Templates by BIGtheme NET
Início » Tag Archives: 2022

Tag Archives: 2022

Festas da Cidade da Guarda um sucesso

Mais de 50 mil pessoas disfrutaram de 3 dias de eventos e concertos espalhados por cinco áreas que fizeram do centro da cidade o palco privilegiado das Festas da Cidade

A cidade da Guarda engalanou-se para receber de volta as suas Festas da Cidade, que durante os dias 29, 30 e 31 de julho trouxeram milhares de pessoas às suas ruas, numa inequívoca manifestação da importância que este evento tem para a cidade e para as suas gentes.

Foram três dias de muita agitação distribuída por cinco áreas de animação variada, como os insufláveis que se encheram de gente de todas as idades na Torre de Menagem, os matraquilhos humanos, instalados no Pátio da Sé, que arrancaram muitas gargalhadas, enquanto muitos aproveitavam para se exercitarem no Jardim José de Lemos, a par de outros que assistiram aos espetáculos de grupos locais no Largo João de Almeida, como o Grupo de Bombos Trocadalho do Carilho, de Gonçalo, Grupo de Concertinas Estrelas do Jarmelo, Grupo de Cantares das Lameirinhas, Grupo de Cantares do Mileu, Rancho Folclórico do Centro Cultural da Guarda, Grupo de Concertinas Rompe e Rasga, Grupo de Concertinas Gotinha de Água, de Alfarazes, Grupo de Cantares 7 Vozes, de Vila Fernando, Grupo de Cantares da Sequeira ou o Grupo de Cantares A mensagem de S. Miguel. O ponto alto das Festas da Cidade ocorreu no Largo do Mercado Municipal onde milhares de pessoas assistiram aos concertos de Miguel Araújo e Diogo Piçarra, na sexta-feira dia 29, de April Ivy e Ana Malhoa, no dia 30 e de Jimmy P, Piruka e Insert Coin no dia 31 de julho.

O sucesso das Festas da Cidade ficou assinalado com a visita de mais de 50 mil pessoas que, durante os três dias, passearam pela cidade e disfrutaram dos variados eventos programados, pensados para abrangerem todos os tipos de público. Mais do que as Festas da Cidade, este é um evento que quer devolver a identidade à cidade da Guarda e assumir-se, novamente, como um dos eventos mais aguardados do ano na região, como uma altura privilegiada para encontros e reencontros em torno da nossa cultura e das nossas gentes!

O “Dia dos Idades” vai acontecer em Figueira de Castelo Rodrigo

Intercâmbio de escola francesa com Agrupamento de Escolas de Trancoso

A professora Isabelle Deagache do Lycée Agricole et Forestier Jean Monnet de Vic-en-Bigorre (França) tendo em vista a realização de um protocolo de intercâmbio entre ambas as escolas, esteve de visita ao Agrupamento de Escolas de Trancoso.

Depois de um primeiro contato em que dois alunos do Lycée Jean Monnet, através d’A Geradora – Cooperativa Integral CRL, desenvolveram ações com os nossos alunos na atividade DAS Desporto Arte e Sustentabilidade, o Agrupamento de Escolas de Trancoso poderá receber já no próximo ano letivo dois alunos em estágio curricular no âmbito do curso de “Gestão e proteção do ambiente.

Fotos:AET

Jardins da Mimi abre portas para os jantares de verão em Viseu já na quinta-feira, dia 4 de agosto

O JARDINS DA MIMI junta-se ao AMAZÓNIA neste Verão, proporcionando um espaço ao ar livre para a partir de quinta-feira, 4 de agosto, receber os clientes que apreciam um bom jantar numa esplanada nas noites quentes de verão, em Viseu.
Assente num conceito de esplanada ao ar livre em que o ambiente é propício para um jantar a dois, com a família ou em grupo com amigos, o JARDINS DA MIMI convida a belos serões gastronómicos e de convívio, pontuando a experiência com as melhores iguarias regionais, tradicionais referências da carta do Forno da Mimi, incluindo o Rodízio à Brasileira, com as mais suculentas e variadas carnes.
Para além do JARDINS DA MIMI, o novo espaço AMAZÒNIA, também em funcionamento de
quinta a sábado, tem a sofisticação de um espaço de restauração moderno, mantendo as
memórias do espaço e do ambiente da original danceteria do The Day After.
A decoração é sofisticada e requintada, o ambiente acolhedor e natural, com ar tropical e
animais à escala real. A iluminação cénica permite a diferenciação dos diferentes ambientes do
restaurante e bares, conferindo a este espaço um carácter camaleónico e de grande
versatilidade.
Do sushi aos grelhados, dos cocktails às sangrias, o conceito AMAZÓNIA lança um enorme
desafio que permite desvendar um mundo desconhecido. Entre os sabores fortes da América
Latina e a frescura da Ásia, no AMAZÓNIA nasceu um novo conceito de jantar citadino. A fusão
das melhores carnes grelhadas típicas do Brasil e a barra especial japonesa, agitam as noites de
Viseu, não esquecendo as surpreendentes sobremesas para selarem uma refeição a dois, em
família ou partilhada com amigos.
A reserva antecipada de mesa para o JARDINS DA MIMI e AMAZÓNIA é sempre aconselhada,
através do número 967065044.
O JARDINS DA MIMI e o restaurante AMAZÓNIA localizam-se no Restaurante Forno da Mimi
Rodízio Real, na Estrada Nacional 2 – Vermum – Campo – Viseu, junto à discoteca The Day
After.

Imagens: Jardins da Mimi e Amazónia: https://we.tl/t-L6DiW0Oa0K

FC Porto vencedor da Supertaça Cândido de Oliveira em Aveiro

FC Porto-CD Tondela-3-0

28205 espetadores

Golos :Taremi, 30´; 82´e Evanilson, 32´

Foi uma partida em que o FC Porto venceu , mas o CD Tondela tentou adiar ao máximo , o golo dos portistas e com a bola a rolar no Municipal de Aveiro, logo no primeiro lance de perigo a surgir para a turma do Tondela, mas o FC Porto a reagir e por duas ou três ocasiões o Keeper Niasse a defender com classe.

FC Porto com muito mais posse de bola foi tentando encostar a turma do Tondela na sua área, mas Niasse era um guarda-redes muito atento e vai sacudindo todo.

Muito aguentou o Tondela e o seu guarda-redes, mas Taremi, aos 30´, conseguiu abrir o ativo para alegria dos muitos adeptos que enchem o Municipal de Aveiro.

Pouco depois, nova jogada de ataque para os portistas e novo golo, para Evanilson que insistiu e conseguiu finalizar certeiro, aos 32´.

Depois na segunda parte, a turma de Sérgio Conceição levantou o pé um pouco e a turma tondelense pode segurar mais a bola e jogar de outra forma.

O FC Porto  continua a criar perigo na área do Tondela, mas os tondelenses lá vão sacudindo a pressão da sua baliza e tentando o ataque para chegar ao golo.

Os portistas muito fortes e sempre que entram na zona defensiva do Tondela é um calafrio, mas ainda assim Niasse foi enorme.

Nova jogada de ataque para o FC Porto, com a equipa a conseguir mais um golo, desta feita por Taremi, que assim bisou na partida, aos 82´.

Assim o FC Porto a conquistar mais uma Supertaça Cândido de Oliveira, aliás, o clube que tem mais troféus em Portugal, a iniciar a época com mais um troféu depois da conquista do campeonato, Taça de Portugal e agora a Supertaça.

Uma festa do futebol de inicio de temporada, com o FC Porto a conseguir o primeiro troféu da temporada.

Liturgia do XVII Domingo do Tempo Comum- ano C

 

É sempre incómodo fazer a experiência de estar dentro de um elevador e este parar entre dois andares. Para as pessoas, que sofrem de claustrofobia, será um momento difícil. Se já passámos por esta situação, ou se, um dia, isso acontecer, é importante não entrar em pânico, ou ter alguém que nos ajude a conservar a calma com técnicas de relaxamento, mas o ideal é ter acesso ao telefone de emergência. Isto é uma imagem da oração!

Aqueles que acreditam que não há um Deus que nos escuta e socorra, não podem rezar. Para aqueles que vivem fechados em si mesmos e no vazio, far-lhes-á falta a calma e as técnicas de relaxamento para sobreviver neste mundo. Há outras pessoas que afirmam não haver necessidade de colocar telefones de emergência nos elevadores, porque há aplicações que avisam automaticamente a central de emergência quando se detectam avarias. Se Deus é a central de recepção de mensagens, certamente não tem necessidade que lhe peçamos que conheça as nossas necessidades, mas para nós é muito bom saber que ele nos escuta.

Hoje, quantos catequistas se queixam que as crianças chegam à catequese sem saber rezar! A família é o melhor lugar para aprender a falar. Então, também será o melhor lugar para aprender a rezar. Na vida, as primeiras pessoas que nos falam de Deus deixam-nos marcas na mente para sempre; por isso, convém que sejam os nossos pais. Também é importante que a primeira pessoa que nos ensine a rezar seja alguém que nos inspire muita confiança.

Rezar não é decorar fórmulas orantes e repeti-las vezes sem fim. Pode ajudar à concentração para não nos dispersarmos facilmente. Rezar é uma atitude e uma vontade de comunicar. O texto evangélico deste Domingo é a versão do Pai-Nosso em S. Lucas, que é mais curta do que a de S. Mateus. Se nos dois evangelhos encontramos duas versões diferentes da oração que Jesus nos ensinou, talvez Jesus não se tenha preocupado em apresentar uma fórmula concreta, mas em transmitir um estilo e uma atitude orante, uma atitude confiança e de solidariedade (perdoem-me os biblistas!). Por isso começamos com a palavra Pai e rezamos sempre no plural, pedindo não para mim, mas para nós. Pedimos a Deus que o seu nome seja santificado, não porque ele tenha necessidade disso, mas porque isto é importante para o nosso bem. Uma sociedade que honra a Deus é uma sociedade que busca o Bem, a Verdade e a Beleza. Pedir a vinda do Reino de Deus é pedir que o mal desapareça do mundo. Suplicar pelo pão para cada dia implica viver atentos ao presente e confiar na Providência. O perdão é a face mais difícil do amor. Se podemos perdoar é porque somos perdoados por Deus, da mesma maneira que podemos amar porque Ele nos amou primeiro. Imploramos para não cair na tentação, para não voltar ao estado do primeiro Adão, porque já somos novas criaturas pela vitória de Jesus. Assim, nestas cinco petições, encontra-se tudo o que necessitamos e recebemos de Deus para alcançar a plenitude da vida.

Em todas as parábolas, Jesus esconde uma surpresa para revelar que a maneira de ser de Deus é muito diferente da nossa. Quando Jesus diz que nenhum pai dará uma serpente ao filho se lhe pedir peixe ou um escorpião se lhe pedir um ovo, onde se encontra, aqui, a surpresa? No final do texto. A lógica da argumentação conduz-nos à afirmação de Jesus que Deus nos dará todas as coisas que lhe pedirmos. Mas diz que o Pai do céu dará o Espírito Santo àqueles que Lho pedem! De facto, Deus está sempre a surpreender. Nós pedimos coisas e Ele dá-se a si mesmo! Isto é muito mais do que podíamos esperar. Deus é amor, e amar não é dar coisas, bajular, ou somente dizer “conta comigo”, “estou contigo”.  Amar é dar-se. 

 

24-07-2022

LEITURA ESPIRITUAL

A melhor maneira de rezar

 

Rezar é colocar-se na presença de Deus; mas há uma grande variedade e diversidade de orações. Há quem se dirija a Deus como a um amigo e senhor, oferecendo-Lhe louvores e súplicas, não por si mesmo, mas por outros. Há quem peça um aumento de riquezas espirituais, de glória e de confiança filial. Há quem suplique a total libertação dos seus adversários. Outros pedem que lhes seja concedido um favor e outros ainda a libertação de todas as preocupações com as suas próprias faltas, ou a libertação da prisão; outros ainda, a remissão dos seus crimes.

No pergaminho da nossa oração, escrevamos antes de mais nada uma sincera acção de graças; em segundo lugar, a confissão das nossas faltas e uma contrição de alma profundamente sentida; em seguida, apresentemos então os nossos pedidos ao Rei do Universo. Pois esta é a melhor maneira de rezar. (São João Clímaco, c. 575-c. 650, monge do Monte Sinai, «A escada santa»).

 

Campanhas da região Centro de Portugal vencem seis troféus nos Prémios Lusófonos da Criatividade

Duas produções da região Centro de Portugal foram ontem distinguidas nos Prémios Lusófonos da Criatividade, num evento que decorreu em Lisboa. Trata-se das campanhas promocionais “Centro de Portugal, Um Destino e Tanto”, da Turismo Centro de Portugal, e “A Um Palmo do Céu”, que junta três municípios da região. Ambas as campanhas têm a assinatura da Lobby Productions, empresa com raízes na Covilhã.
 

 

 

 

A campanha “Centro de Portugal, Um Destino e Tanto” venceu três galardões, todos de bronze, nas categorias “Digital – Branded Content na Web”, “Digital – Filme para Web” e “Produção – Melhor Edição”. Recorde-se que esta ação promocional foi apresentada a 31 de maio, pelo que estas são as primeiras distinções que recebe. A campanha criativa, presente em múltiplas plataformas e formatos, mostra aos visitantes que o Centro de Portugal é a região turística nacional com mais diversidade, onde há sempre tanto para descobrir.

Pode ver o filme “Centro de Portugal, Um Destino e Tanto” nesta ligação: https://bit.ly/3PrhYZH.
A campanha “A Um Palmo do Céu” recebeu também três prémios: bronze na categoria “Digital – Filme para Web” e prata nas categorias “Produção – Copywriting” e “Produção – Filme Web”. Esta é uma campanha promocional realizada no âmbito do projeto em rede “Portas do Céu”, que junta os municípios de Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil. O mote é promover o céu certificado deste território, onde se pode “passar uma noite, em silêncio, coberto por um manto de estrelas”. O filme está disponível nesta ligação: https://bit.ly/3aTJzE5.

Para Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, “estes prémios agora recebidos são particularmente relevantes, se tivermos em conta que em competição estavam campanhas criativas de marcas tão fortes como a EDP, a Compal, a Pepsi, a Fiat, a Mini ou a Dove. Juntamente com outras distinções que esta entidade tem recebido nos últimos anos, nas mais diversas áreas, estes prémios comprovam que o caminho que temos feito na promoção e na comunicação da marca ‘Centro de Portugal’ é o mais correto e está em linha com as novas tendências”.

Os consumidores de hoje já não se deixam impactar pelas campanhas ditas tradicionais, sentindo-se antes atraídos por destinos humanizados, que contam a sua história, das pessoas que neles habitam e das suas paisagens. É isso que temos procurado fazer na Turismo Centro de Portugal: tocar as pessoas com a nossa mensagem, com a nossa marca, para que se sintam impelidos a vir e a viver o Centro de Portugal”, acrescenta Pedro Machado.

O realizador Telmo Martins, da Lobby Productions, destaca que “é muito fácil apaixonarmo-nos pela região Centro de Portugal e isso torna possível conseguirmos colocar também todo o nosso amor em projetos que tenham como objetivo promover esta região. ‘Um Destino e Tanto’ e ‘A um Palmo do Céu’ são filmes que transbordam amor. Amor pelo território, pelas pessoas, pelas experiências que ficam na nossa memória e coração e sobretudo pela vida. O turismo é isto, a criação de memórias boas e o encontro com momentos únicos de felicidade”.

“Estes prémios, conseguidos no maior festival do mundo com criatividade em Português, orgulham muito a Lobby e a mim enquanto realizador, e mesmo não sendo este o principal objetivo dos trabalhos, é sempre muito feliz sentir que o júri, composto pelos maiores profissionais da área, sentiram nos filmes o que era suposto sentirem e viram a qualidade pela qual sempre nos pautamos. De sublinhar que trabalhos como estes só são possíveis quando a marca quer também ser diferente, única, e gosta de arriscar, e isso é incrível e faz toda a diferença”, diz ainda o autor da campanha.

Os Prémios Lusófonos da Criatividade são um festival internacional sediado em Portugal, que premeia e homenageia os mercados publicitários e de comunicação dos países de língua oficial portuguesa. Já com nove anos de existência, o festival decorre durante todo o ano, sendo que cada edição anual é composta por três edições quadrimestrais.

Saiba mais sobre a campanha “Centro de Portugal, um Destino e Tanto” em https://turismodocentro.pt/artigo/centro-de-portugal-um-destino-e-tanto.

Projeto “IR e VIR” inicia em Mangualde

O Município de Mangualde passou a ter disponível o serviço de transporte flexível “IR e VIR”, uma iniciativa que permite às populações deslocarem-se na região Viseu Dão Lafões, de forma económica e rápida, cujo objetivo é aumentar a cobertura de serviço público de transporte de passageiros, servindo áreas onde os transportes públicos não operam ou operam com pouca frequência.  Esta solução de transporte por táxi passa a permitir viagens intermunicipais, a incluir deslocações para as estações e apeadeiros da linha da Beira Alta e a estar disponível todos os dias da semana.

Mangualde integra agora a segunda fase do serviço de transporte flexível, a pedido, “IR e VIR”. Um projeto da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, lançado a 1 de outubro de 2021, com grande sucesso, e que nesta segunda fase apresenta novidades que vão tornar o “IR e VIR” um serviço ainda mais amigo das populações.

Outra das principais novidades é a oferta de duas novas modalidades de transporte, que se juntam ao “Serviço Municipal” – o qual já ligava todas as localidades sem acesso a transporte público (ou que apenas têm esse transporte em alguns horários) aos centros dos municípios. A partir de agora, as populações têm, também, ao dispor o “Serviço Intermunicipal”, que oferece ligações entre as sedes de concelho e os municípios abrangidos, quando essa ligação não exista através de carreira pública; e ainda o “Serviço de Comboio”, que irá ligar todas as localidades dos municípios às estações e apeadeiros da linha da Beira Alta presentes no território. Assim, um morador de uma localidade da região pode, de forma cómoda, deslocar-se entre concelhos ou ser levado a uma estação ou apeadeiro ferroviário.

PROPOSTA DE MOBILIDADE INOVADORA

O serviço de transporte flexível “IR e VIR” é um projeto que visa aumentar a cobertura de serviço público de transporte de passageiros na região, servindo áreas onde os transportes públicos não operam ou operam com pouca frequência.

O serviço é realizado por táxis, devidamente identificados por um dístico próprio, sendo que o preço do bilhete é igual ao preço que o utente pagaria num autocarro para percorrer a mesma distância.

Com paragens e horários definidos, a grande diferença para o transporte público regular é que no sistema “IR e VIR” é o próprio utente que aciona o serviço, bastando, para o efeito, realizar uma chamada telefónica gratuita para a central de reservas e combinar o mesmo. Deste modo, as viaturas só efetuam os percursos se, antecipadamente, o serviço tiver sido solicitado e só parará nas paragens que tiverem reservas efetuadas.

No dia e hora marcada pelo utente, este só precisa de se dirigir ao ponto de paragem e aguardar pelo táxi. As placas de paragem estão identificadas com o nome do serviço de transporte flexível “IR e VIR”. O táxi que o transporta está identificado com um dístico da mesma cor e com o mesmo nome.  O bilhete é pago ao taxista no início da viagem.

Já é possível ativar o “IR e VIR”, nas três modalidades apresentadas, em qualquer dia útil, mediante reserva efetuada até às 12h00 do dia útil anterior à viagem, através do número gratuito 800 10 20 30.  O centro de atendimento garante a reserva da viagem e esclarece qualquer dúvida. Toda a informação relativa ao serviço está disponível neste mesmo número, todos os dias úteis das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

Mangualde recebeu a visita do Presidente do IFAP

O concelho de Mangualde recebeu a visita do Presidente do IFAP (Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas), João Mateus, neste dia.
Com o objetivo de conhecer alguns dos projetos agrícolas do concelho, João Mateus, acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Marco Almeida e pelo vereador da Agricultura, Rui Costa, visitou várias explorações agrícolas nas mais variadas áreas do setor, vinícola, frutos vermelhos e produção de queijo Serra da Estrela DOP.
O Presidente do IFAP ficou a conhecer de perto a importância do setor primário na economia local, bem como a importância dos apoios que são atribuídos aos agricultores através do Instituto que tutela.
Para Marco Almeida, Presidente da autarquia mangualdense, esta visita foi importante para o concelho, mais em concreto para o setor agrícola, uma vez que “o senhor Presidente do IFAP pôde testemunhar vários projetos no concelho, ouviu pela voz dos produtores e dos presidentes das cooperativas muitas das suas preocupações.”
João Mateus, aproveitou ainda a sua visita a Mangualde, para visitar o Gabinete de Apoio ao Agricultor (GAA) que este ano comemora 12 anos de atividade, sendo que nos últimos cinco anos, teve um grande crescimento, passando de 560 candidaturas ao Pedido Único em 2017, para 800 candidaturas ao Pedido Único em 2022, tendo um crescimento de 30%, nestes cinco anos.