Templates by BIGtheme NET
Início » Nelas (Pagina 5)

Nelas

EDIÇÃO EM PAPEL Nº52 NAS BANCAS

É com grande satisfação que apresentamos a nossa edição papel nº 52 sem quaisquer interrupções, o nosso lema continua cada vez mais forte ” Somos a Voz serrana para o Mundo”
Bem haja aos nossos leitores, anunciantes e comunidade em geral.
Nesta edição temos surpresas.

GD Trancoso campeão Distrital

Pinhel recebe etapa TMBI em BTT- pág.3

-50 anos de ADFA- Conversa com Alexandre Lote—pág.6

-Gouveia vai ter um Verão 5 estrelas—-pág.4

-Estrela Geopark em atividade ———pág.5

-Conversa com José Carvalho (GD Trancoso)- pag.7

-Forninhos com nova resposta social—-pág.9

Slackline marca arranque da Rede Cultural do Alto Mondego

“Andorinhas” estreia sábado em Nelas e conta com 22 elementos da comunidade

Tudo a postos  para o pontapé de saída da 2ª edição da Rede Cultural do Alto Mondego. O primeiro espetáculo é já no sábado, 3 de julho, em Nelas e os grandes protagonistas são as associações culturais e a comunidade. No total, sobem ao palco 22 nelenses e mangualdenses. “Andorinhas” é o nome desta criação artística que teve como ponto de partida a realidade do território. Os espectadores podem contar com uma performance completamente fora de caixa e muito inovadora. Será “um teatro em cima de fitas” em que os participantes terão muitas histórias para contar, numa homenagem ao Mondego e num apelo às memórias.  O espetáculo, marcado para as 21h30, é ao ar livre, junto à Praça do Município, assegurando-se todas as medidas de segurança indicadas pelas DGS. Este é o primeiro de 7 espetáculos de slackline previstos, nos concelhos de Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres e Gouveia.

Fica a promessa: Nunca viu nada assim. O palco são as fitas e é aí que serão revelados todos os segredos do Mondego: o maior dos rios portugueses. O ponto de partida para esta construção artística resulta da realidade do território das Beiras, fortemente marcado pela migração. Muitos partiram à procura de melhores condições de vida, mas, tal como as andorinhas, regressam todos os verões. “Andorinhas” fala assim de despedidas e de reencontros, das festas e das romarias, mas também dos costumes e das vivências, das lendas e dos mitos, do real e do imaginário. “O espetáculo remete para a memória e cada espectador será convidado a criar a sua própria história”, explica Rui Mimoso, capacitador de slackline.

O espetáculo original resulta das aulas de capacitação de slackline. Previsto estão, nesta primeira fase, sessões de capacitação em todos os municípios da rede que irão originar novos espetáculos. Em Nelas e Mangualde as sessões já estão a decorrer. No início do próximo mês arrancam também em Fornos de Algodres e Gouveia. Depois, o objetivo é promover a itinerância dos espetáculos por esta rede cultural. No total serão realizados 7 espetáculos, o próximo é já no dia 3 de julho em Nelas

Participantes das capacitações deram um grande pulo

Das sessões de capacitação, que juntam associações culturais do território e elemento da comunidade, Rui Mimoso faz um balanço muito positivo. Caso para dizer que os participantes deram um grande pulo. “Estão a evoluir muito rápido e a consolidar o que aprenderam”. Das capacitações que já arrancaram o mais novo tem 7 anos e o mais velho 49, mas a grande maioria são jovens. “Para além dos benefícios que esta prática desportiva pode trazer para todos eles, o envolvimento neste espetáculo tem contribuído para estimular o sentimento de pertença. Percebem o que é que a sua terra tem de diferente e todo o potencial que tem. Aprendem a valorizar o seu território”, sublinha.

As inscrições para a capacitação de slackline ainda estão abertas em Fornos de Algodres e Gouveia os interessados devem contactar os municípios: Fornos de Algodres: André Pereira – andrepereira@cm-fornosdealgodres.pt – 967 377 759 |Gouveia: Rui da Eufrázia – reufrazia@cm-gouveia.pt – 961 730 876).

Recorde-se que as sessões de slackline estão a ser orientadas pelo profissional Rui Mimoso, campeão nacional de slackline. O slackline é um desporto que consiste prática de equilíbrio sobre uma linha dinâmica, esticada entre dois pontos fixos. O praticante pode caminhar sobre ela ou fazer manobras e truques, dinâmicos ou estáticos. O principal objetivo desta capacitação é dar conhecimentos técnicos para a prática da modalidade como ferramenta artística. Capacitar os participantes com um know-how que lhes permita montar, usar e praticar slackline com todos os equipamentos de forma segura e variada.

Dança, música, arte urbana há muitas capacitações previstas

 Envolver as associações culturais e a comunidade é uma das máximas desta rede cultural. Neste sentido estão previstas capacitações nas áreas da dança, música e arte urbana.

Na arte urbana, já em agosto, as associações e a comunidade vão juntar-se ao artista plástico Desy para criar 4 murais, representativos desta rede cultural e que representarão a identidade destes 4 territórios.

Para 2022 os desafios são nas áreas da música e da dança. Pretende-se envolver as associações culturais e criar, em cada área, um espetáculo original que partirá em itinerância pelos 4 municípios num total de 8 espetáculos cada.  O primeiro será dirigido por Bitocas e Artur Fernandes e o segundo por Marta Silva.

Acompanhe em primeira mão todas as novidades na página do facebook da Rede Cultural do Alto Mondego.

O projeto “Alto Mondego Rede Cultural” junta os municípios de Nelas, Mangualde, Fornos de Algodres e Gouveia e é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Alexandre Borges quer subir ao pódio em Sever do Vouga

A Capital do Mirtilo, recebe já no próximo fim de semana de 3 e 4 de julho, a terceira prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Kartcross.

Com uma lista a rondar novamente as três dezenas, num dos Campeonatos mais concorridos dos últimos anos e com vários candidatos ao pódio, estão mais do que garantidos, os condimentos necessários, para mais um fim de semana de muita emoção, até ao cair da bandeira de xadrez.

Uma das presenças confirmadas, é Alexandre Borges, o piloto da NelaSport e líder do Campeonato. Até agora, o único a bisar a presença no pódio, nesta edição de 2021.

O Campeonato este ano, está muito forte, com um lote muito vasto de pilotos a lutar pelos lugares cimeiros. Os cronos em Lousada e Montalegre, foram prova disso, estamos com andamentos muito semelhantes e com diferenças mínimas, muitas vezes, na casa das milésimas de segundo. A margem de erro, tem que ser reduzida praticamente a zero, pelo que o nível de concentração em cada corrida, tem que ser muito elevado. O nosso objetivo, mantém-se inalterável, por isso vamos para Sever do Vouga, determinados em lutar por um lugar do pódio”, refere Alexandre Borges.

Face às medidas de contenção da pandemia COVID-19, não será autorizada a entrada de público, contudo, a transmissão das várias corridas do fim de semana, em live streaming, encontra-se assegura.

Para a presente época, a equipa conta com os apoios de: A Oficina – Borgesport; Qbeiras Energia; JC Automóveis; Câmara Municipal de Nelas; Officelan; Junta de Freguesia de Nelas; Valvoline; Maciça; Opção Atual – Consultores de Gestão; Quinta da Fata; Planus; Grafinelas; Movsil; Ana Mendes – Mediação Imobiliária; Auto Mecânica Ideal de Nelas – Posto GALP; Movsteel; Transportes Penacovense; Tinita; Avencar; News Motor Sports; Semog; Maxi Shocks; Artes & Letras, Papelaria.

Reabriram Piscinas de Canas de Senhorim já requalificadas

Teve lugar a inauguração da requalificação das Piscinas de Canas de Senhorim que foram já reabertas no Parque Urbano Professora Maria Benilde Pereira Mouraz.
Deste modo, marcaram presença, o Presidente da Câmara , Borges da Silva e o Tesoureiro da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim , nesta cerimónia, da reabertura do requalificado complexo de piscinas de Canas de Senhorim, complexo de piscinas e balneário sujeitos a profundas obras de beneficiação por parte da Junta de Freguesia que contou com o apoio da Câmara Municipal, com substituição de todo o revestimento interior e exterior, bem como da cobertura do balneário, num investimento superior a 55 mil euros.
Grande parte do financiamento para estas obras (40 mil euros) resultou de um donativo à Junta de Freguesia da benfeitora Professora Maria Benilde Pereira Mouraz, facto que a mesma Junta fez questão de assinalar na placa comemorativa da realização das obras.
As piscinas, agora renovadas, passaram também a estar inseridas no Parque Urbano com o nome da benfeitora, conforme deliberação aprovada por unanimidade na Assembleia de Freguesia de Canas de Senhorim sob proposta da Junta de Freguesia.

Nelas recebe “Sentinelas do Mar”

Através uma parceria instituída entre a Câmara Municipal de Nelas e a Autoridade Marítima Nacional, surge o Projeto “Sentinelas do Mar”, com a finalidade de divulgar o património em torno dos faróis nacionais (continentais e insulares).
Neste sentido o objetivo passa por valorizar um património notável e uma história ligada ao mar que tanto honra os portugueses. Os faróis tiveram sempre um papel importante tanto na orientação como também um sinal de regresso a casa durante os séculos. Por isso desempenham um papel importante na cultura, daí serem a grande maioria classificados como Monumentos Nacionais.

O Município de Nelas através do seu Vereador da Cultura Aires dos Santos, também ele pintor, convidou para este projeto 10 conceituados pintores ibéricos neste período pós de confinamento, com o intuito de poderem retomar as suas atividades artísticas.
Etimologia e breve historial da palavra Farol:

“O termo farol deriva da palavra grega Faros, nome da ilha próxima à cidade de Alexandria onde, no ano 280 a.C., foi erigido o farol de Alexandria — uma das sete maravilhas do mundo antigo. Faros deu origem a esta denominação em várias línguas românicas; como em francês (phare), em espanhol e em italiano (faro) e em romeno (far).
Os navegadores da Odisseia guiavam-se por fogos acesos nos promontórios. Um dos fogos mais antigos de cuja existência se sabe, é o que existia na ilha de Faro (Pharos), colocado em cima de uma torre de mármore branco de 135 metros de altura, mandado construir por Ptolomeu Filadelfo. Esta ilha, que pelo seu nome deu origem à palavra farol, foi ligada 285 anos a. C. por um molhe, à cidade de Alexandria. A torre, uma das sete maravilhas do Mundo, devido a vários tremores de terra que sofreu, acabou por se desmoronar em 1302.Em Portugal, o primeiro farol foi mandado acender em 1520, na torre do convento de S. Francisco, no Cabo de S. Vicente”

Cabendo à CMN a coordenação do projeto, gestão técnica das obras e organização evento inaugural  no seu Feriado Municipal! A partir das 15:30h no Balneário dos Ingleses na Urgeiriça a Exposição “Sentinelas do Mar” vai estar patente até domingo passando a itinerante inicialmente na Biblioteca Municipal de Nelas até 11 de julho  e posteriormente em Lisboa na AMN, também nas regiões autónomas e finalizando este ciclo de exposições na Associação das Caldas da Felgueira (parceira da iniciativa).
A exposição é composta por 33 obras dos seguintes 11 artistas:
1. Aires dos Santos
2. Alice Piloto
3. António Dias
4. Graça Freitas
5. José Dell Castillo
6. Lena Jorge
7. Luís Duro
8. Mário Costa
9. Nelson Santos
10. Nuno Angélico
11. Ricardo Rodrigues

Além da componente artística das pinturas, a Autoridade Marítima Nacional vem reforçar essa exposição com documentação e espólio alusivos à temática dos faróis, bem como de garantir o guionamento da exposição com a presença de dois faroleiros para toda a comunidade e publico escolar que queira realizar a visita!

Bombeiros de Nelas celebram 101 anos

Os Bombeiros Voluntários de Nelas vão assinalar, já nesta quinta-feira, dia 24, o 101ºaniversário com algumas atividades.

 Este dia constitui um marco importante na história da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Nelas, deste modo, o dia começa com o hastear de Bandeira, seguindo-se a missa solene, romagem ao cemitério de Nelas para homenagem aos Bombeiros, Directores e Associados já falecidos e terminando com 1 desfile motorizado na Vila de Nelas,durante a tarde.

Projeto BUPi apresentado em S.Pedro do Sul

Realizou-se no Cine Teatro Municipal Jaime Gralheiro, em São Pedro do Sul,  a sessão de apresentação pública do projeto BUPi na Região Viseu Dão Lafões.
Este projeto resulta de uma candidatura, apresentada pela CIM Viseu Dão Lafões, ao Programa operacional CENTRO 2020, com vista à implementação de um Sistema de Informação Cadastral Simplificado na Região Viseu Dão Lafões, num investimento global superior a 2,3 Milhões de euros.

Esta sessão, além do Presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, e dos autarcas dos municípios seus associados, contou com a presença do Senhor Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel; da Senhora Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno; e ainda de Pedro Tavares, Coordenador Geral da Estrutura de Missão para a Expansão do Sistema de Informação Cadastral Simplificado.

O projeto Balcão Único do Prédio, também conhecido por BUPi, é uma plataforma eletrónica que, aliada a uma rede de balcões de proximidade, permite a identificação das propriedades de forma simples e gratuita. Sendo um procedimento obrigatório para a realização de escrituras de compra e venda de terrenos ou propriedades, usucapião, permutas ou doações, partilhas e também para a realização de novos registos.

Tendo como objetivo possibilitar aos cidadãos identificarem e registarem, gratuitamente, as parcelas de terrenos rústicos e mistos de que são proprietários, este serviço permite, ainda, a consulta, atualização e impressão de informação sobre uma determinada parcela, através da internet, em tempo real.

A partir do próximo dia 28 de junho, entram em funcionamento Balcões Únicos do Prédio nos catorze municípios associados da CIM Viseu Dão Lafões.

Encontrando-se a decorrer a constituição e preparação de 17 equipas móveis, que percorrerão o território da região durante o projeto, estabelecendo, de forma itinerante, nas freguesias e nos seus povoados, postos de atendimento BUPi, garantindo o acesso de todos ao registo das suas propriedades.

Para o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, “Com a disponibilização dos balcões BUPi, em todos os municípios desta comunidade, a região ganha uma nova ferramenta de gestão e planeamento territorial ao mesmo tempo que, através da identificação de proprietários, se podem reforçar as medidas de defesa da floresta e proteção de populações contra incêndios”.

Segundo o Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, “Quero enaltecer este esforço, que não é novo na CIM Viseu Dão Lafões, de todos os municípios se juntarem para tornarem o território mais forte. Fiquei muito satisfeito em saber que estão preparados 14 balcões, mas, essencialmente, por saber que preparam 17 balcões móveis“.

Este serviço também se encontra disponível online através do endereço: https://bupi.gov.pt/

Resultados ABC de Nelas 19 e 20 de junho

sábado, 19  de junho

 

FUTSAL JUVENIS

Torneio Complementar (6ª jornada)

FCLMG-FC Lamego 01 – 06 ABC de Nelas (Pavilhão Desportivo Álvaro Magalhães – Lamego)

 

FUTSAL INICIADOS

Torneio Nacional Sub-15 (1ª jornada)

ABC de Nelas 05 – 06 CRP Ribafria (Pavilhão Municipal de Nelas )

 

DOMINGO, 20 JUNHO

 

ANDEBOL INICIADAS

Torneio Regional (6ª jornada)

ABC de Nelas 04 – 25 AC Viseu (Pavilhão Municipal de Nelas)

 

FUTSAL JUNIORES

Torneio Complementar (6ª jornada)

Viseu 2001 01 – 07 ABC de Nelas (Pavilhão Cidade de Viseu)

 

FUTSAL BENJAMINS

Torneio Complementar (5ª jornada)

CB Viseu 03 – 02 ABC de Nelas (Pavilhão Escola Infante Dom Henrique – Viseu)

 

FUTSAL INICIADOS

Torneio Complementar (6ª jornada)

ABC de Nelas 09 – 02 Atitudes Traquinas (Pavilhão Municipal de Nelas)

AF Viseu- Campeonato Distrital 1ªDivisão- CONSTRUÇÕES PELEZINHOS, LDA 7ªjornada

Fase Promoção- Norte

CD Santacruzense – Nave Alvite- 0-1

Sampedrense – Oliv. Douro 3-0

Tarouquense – AC Travanca 1-0

Vouzelenses – GD Parada 0-1

 

Classificação:

1º Sampedrense :32

2º GD Parada :30

3º Tarouquense:29

4º AC Travanca:21

5º Gente Nave Alvite: 20

6º Oliv. Douro:20

7º Os Vouzelenses: 19

8º CD Santacruzense: 11

 

Fase Promoção- Sul

CF Repesenses – Sport Viseu e Benfica – 2-0

Nandufe – Santacombadense- 4-1

Moimenta Dão FC – Vila Chã de Sá(Adiado)

Canas  de Senhorim – Campia -1-1

Classificação
1º GD Campia: 32
2º  Canas de Senhorim: 29
3º Moimenta Dão FC: 27 (menos um jogo)
4º Vila Chã de Sá: 24 (menos um jogo)
5º GD Santacombadense: 23
6º CF Repesenses: 21
7º Sport Viseu e Benfica: 21
8ºSC Nandufe: 10

 

ABC de Nelas- Agenda desportiva 19 e 20 de junho

Um fim de semana recheado de atividade desportiva para o ABC Nelas, aqui fica o mapa:

sábado, 19 de junho

 FUTSAL JUVENIS

Torneio Complementar (6ª jornada)

FCLMG-FC Lamego – ABC de Nelas

15:00H – Pavilhão Desportivo Álvaro Magalhães – Lamego

 

FUTSAL INICIADOS

Torneio Nacional Sub-15 (1ª jornada)

ABC de Nelas – CRP Ribafria

16:00H – Pavilhão Municipal de Nelas

 

domingo, 20 de junho

ANDEBOL INICIADAS

Torneio Regional (6ª jornada)

ABC de Nelas – AC Viseu

10:00H – Pavilhão Municipal de Nelas

 

FUTSAL JUNIORES

Torneio Complementar (6ª jornada)

Viseu 2001 – ABC de Nelas

10:30H – Pavilhão Cidade de Viseu

 

FUTSAL BENJAMINS

Torneio Complementar (5ª jornada)

CB Viseu – ABC de Nelas

11:30H – Pavilhão Escola Infante Dom Henrique – Viseu

 

FUTSAL INICIADOS

Torneio Complementar (6ª jornada)

ABC de Nelas – Atitudes Traquinas

12:30H – Pavilhão Municipal de Nelas