Templates by BIGtheme NET
Início » Ambiente » Foz Côa, elaborou uma candidatura ao Programa 1º Direito – Programa de Acesso à Habitação.

Foz Côa, elaborou uma candidatura ao Programa 1º Direito – Programa de Acesso à Habitação.

O Município de Vila Nova de Foz Côa, elaborou uma candidatura ao Programa 1º Direito – Programa de Acesso à Habitação.
De uma forma realística e pragmática, considerando esta estratégia local de habitação, um instrumento – chave privilegiado para melhorar a qualidade de vida da população do concelho de vila Nova de Foz Côa, priorizou todas as soluções por forma a dar resposta habitacional ao maior numero possível de agregados familiares que vivam no concelho em condições indignas.
A análise SWOT realizada foi enquadrada numa dinâmica geográfica, demográfica e economicamente desfavorável, resultando daí um diagnostico global fiável e rigoroso das necessidades habitacionais.
Foram elencados outros pressupostos:
• Contribuir para um novo modelo de atratividade territorial e um novo paradigma de sustentabilidade do desenvolvimento urbano;
• Melhorar a qualidade do parque habitacional (pois entendemos que por exemplo o centro histórico de Foz côa, possui a maioria das potenciais soluções para os problemas habitacionais existentes na freguesia)
• Atrair novos habitantes e adequar a oferta à procura de habitação
As soluções habitacionais em que se pretende intervir em função de tal diagnostico, foram e estão definidas num horizonte temporal 21-26, prevendo-se a conclusão do processo até 30 de junho de 2026, e a prioridade será a aquisição e reabilitação de habitações degradadas e devolutas.
O investimento a efetuar, e tendo em conta o esforço financeiro que o município irá fazer, é considerável, mas simultaneamente motivador, pois afinal de contas estamos a falar de investir no melhor bem e no maior património que possuímos: que são as pessoas.
A estimativa financeira encontra-se dividida em proprietários (investimento privado) e município (investimento publico) cabendo aos Proprietários um investimento para reabilitação no valor de 3.340.000,00€ e ao Município um investimento para aquisição e reabilitação no valor de 3.238.000,00€, perfazendo um total de investimento na estratégia local de habitação de: 6.578.500,00€, que contempla 68 famílias, num total de 159 pessoas.
Não devemos ficar satisfeitos apenas porque estamos a cumprir a nossa obrigação, devemos ir mais além, e o além é já aqui.
Por:MFC

Publicidade...