Templates by BIGtheme NET
Início » Tondela

Tondela

Visitas Teste pelo Roteiro da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões

Municípios da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões realizam visitas-teste aos seus recursos culturais e patrimoniais

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no âmbito da sua candidatura “Produtos Turísticos Integrados da Região – Ativação da Rede Patrimonial Intermunicipal”, financiada ao abrigo do Programa Centro 2020, tem vindo a promover um conjunto de iniciativas para a criação e ativação da Rede Patrimonial Intermunicipal.

Assim, com o envolvimento direto dos técnicos municipais de turismo e responsáveis pelos recursos culturais e patrimoniais dos seus 14 municípios, o processo de capacitação iniciado em novembro de 2020, culmina agora com a realização de um conjunto de visitas-teste. Estas visitas integram-se no processo de estruturação da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões, permitindo a realização de momentos de trabalho entre os municípios, através do conhecimento e descoberta dos recursos culturais e patrimoniais.

As visitas-teste são tidas como um formato prático e dinâmico, que permite aos técnicos das áreas da cultura, património e turismo, conhecer os recursos e produtos turísticos da região, no âmbito das suas competências e atividades de visitação, com o objetivo de promover a qualificação da oferta do segmento de Turismo Cultural.

 

As visitas-teste encontram-se a decorrer até ao dia 1 de outubro, com programas preparados ao pormenor pelos próprios municípios, atendendo aos recursos visados no Roteiro da Rede Patrimonial Viseu Dão Lafões. Esta ação permitirá intensificar as redes de colaboração e cooperação intermunicipais e qualificar a oferta turística da região.

Segundo o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho,  “A CIM tem vindo a trabalhar o posicionamento de Viseu Dão Lafões enquanto destino de excelência no âmbito do turismo cultural e patrimonial, nesse sentido temos focado o  nosso “know-how”, não só, na ativação e valorização dos inúmeros recursos patrimoniais do território, mas também, na qualificação dos técnicos e agentes de turismo, cultura e património espalhados pelo território“.

Neste esforço de valorização do património e de qualificação de recursos humanos, as visitas-teste, que a CIM se encontra a promover, afiguram-se como uma ferramenta essencial para o desenvolvimento de um conhecimento mais profundo da vasta riqueza arquitetónica, arqueológica e patrimonial que compõe todo o território de Viseu Dão Lafões, ficando os agentes turísticos mais qualificados para dar resposta às necessidades e questões dos turistas a uma escala intermunicipal“, concluiu.

Calendário:

· 23 e 24 de setembro: Aguiar da Beira, Mangualde, Penalva do Castelo, Sátão e Vila Nova de Paiva

· 30 de setembro e 1 de outubro: Castro Daire, São Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Viseu

 

CIM Viseu Dão Lafões conclui segunda fase do Sistema Integrado de Videovigilância da Floresta

Recentemente, no âmbito da conclusão da segunda fase de implementação do Sistema Integrado de Videovigilância para a Prevenção de Incêndios Florestais na Região de Viseu Dão Lafões e Coimbra, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões realizou uma visita à sexta Torre de Acompanhamento Remoto (TAR), instalada no seu território, localizada no Município de Nelas.

Este sistema, financiado pelo Fundo de Coesão, através do PO SEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Uso dos Recurso, representa um investimento global de mais de 3,7 milhões de euros e prevê a instalação de trinta e sete TAR’s, dezassete das quais em Viseu Dão Lafões, que proporciona uma cobertura de 85% do território afeto à CIM Viseu Dão Lafões.

Recorde-se que na primeira fase de implementação deste sistema, foram instaladas as três primeiras TAR, localizadas nos concelhos de Tondela, Viseu e Vouzela. Na segunda fase, agora concluída, foram adicionadas mais três TAR, nomeadamente, nos concelhos de Carregal do Sal, Mangualde e Nelas. A terceira fase, cuja conclusão está prevista para o próximo mês de dezembro, contempla a instação de outras três TAR, nos concelhos de São Pedro do Sul, Oliveira de Frades e Vouzela, ficando um total nove TAR operacionais em Viseu Dão Lafões.

Na Região Viseu Dão Lafões já se encontram em operação os dois Centros de Gestão e Controlo, estando um localizado no Comando Territorial da GNR de Viseu e outro no Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Viseu.

Por último, importa referir que este sistema conta com uma rede de comunicações dedicada, via rádio, e garante a interoperabilidade com os Sistemas de Acompanhamento e Apoio à Decisão já instalados e em operação em outras regiões.

De acordo com o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com a entrada em operação da sexta TAR, damos por concluída a segunda fase deste projeto que, já este verão, se tem afirmado como uma mais-valia para a proteção das populações e da nossa floresta”. 

Ainda, segundo o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões “Com este projeto, aliado a outras iniciativas que temos desenvolvido no âmbito da defesa da floresta e da proteção civil intermunicipal, como seja, a titulo de exemplo, a capacitação de técnicos de fogo controlado, a CIM Viseu Dão coloca o nosso território na linha da frente  no desenvolvimento de projetos que contribuem para a defesa e resiliência da nossa floresta”.

Para o Presidente do Município de Nelas, José  Borges da Silva, “Periodicamente a nossa floresta é devastada por incêndios. Sabendo nós que dois terços das ignições são de origem humana, este é um instrumento absolutamente essencial para diminuir a potencialidade das ignições. Este instrumento aliado a outros, nomeadamente o Cadastro da Propriedade Rústica, também ele promovido pela CIM Viseu Dão Lafões, permite, não só, defender o nosso ativo florestal e ambiental, mas também potenciar tudo aquilo que resulta dele”.

 

Troféu Inter-regional de XCO das Beiras vai rolar em setembro e outubro

O troféu Inter-regional de XCO das Beiras, vai ter lugar nesta região, com a prova de abertura a ser realizada na região da Associação de Ciclismo da Beira Alta, na localidade de Tondela, já no dia 5 de setembro.
Este troféu é uma colaboração entre as associações de Ciclismo da Beira Alta e da Beira Interior, e pretende trazer mais praticantes à vertente de XCO, a nível regional.
Esta é uma das vertentes olímpicas do ciclismo (XCO – Cross Country Olímpico) e é uma das grandes apostas da FPC ao nível das seleções nacionais sendo, portanto, uma das vertentes onde é prioritário investir, quer ao nível da formação, quer ao nível do alto rendimento.
As provas de XCO desenrolam-se em circuitos de cerca de 4km, onde os atletas completam um determinado número de voltas, tendo em conta a sua categoria. É uma vertente de grande espetacularidade e de exigência técnica, mas também onde as distâncias curtas obrigam a elevada intensidade de esforço.
O calendário previsto para 2021 é o seguinte:
XCO #1 – Tondela – 5 de setembro (ACBA)
XCO #2 – Sabugal – 19 setembro (ACBI)
XCO #3 – Mangualde – 10 outubro (ACBA)
XCO #4 – Vila Velha de Ródão – 24 outubro (ACBI)
Inscrições para a primeira prova em www.fpciclismo.pt

Guarda Unida, Tondela e Viseu e Benfica conheceram calendário no Nacional de Sub-15

Teve lugar na Cidade do Futebol, o sorteio do Campeonato Nacional de Sub-15 para a época 2021/2022, com a Guarda Unida a ser o representante da AF Guarda e  Viseu e Benfica e Tondela pela AF Viseu.

Assim ambas ficam inseridas na serie C:

1. Guarda Unida
2. Académica Coimbra
3. Tondela
4. Anadia
5. Avanca
6. Marialvas
7. Viseu e Benfica
8. Viriatos
9. Taboeira
10. União 1919
11. Pinguinzinho
12. Gafanha

FPF- Sub-17-Seia FC e o Tondela conhecem calendário

Teve lugar na cidade do futebol, mais um sorteio do nacional de sub-17, com o Seia FC e o Tondela inseridos.

SÉRIE B

  1. Régua
  2. Académico Viseu
  3. Boavista
  4. Espinho
  5. Feirense
  6. FC Porto
  7. Padroense
  8. Lusitânia Lourosa
  9. Salgueiros
  10. Anadia
  11. Seia
  12. Tondela

Na ronda inaugural o Seia FC desloca-se a Espinho e o Tondela recebe o Ac.Viseu

Liga Portugal sorteada com o Tondela a receber o Santa Clara na ronda inaugural

Teve lugar o sorteio da Liga Portugal, onde aqui deixamos a 1ªronda, com o Tondela a receber o Santa Clara no dia 8 de agosto.

1ªjornada

Sporting – Vizela

FC Porto – Belenenses SAD

Paços de Ferreira – Famalicão

Vitória de Guimarães – Portimonense

Moreirense – Benfica

Gil Vicente – Boavista

Tondela – Santa Clara

Marítimo- SC Braga

Arouca – Estoril

Tondela e Ac.Viseu jogam em casa e Académica e SC Covilhã jogam fora na Allianz Cup na 1ªfase

Foi sorteado nesta quinta-feira, a 1ª e 2ªfases da Allianz Cup , assim sendo o Ac.Viseu vai receber a Casa Pia, o Tondela vai receber o Gil Vicente , a Académica viaja a Portimão, assim como o SC Covilhã viaja à Trofa na fase inicial.

CD Nacional – Estoril Praia

Portimonense – A. Académica

Ac. Viseu – Casa Pia AC

Marítimo M. – Boavista FC

CD Trofense – SC Covilhã

Vilafranquense – FC Arouca

Estrela Amadora – FC Vizela

Varzim SC – Rio Ave FC

CD Feirense – FC Famalicão

CD Tondela – Gil Vicente FC

Vitória SC – Leixões SC

GD Chaves – SC Farense

CD Mafra – Belenenses SAD

FC Penafiel – Moreirense FC

 

Segunda fase (Data Oficial 1 de agosto)

Marítimo M. / Boavista FC – Portimonense / A. Académica

CD Trofense / SC Covilhã – CD Mafra / Belenenses SAD

Estrela Amadora / FC Vizela – FC Penafiel / Moreirense FC

CD Feirense / FC Famalicão – CD Nacional / Estoril Praia

GD Chaves / SC Farense – Santa Clara

FC P. Ferreira – CD Tondela / Gil Vicente FC

Ac. Viseu / Casa Pia AC – Vitória SC / Leixões SC

Vilafranquense / FC Arouca – Varzim SC / Rio Ave FC

AF Viseu- Divisão de Honra em 3 séries em 21/22

Depois de uma temporada a duas velocidades, a AF Viseu reuniu com os clubes e chegaram a consenso, sobre o novo figurino da nova divisão de Honra com 24 clubes assim foram divididos em em 3 Zonas:

Zona Norte – Cinfães, Resende, Moimenta da Beira, Lamego, Nespereira, Lamelas, Parada e Paivense;

Zona Centro – Lusitano FC , Penalva, Sátão, Roriz, Carvalhais, Sampedrense, Campia e Oliveira de Frades;

Zona Sul – G.D.M., Nelas, Mortágua, Molelos, Vale Açores, Moimenta do Dão, Carregal do Sal e Canas Senhorim.

Na 1.ª fase, o campeonato será disputado a duas voltas, transitando para a 2.ª fase de subida, os 2 primeiros de cada série e os 2 melhores terceiros.

O pior terceiro classificado e todos os clubes do quarto ao oitavo lugar de cada série transitam para a fase de manutenção / descidas. Nesta fase serão colocadas as 16 equipas distribuídas em duas séries em função do ranking na tabela classificativa da 1.ª fase.

Na verdade vai ser um campeonato muito competitivo e a luta pela subida e manutenção vai ser elevada em todas as séries.

CD Tondela mantém Pako Ayestarán por mais uma temporada

Depois do sucesso na temporada que agora findou, a direção do CD Tondela e o técnico Pako Ayestarán chegaram a acordo por mais uma temporada e o técnico espanhol vai iniciar já a preparação da nova temporada.

Assim, os auriverdes regressam aos trabalhos a 28 de junho, com os habituais exames médicos, e no dia seguinte começam os treinos no Estádio João Cardoso.

foto:CDT

Projeto BUPi apresentado em S.Pedro do Sul

Realizou-se no Cine Teatro Municipal Jaime Gralheiro, em São Pedro do Sul,  a sessão de apresentação pública do projeto BUPi na Região Viseu Dão Lafões.
Este projeto resulta de uma candidatura, apresentada pela CIM Viseu Dão Lafões, ao Programa operacional CENTRO 2020, com vista à implementação de um Sistema de Informação Cadastral Simplificado na Região Viseu Dão Lafões, num investimento global superior a 2,3 Milhões de euros.

Esta sessão, além do Presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, e dos autarcas dos municípios seus associados, contou com a presença do Senhor Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel; da Senhora Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno; e ainda de Pedro Tavares, Coordenador Geral da Estrutura de Missão para a Expansão do Sistema de Informação Cadastral Simplificado.

O projeto Balcão Único do Prédio, também conhecido por BUPi, é uma plataforma eletrónica que, aliada a uma rede de balcões de proximidade, permite a identificação das propriedades de forma simples e gratuita. Sendo um procedimento obrigatório para a realização de escrituras de compra e venda de terrenos ou propriedades, usucapião, permutas ou doações, partilhas e também para a realização de novos registos.

Tendo como objetivo possibilitar aos cidadãos identificarem e registarem, gratuitamente, as parcelas de terrenos rústicos e mistos de que são proprietários, este serviço permite, ainda, a consulta, atualização e impressão de informação sobre uma determinada parcela, através da internet, em tempo real.

A partir do próximo dia 28 de junho, entram em funcionamento Balcões Únicos do Prédio nos catorze municípios associados da CIM Viseu Dão Lafões.

Encontrando-se a decorrer a constituição e preparação de 17 equipas móveis, que percorrerão o território da região durante o projeto, estabelecendo, de forma itinerante, nas freguesias e nos seus povoados, postos de atendimento BUPi, garantindo o acesso de todos ao registo das suas propriedades.

Para o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, “Com a disponibilização dos balcões BUPi, em todos os municípios desta comunidade, a região ganha uma nova ferramenta de gestão e planeamento territorial ao mesmo tempo que, através da identificação de proprietários, se podem reforçar as medidas de defesa da floresta e proteção de populações contra incêndios”.

Segundo o Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Carlos Miguel, “Quero enaltecer este esforço, que não é novo na CIM Viseu Dão Lafões, de todos os municípios se juntarem para tornarem o território mais forte. Fiquei muito satisfeito em saber que estão preparados 14 balcões, mas, essencialmente, por saber que preparam 17 balcões móveis“.

Este serviço também se encontra disponível online através do endereço: https://bupi.gov.pt/