Início » Tag Archives: 84ª Volta a Portugal em bicicleta

Tag Archives: 84ª Volta a Portugal em bicicleta

Luis Angel Maté (Euskaltel-Euskadi) venceu na Guarda

Foi uma autêntica tarde de festa, na cidade mais alta , com o público, a comparecer em massa , para ver a chegada dos ciclistas. Faltavam menos de 150 metros para a meta quando o espanhol Luis Angel Maté (Euskaltel-Euskadi) disparou para a vitória deixando, Artem Nych (Glassdrive/Q8/Anicolor), com quem lutara nos últimos quilómetros, agarrado ao chão. Mate, tranquilo e sereno, explorou ao máximo a roda do russo cuja máscara de esforço fazia adivinhar que não teria pernas para reagir. Artem Nych não venceu, foi segundo, mas estava a ganhar tempo a Delio Fernandez (AP Hotels & Resorts/Tavira/Farense) que partira para a etapa com a Camisola Amarela Continente. Os pouco mais de dois minutos que Delio perdeu (11º lugar) possibilitavam ao russo chegar à liderança relegando o anterior comandante para o segundo lugar da Geral a 27 segundos. Depois da etapa menos conseguida na Torre, a Glassdrive/Q8/Anicolor com uma estratégia de muito trabalho coletivo deu a volta à corrida.

Mini Pelotão em Fuga

Sem tempo para recuperar devidamente do esforço da subida do dia anterior, o pelotão iniciou a 6ª etapa em Penamacor decidido a enfrentar os últimos 168 quilómetros e meio antes do Dia de Descanso.
Um grupo de 13 corredores num primeiro momento, reduzido a 12 devido a uma desistência na frente da corrida, rolou isoladamente a maior parte da etapa que guardou para os últimos 70 quilómetros cinco das seis contagens de montanha. A fuga chegou a atingir os seis minutos de vantagem.

Marcação entre equipas

Foi uma fuga numerosa que marcou a etapa. Dentro dos escapados estavam dois ciclistas da Glassdrive/Q8/Anicolor e dois da Efapel Cycling. Quando a corrida começou a ferver, em Aldeia Viçosa, os ciclistas que estavam em fuga de ambas as equipas descaíram para ajudar os líderes. No grupo do Camisola Amarela Continente, o líder da equipa Efapel Cycling, Henrique Casimiro, esteve sempre atento às movimentações de Frederico Figueiredo (Glassdrive/Q8/Anicolor). Ler Mais »

GNR-Operação de segurança – 84ª Volta a Portugal em bicicleta

Operação de segurança – 84ª Volta a Portugal em bicicleta

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 9 e 20 de agosto, garante a segurança da 84ª Volta a Portugal em bicicleta, com o empenhamento de militares da valência de trânsito e territorial, de todo o país.

A operação tem como objetivo apoiar e garantir a segurança dos participantes durante as etapas, reforçando ainda o policiamento em todo o seu trajeto. Para garantir a segurança e a acompanhamento da prova foi constituído um Destacamento eventual, composto por 28 militares, que irão acompanhar continuamente um prólogo e 10 etapas, no percurso entre Viseu e Viana do Castelo.

A Volta a Portugal em Bicicleta, considerada a prova rainha do ciclismo português, vai ter a participação 133 ciclistas profissionais que irão competir:

Prólogo (09 de agosto): Viseu – Viseu;

·         1ª etapa (10 de agosto): Anadia – Ourém;

·         2ª etapa (11 de agosto): Abrantes – Vila Franca de Xira;

·         3ª etapa (12 de agosto): Sines – Loulé;

·         4ª etapa (13 de agosto): Estremoz – Castelo Branco;

·         5ª etapa (14 de agosto): Mação – Covilhã (Torre);

·         6ª etapa (15 de agosto): Penamacor – Guarda;

·         7ª etapa (17 de agosto): Torre de Moncorvo – Montalegre;

·         8ª etapa (18 de agosto): Boticas – Fafe;

·         9ª etapa (19 de agosto): Paredes – Mondim de Basto (Senhora da Graça);

·         10ª Contrarrelógio Individual (20 de agosto): Viana do Castelo – Viana do Castelo.

Os motociclistas da Guarda estarão dotados com o novo equipamento de proteção que lhes irá conferir um elevado nível de segurança, mitigando ao máximo a gravidade das consequências em caso de acidente. Com este equipamento de proteção, tecnologicamente evoluído, a Guarda afirma-se como precursora ativa na aplicação de tecnologia de ponta em prol da segurança física dos seus militares que desenvolvem a sua atividade em veículos de duas rodas a motor.