Templates by BIGtheme NET
Início » Celorico da Beira » Grupos de Ação Local superam metas na execução dos projetos LEADER

Grupos de Ação Local superam metas na execução dos projetos LEADER

                                                                                     Balanço do ProDer
Logótipo   Conhecidos os dados de encerramento do ProDer (Programa de Desenvolvimento Rural) reportados a 31 de dezembro de 2015, a Federação Minha Terra congratula-se com os resultados alcançados pelos seus associados na execução da Abordagem LEADER.
A medida LEADER, Sub-Programa 3 do ProDer, gerida pelos 47 Grupos de Ação Local (GAL) do Continente atingiu uma taxa de execução que superou o inicialmente programado, atribuindo 333 milhões de euros de incentivos para a realização de projetos nas zonas rurais. Este valor superou em mais de três milhões de euros a dotação inicialmente prevista, o que só foi possível pela dinâmica empreendedora que as populações dos territórios rurais revelaram, concretizando a realização de cerca de 5 mil projetos com importantes contributos para o desenvolvimento local.
As iniciativas apoiadas nas mais diversas áreas, como o turismo em espaço rural, a promoção dos produtos locais ou a sua transformação, a criação de circuitos curtos de comercialização, a cultura ou os serviços básicos para as populações rurais no âmbito do ProDer, são a expressão do trabalho dos GAL com o LEADER ao longo dos últimos 25 anos, gerando a criação de empregos, desenvolvendo a economia e permitindo melhorar progressivamente a qualidade de vida das populações rurais.
A gestão descentralizada do LEADER através de Grupos de Ação Local torna possível a concretização de um apoio de proximidade aos promotores de projetos, fator fundamental para o sucesso dos investimentos.
A Federação Minha Terra – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local é uma entidade privada de interesse público sem fins lucrativos, que agrega e representa 53 Associações de Desenvolvimento Local de todo o país, que gerem o LEADER de forma descentralizada, e dinamiza uma plataforma de cooperação alargada, no domínio das intervenções promotoras de um desenvolvimento integrado, conducente à melhoria de qualidade de vida no espaço rural português.

Por:Adruse

Publicidade...



 

Enviar Comentário