Início » centro » Coimbra acolhe II Feira de Emprego do Centro

Coimbra acolhe II Feira de Emprego do Centro

O Convento São Francisco, em Coimbra, vai receber, a 16 de abril, a segunda edição da Feira de Emprego do Centro, um evento organizado pela Bolsa de Empregabilidade e que tem como objetivo pôr em contacto os empregadores e os candidatos a trabalhar na área do Turismo. A segunda edição da iniciativa acontece na sequência do enorme sucesso da primeira edição, em 2023, e tem o apoio da Turismo Centro de Portugal e da Câmara Municipal de Coimbra.

A Bolsa de Empregabilidade é o maior evento de empregabilidade nacional nas áreas do Turismo. Desde 2016, a Bolsa de Empregabilidade já desenvolveu mais de uma dezena de edições, entre Lisboa, Porto, Alentejo, Algarve e, desde o ano passado, também no Centro de Portugal, tendo acelerado o processo de contratação e identificação de talento de milhares de candidatos.

A 2.ª Feira de Emprego no Centro contará com cerca de 50 empresas a identificar talento e a contratar trabalhadores, ao longo de todo o dia. As empresas, entre as quais estão alguns dos mais importantes empregadores da região e do país, irão promover junto dos candidatos as vagas de emprego que têm disponíveis.

Os candidatos são estudantes de instituições de ensino superior e profissional das áreas de turismo, assim como desempregados identificados pelo IEFP e também profissionais de outras áreas que estejam interessados em novas oportunidades. Até ao momento, estão já inscritos 300 estudantes e cerca de 1200 profissionais, entre desempregados e pessoas interessadas em trabalhar no setor. As inscrições dos candidatos são gratuitas e podem ser feitas desde já em https://bolsadeempregabilidade.pt.

A conferência de imprensa de apresentação do evento decorreu hoje na Casa Municipal da Cultura, em Coimbra, e contou com a participação de António Marto, presidente da Associação Fórum Turismo e fundador da Bolsa de Empregabilidade, Anabela Freitas, vice-presidente da Turismo Centro de Portugal, e Francisco Veiga, vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra.

Na apresentação, António Marto explicou que “esta feira de empregabilidade acontece em Coimbra, mas o seu âmbito é de todo o Centro. É condição para as empresas que participam terem vagas no setor do Turismo para contratar em Coimbra e na região Centro”. “É verdade que há falta de mão de obra nesta área, mas a experiências que temos tido demonstra que nestes eventos as pessoas que querem trabalhar aparecem”, frisou ainda António Marta, que deixou uma palavra para os parceiros da organização: “Obrigado por criarem estas oportunidades. Estamos a criar oportunidades para o futuro, mas para isso é preciso ter um rasgo de visão e de vontade para as criar. Se tudo isto é possível, é porque temos as pessoas certas a trabalhar”.

Anabela Freitas recordou que a falta de trabalhadores é um dos maiores desafios do setor do Turismo. “A primeira Bolsa de Empregabilidade teve um grande sucesso na nossa região, pelo que não podíamos deixar de continuar este trabalho. O setor do Turismo debate-se com falta de mão-de-obra, e se queremos posicionar-nos cada vez mais como um destino sustentável, diferenciado e qualificado, temos de ter empresas e trabalhadores qualificados”, considerou. “Ao resultar de uma parceria entre instituições públicas e privadas, a Feira de Emprego do Centro é um exemplo claro daquilo que pretendemos fazer no território para atrair e fixar mão-de-obra”, concluiu Anabela Freitas.

Francisco Veiga defendeu a importância do evento. “Sendo este um evento que visa identificar talentos e acelerar o processo de contratação de profissionais para o setor do turismo, é evidente que o Município de Coimbra tem todo o interesse em apoiar a sua realização”, disse. “Nesta feira estarão representadas dezenas de empresas e espero que muitos candidatos encontrem aqui uma oportunidade de emprego que vá ao encontro dos seus desígnios, ajudando o turismo a crescer de forma sustentada”, acrescentou.

Foto:DR

Publicidade...