Templates by BIGtheme NET
Início » Celorico da Beira » JSD celoricense arrancou em Vale de Azares com iniciativa “Conhecer Celorico”

JSD celoricense arrancou em Vale de Azares com iniciativa “Conhecer Celorico”

Baile foi iniciativa da JSD de Celorico da Beira

Várias dezenas de pessoas encheram grande parte do salão da Casa
do Povo de Vale de Azares, naquele que foi o primeiro evento da
Juventude Social-democrata (JSD) de Celorico da Beira do projecto
“Conhecer Celorico da Beira” e que passa por levar um baile a cada uma
das freguesias do Concelho por forma a dar a conhecê-las. À entrada um
panfleto dava a saber, ainda que forma muito sucinta, o que se pode
visitar naquela localidade. Lá dentro, um grupo musical ia animando a
iniciativa que, os responsáveis garantem não ser propaganda política,
mas apenas uma forma de dar a conhecer Vale de Azares e tomar
conhecimento dos problemas das pessoas.

Entre os presentes
encontrava-se o novo presidente da concelhia Social-democrata, Luís
Ramalho, para quem esta é uma actividade da JSD celoricense, mas com a
qual a estrutura local do partido está solidária. “É um sinal positivo.
Esta iniciativa vem de encontro ao que pretendo que é revitalizar o
partido e ninguém pode dizer que estamos a fazer campanha, até porque as
eleições acabaram de acontecer”, justificou Luís Ramalho, adiantando
que, em sua opinião, “os partidos não se podem aproximar das pessoas
apenas quando precisam dos votos e esta é a forma como quero dirigir a
concelhia. Com o partido sempre perto das pessoas”. Quem se deslocou ao
“baile”, de resto, dava a entender que estava mais interessado em
conviver e dançar que discutir polémicas partidárias.
Os promotores,
por seu lado estavam satisfeitos. “Está a correr bem. Há muita gente de
fora. Tudo o que está aqui a ser consumido foi comprado em Celorico da
Beira. Esta é a nossa forma de mostrar que o dinamismo regressou a um
partido que está apostado em fazer uma política de proximidade. Queremos
conhecer os problemas nos próprios locais”, explicou o líder da JSD,
Manuel Torres, para quem este é um novo PSD. “E nós sentimo-nos mais
fortes porque temos uma direcção partidária que está mais próxima”,
sublinhou. Mas terá Vale de Azares sido a primeira freguesia escolhida
por ser PSD. Manuel Torres garante que não. “O Projecto engloba todas as
freguesias, independentemente da cor política. A escolha de Vale de
Azares ser o ponto de partida tem a ver apenas com o facto de ser uma
freguesia grande e de nos garantir um retorno que permite cobrir as
despesas”, esclareceu, frisando mais uma vez que a organização a que
preside não tem receitas e os eventos têm de ser auto-sustentáveis. Nos
próximos tempos seguem-se as restantes freguesias, não existindo ainda
datas pré-definidas
fonte:celorico news

Publicidade...



 

Enviar Comentário