Início » Nelas (Pagina 5)

Nelas

CIM Viseu Dão Lafões deu a conhecer resultados do projeto europeu LIFE Landscape Fire

Decorreu nesta quarta-feira, em Mangualde, o primeiro de três workshops em que a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões dá a conhecer publicamente os primeiros resultados do projeto europeu LIFE Landscape Fire, do qual é a entidade líder. Seguem-se iniciativas idênticas em Madrid e Bruxelas, respetivamente a 7 e 22 de maio.

Os workshops, que receberam o título de “Igniting Change”, têm como objetivo partilhar os conhecimentos já adquiridos e técnicas desenvolvidas pelos parceiros participantes no projeto.

Aqui foi, o primeiro evento, com o tema “Demonstração de Boas Práticas”, teve lugar na Biblioteca Municipal de Mangualde, com o início a ser dedicado precisamente à apresentação dos resultados por parte dos parceiros: a CIM Viseu Dão Lafões e o Instituto Politécnico de Viseu, em Portugal, e a Universidade de Extremadura, a Junta de Extremadura e a Mancomunidade Integral Sierra de San Pedro, em Espanha.

Entre estes resultados, destacam-se a importância da aplicação de políticas públicas específicas de apoio ao pastoreio extensivo e o reconhecimento e a valorização dos serviços dos ecossistemas, sendo que a combinação entre pastoreio extensivo e o fogo controlado, realizados em pontos estratégicos de gestão, torna-se uma ferramenta essencial na prevenção de incêndios rurais.

Seguiu-se um painel de discussão sobre “Fogo Controlado e o Pastoreio Extensivo”, que contou com intervenções de representantes da Autoridade de Emergência e Proteção Civil, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Guarda Nacional Republicana, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e Serviço de Planeamento e Gestão Florestal da Junta de Extremadura.

LIFE Landscape Fire – um projeto liderado pela CIM Viseu Dão Lafões   

Aprovado em 2019, o LIFE Landscape Fire tem por objetivo o desenvolvimento de medidas de prevenção de incêndios florestais na paisagem rural, através do uso do fogo controlado, da silvopastorícia e do controlo de espécies invasoras. Desta forma, pretende-se proteger a biodiversidade e os ecossistemas e aumentar a resiliência do território.

Liderado pela CIM Viseu Dão Lafões desde o seu início, foi o único projeto português a ser aprovado pelo Programa Europeu “LIFE”, no aviso de 2018 na Área do Ambiente.

Desde o início do projeto LIFE Landscape Fire, a CIM Viseu Dão Lafões já desenvolveu eventos de grande importância, em conjunto com todos os parceiros. Um dos eventos mais marcantes aconteceu em 2023, com a visita do Comissário Europeu do Ambiente, Oceanos e Pescas, Virginius Sinkevičius, à Aldeia da Coelheira, no município de São Pedro do Sul, onde assistiu a uma ação de fogo controlado. Outro momento relevante foi o 3.º Seminário Internacional LIFE Landscape Fire, que decorreu em Viseu, assim como uma visita de campo de três dias na Região da Extremadura, em que os participantes conheceram locais intervencionados pelo projeto.

Nuno Martinho, Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, começou por destacar que “nunca é demais recordar que este é o único projeto português aprovado no vertical ambiente, sendo um projeto bandeira dentro da Comissão Europeia”.

“O workshop de hoje comprovou o bom trabalho que fomos capazes de realizar, em estreita colaboração com diversos agentes do território, ao longo deste projeto pioneiro. Desde logo, promovemos a capacitação de técnicos de fogo controlado, não só junto dos nossos municípios, mas também da GNR e dos bombeiros. Ao abrigo deste projeto foi ainda possível desenvolver ações de silvopastorícia, com o valioso contributo do IPV. Em suma, foram inúmeras as ações e os parceiros envolvidos, num projeto que deixa uma marca muito importante na resiliência da nossa floresta e de boas práticas, também, no âmbito da sustentabilidade e do ambiente. Assim, é muito gratificante apresentar os resultados desta iniciativa, que tem reflexos diretos na proteção do meio ambiente, na defesa da floresta e na proteção das nossas populações contra os fogos rurais”, concluiu Nuno Martinho.

Segundo o Presidente de Câmara Municipal de Mangualde, Marco Almeida, “a valorização e a resiliência dos territórios no combate aos incêndios começa com a consciencialização da importância de preservarmos os nossos recursos naturais. É isso que temos feito ao longo dos anos, quer no nosso município, quer também na CIM Viseu Dão Lafões, através da promoção de boas práticas que também incentivam a população a adotar comportamentos verdadeiramente responsáveis. Este evento é uma forma de todos nós ficarmos mais esclarecidos em relação às nossas preocupações, quer individuais, quer da nossa região”.

Miguel David, Comandante Sub-regional de Emergência e Protecção Civil, afirmou: “Este é um projeto resiliente porque não parou durante a pandemia e porque teve a capacidade de agregar diferentes entidades e diferentes agentes de proteção civil, para se abordar a temática do fogo numa perspetiva preventiva, como um verdadeiro instrumento de gestão do nosso território, da nossa paisagem”.

“Foi com muito gosto que participámos neste grupo de trabalho, que consideramos muito importante para a região. No entanto, é necessário criar dinâmicas para que o conhecimento e aquelas que são as boas práticas, desenvolvidas neste e noutros projetos, possam ser divulgadas e, posteriormente, aplicadas no nosso território para benefício de todos”, acrescentou.

Fotos:DR

Nelas-Comemorações do 25 de Abril – 50º Aniversário da “Revolução dos Cravos”

Comemorações do 25 de Abril – 50º Aniversário da “Revolução dos Cravos” . Concelho de Nelas comemora e revive o 25 de Abril 1974
Para assinalar os 50 anos do 25 de Abril de 1974, o Município de Nelas promove, durante dois dias, um conjunto de iniciativas de índole institucional, cultural, recreativa e social que promovem a reflexão sobre os valores democráticos que unem a sociedade.

As comemorações têm início na quarta-feira, 24 de abril, pelas 10h15, no Auditório do Edifício Multiusos de Nelas, com a Assembleia Municipal Jovem, que conta com a presença dos alunos do 12º ano da disciplina de Ciências Políticas do Agrupamento de Escolas de Nelas e da turma do 10º A de Línguas e Humanidades do Agrupamento de Escolas Canas de Senhorim.

Subordinada ao tema “Viver Abril na Educação: Caminhos para uma Escola Plural e Participativa”. Uma excelente oportunidade para os jovens estudantes experienciarem o funcionamento e importância de uma Assembleia Municipal. E nesta especificamente debaterem questões sobre o papel da Escola como espaço democrático, que é fundamental na formação cívica dos alunos.

Logo depois tem lugar um momento Musical pela Academia Municipal de Artes de Nelas, em que o Corpo Docente apresenta um reportório composto por músicas que marcaram a Revolução dos Cravos.

No mesmo espaço, vai ser inaugurada a Exposição de Desenho “As Crianças do 25 de Abril”. Uma mostra de trabalhos de expressão plástica elaborados por cerca de 150 alunos do 4º ano dos Agrupamentos de Escolas do Concelho, que procuram testemunhar os valores da Liberdade e da Democracia Portuguesa.

À tarde, pelas 15h30, a Associação Cultural Ganso Manso, de Canas de Senhorim, pinta um Mural à Liberdade, junto ao Cineteatro Municipal de Nelas, um momento em que os valores da democracia e da igualdade ganham cor e vida pelas mãos de talentosos artistas, e ao qual se associa um momento musical por Jorge Justo, intitulado “A Liberdade Existe”.

Na quinta-feira, dia em que se comemora o Dia 25 de Abril, o programa inicia com o tradicional Hastear da Bandeira com Formatura dos Bombeiros de Canas de Senhorim, pelas 08h30, e Hastear da Bandeira com Formatura dos Bombeiros de Nelas, às 9h30, nos respetivos Quarteis. E pela primeira vez, na Praça do Município, o Município acolhe neste dia, as duas Formaturas, dos Bombeiros Voluntários de Nelas e dos Bombeiros Voluntários de Nelas, às 10h00. Seguidamente atua o Rancho Folclórico de Vilar Seco.

A Sessão Comemorativa 50 Anos do 25 de Abril da Assembleia Municipal de Nelas está agendada para as 10h30, no Auditório do Edifício Multiusos de Nelas, onde os diferentes grupos parlamentares são convidados também a intervir, perpetuando-se assim os valores da liberdade e democracia.

A tarde é marcada por vários momentos musicais com as Arruadas das Bandas Filarmónicas do Concelho. Assim, no Folhadal pelas 15h30, arrua a Sociedade Musical 2 de Fevereiro de Santar, e simultaneamente, na Lapa do Lobo, às 15h30, a arruada está a cargo da Sociedade Musical Sto. António de Carvalhal Redondo. Por sua vez, em Canas de Senhorim, a arruada da Associação Filarmónica de Vilar Seco tem início pelas 16h00, seguida da Inauguração da Avenida dos Ex-Trabalhadores dos Fornos Elétricos, uma merecida homenagem aos antigos trabalhadores desta importante unidade fabril, que representa um marco no desenvolvimento económico concelhio.

A encerrar o Dia da Liberdade, destaque para a cultura, com um Concerto Comemorativo do Cinquentenário do 25 de Abril de 1974, denominado “50 Anos do 25 de Abril”, pelo Grupo Coimbra Vocal, com as Ensaiadoras Isilda Margarida e Carla Pais, no Auditório do Edifício Multiusos de Nelas, pelas 18h00.

 

Alexandre Borges vence Open de Castelo Branco

Em contagem decrescente para o início do Campeonato de Portugal de Kartcross, o Open de Castelo Branco abriu as hostilidades da época, acolhendo alguns dos nomes que irão marcar a época desportiva de 2024.

Alexandre Borges, o piloto da NelaSport, marcou presença com o novo Semog Attack, fazendo a estreia desta nova viatura de competição e da recém-criada divisão 2 do kartcross, em provas oficiais em Portugal.

Ainda em fase de adaptação a estas novas especificações, entrou determinado em não deixar os créditos por mãos alheias e desde cedo demonstrou que estaria na luta pela vitória, averbando o tempo mais rápido nos treinos cronometrados, como foi
sendo seu apanágio ao longo da época passada.

Na final de domingo, desde cedo que assumiu a liderança, a qual não viria a largar até ao cair da bandeira de xadrez, averbando assim a primeira vitória do Semog
Attack, logo na prova de estreia em Portugal.

“Chegámos a Castelo Branco, completamente “às escuras”. Em primeiro porque estivemos em contrarrelógio a terminar o kartcross para conseguir estar presentes,
pelo que foi o meu primeiro contacto com este novo modelo da Semog em pista, por outro lado, não tínhamos qualquer referência de como seria a competitividade desta
nova motorização em pista, comparativamente aos 600. Face a tudo isto, só posso considerar que foi uma vitória importante e que nos dá bons indicadores para a
primeira prova do Campeonato, agendada já para o fim de semana de 4 e 5 de maio, em Mação”, refere Alexandre Borges.

 

Foto:newsmotorsports

Dia Mundial da Terra vai ser assinalado

“O oceano é a nossa terra” volta a ser o mote do Dia Mundial da Terra, que é no dia 22 de abril, e que se celebra durante esta semana, na qual todas as organizações, entidades nacionais e membros sociedade civil são incentivados pela Fundação Oceano Azul a participar.

Dada a importância fundamental que o oceano tem para a vida no planeta, entre os dias 15 e 24 de abril este será o foco de mais de 70 organizações que prepararam mais de 100 atividades, de norte a sul do país e ilhas, para sensibilizar, educar e despertar a curiosidade para a proteção deste sistema fundamental para a vida. Todas as atividades já registadas se encontram no site da Fundação Oceano Azul para consulta, sendo ainda possível qualquer organização registar diariamente novas atividades. Para participar neste movimento de cidadania ativa, basta consultar as atividades disponíveis e contactar a entidade organizadora.

A programação da iniciativa inclui diversas atividades educativas e de literacia; concursos, desafios, quizzes ou jogos; aulas de surf; cursos e workshops; exposições e exibições artísticas; limpezas de praia, margens de rios e subaquáticas; palestras, seminários e conferências.

Durante dez dias, a iniciativa “O oceano é a nossa terra” pretende demonstrar que é possível combater e contribuir para resolver os problemas atuais que o oceano enfrenta ao unir, numa celebração conjunta, organizações que atuam na área da conservação do oceano, sensibilizando a sociedade para a importância do oceano no equilíbrio planetário.

Desde 2020 que a Fundação Oceano Azul apoia esta semana de atividades focadas no oceano em celebração do Dia Mundial da Terra. No total, nas quatro edições anteriores, foram realizadas mais de 500 atividades preparadas por cerca de 150 organizações.

O Dia Mundial da Terra é assinalado todos os anos em 193 países, revelando a crescente consciencialização para a necessidade de proteger o oceano e o planeta.

Foto:DR

Médicos de Família são o garante do SNS refere a FNAM

Instituições que integram Médicos de Família preocupadas com o futuro do funcionamento dos CSP e do SNS

Em comunicado refere que, a Federação Nacional dos Médicos (FNAM), a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) e a Associação Nacional das USF (USF-AN), estiveram reunidas para discutir a preocupação comum sobre o futuro do Serviço Nacional de Saúde (SNS), no que concerne ao funcionamento dos Centros de Saúde, desde a entrada em vigor, a 01 de janeiro de 2024, da nova legislação que rege as Unidades de Saúde Familiares (USF) e as Unidades Locais de Saúde (ULS).

Esta legislação levou à difusão das USF em todo o país, no entanto estas diferem bastante das que já existiam no terreno desde 2006, nomeadamente, no que respeita à metodologia associada ao cálculo dos suplementos remuneratórios que deixa os médicos desconfortáveis na sua prática clínica, uma vez que coloca em causa a qualidade dos cuidados prestados, bem como a independência técnico-científica dos profissionais, conflituando com princípios éticos e de justiça social.

A métrica que define os incentivos financeiros denomina-se Índice de Desempenho da Equipa (IDE), e passou a incluir indicadores de prescrição medicamentosa e de exames complementares de diagnóstico, dois atos clínicos nobres da profissão médica.

Para além disso, as listas de utentes dos médicos de família que já se encontram sobredimensionadas, poderão crescer ainda mais, após a aplicação do Índice de Complexidade do utente (ICU), criado pelo anterior governo.

Este instrumento, ética e socialmente questionável, considera que existem utentes que pesam menos de um ou até mesmo “zero utente” na lista do médico de família, recorrendo a características como o género, a nacionalidade, a condição económica, cuja construção está ferida de humanidade.

Assim, se o Índice de complexidade do utente (ICU) vier a ser aplicado, a acessibilidade ao médico de família irá agravar-se.

Por fim, a entrada em vigor das Unidades Locais de Saúde (ULS), que foram implementadas sem qualquer visão estratégica, comprometem a autonomia das USF, colocando em risco os cuidados preventivos, em detrimento de uma visão hospitalocêntrica, centrada na doença.

A FNAM considera premente a revogação imediata do IDE e o ICU propostos e apela à manutenção da autonomia dos Cuidados de Saúde Primários, estando disponível para discutir, conjuntamente, novas soluções que dignifiquem o SNS.

AF Viseu – Resultados da 29ªjornada do Campeonato da Divisão Honra – HORTIRELVA

SC Penalva do Castelo – SL Nelas-2-0
CD Cinfães – Lusitano Fc Vildemoinhos-1-1
SC Paivense – Os Vouzelenses-0-0
GD Mangualde – AD Castro Daire-0-4
Nespereira FC – GD Oliveira de Frades-1-3
Moimenta da Beira – SC Lamego-1-0
CR Ferreira Aves – GD Resende-2-2
UD Sampedrense – AD Sátão-1-1
Canas Senhorim – SC Vale Açores-0-0
Lidera:CD Cinfães- 70pts, 2º- GD Oliveira de Frades- 61pts e 3º- GD Mangualde-58pts

Inauguração do 8º Festival Literário dos ELOS em Nelas

A Biblioteca Municipal António Lobo Antunes recebeu a Inauguração do 8º Festival Literário dos ELOS, iniciativa que resulta de um trabalho de parceira entre Câmara Municipal de Nelas, Rede de Bibliotecas de Nelas, Fundação Lapa do Lobo e Agrupamentos de Escolas Canas de
Senhorim e de Nelas.

Joaquim Amaral, Presidente da Câmara Municipal, deu as boas-vindas a todos os presentes, salientando que durante 10 dias, Nelas, Coração do Dão, vai ser palco de um programa extramente rico que oferece atividades diversificadas para todos os gostos e idades, sempre com o objetivo de reforçar o prazer pela leitura e pelos livros. Porque uma iniciativa desta envergadura é sempre uma mais valia em termos culturais para atrair visitantes extra-concelho, o Presidente salientou que “Este é um primeiro passo de alargar o Elos à região e, o objetivo é chegarmos à nossa 10.a edição com o festival literário em registo nacional”. O edil destacou também a temática desta edição “À Volta de António Lobo Antunes”, uma merecida homenagem e esta figura incontornável da literatura nacional que dá nome à Biblioteca Municipal, e cujas Crónicas retratam saudosamente os momentos felizes que passou, durante a sua infância e juventude, em Nelas na casa dos avós maternos.

Seguiu-se uma encenação pelas Alunas da Universidade Sénior, Vilar Seco, que deram, de uma forma intimista e envolvente, deram vida a uma Crónica de Lobo Antunes, merecendo os aplausos de todos os presentes. A manhã contou ainda com abertura ao público da Exposição “Pelas Memórias
de António Lobo Antunes”, alusiva às muitas vivências e memórias de Lobo Antunes em Nelas, e que depois dos ELOS segue, em regime de itinerância, para as Bibliotecas Municipais dos 14 Municípios da CIM Viseu Dão Lafões.

Destaque ainda para os Leitores de Fraque, que vão andar, durante todo o evento, a “cobrar” as dívidas de leitura aos mais distraídos, e para o Feira do Livro que até 20 de abril pode ser visitada na Biblioteca Municipal António Lobo Antunes, Nelas, e na qual podem ser adquiridos livros de diversas editoras com descontos até 10%.

Os ELOS de leitura também vistam as escolas com um programa organizado para a COMUNIDADE ESCOLAR, constam os Encontros com os Autores André Pereira, Isabela Figueiredo e Ana Filipa Correia, a animação “Histórias Cantadas”, o espetáculo “Palavreando” pelos Mochos no Telhado, e o espetáculo para crianças, “Livros?! Não!”, atividades que serão uma mais valia para os nossos alunos na sua contínua descoberta pelo mundo da escrita e da leitura, e no seu crescimento tanto académico como pessoal.

As atividades dos ELOS continuam “Fora de Horas”, até ao fim do mês de maio, nos Agrupamentos de Escolas do Concelho, com a Apresentação de Catálogo do Museu do Falso que irá dar a conhecer aos alunos os “artefactos e documentos históricos” deste espaço museológico composto exclusivamente por um acervo proveniente de criadores contemporâneos que subordinam as suas criações à premissa e conceito de “Simulacro”: E se um determinado evento tivesse ocorrido de modo diverso ao que efetivamente se verificou?

Fotos:MN

Nelas- Torneio Andebol4Kids continua

A Câmara Municipal de Nelas em colaboração com a Associação de Andebol de Viseu e dando continuidade ao projeto ANDEBOL4KIDS, com o objetivo de desenvolver a modalidade de Andebol no 1º Ciclo do Ensino Básico continua a realizar 12 de abril 2024, o Torneio Interturmas, no Estádio Municipal de Nelas.

Organizado pelo Serviço de Desporto do Município conta com a participação dos alunos do 3º e 4.º anos dos Agrupamentos de Escolas de Canas de Senhorim e de Nelas.
O torneio tem como o como objetivo o apuramento de quatro equipas, duas masculinas e duas femininas, para representarem o Concelho de Nelas no Encontro Interconcelhio em Tondela que se realiza no próximo dia 4 de maio de 2024.

Foto:DR

Vítor Santos grande vencedor do Prémio Nacional de Imprensa “Desporto com Ética 2023”

Vítor Santos vence 1.º prémio

Vítor Santos foi o vencedor do Prémio Nacional de Imprensa “Desporto com Ética 2023”, promovido pelo IPDJ, através do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED), e pelo Clube Nacional de Imprensa Desportiva (CNID) no segmento de Imprensa Regional, com o texto “Ausência de valores de desporto de formação”.

Vítor Santos tem um percurso ligado ao desporto e nos últimos anos tem-se dedicado à promoção da Ética e dos Valores do Desporto.

Para o premiado “a valorização dos resultados em detrimento do processo é uma das causas para os conflitos existentes”.

Vítor Santos tem realizado várias ações no país sobre esta temática e já recebeu vários prémios e distinções nacionais.

Autor do livro “Educar o sonho: ética e envolvimento parental na prática desportiva” exerce funções de Técnico Superior no Instituto Politécnico de Viseu e tem um percurso ligado ao desporto de formação, com relevo para as épocas em que foi treinador no Sport Viseu e Benfica e Académico de Viseu.

A cerimónia de entrega dos prémios está agendada para o próximo mês, previsivelmente, em Viseu, Cidade Europeia do Desporto 2024.