Início » Trancoso

Trancoso

AF Guarda—Resultados da 9ªjornada da Liga CIMA/TAVFER

CD Gouveia – Guarda FC-0-1
SC Celoricense – GD Trancoso-2-3
Vila Cortez – SC Sabugal-2-1
S. Romão – Freixo Numão-5-0
GD Foz Côa – AD Fornos de Algodres-2-0
Vila Franca Naves – Os Vilanovenses-1-3
Aguiar da Beira – Estrela Almeida-1-1
Classificação:
1º- CD Gouveia—18pts—9 jogos
2º- Os Vilanovenses—17pts—9 jogos
3º- GD Trancoso—17pts—9 jogos
4º- Guarda FC —-17pts—8 jogos
5º- Vila Cortez—16pts—9 jogos
6º- SC Sabugal—15pts—9 jogos
7º- GD Foz Côa—14pts—9 jogos
8º- S.Romão—13pts—9 jogos
9º- Aguiar da Beira—11pts—8 jogos
10º- AD Fornos de Algodres—10pts—9 jogos
11º- Estrela Almeida—-9 pts—9 jogos
12º- SC Celoricense—8pts—9 jogos
13º VF Naves—4pts—9 jogos
14º- Freixo Numão–1pt—9 jogos

Dia Aberto do Castanheiro com cogumelos e micorrizas em Trancoso

Vai ter lugar no dia 23 de novembro, mais um Dia Aberto desta vez, reservado aos Cogumelos e Micorrizas do Castanheiro, no Auditório do Pavilhão Multiusos de Trancoso.
Terá como Oradora, Guilhermina Marques(UTAD) com um vasto programa abaixo mencionado, com inscrições disponíveis.
𝗣𝗥𝗢𝗚𝗥𝗔𝗠𝗔
14H00 – Cogumelos e Micorrizas do Castanheiro
15h00 – Saída de Campo ao Souto 365
16h30 – Fim dos Trabalhos
Inscrições através do Link:

Trilhos da Anta com grande adesão na Matança

Foi uma manhã bastante animada na Freguesia da Matança, com a 6ªedição do Circuito Municipal de Montanha, com a prova dos Trilhos da Anta, com grande adesão de atletas nas duas vertentes de trail curto e longo e também na caminhada.

Assim desta vez, foram conhecer a beleza paisagística da Matança, com um percurso bem elaborado, com o sol a ajudar para um dia fantástico.

Assim no Trail curto, o vencedor foi Tiago Carreira (ADFA-DN), seguido  Rúben Guerra e Diogo Júlio ambos do Trail -GD Trancoso.

Na vertente feminina, Ana Catarina Alexandre (AC Trvanca) venceu, seguida de Paula Vinha e Maria Monteiro.

Já no Trail Longo, António Ferreira (Runners do Demo)venceu uma vez mais , seguido de David Pestana(BV Mêda) e Márcio Freitas (Dão Nelas Runners). Na vertente feminina, Ana Morais(Falcões do Coa- Pinhel) venceu no Trail Longo, seguida de Ana Morais e Marta Vicente.

Depois na caminhada, algumas dezenas de participantes percorreram os trilhos no intuito de desfrutarem da beleza natural desta região.

Depois destaque a nível de escalões para o 2º lugar de Sara Neto (ADFA-DN) nos sub-23 e 4º lugar de Sara Felicio nos SenF, também a boa prestação de Carlos Chora (Esgalhada Trail Team) no trail longo, com 6º lugar nos VET40.

AF Guarda–Resultados da 8ª jornada da Liga CIMA/TAVFER

Liga CIMA/TAVFER

Campeonato Distrital da 1ªDivisão

Freixo Numão – GD Foz Côa-1-4
SC Celoricense – Vila Cortez-0-2
Os Vilanovenses – SC Sabugal-1-1
GD Trancoso – CD Gouveia-0-6
AD Fornos de Algodres –  Vila Franca Naves-1-0
Estrela Almeida –  S. Romão-1-3
Guarda FC – Aguiar da Beira (26 de novembro – 20h00)
CLASSIFICAÇÃO
1ºGouveia- 18 pts
2ºSabugal – 15 pts
3ºVilanovenses-14 pts
4º Trancoso – -14 pts
5º Guarda FC – 14 pts (-1 jg)
6ºVila Cortez- 13 pts
7º Foz Côa – 11 pts
8º Aguiar da Beira – 10 pts(-1jg)
9º AD Fornos Alg. –10 pts
10º S.Romão- 10 pts
11º Celoricenses- 8 pts
12º E.Almeida – 8 pts
13ºVF Naves– 4 pts
14º Freixo Numão- 1 pt

Exercício A TERRA TREME em Trancoso

Trancoso acolheu nesta quarta-feira, junto da comunidade escolar, o exercício público de âmbito nacional de Sensibilização para o Risco Sísmico, denominado A TERRA TREME (www.aterratreme.pt), em colaboração com o Município de Trancoso, Agrupamento de Escolas e Proteção Civil Municipal.
O exercício tem como propósito ensinar a comunidade escolar como agir em caso de sismo, o que fazer ANTES, DURANTE e DEPOIS de um evento sísmico, dando a conhecer as medidas preventivas e os comportamentos de autoproteção a adotar para se protegerem e sentirem mais seguros.

AF GUARDA-TROFÉU ARTILHEIROS DE OURO-LIGA CIMA /TAVFER E LIGA COPIALTA

Aqui deixamos após mais uma jornada neste fim de semana, as tabelas dos melhores marcadores dos distritais da AF Guarda, Liga Cima /Tavfer liderada por André Jesus (Vila Cortez)e Liga Copialta liderada por Bruno Aguiar (SC Mêda).

Liga Cima /Tavfer

Nome Clube golos
André Jesus Vila Cortez 9
Rui Domingues Foz Côa 5
Bruno Costa AD Fornos Alg. 5
Samuel Lima A.Beira 4
Hugo Vaz Vila Cortez 4
Davi Soeiro Gouveia 4
Bruno Fonseca GD Trancoso 4
P.Cardoso Os Vilanovenses 3
João Cabral SC Celoricense 3
10º Enzo Guzzo SC Celoricense 3
11º Marcelo Pinto AD Fornos Alg. 3
12º Pedro Rodrigues Guarda FC 3
13º André Vicente Guarda FC 3
14º Sandro Gomes S.Romão 3
15º Jarmelo VF Naves 2
16º Diogo Santos Sabugal 2

Liga Copialta

Nome Clube golos
Bruno Aguiar SC Mêda 4
Fábio Silva V.Formoso 3
João Ferreira V.Formoso 3
Elvis Cavalheiro Soito 3
Fábio Pina G.Figueirense 3
Tiago Borges Nespereira 2
João Ferreira SC Mêda 2
João Ribas Soito 2
Vasco Cantarinha Paços da Serra 1
10º André Serra Manteigas 1
11º Luís Freixeiro Casal Cinza 1
12º José Mano V.Formoso 1

AF Guarda-Resultados da LIGA CIMA/TAVFER 7ªjornada

Vila Cortez – Os Vilanovenses-0-1
CD Gouveia – SC Celoricense-1-0
VF Naves – Freixo Numão-4-0
GD Foz Côa –  Estrela Almeida-0-1
S. Romão – Guarda FC-1-1
SC Sabugal – AD Fornos de  Algodres-1-0
Aguiar da Beira – GD Trancoso-12 março
Classificação:
 

Classificação

                              PTS  

 JGS

1º CD Gouveia 15 7
2º Guarda FC 14 7
3º SC Sabugal 14 7
4º GD Trancoso 14 7
5º Os Vilanovenses 13 7
6º Aguiar da Beira 10 7
7º Vila Cortez 10 7
8º Estrela Almeida 8 7
9º GD Foz Côa 8 7
10º SC Celoricense 8 7
11º AD Fornos de Algodres 7 7
12º S. Romão 7 7
13º VF Naves 4 7
14º Freixo Numão 1 7

AF Guarda-Distrital de Sub-19-Ronda 4

Teve lugar a jornada 4 do Distrital de Sub-19, só com vitórias caseiras em todas as partidas.
Aguiar Beira-S.Romão-2-0
 Vilar Formoso-SC Mêda-3-1
GD Trancoso-Guarda Unida-2-1
Classificação:
1ºGD Trancoso-9 pts —3 jgs
2ºV.Formoso- 6 pts —-3 jgs
3ºSC Mêda —6 pts  —-3 jgs
4º SC Celoricense – 4 pts – 2 jgs
5º A.Beira ———-3 pts –3 jgs
6º Guarda Unida –1 pts –2 jgs
7ºS.Romão ——-0 pts  –1 jgs
8º Guarda FC —-0 pts —2 jgs

Apresentado Projeto Europeu LIFE FAGESOS para o Concelho de Trancoso

Teve lugar , neste sábado, durante o período da manhã , nas Jornadas Técnicas da Castanha, nesta edição da Feira da Castanha. Este  Projeto Europeu vai ajudar a tratar castanheiros contra a doença da tinta no Concelho de Trancoso.

Uma apresentação de José Gomes Laranjo, Coordenador do LIFE FAGESOS para Portugal, com a presença de Amilcar Salvador, Presidente da Câmara de Trancoso.

Trata -se de LIFE FAGESOS, o projeto que irá permitir nos próximos 5 anos, financiar a intervenção em cerca de 250 hectares de souto no concelho, através da aplicação de tratamentos às árvores e implementação de medidas de higiene nos soutos de forma a impedir a proliferação da doença.
A doença da tinta é causada por uma espécie de fungo que vive no solo do género
Phytophthora que se espalha no solo através de uma espécie rede formada pelas suas hifas e através de esporos (são como sementes) que se dispersam através da água no solo, através das botas e dos pneus dos veículos quando estão com lama. Para evitar o mais possível esta dispersão o projeto dar formação aos produtores e instalar uma série de estruturas para apoiar nas medidas de higiene.
Por Portugal integram o consórcio a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que fará parceria com a Câmara Municipal de Trancoso. O consórcio é liderado pelo Município de Monte San Biagio (Itália) envolvendo outros parceiros de Itália, a Universidade de Tuscia, Universidade de Sassari, Município de Canepina, Município de
Vallerano, Região de Lazio, Parque Natural e Regional Monti Ausoni e Lago di Fondi e a Sociedade Agrícola Monte Arcosu. De Espanha integram o consórcio a Universidade de Córdoba, o Centro de Investigações Aplicadas e Desenvolvimento Rural, Agrotecnologias Naturais e La Almoraima.
O Projeto tem por objetivo o tratamento em larga escala de áreas de castanheiro afetadas pela doença da tinta em Trancoso e em Itália, nos municípios de Canepina e Vallerano e de sobreiro em Espanha na região da Andaluzia e na Itália, na Sardenha e no Município de Monte San Biagio.

Feira da Castanha e Paladares de Outono em Trancoso decorre até domingo

Decorreu na manhã desta sexta-feira , 4 de novembro, a abertura da  9ª Edição da Feira da Castanha e Paladares de Outono no Pavilhão Multiusos em Trancoso.
Estiveram presentes o Presidente do Município de Trancoso, Amílcar Salvador, o Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Centro , Fernando Martins, o Vice-Presidente da CCDRC, José Morgado, os Deputados da Assembleia da República, Cristina Sousa e João Prata, a Diretora Geral da Direção – Geral das Autarquias Locais (DGAL), Sónia Ramalhinho, a Diretora de Serviços de Apoio Jurídico e à Administração Local – CCDRC, Maria José C. Neves e demais entidades.
Durante a cerimónia de abertura da Feira, com a presença  e a validação do Secretário de Estado da Administração Local e Ordenamento do Território, Carlos Miguel foi assinado o 2ºContrato – Programa de Requalificação do Edifício dos Paços do Concelho 2ªFase com a Direção-Geral das Autarquias Locais (DGAL) e  o Município de Trancoso.
O Presidente do Município de Trancoso, Amílcar Salvador referiu: “É mais um fim de semana grande em Trancoso ,neste caso concreto com um objetivo bem claro promover, divulgar, valorizar este produto endógeno extraordinário que é a castanha. A castanha é muito importante no concelho de Trancoso para a nossa economia local, acaba por ser uma fonte de rendimento para muitas das nossas famílias . Preparámos um excelente programa para este fim de semana”.
 Salientou ainda o autarca: “A Requalificação dos Paços do Concelho é uma obra extremamente importante e necessária para melhorar as condições de segurança e de trabalho de todos que ali trabalham, de todos os munícipes e de todos quantos visitam aquele edifício. O Edifício que entrou em funcionamento em  1917 , nunca teve qualquer intervenção significativa e apresenta hoje inúmeras patologias a nível da estrutura, da cobertura, da caixilharia, da eficiência energética colocando mesmo em risco todos quantos o frequentam.Ultrapassados alguns obstáculos a nível de projeto a obra está agora em Concurso Público com o Aviso de Prorrogação, na 2ªSérie do Diário da República de 3 de novembro com o valor de 1,263,563.62  tendo já assegurado o apoio financeiro por parte da Direção Geral das Autarquias cerca de 50% do custo da obra. No primeiro Contrato-Programa assinado no final de 2021 foi já contratualizado o montante de 366 mil e 300 euros e no segundo Contrato-Programa que hoje mesmo iremos assinar relativo às obras na 2ªFase será contratualizado mais um montante de 306 mil ,833 euros e 37 cêntimos, totalizando assim o financiamento de 673 mil 138euros e 37 cêntimos“.

A Feira da Castanha e de Paladares de Outono tem crescido de ano para ano, é já um grande evento no calendário de feiras de Trancoso e de toda a região centro, nos últimos três anos o concelho de Trancoso viu aumentar a área de cultivo do castanheiro em mais de 200 hectares, passando de 1400 para 1600 hectares de cultivo, Trancoso tem mais de 1300 soutos,  mais de 140 mil castanheiros e cerca de 900 produtores de castanha. Fruto das alterações climáticas , do tempo extremamente seco e altas temperaturas que se fizeram sentir este ano , a produção de castanha registou uma quebra no mínimo de 50 a 60%, no entanto a castanha deste ano é de muito boa qualidade, o preço subiu significativamente e por isso a faturação rondará os habituais 5 a 6 milhões de euros ano.

Recentemente o concelho de Trancoso em colaboração com a UTAD viu ainda aprovado um projeto europeu , único em Portugal, que irá ajudar a tratar os castanheiros contra a chamada doença da tinta um projeto LIFE FAGESOS irá permitir nos próximos 5 anos financiar a intervenção de cerca de 250 hectares no concelho de Trancoso, através da aplicação de tratamento sobre os castanheiros, implementação de medidas de higiene nos soutos de forma a impedir a proliferação da doença da tinta e tem o valor de cerca de 303 mil euros.

O Secretário de Estado Carlos Miguel  salientou:”Esta é a nona Festa da Castanha e dos Paladares de Outono, é uma feira, como todas as outras feiras que é dedicada essencialmente ao produto, ao produto castanha que é o produto  digamos de referência nesta região, só é um produto referência nesta região, especialmente nesta terra porque esta terra está incluída na Região Demarcada de castanha (DOP) Soutos da Lapa tem aqui o selo de qualidade que é importante para hoje e amanhã, cada vez mais a certificação de qualidade é determinante. A juntar este selo de qualidade , Trancoso juntou-lhe aqui a parte científica aquilo que é a componente rural , com o protocolo que celebrou com a Universidade de Trás-os Montes e Alto Douro  está acrescer a esta qualidade  mais saber e com mais saber acaba por acrescentar mais qualidade e mais segurança aquilo que os produtores querem, este é o caminho que todos devemos fazer é daí que o Sr.Presidente fala e com orgulho que os 900 produtores  que tem em  Trancoso, dos 1600 hectares de castanheiros e do facto de em  pouco tempo ter aumentado 200 hectares de castanheiro muito graças a este trabalho científico , esta feira serve para isso mesmo para demonstrar a todos, aos que cá vivem e aos que cá vêm, o trabalho que se tem vindo a fazer de qualidade.”