Templates by BIGtheme NET
Início » Pinhel

Pinhel

aBEIRAr foi apresentada num palco natural

Teve lugar no Covão D’Ametade , a apresentação pública de aBEIRAr : Parceria de Ciência Cidadã para a Valorização do Território, uma iniciativa da Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela (RIBBSE), apadrinhada pela CIMBSE e em parceria com o Geopark Estrela, UBI e Plataforma da Ciência Aberta do Município de Figueira Castelo Rodrigo.
Face a isso, a Mesa de oradores foi composta por :Presidente da Câmara de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho,  RIBBSE – Catarina Santos, Plataforma de Ciência Aberta de Figueira de Castelo Rodrigo – Maria Vicente, Estrela Geopark – Emanuel Castro, UBI – Vice – Reitor José Marques e o Presidente da CIMBSE, Dr. Luís Tadeu.
É uma parceria de ciência cidadã que tem como missão potenciar o envolvimento e a participação cívica com a ciência, promover o diálogo entre cientistas e cidadãos e despertar o interesse da comunidade na construção de conhecimento e valorização do território.
Este evento vai decorrer de maio a outubro do ano em curso, irá realizar-se em todos os Municípios que compõem a RIBBSE e desenvolve-se sobre os temas: a Água, o Céu e a Rocha.

Pinhel- Paróquia de Souropires recebe apoio financeiro para obras por parte do Município

 

Teve lugar recentemente , a assinatura de um protocolo de apoio que visa a realização de obras de conservação e restauro na Igreja Matriz de Souropires.

Estiveram presentes, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, e o Pároco de Souropires, Padre António Freire, que assinaram o respetivo protocolo.
Recorde-se que este apoio, no valor de cerca de 48 mil euros, já tinha sido aprovado pelo Executivo Municipal, por unanimidade, na reunião realizada a 4 de março.

 

Novo livro “Governo Local Conceitos, Estratégias e Práticas” em breve disponível

Ex autarca António Edmundo Ribeiro é o autor

Vai estar disponível no mercado um novo livro da autoria de António Edmundo Ribeiro, que já foi autarca em Figueira de Castelo Rodrigo, vai agora lançar um novo livro com o título “Governo Local, Conceitos, Estratégias e Práticas”, das Edições Sílabo.

Segundo a editora, este livro visa apoiar os eleitos locais no exercício das suas funções, robustecendo conhecimentos e competências na gestão e administração local.
A sua perspetiva multidisciplinar e sistémica concede-lhe também a característica de instrumento de suporte ao estudo de administração pública, ciência política, gestão, economia e direito.
Os conceitos, procedimentos, estratégias e práticas que expõe são a base da gestão autárquica, sendo aplicados quotidianamente nas Freguesias, Municípios, Comunidades Intermunicipais e Áreas Metropolitanas do país.
Livro formativo e holístico, será também um instrumento indispensável para os dirigentes e técnicos das autarquias locais na gestão das suas carreiras e preparação para as avaliações.
Beneficiando da vasta experiência do autor, este livro, esclarecedor, aborda os assuntos sob a forma de «Glossário Técnico», proporcionando leituras breves por vastos temas do Governo Local e orientadas para a prática.

O autor, António Edmundo Ribeiro é Jurista pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Curso Geral de Gestão pela Nova School of Business and Economics, mestre em Ciência Política pelo ISCSP/UL, pós-graduado em Liderança pela Católica Lisbon School of Business & Economics e em Planeamento pela Xhanghai Business School, Curso Avançado de Gestão Pública pelo INA e doutorando em Administração Pública no ISCSP da Universidade de Lisboa. Gestor Tributário e Aduaneiro, professor auxiliar convidado de Administração Autárquica, Governo e Administração Local e Planeamento Estratégico no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Foi subdiretor-geral das Autarquias Locais; coordenador do Programa Capacitar; técnico-especialista no Gabinete do Secretário de Estado da Administração Local; presidente da Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo; vogal do Conselho Diretivo da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, administrador das Águas do Zêzere e Côa S.A.; diretor da Guarda Digital, da Associação das Aldeias Históricas e da Territórios do Côa; conselheiro das Comunidades Portuguesas pelos PALOP, diretor do departamento jurídico do Grupo JFS e professor convidado de Finanças Públicas e Direito Económico na Faculdade de Economia da Universidade Eduardo Mondlane em Moçambique.

foto:Sílabo.pt

2ª edição do Projeto ATUA!- Preparar crianças e jovens para os novos desafios do século XXI

Desde o arranque da 2ª edição do Projeto ATUA!, promovido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, que professores e alunos do 1º Ciclo e Ensino Secundário (Regular/Profissional) se destacam pela mobilização, resiliência e enorme vontade de concretizar ideias e objetivos de mais-valia para o território. Este projeto tem como principal objetivo inspirar comunidades educativas para a ação enquanto agentes de mudança do seu território, através de metodologias ativas que incentivam os alunos a desenvolverem competências empreendedoras tais como a autonomia, criatividade, responsabilidade, atitude e mentalidade empreendedoras, para que possam encontrar soluções para os mais diversos problemas da sua Região. Deste modo acreditamos contribuir para a criação de  profissionais com competências múltiplas, que tenham capacidade de aprender, de se adaptar a situações novas e de promover transformações. Esta iniciativa insere-se no Projeto de Combate ao Insucesso Escolar, financiado pela União Europeia ao abrigo do Centro 2020.

No dia 7 de abril, pelas 11h, o ATUA! irá apresentar a todos os participantes do Projeto e suas comunidades educativas, mais 2 excelentes empreendedores, através da página de Facebook do Projeto (https://www.facebook.com/atuacimbse). Rita Pelica, networker, CEO e fundadora da ONYOU, define-se como uma mente curiosa, empreendedora e viciada em aprender. Concebe projetos de educação e formação com foco nas soft skills e mentalidade empreendedora.  Por sua vez, Bruno Paulino, empreendedor de ideias sustentadas na farmacêutica e saúde, encontra-se a estudar Enfermagem e conta já no seu currículo com participações em Concursos de Ideias, destacando-se por ter vencido 3 vezes consecutivas Concursos Municipais de Ideias de Negócio, tendo conquistado também o pódio numa final de um Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio.

Certamente que o testemunho de ambos os convidados, apesar de percursos de vida completamente diferentes, será inspirador e de incentivo para que brevemente, os alunos participantes no Projeto ATUA! apresentem as suas  ideias e projetos únicos de valor acrescentado para o seu território.

A CIMBSE convida, uma vez mais, todos os interessados a assistir à 2ª Palestra motivacional do Projeto, a qual será transmitida em direto na página de Facebook do ATUA! (https://www.facebook.com/atuacimbse) na quarta-feira às 11h00.

Ministério da Saúde isenta Antigos Combatentes de taxas moderadoras

Foi recentemente aprovado pelo Ministério da Saúde, atribuir a isenção de taxas moderadoras a todos antigos combatentes, para tal basta a apresentação do cartão de cidadão ou cartão de utente.

Ainda permite garantir a isenção de pagamento de taxas moderadoras nas consultas, exames complementares de diagnóstico e nos serviços de urgência do SNS.

Esta é uma das medidas aprovadas recentemente com a atribuição do Estatuto do antigo combatente em Portugal.

Censos 21- Arranca hoje a 1ªfase

Inicia-se nesta segunda -feira, dia 5 de abril, a primeira fase dos Censos 2021 com a distribuição das cartas com a informação necessária para a resposta à maior operação estatística do país.
O Instituto Nacional de Estatística, IP (INE) inicia a distribuição das cartas para resposta aos Censos 2021 em todos os alojamentos do país. As cartas, que serão colocadas nas caixas de correio pelos recenseadores, contêm os códigos e toda a informação necessária para a resposta aos Censos através da Internet.

Os recenseadores do INE estão munidos com cartão de identificação e colete alusivo aos Censos 2021.
A fase de distribuição das cartas para resposta aos Censos terá a duração de duas semanas, estando a sua conclusão prevista para o dia 18 de abril.
A partir de 19 de abril tem início a fase de resposta aos Censos pela Internet, preferencialmente até dia 3 de maio (censos2021.ine.pt).
A resposta aos Censos 2021 pela Internet permite uma abordagem fácil, segura e rápida para os cidadãos. No atual contexto epidemiológico, este modo de recolha de dados reveste-se da maior relevância, tendo em conta que minimiza os contactos entre recenseadores e a população.
Para as situações em que a resposta pela Internet não seja possível, o INE disponibiliza outros modos de resposta, nomeadamente: telefone, para grupos da população com maior dificuldade na resposta pela Internet ou impedidos de contacto presencial; e-balcão nas Juntas de Freguesia, mediante as condições de acessibilidade locais e em função da respetiva situação de saúde pública; autopreenchimento dos questionários em papel, entregues pelos recenseadores, que cumprem um rigoroso Protoloco de Saúde Pública.

Salvaguardando as necessárias adaptações em função do ritmo das respostas e das características da área geográfica e da sua população, será na fase de conclusão dos Censos, a partir de 31 de maio, que a resposta resultará do contacto presencial dos recenseadores e apenas junto dos alojamentos que ainda não tenham respondido por outro modo.
A situação epidemiológica decorrente da COVID-19 resultou na elaboração de um Plano de Contingência de forma a garantir a realização da operação censitária com qualidade e protegendo a saúde de toda a população, recenseadores e demais envolvidos.
No âmbito do Plano de Contingência foi elaborado um rigoroso Protocolo de Saúde Pública para a preparação e execução dos Censos 2021, no âmbito da pandemia COVID-19, cujo objetivo principal é garantir que todas as atividades são realizadas de forma segura e cumprindo todas as normas sanitárias estabelecidas pelas autoridades de saúde, de acordo com as diferentes condições do país ou de determinadas áreas
geográficas.
Para além da implementação do Protocolo de Saúde Pública foram incorporadas um conjunto de alterações aos Censos 2021, incluindo o reforço dos mecanismos de controlo do trabalho de campo e de validação da informação recolhida num contexto de crise pandémica, nomeadamente através da integração de informação administrativa.
As adaptações e os ajustamentos introduzidos às várias atividades dos Censos 2021 permitem garantir a realização da operação censitária com toda a segurança.

Sala Sensorial inaugurada em Pinhel

Teve lugar na cidade de Pinhel, a inauguração da Sala Sensorial com a presença do executivo pinhelense , executivo do Agrupamento de Escolas local e entidades convidadas.
A prevenção do abandono escolar precoce e o combate ao insucesso escolar são o foco das políticas educativas locais desenvolvidas pelo Município de Pinhel e foi neste contexto que a autarquia aproveitou uma candidatura aos fundos comunitários para implementar e dinamizar uma Sala Sensorial inovadora, baseada em práticas terapêuticas Snoezelen (terapia dos sentidos).
À disposição da comunidade escolar mas aberta a outras necessidades que possam surgir na comunidade, a Sala Sensorial+ está localizada nas instalações do Jardim de Infância de Pinhel, sendo composta por 3 espaços: uma sala Snoezelen (equipada com material para estimulação sensorial, que se traduz num local feito de luz, sons, cores, texturas e aromas, onde os objetos são coloridos e disponibilizados para serem tocados e admirados) e duas salas de terapias diversas (onde se pretende intervir sobre as competências motoras, cognitivas, sensoriais e sociais, que limitam o sucesso da criança no seu desempenho para que possa participar com o seu potencial máximo nos contextos onde está envolvida).
Associada à Sala Sensorial+ serão proporcionadas terapias na área das motricidades, da capacidade de raciocínio e aplicação da lógica, atividades de desenvolvimento e aplicação na área das novas tecnologias.
Inaugurada hoje, a Sala Sensorial+ estará em funcionamento a partir da próxima segunda-feira, 5 de abril, dia em que tem início o terceiro período letivo.
De referir que a implementação da Sala Sensorial representa um investimento na ordem dos 180 mil euros, comparticipados a 85%, sendo este valor destinado à aquisição de equipamentos, mas também à contratação de recursos humanos indispensáveis para dar início ao projeto.
Isso mesmo referiu o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, para quem a inauguração deste equipamento representa um passo importante no caminho que a autarquia tem vindo a trilhar no que diz respeito ao apoio a crianças e jovens com necessidades especiais, sendo esta uma resposta inovadora que certamente terá repercussões positivas no acompanhamento dessas crianças e jovens e de todos aqueles que venham a precisar das terapias aqui praticadas.
Já para o Diretor do Agrupamento de Escolas de Pinhel, José Vaz, este é mais um dia feliz no percurso levado a efeito em parceria com o Município de Pinhel, sendo um orgulho trabalhar num concelho que respira Educação.

2º Concurso de Gastronomia e Vinhos da Beira Interior – O Beira Interior Gourmet

Foi apresentado na tarde desta quinta -feira, pela CVR da Beira Interior, o 2º Concurso de Restaurantes da região com a chancela da CVRBI.
Dado o êxito da primeira edição de 2020, o concurso vai abranger restaurantes de todo o país Rodolfo Queirós, Presidente da CVR da Beira Interior, anuncia o arranque da segunda edição do concurso de criação daquele que é já o melhor concurso do género na região.

A presidência do júri está a cargo de Fernando Melo, conceituado crítico de vinhos e comida. Foi reunido um júri das áreas da cozinha, turismo, cultura, ensino, jornalismo e enologia. Este irá visitar os restaurantes inscritos no Beira Interior Gourmet.
A grande novidade desta edição é a afectação dos restaurantes de todo país que queiram dar a conhecer as suas criações gastronómicas harmonizadas com vinhos da Beira Interior. A primeira edição do concurso em 2020 demonstrou vastamente a aptidão dos vinhos da região para os diferentes momentos da refeição, e este passo que estamos a dar é também uma evidência confirmada pelo êxito dos vinhos Beira Interior nas mesas de inspirações diversas, de norte a sul do país.
                                                       CATEGORIAS
Cozinha regional/tradicional Cozinha criativa/evolutiva Cozinha europeia e do mundo
Restaurante “Cozinha Tradicional/ Regional” – restauração com menus de cozinha regional, que utiliza produtos da Beira Interior ou da região onde está inserido, com ambiente típico ou contemporâneo.
Restaurante “Cozinha criativa/Evolutiva” – restauração com cozinha elaborada e serviço especializado, com Chef de Cozinha e com ambiente de algum requinte.
Restaurante “Cozinha Europeia e do mundo” – restauração com uma cozinha tradicional de outros países ou “fusão” com ambiente contemporâneo ou clássico.
Pretende-se com esta iniciativa valorizar (sobretudo) os vinhos DO Beira Interior e IG Terras da Beira, os seus produtores, promovendo a excelência na restauração da região.
O período de inscrição decorre até ao próximo dia 16 de maio, onde cada restaurante definirá um menu a preço controlado, que irá estar disponível ao grande público durante o período entre 28 de maio a 25 de julho, altura em que o júri visitará todos os restaurantes concorrentes.
Esta iniciativa, insere-se na estratégia de promoção do enoturismo da região, onde a recentemente criada Rota dos Vinhos da Beira Interior, faz deste evento uma aposta no desenvolvimento da região.

aBEIRAr vai ser apresentado no Covão d´Ametade

Vai ter lugar a apresentação pública de aBEIRAr – parceria de ciência cidadã para a valorização do território, que decorrerá no Covão d’Ametade, no dia 8 de abril, quinta-feira, às 11h00.

aBEIRAr é uma parceria de ciência cidadã para a valorização do território que envolve a Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela da CIMBSE, a Plataforma de Ciência Aberta – Município de Figueira de Castelo Rodrigo, a Estrela Geopark Mundial da UNESCO e a Universidade da Beira Interior.
aBEIRAr surge como uma forma de potenciar o envolvimento e participação cívica com a ciência, promover o diálogo entre cientistas e cidadãos e despertar o interesse da comunidade na construção do conhecimento do território.
A primeira iniciativa de aBEIRAr irá percorrer os 15 concelhos da CIMBSE, numa sequência de três ciclos, cada um dedicado a um tema central para o território – Água, Céu, Rocha – que acontecerão na Primavera, Verão e Outono, respetivamente.

Distrital do PSD da Guarda já escolheu os 14 candidatos às Câmaras Municipais do distrito

Em comunicado, a Distrital do PSD da Guarda refere que já tem concluído, desde o passado dia 29 do presente
mês, o processo da escolha dos candidatos às 14 Câmaras Municipais do Distrito.
Apesar da pandemia, que dificultou a mobilidade devido ao confinamento, o processo
cumpriu com todas as orientações e prazos estipulados pela Direção Nacional do
Partido.
Todo o procedimento da escolha dos candidatos foi efetuado com a responsabilidade,
seriedade, rigor e a transparência interna que um processo como este deve ter, refere
Carlos Condesso, Presidente da Distrital.
Apesar de todos os candidatos já estarem aprovados pela Comissão Política Distrital,
faltam homologar e consecutivamente apresentar apenas quatro candidatos por parte
da Comissão Politica Nacional, o que acontecerá já nos próximos dias.
Os candidatos já aprovados, homologados e apresentados pelo Partido são: António
José Machado (Almeida), Carlos Ascensão (Celorico da Beira), Carlos Condesso
(Figueira de Castelo Rodrigo), Luís Tadeu (Gouveia), Carlos Chaves Monteiro (Guarda),
Nuno Soares (Manteigas), Rui Ventura (Pinhel), Vitor Proença (Sabugal), João Carvalho
(Trancoso) e João Paulo Sousa (Vila Nova de Foz Côa). Falta apenas tornar público os candidatos a Fornos de Algodres, Mêda, Seia e Aguiar da Beira.
A Distrital tem um objetivo bem traçado, que é ganhar o maior número de Câmaras e
eleger o maior número de Presidentes de Câmara, de Vereadores, de Presidentes de
Junta e de Membros de Assembleia Municipal.

Todas as estruturas do partido estão mobilizadas e determinadas em trabalhar
arduamente para recuperar câmaras que estão nas mãos do Partido Socialista, por
forma a devolver a esperança às populações.