Templates by BIGtheme NET
Início » Aveiro » Feminino AA- Portugal vai estar a fase final do Campeonato da Europa de Futebol Feminino

Feminino AA- Portugal vai estar a fase final do Campeonato da Europa de Futebol Feminino

Portugal vai disputar a fase final do Campeonato da Europa de Futebol Feminino, que irá decorrer em Inglaterra, entre os dias 6 e 31 de julho. A presença da Equipa das Quinas no Europeu foi revelada esta segunda-feira pela UEFA, que confirmou a exclusão da Rússia de todas as competições internacionais de seleções.

As comandadas de Francisco Neto, onde estão as gouveenses Ana Borges e Sílvia Rebelo recorde-se, jogaram o ‘play-off’ de acesso frente à Rússia, a duas mãos, mas foram afastadas por uma diferença de um golo.

Com esta decisão da UEFA, a equipa lusa ocupa assim a vaga da Rússia na competição.

Países Baixos, Suécia e Suíça no caminho 

Portugal vai defrontar as seleções de Suíça, Países Baixos e Suécia no Grupo C, em jogos terão lugar na cidade de Wigan & Leigh, entre os dias 9 e 17 de julho. Será a segunda presença da Equipa das Quinas na fase final do Europeu, após a qualificação inédita para a competição que decorreu em 2017, na Holanda.

A seleção da Suíça é a primeira adversária a surgir no caminho de Portugal, no dia 9 de julho, pelas 17h00. A disputar a fase final pela segunda vez na sua história, a formação helvética já participou numa fase final do Campeonato do Mundo, em 2015, e ocupa atualmente o 19.º lugar na hierarquia mundial da FIFA.

No segundo jogo da fase de grupos, marcado para as 20h00 do dia 13 de julho, Portugal medirá forças com a seleção dos Países Baixos, atual campeã em título, vice-campeã mundial e quinta colocada no ranking FIFA.  A formação neerlandesa vai participar no maior certame de futebol feminino da Europa pela quarta vez, depois de ter conquistado o que recebeu, em 2017.

A formação lusa encerrará a fase de grupos diante da Suécia, a equipa mais cotada da Europa, que ocupa o segundo lugar na hierarquia mundial da FIFA. Atual vice-campeã olímpica, a Suécia venceu o Europeu na sua edição inaugural, em 1984, e ficou em segundo em 1987, 1995 e 2001. Além disso, participou em dez fases finais do Europeu, oito Mundiais e seis Jogos Olímpicos.

Apuram-se para a fase a eliminar as duas primeiras classificadas de cada grupo.

Francisco Neto em discurso direto:

“Começo por dizer que trocávamos a presença neste Europeu por um mundo sem guerra e sem os acontecimentos chocantes que temos acompanhado desde pela televisão: bombardeamentos, mortes, crianças, mulheres, famílias inteiras em sofrimento e em fuga. Ninguém fica indiferente. A partir do momento em que recebemos o convite da UEFA para ocupar a vaga da Rússia,  e participar num evento desta dimensão, aceitámos com muita honra e vamos preparar-nos da melhor maneira para disputar a prova, naquela que será a nossa segunda fase final em Europeus.

Este ano, tivemos a oportunidade de defrontar grandes seleções, na qualificação para o Campeonato do Mundo, em abril, e na Algarve Cup, em fevereiro. Vamos dar seguimento ao nosso trabalho em junho, com alguns jogos de preparação, na certeza de que teremos pela frente uma missão difícil mas simultaneamente aliciante. Portugal trabalha para marcar presença nos grandes torneios internacionais.

Foi isso que demonstrámos na caminhada de qualificação para o Europeu, onde demonstrámos a nossa capacidade, apesar de não termos conseguido a qualificação para Inglaterra por uma diferença de um golo nas duas mãos. Terminámos com uma pontuação recorde de 19 pontos na fase de grupos e conquistámos o direito de disputar o ‘play-off’ de acesso à fase final, onde perdemos com a Rússia. Se olharmos para a pontuação dos segundos classificados de cada grupo, constatamos que Itália, Islândia e Áustria se qualificaram automaticamente com os mesmos pontos de Portugal (19) O mesmo aconteceu com a Suíça, que se qualificou através de ‘play-off’ e também com 19 pontos. A Irlanda do Norte conquistou o direito de disputar o play-off com apenas 14.

[O que esperar neste Europeu?] Estamos cada vez mais próximos das equipas que normalmente têm maior número de presenças nas fases finais. Nas fases finais, uma das grandes vantagens é o tempo que teremos disponível para trabalhar com as jogadoras. Nunca tivemos tanto tempo, só há cinco anos. É outro aspeto que, naquela altura, fez alavancar a qualidade da equipa. Esperemos que dê para alavancar mais uma vez a qualidade coletiva da equipa.

Ir a um Euro dá referências. Vamos ter mais meninas a querer jogar futebol.”

CALENDÁRIO DO GRUPO C

9 de Julho | Sábado
PORTUGAL – Suíça (17h00, Wigan & Leigh)
Países Baixos – Suécia (20h00, Sheffield)

13 de Julho | Quarta-feira
Suécia – Suíça (17h00, Sheffield)
Países Baixos – PORTUGAL (20h00, Wigan & Leigh)

17 de Julho | Domingo
Suíça – Países Baixos (17h00, Sheffield)
Suécia – PORTUGAL (17h00, Wigan & Leigh)

Quartos-de-final:
20 de Julho | Quarta-feira

QF1 – 1º Grupo A – 2º Grupo B (20h00, Brighton & Hove)

21 de Julho | Quinta-feira
QF2 – 1º Grupo B – 2º Grupo A (20h00, Brentford)

22 de Julho | Sexta-feira
QF3 – 1 Grupo C – 2º Grupo D (20h00, Wigan & Leigh)

23 de Julho | Sábado
QF4 – 1º Grupo D – 2º Grupo C (20h00, Rotherham)

Meias-finais:
26 de Julho | Terça-feira
MF1 – Vencedor QF1 – Vencedor QF3 (20h00, Sheffield)

27 de Julho | Quarta-feira
MF2 – Vencedor QF2 – Vencedor QF4 (20h00, Milton Keynes)

Final:
31 de Julho | Domingo

Vencedor MF1 – Vencedor MF2 (17h00, Wembley)

Fonte:FPF

Publicidade...