dois hectares.

Estratégia Local de Habitação vai ser analisada pelo Município de Nelas

São 121 famílias, que constituem pelo menos 281 pessoas, a viver em casa sem condições, 15 pelo menos nas suas habitações em várias localidades do Concelho, 27 em núcleos precários e 28 com carências várias de alojamento condigno. A esta realidade acresce a necessidade de construção ou reabilitação de pelo menos 50 habitações, numa fase inicial, para fixar e atrair jovens casais, com idades entre os 20 e os 34 anos preferencialmente.

Para resolver o problema, a Câmara de Nelas vai discutir e votar na próxima reunião de Câmara da próxima quarta-  feira, a Estratégia Local de Habitação gizada pelo Executivo e pelo Presidente da Câmara Municipal.

Prevê-se um investimento de quase 9 milhões de euros nos próximos quatro anos com o apoio estatal do “1º Direito” – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação (Decreto Lei 37/2018, de 4 de Junho e Portaria 230/2018 de 17 de Agosto), bem como no acesso ao Programa de Habitação a Custos Controlados.

A ideia destes Programas é, nos 50 anos do 25 de Abril – em 2024 – não ter ninguém em Portugal, a viver em habitação que não seja digna. A Câmara de Nelas já fez o seu diagnóstico e tem tudo pronto para submeter a candidatura, assim a mesma seja aprovada em reunião de Câmara e na Assembleia Municipal a realizar logo de seguida.

A par destes Projetos e Candidatura, a Câmara de Nelas vai começar em breve as obras de requalificação de todas as 47 habitações sociais já existentes (Figueira Velha, Bairro Dr, Augusto Rosado, Póvoa de Luzianes, Fiais e Canas de Senhorim), no âmbito de uma Candidatura de eficiência energética aprovada no Centro 2020, no valor de 450,000€.

A Câmara, no âmbito da Estratégia Local de Habitação e Construção de Habitação a Custos Controlados, vem adquirindo já terrenos junto à conhecida Quinta dos Bigote (e ao arruamento que dá acesso ao Novo Quartel  dos Bombeiros de Nelas) para resolução do problema de habitação indigna dos núcleos precários, negociando terrenos junto ao Bairro de Santa Luzia para construção de apartamentos não destinados a residentes em núcleos precários ou acampamentos e disponibilizando ainda imóveis seus para reabilitação para esse fim (por exemplo no antigo Edifício da EDP, no Folhadal junto à Igreja da Sra. da Tosse e em Vila Ruiva).