Início » centro » Politécnico da Guarda abre curso de energias renováveis no Sabugal

Politécnico da Guarda abre curso de energias renováveis no Sabugal

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG vai abrir no Sabugal um novo Curso Tecnológico Profissional Superior (CTeSP) de Energias Renováveis e Eficiência Energética, a primeira formação de nível superior que vai ser ministrada no concelho. Este CTeSP conta já com 18 inscritos, 12 dos quais provenientes de Cabo Verde. Segundo o presidente da Câmara do Sabugal, decorrem negociações com o Politécnico da Guarda para “trazer outros cursos para o concelho”.

O funcionamento do CTeSP em Energias Renováveis e Eficiência Energética vai contar com o apoio da Câmara Municipal do Sabugal e com o envolvimento do Agrupamento de Escolas do Sabugal, cujos docentes vão ministrar algumas unidades curriculares de base. As restantes unidades curriculares serão da responsabilidade dos docentes da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPG, boa parte deles professores na licenciatura em Energia e Ambiente no Politécnico da Guarda.

A assinatura do protocolo entre as três entidades decorreu esta quarta- feira, 27 de março, na Câmara Municipal do Sabugal. Participaram o presidente do Município do Sabugal, Vítor Proença, o diretor do Agrupamento de Escolas do Sabugal, João Carlos Vila Flor, e Orlando Delgado, presidente da Câmara de Ribeira Grande, Ilha de Santo Antão, Cabo Verde – de onde virão parte dos alunos do CTeSP –, para além do presidente Politécnico da Guarda, Joaquim Brigas. Com o Sabugal, sobem para seis os concelhos a que o Politécnico da Guarda está a levar o ensino superior através de CTeSP, juntando-se à Guarda, Seia, Vila Nova de Foz Côa, São João da Pesqueira e Mêda.

“É com grande empenho que o Instituto Politécnico da Guarda está envolvido na abertura deste CTeSP, o qual significa a chegada do ensino superior a este concelho”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG. “Para toda a comunidade académica do IPG, é um privilégio colaborar, quer na valorização deste território e dos seus recursos humanos, quer em projetos que envolvam parceiros tão fiáveis como a Câmara Municipal do Sabugal e o Agrupamento de Escolas deste concelho.”

“Qualificar os jovens do Sabugal”
Para Vítor Proença, presidente da Câmara Municipal do Sabugal, “ministrar este curso no concelho vai permitir qualificar muitos jovens aqui residentes numa atividade muito importante para o território, como são as energias renováveis”. Sublinhou ainda que “existem as condições, instalações e toda a logística necessárias para formar, nos próximos dois anos, estes 18 jovens que já se inscreveram neste CTeSP”, esperando “que alguns deles possam vir a fixar-se no Sabugal”.

Segundo Joaquim Brigas, “criar CTeSP e ministrá-los de forma desconcentrada pelos concelhos da nossa região faz parte dos serviços especializados que o Politécnico da Guarda presta à comunidade”. Vítor Proença revelou então estar “em conversações com o Politécnico da Guarda, no sentido de trazer outros cursos para o Sabugal em áreas importantes no nosso concelho”.

Este CTeSP confere um Diploma de qualificação de nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações, tem 120 créditos e a duração de quatro semestres, sendo este último semestre ministrado em contexto empresarial. Os titulares de um Diploma de Técnico Superior Profissional poderão prosseguir os estudos entrando numa licenciatura através de concurso especial de acesso: parte substancial da formação efetuada no CTeSP será creditada na contagem das unidades dessa licenciatura.

Para todos aqueles que optarem no final do CTeSP por avançar para a licenciatura em Energia e Ambiente no Politécnico da Guarda, vão ter à sua espera, segundo o seu presidente, competências e conhecimentos na área de impactes ambientais, na área de auditorias e de certificação energética e ambiental, na área das tecnologias de controlo da poluição, de projeto e de conceção de sistemas de produção de energia, com especial ênfase na área das energias renováveis.

Foto:IPG

Publicidade...