Início » Tag Archives: Agrupamento de Escolas de Mangualde

Tag Archives: Agrupamento de Escolas de Mangualde

STellantis abriu portas aos alunos da Academi@STEM de Mangualde

Os alunos do 9º ano do Agrupamento de Escolas de Mangualde deslocaram-se à fábrica da Stellantis, instalada no concelho, onde exploraram as diversas etapas de construção de veículos.

Nesta visita, promovida pela Academi@ STEM de Mangualde e o centro de produção automóvel, os estudantes adquiriram conhecimentos relacionados com a montagem de motores, pintura, ferragem e o controlo de qualidade dos veículos.

De acordo com os responsáveis pela Academi@STEM, os alunos ficaram “impressionados com a tecnologia avançada”, instalada na fábrica, tendo esta atividade suscitado “elevado interesse e curiosidade”, face aos resultados de aprendizagem “excecionais”, visíveis nos formulários digitais preenchidos pelos estudantes.

Através desta visita, efetuada na semana passada, os estudantes exploraram conteúdos de Matemática, Física e Química, e Ciências Naturais, além de terem desenvolvido competências alinhadas com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória (PASEO).

Foto:MM

Joaquim Loureiro empossado novo diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde

Teve lugar a tomada de posse de Joaquim Loureiro ,como novo diretor do agrupamento de escolas de Mangualde, substituindo Agnelo Figueiredo, que há vários anos ocupava o lugar.

O presidente da Câmara de Mangualde, Marco Almeida, que esteve presente na cerimónia, classificou o momento de “renovação e de grande importância para a comunidade”, sem deixar de agradecer o empenho e dedicação das anteriores direções.

Para o autarca “é vital” estabelecer parcerias “sólidas e colaborativas” para uma aliança entre a escola e a câmara municipal para que os alunos mangualdenses alcancem “as melhores oportunidades de aprendizagem e crescimento”.

Como prova de cooperação entre as duas instituições, Marco Almeida recordou as obras de reabilitação na Escola Secundária Felismina Alcântara, onde foi investido, na primeira fase, 1,5 milhões de euros.

O autarca garantiu ainda apoiar a “Academia STEM, a Orquestra Poeminha e a Orquestra Juvenil Mais Música, projetos que o autarca considera “inovadores”.

Agrupamento de Escolas de Mangualde  recebe distinção “Stem School Label Expert”

É a primeira escola em Portugal a obter esta distinção  e é a única da Península Ibérica.
Só existem 7 escolas na Europa com este selo.

A Equipa de Supervisão da Academi@Stem de Mangualde (CMM, AEM e EDuFor) apresentou esta tarde, dia 7 de junho, a distinção “Stem School Label Expert” atribuída ao Agrupamento de Escolas de Mangualde. Passa a ser o primeiro agrupamento de escolas em Portugal a receber esta importante distinção e o único da Península Ibérica. Só existem 7 escolas na Europa com este selo. O momento decorreu no salão nobre da Câmara Municipal de Mangualde e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Marco Almeida, e do vereador da Educação, Rui Costa.

“Este é, de facto, um momento de grande importância para o nosso Município, não só para a escola em si, mas também para o concelho no seu todo”, começou por referir Marco Almeida. “Este é um relevante reconhecimento do trabalho realizado pelas atividades da academia STEM, do empenho e do esforço de todos os envolvidos”.  O Presidente reforçou ainda que “com este selo vimos também reconhecido o trabalho da rede. Temos priorizado este trabalho em rede e está aqui agora um dos melhores resultados: a escola e o município juntaram-se para um objetivo comum, que era criar as melhores condições para o nosso território ser considerado diferenciador”. No final deixou uma palavra de “agradecimento, em nome do Município, por todo o trabalho desenvolvido, pelo empenho e dedicação.

O vereador da educação destacou que “a obtenção do Selo STEM Expert é o culminar de um compromisso assumido pelo Município de Mangualde, em conjunto com o Agrupamento de Escolas de Mangualde e o Centro de Formação de Professores EduFor, na metodologia STEM do pré-escolar ao secundário, com apoio à Academia STEM Mangualde criada em 2018”.  Rui Costa sublinhou ainda que “esta distinção é o reconhecimento do trabalho realizado por uma grande equipa de professores, especialistas, parceiros (tecido empresarial, ensino superior, entidades educativas nacionais, etc.) de mais de 100 atividades STEM.”

Atribuição do STEM School Label

A atribuição do STEM School Label pretende apoiar as escolas no desenvolvimento de Projetos STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics), através de um processo de avaliação a partir de sete critérios, baseado em partilhas de dados de práticas escolares e estudos de caso publicados na plataforma. Pretende ainda reconhecer boas práticas, bem como promover a criação de redes entre diferentes parceiros das escolas. Os critérios avaliados foram: ensino, implementação do currículo, avaliação, profissionalização do staff, liderança e cultura escolar, parcerias e redes, e infraestruturas escolares. O desempenho STEM do Agrupamento de Escolas de Mangualde foi validado através de uma ferramenta de avaliação online, que utiliza os critérios identificados para o reconhecimento de uma “Escola STEM”. Esta ferramenta de autoavaliação identifica áreas com necessidades de desenvolvimento e faculta sugestões de recursos às escolas candidatas no sentido de aperfeiçoarem as suas atividades STEM a nível escolar e evoluírem na atribuição da certificação. Para decidir qual o selo a atribuir, o programa avaliou a estratégia STEM seguida no Agrupamento de Escolas de Mangualde a par de outros fatores.

Espetáculo de boas-vindas a 2023 em Mangualde

A Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde, no passado dia 7 de janeiro, acolheu o concerto de Ano Novo, com cerca de 200 pessoas que assistiram ao momento musical que celebrou a entrada no novo ano.protagonizado pela Orquestra POEMa e pelo Coro Magnus D´Om da Filarmónica de Santa Comba Dão.

O momento musical contou com a solista Jacinta Albergaria, mezzo-soprano, e com a participação da Orquestra Poeminha – Cordas. A Direção de Orquestra esteve a cargo dos Maestros Tiago Correia, da Orquestra POEMa e Luís Rendas, do Coro Magnus D’om.

O evento foi organizado numa parceria entre a Câmara Municipal de Mangualde, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, o Conservatório de Viseu, o Agrupamento de Escolas de Mangualde e a Paróquia de Mangualde.

ORQUESTRA POEMA

A Orquestra POEMa (Projeto Orquestra Estúdio de Mangualde) é uma iniciativa da Câmara Municipal de Mangualde em parceria com o Conservatório Regional de Música de Viseu – Dr. José de Azeredo Perdigão e o Agrupamento de Escolas de Mangualde.

Nasceu em 2013 e tem como intervenientes elementos das bandas filarmónicas do concelho de Mangualde, alunos e ex-alunos do Conservatório Regional de Viseu e músicos provenientes de concelhos limítrofes. Dirigida pelo Maestro Tiago Correia desde a sua estreia, integra músicos com idades compreendidas entre os 14 e os 35 anos de idade.

CORO MAGNUS D´OM DA FILARMÓNICA DE SANTA COMBA DÃO

A Filarmónica de Santa Comba Dão, que comemorou 200 anos de existência em 2020, lançou o seu Coro em 2011, então sob a direção da professora Ana Paula Quinteiro Lopes. Desde outubro de 2013, o coro é dirigido pelo maestro Luís Rendas Pereira.

Contando com um vasto repertório que abrange desde a música erudita à tradicional, este grupo coral com cerca de 40 elementos já teve a oportunidade de se apresentar juntamente com a Orquestra Filarmonia das Beiras, o Coro CMAD, a Banda Filarmónica Tondelense, a Tuna Académica da Universidade de Coimbra e, naturalmente, a Banda Filarmónica de Santa Comba Dão, instituição à qual pertence.

Em novembro de 2016, para comemorar o seu 5.º aniversário, apresentou-se pela primeira vez com o seu novo nome “Coro Magnus D´Om”, fazendo jus à área geográfica coberta pelos seus coralistas, oriundos não só de Santa Comba Dão, como também de Carregal do Sal, Tondela, Tábua, Nelas, Penacova e Viseu.

Academi@ STEM Mangualde acolhe Professores da Catalunha

Iniciativa decorreu no âmbito de projeto de Erasmus “Job Shadowing”, tendo como objetivo o acompanhamento do trabalho da Academia.

A Academi@ STEM Mangualde acolheu, pelo segundo ano consecutivo, nos passados dias 12 e 13 de outubro, cinco professores da Catalunha ligados ao projeto STEAMcat. A iniciativa, realizada no âmbito do projeto de Erasmus “Job Shadowing”, teve como o intuito o acompanhamento do trabalho da Academia.

Os professores foram recebidos pelo Vereador da Educação do Município de Mangualde, Rui Costa, pela direção do Agrupamento de Escolas de Mangualde e por elementos que compõe a Academi@ STEM Mangualde. Durante os dois dias, os professores tiveram oportunidade de partilhar experiências e conhecer o trabalho desenvolvido no Agrupamento de Escolas de Mangualde.

O primeiro dia foi dedicado à apresentação do trabalho desenvolvido pela Academi@ STEM Mangualde e à replicação de uma atividade desenvolvida para alunos do 2.º ciclo, no Palácio dos Condes de Anadia. No final deste dia, os professores participaram numa reunião de planificação de atividades STEM para as turmas do 8.º ano, onde trocaram ideias com os docentes que trabalham diretamente com a Academi@ STEM Mangualde.

Já no segundo dia, os professores participaram na dinamização de uma atividade STEM do 2.º ano, na cantina escolar, disponível para consulta aqui, e conheceram o trabalho desenvolvido pelo Centro de Formação EduFor, apresentado por Isabel Serra, Diretora do CFAE. Conheceram ainda a Innovative Classroom Lab (Sala do Futuro) e as potencialidades deste espaço.

O feedback recebido durante a iniciativa foi extremamente positivo. A realização deste tipo de atividades permite aos participantes ficarem a conhecer novas abordagens, vivências e dificuldades de outros contextos.

Obras de requalificação da Escola Secundária Felismina Alcântara em bom ritmo

Teve lugar a visita às obras de requalificação da Escola Secundária Felismina Alcântara (ESFA)., com Marco Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, a acompanhar a equipa da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DEGEstE) , ainda participou o vereador da Educação, Rui Costa, a Direção do Agrupamento de Escolas, Agnelo Figueiredo e Maria Goreti Tavares, e Margarida Cunha, da Divisão de Obras Públicas do Município de Mangualde.

É um investimento importante para o concelho, pois estamos a melhorar as condições de ensino para os jovens, para os professores e para toda a comunidade escolar. Sabemos que eles são o futuro e é essencial que tenham as melhores condições hoje para serem a sua melhor versão amanhã”, destacou Marco Almeida.

MELHORAR A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DO ESPAÇO E AMPLIAÇÃO DO PAVILHÃO DAS OFICINAS

A obra levada a cabo pela autarquia mangualdense representa um investimento de cerca de 1.500.000€, tem como objetivo melhorar a eficiência energética do espaço. A intervenção visa o isolamento de toda a envolvente exterior dos pavilhões, caixilharia, isolamento e impermeabilização das coberturas, ainda pinturas gerais e substituição do pavimento das salas de aula e pavilhões, substituição das redes de água e redes de incêndio. Nestas obras foi igualmente comtemplada a substituição das coberturas do amianto no pavilhão gimnodesportivo e nos cobertos de ligação entre pavilhões e a ampliação do Pavilhão das Oficinas.

NOVO MOBILIÁRIO E EQUIPAMENTO

Como parte integrante da requalificação faz parte a aquisição de novo mobiliário para as salas de aula. Mesas, cadeiras, bancadas de laboratório, novo equipamento desportivo para o pavilhão gimnodesportivo, entre outro equipamento que irá permitir melhorar o conforto de professores e alunos da Escola Secundária Felismina Alcântara

Mangualde recebeu “Laboratório Móvel das Ciências – Viseu Dão Lafões”

O Município de Mangualde recebeu novamente o “Laboratório Móvel das Ciências – Viseu Dão Lafões”. No passado dia 4 de agosto, os alunos do Agrupamento de Escolas de Mangualde participaram na iniciativa desenvolvida na Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões. Este projeto retomou a atividade no âmbito dos “Planos Integrados e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar” e esteve em itinerância em 14 Municípios.

Pelo “Laboratório Móvel das Ciências” passaram 66 alunos mangualdenses, do Pré-Escolar e 1º Ceb – Atl da União Freguesias Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta, do Atl do Agrupamento Escolas Mangualde e do Centro Paroquial Mangualde.

 

As crianças tiveram ao seu dispor um ambiente pedagógico, rico e diferente do seu contexto normal de aprendizagem, com material e conteúdo estimulante e enriquecedor, que permitiu partir à descoberta do conhecimento.

Orquesta POEMa com projeto renovado

Recentemente , foi renovado o protocolo do projeto musical Orquestra Estúdio de Mangualde (POEMa), entre a Câmara Municipal de Mangualde, o Conservatório Regional de Música de Viseu “Dr. José de Azeredo Perdigão” (Proviseu) e o Agrupamento de Escolas de Mangualde .

O sucesso deste projeto alavancou a renovação do protocolo, que tem como objetivo a dinamização de um projeto musical, a Orquesta POEMa, que integra os músicos do Conservatório de Música de Viseu, das Bandas Filarmónicas e outras instituições que se dediquem à música no concelho de Mangualde. É composta por duas formações: Orquestra de Câmara (Cordas, Sopros e Percussão) e Orquestra de Sopros (Sopros e Percussão).

O Município de Mangualde fomenta, uma vez mais, a implementação de iniciativas para dinamizar a atividade cultural da região.

Assinado protocolo de transferência de competências para os Órgãos da Escola em Mangualde

Recentemente, foi assinado o protocolo entre a Câmara Municipal de Mangualde e o Agrupamento de Escolas de Mangualde, no âmbito da transferência de competências para os Órgãos Municipais, no domínio da Educação, neste âmbito o Agrupamento de Escolas.

Foi assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, e pelo Diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, Agnelo Figueiredo.
O referido protocolo foi assinado após a respetiva aprovação em reunião de Câmara, realizada na manhã desse mesmo dia.

Algumas alterações na abertura do ano letivo em Mangualde

A sessão solene de abertura do ano letivo 2018/2019 decorreu na passada quinta-feira, no Estádio Municipal, e nela estiveram presentes João Azevedo, Presidente do Município de Mangualde; Agnelo Figueiredo, Diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, Cristina Matos, Presidente do Conselho Geral do Agrupamento e Isabel Marques, Presidente da Associação de Pais; Tenente-coronel José Tomás, Presidente do Rotary Club de Mangualde e Vítor Gomes, Administrador do Crédito Agrícola de Mangualde.

Entre professores, assistentes técnicos e operacionais, alunos e encarregados de educação, foram cerca de 1.500 as pessoas que marcaram presença nesta sessão onde se apresentaram estas melhorias que permitirão aumentar a qualidade do ensino no concelho.

 Nesta cerimónia, João Azevedo homenageou os vários ex-Vereadores da Educação e ex-Diretores de Escolas que se empenharam ao longo dos anos para que o ensino de Mangualde atingisse hoje este grau de excelência. E acrescentou que, de forma a reforçar esta qualidade, foram abertos concursos para novos assistentes operacionais nas escolas.

O arranque de mais um ano letivo trouxe uma série de mudanças positivas para a qualidade do ensino no concelho de Mangualde: os alunos do Jardim de Infância Conde D. Henrique foram transferidos para o Centro Escolar, os alunos do 1.º ciclo encontram-se agora reunidos numa única escola, o Pavilhão Municipal será brevemente inaugurado e o piso do pavilhão desportivo da Escola Secundária Felismina Alcântara será recuperado.

Segundo João Azevedo, Presidente da autarquia, estas mudanças demonstram “a preocupação deste Executivo ao longo dos anos, que se refletiu na qualidade das infraestruturas que estão à vista de todos”.

Este novo ano letivo traz, assim, várias novidades. Os alunos do Jardim de Infância Conde Dom Henrique foram transferidos para o Centro Escolar, dotado de condições de excelência para um ensino de excelência.

Esta zona terá um conjunto de equipamentos que promovem a aprendizagem e o bem-estar em crianças desta idade, nomeadamente uma sala de artes, uma sala de psicomotricidade e um pavilhão desportivo. Desta forma, estão reunidas as condições necessárias para o início de um percurso escolar promissor!

Já os alunos do 1.º ciclo do concelho estão agora reunidos numa única escola, o que se configura como mais uma vantagem pedagógica.

Por:Mun. Mangualde