Templates by BIGtheme NET
Início » Economia » Contas com resultado positivo aprovadas no Município de Mangualde

Contas com resultado positivo aprovadas no Município de Mangualde

0 contasDÍVIDA DA AUTARQUIA DIMINUIU MAIS DE 1 MILHÃO E 900 MIL EUROS

Na última Assembleia Municipal de Mangualde, de abril, foram apreciadas e votadas as contas da gerência de 2015 da Câmara Municipal de Mangualde. A dívida da autarquia diminuiu 1 milhão e 922 mil euros e as contas foram aprovadas com um resultado líquido positivo de 2.415.398,78 euros. O exercício de 2015 consolida, assim, uma trajetória de desagravamento da dívida e de equilíbrio financeiro.

O Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, sublinhou a importância destes resultados: «Reduziu-se a dívida, não se aumentaram os impostos e houve investimento! Foi com este princípio e com boas práticas de gestão autárquica que conseguimos recuperar credibilidade na região, junto dos nossos pares, nas instituições, nos fornecedores, da banca e acima de tudo dos mangualdenses».

 MANGUALDENSES PAGARAM MENOS 200 MIL EUROS DE IMI EM 2016

O edil mangualdense reforçou ainda que «foi no princípio das boas práticas da gestão, e com a noção clara e responsável de que a autarquia caminhava para o equilíbrio financeiro, que em 2015 tivemos a oportunidade de avaliar dossiers como o IMI. Em 2016, a autarquia arrecadou, para já, menos 200 mil euros de IMI. Este é o resultado das medidas de apoio aos agregados familiares e pelo trabalho feito na reapreciação dos zonamentos para o cálculo do imposto pela tutela, com a colaboração da autarquia.»

João Azevedo sublinhou ainda que «Hoje, os mangualdenses estão a pagar menos IMI! Caminhamos a passos largos, preparando a autarquia para os desafios do novo quadro comunitário e para medidas de apoio ao investimento público». Rematou ainda que «tudo está a ser efetuado com planeamento estratégico e com um exercício competente e responsável que permite dar resposta aos mangualdenses, ao concelho para que volte a ser uma referência geoestratégica na região».

Por:Mun.Mangualde

                              

Publicidade...



 

Enviar Comentário